1. Spirit Fanfics >
  2. Love, women, and seduction >
  3. Tamy

História Love, women, and seduction - Capítulo 14


Escrita por:


Capítulo 14 - Tamy


Pov Malia :

- Bom dia pequena 

- Bom dia meu amor 

Levantamos, tomamos banho e fizemos nossas higienes, e descemos para tomar  café  cumprimentamos  todos e conversamos sobre o almoço. 

Eu e Carol fomos comprar algumas coisas e quando voltamos sua cunhada e o marido estavam lá conversando com a liz e o Sérgio. 

- Olá Carol....E vc é a.....Malia certo? 

- Sim...e você deve ser a tia da liz. 

- Sim , sou a Diana. 

- Um prazer Diana. 

- Igualmente. 

Cumprimentei seu marido,depois de muita conversa o almoço estava quase pronto .a campainha tocou não sei quem era mais eu meio que subi correndo para o quarto, minha menstruação desceu e junto dela  uma cólica infernal  , tomei um banho rápido e coloquei um short e uma blusa confortável, eu tava tentando criar coragem para descer aquelas escadas com a dor que eu tava, escutei passos e logo a liz entrou .

- Tá tudo bem? Porque subiu daquele jeito? 

- Meus dias de sofrer chegaram. 

- Ah entendi...mais tarde bem? 

- Sim , só cólica .

- Vou ver com minha mãe um remédio para vc.

- Eu vou com vc. 

- Está bem, ah a Tamy está aí...

- Tô ansiosa para conhece-la haha -sorri em graça. 

- Só não esquenta com ela .

Eu acenti e descemos, confesso que nem conheci essa tal Tamy mais já sinto uma insegurança. 

Depois que a Carol me deu o remédio fomos para sala de jantar, e reparei na moça de cabelos cacheados e pele corada deve ser a Tamy, parece bonita , a menina ao menos olhou para mim , a mãe dela cutucou ela é a fez me comprimentar, eu dei um sorriso fraco e almoçamos, conversamos , depois fomos para sala , a Menina não parava de fita a Lize e isso está me incomodando, a liz precebeu e me deu um selinho. 

- Relaxa, ela quer te provocar.....parece que está funcionando. 

- Não está não. 

- Sei....

- E vc Malia , o que quer fazer fora trabalhar na empresa? 

- Eu quero abrir uma galeria de arte no Centro de Los Angeles. 

- Ah, vc gosta de pintura? 

- Sim , desde criança. 

- Deve ter talento.

- Talvez .

Ficamos conversando e quando eu reparei a Tamy passou pela liz e apertou seu ombro, fazendo a mesma se distrair da conversa. A menina olhou para mim e sorriu com sarcasmo. 

Eu respirei e fui para a cozinha tomar água, do nada a menina aparece. 

- Vc acha mesmo que a liz vai ficar com vc por muito tempo? 

- Desculpa mais quem te deu a intimidade para falar sobre meu relacionamento com a Lize? 

- Relacionamento? Haha, a liz não se relaciona com ninguém, só é puro prazer. 

- Isso é o que vc fala, mais já se certificou com ela ?para ter tanta certeza pergunte a ela primeiro e depois venha tentar me desvalorizar. 

A menina saiu cuspindo fogo, eu não fiquei feliz com aquilo ,não quero sair como a namorada ciumenta que dá showzinho. 

- Tá pensando em que pequena? 

- Ah mds, desde quando vc tá aí? 

- Desde quando minha prima veio atrás de vc....sabe aquilo que vc falou para ela me perguntar , então, eu sei minha resposta, eu estou em um relacionamento com uma pessoa que eu amo, e que apesar das provocações da Tamy não fica brava comigo. 

- Eu não ficaria brava com vc, além do mais, ela é quem faz as provocações. 

Ela se aproximou de mim e me deu um beijo , um beijo maravilhoso, com carinho na nuca. 

Depois voltamos para sala conversamos bastante, e eu fui me deitar um pouco, minha cólica voltou eu fechei as cortinas e dormi um pouco. 

Pov Lize :

A lia foi descansar, ficamos só nos conversando, a Tamy fica dando em cima de mim, eu não tô gostando, ela tá agindo como criança. 

- Para Tamyli, isso é ridículo.

- O que eu tô fazendo, tá louca? 

- Não se faça a sonsa, fica provocando a lia , ela não é como vc. 

- Quem manda em mim sou eu ta bem ?e eu faço o que eu quero. 

Revirei os olhos, ela sabe ser legal quando quer ,mais insuportável já é de berço, ela poderia ao menos parar com toda essa babaquice e agir como adulta. 

- Está tudo bem Lize? 

- Não, a Tamyli, ela fica provocando, eu me sinto desconfortável com isso, parece crianças. 

- E a Lia , o que ela acha disso? 

- Ela ficou com ciumes mais não fez nada , simplesmente falou para Tamy que não ia cair nas provocações dela, o que a enfureceu ainda mais. 

- Pelo menos sua namorada sabe como agir diante disso, depois eu falo com Diana sobre isso. 

- Ok. 

Eu subi para ver a Lia, que tava dormindo, eu me deitei junto dela , e acariciei seus cabelos.

Eu andei pensando em falar sobre Lili para ela , porque ninguém mais ninguém menos que eu para falar para ela de que eu sou Lili, eu só não queria falar mais sobre isso, mais também não quero esconder nada dela. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...