História Love you - Capítulo 11


Escrita por:

Visualizações 33
Palavras 915
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Bishoujo, LGBT, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom galera essa fic tá me desanimando um pouco,por que eu esperava mais de mim.Porém mesmo eu ter pensado em excluir ela eu postei capitulo.
To meio bad e desmotivada:(

Boa Leitura<3

Capítulo 11 - Não vou deixar que tirem ele de mim.


Duas Semanas depois..

Tony povs

Os dias passaram de pressa,Sharon e Ivan não eram mais motivo de preocupação ambos foram presos, e a base da Hydra foi destruida pelos agentes da S.H.I.E.L.D.,Bucky não possui nenhuma sequela graças a Wanda,Thor ainda não voltou de Asgard, Clint  desencalhou (assustador né?) e Pietro bom, é o Pietro.

Minha preocupação nesses ultimos dias foi um mini serumaninho de cabelos e olhos castanhos :o Peter,não vou mentir ele é um amorzinho,alem de ser calmo e (quase) não da trabalho.Eu me pergunto:como um ser pequeno e bochechudo conseguiu mexer tanto comigo? Depois dessas duas semanas eu não consigo mais imaginar a torre sem ele,acho que me apeguei a ele como se ele fosse parte minha.

Steve:Acho que tá na hora da sua dedeira né Petey?-perguntou com a voz que todo ser humano faz pra falar com bebe.Peter soltou uma risada,sabe eu acho que o meu IA se enganou com a idade desse bebe,ao inves de 1 mes, ele parece ter 3 ano as vezes (mas o tamanho do nanico não mente).

Preparei a mamadeira do Petey e verifiquei a temperatura entregando ela pra Steve.Steve olhava para o Petey com um olhar terno e doce,acho que ambos podemos concordar que o Peter é especial,muito especial para nos.

Tony:Como um ser desse tamanhino conseguiu deixar a gente desse jeito?-perguntei enquanto acariciava o rostinho do Petey.

Steve:Sabe que eu me perguntei a mesma coisa quando te conheci?-brincou recebendo uma virada de olhos da minha parte e em seguida risadas.

May Povs

 Richard e Mary Parker se conheceram na faculdade e se apaixonaram,alguns anos depois minha irmã esperava o primogenito do casal:Peter,foi o nome escolhido para o meu sobrinho,em homenagem a São Petersburgo lugar onde o casal ficou noivo. Richard,pai da criança morreu em um acidente de avião dois meses antes do menino nascer e Mary teve complicações no parto e não ressistiu.

Eu prometi que cuidaria de Peter e estava indo tudo bem,até aquela tarde.

Minha casa foi invadida pelos capangas de Osborn, ele odiava Richard e queria o projeto "aranha" eu não sabia o que era esse projeto e nem aonde estava,corri para o porão da casa e escrevi um bilhete.

Querido Peter

Sinto muito por não te-lo protegido como prometi ao seu pai,espero que esta carta não caia na mão de Osborn.Sei que coro risco de vida te protegendo e também sei que eles vão me matar,por isso esta carta esta junto com você desde quando você tinha 15 dias de vida,desde que eles vieram em buscado projeto do seu pai,espero que você tenha sorte e que alguém tome conta de você meu anjo.

                                                      Eu te amo

                                         May Parker(sua tia)

Coloquei o bilhete junto de Peter.Ouvi a porta ser aperta com brutalidade e um disparo ecoou.Minha vista ficou turva.

May : Me perdoe Peter- foram as minhas ultimas palavras.

Thor povs

Esses dias em Asgard foram otimos,os jogo com criaturas misticas haviam começado  nos ganhamosa medalha de ouro, e foi motivo de uma longa comemoração. Loki esta preso,me doi ver ele atras das grades porem o que ele fez é errado.

Loki :Não acha isso injusto?-perguntou atraindo minha atenção enquanto eu passava pelo corredor,sua voz soou calma e baixa.

Thor:Chega ser ironico a pergunta vir do cara que tentou escravizar a raça humana-respondi em alto e bom tom.

Loki:Nunca percebeu?Aquele não era o meu objetivo-rebateu.

Thor:Qual era então?-perguntei.

Ele riu ironicamente abrindo um sorriso sarcastico.

Loki:Sabe vocês sempre estiveram errados sobre mim-falou desmanchando o sorriso-Nunca quis ser melhor que o Filho legitimo de Odin,eu só queria ser igual a você Thor-disse com a voz trêmula.

Sai dali sem olhar pra tras não me perdoaria se visse ele chorando, eu gosto dele mas não como irmão e isso é errado.

Thor:Sinto muito Loki -sussurrei mais pra mim do que pra ele enquanto saia do corredor da prisão.

Tony povs

Era final de tarde,todos já tinham terminado seus afazeres no trabalho,Clint havia sugerido um cineminha, Pietro já tinha pedido pizza e Wanda e Nat brigavam pra ver quem ia escolher o filme. Eu segurava Peter enquanto assistia Steve fazer brigadeiro,o mesmo cantarolava "Photograp"  enquanto mexia a panela,o clima estava aconchegante,ter( quase) todos (viu Thor não esqueci de você sumido) juntos sem um brigas e vilões era bom,dava uma sensação que eramos um bando de adolescentes se encontrando depois da escola,não posso mentir isso é bom.

Nat: Tony um oficial de policia quer falar com vocês-disse entrando na cozinha com pressa.

Steve:Não desacatou ninguem né amor?-Perguntou desligando o fogão.

Tony:Foi só uma vez e foi o metido a ditador militar que me desrespeitou e não o contrario-Respondo revirando os olhos.

Nat:Deixa que eu cuido do Peter,ele ta esperando no escritório-ela disse pegando Peter dos meus braços.-Vem Peter temos que impedir que a Wanda bote "A Culpa é das Estrelas " denovo, é o seu  dever como mini super heroi-disse saindo com Peter em seus braços.

Seguimos para o escritório,eu estava curioso pois nem eu nem Steve devemos nada pro governo ou virce-versa.Paramos em frente a porta, respiramos fundo e demos o melhor de nossos sorrisos.

Abrimos a porta,o oficial estava sentado em uma das cadeiras,ele virou a cadeira e se levantou.

Oficial:Oficial de Polícia Downey-disse mostrando o distintivo que por sinal não era falso.

Tony:E a que devemos a sua visita?-perguntei tentando não parecer grosso.

O. Downwy:Eu vim buscar o menor Peter Parker-explicou em poucas palavras.

Sentir o meu chão desmoronar em poucos segundos.

Tony:Eu não vou deixar que tirem ele de mim-disse com firmeza.

 

 

 

 


Notas Finais


Paro ou continuo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...