História Love Yourself - VMin - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Taehyung (V), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 24
Palavras 516
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Luta, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Tudo o que estiver escrito em negrito (letra mais escura) são partes da letra de Serendipity! (exceto as datas)

b o a
l e i t u r a ! ! !

Capítulo 2 - Serendipity - Episódio 2 de 4


Fanfic / Fanfiction Love Yourself - VMin - Capítulo 2 - Serendipity - Episódio 2 de 4

(14/03/2017 - 13:02)

Eu e Taehyung começamos a namorar no mês passado, mais precisamente dia 23. Ele é tão fofo comigo, ele realmente é perfeito, ás vezes não me sinto suficiente para tanta perfeição que ele tem, mas estou tentando meu melhor para essa relação durar anos, porque afinal de contas, talvez seja uma providência do universo a gente estar junto.

Tinha que ser assim, eu sinto que a gente estava destinado a ficar juntos.

Termino de arrumar meu material e ando até Taehyung, lhe dou um selinho e seguro sua mão, logo começamos a andar em direção á cantina. Jungkook não veio connosco, porque aquele pirralho começou a namorar meu primo, Yugyeom. Eles são mesmo fofinhos juntos. Chegamos na cantina e pegamos nosso almoço, nos sentamos numa mesa qualquer que estava vazia e logo começamos a comer em silêncio. Taehyung estava estranho, ás vezes ele olhava para os lados, parecia meio nervoso de mais para um simples almoço na cantina da faculdade.

-O que tá acontecendo, TaeTae?- pergunto preocupado.

-Nada não, Jiminie.- ele sorri descontraindo. -Eu só tava procurando o Kookie.- ele ri.

Ignoro o fato de não ter acreditado muito no que ele disse e volto a almoçar junto do mesmo. Taeyung come tranquilamente, formando um biquinho fofo em seus lábios, sorrio para Tae e ele me puxa de repente. Tae faz com que uma de minhas pernas ficasse por cima de uma das suas e me abraçou.

-O que foi isso... Do nada?- pergunto rindo baixo encostando meus lábios na sua bochecha.

Taehyung vira o rosto e encosta seus lábios na minha orelha. Por um momento pensei besteira, corei segurando sua mão pousada em minha cintura. Ele começou a cantar baixinho, apenas para mim:

-Você sabe, eu sei. Você sou eu, e eu sou você~~.- Taehyung sorri ao ver que eu me arrepiei e beija minha bochecha. -Eu te amo, Jimin-Ah.

-Eu te amo, Taehy-Ah!- o abraço apertado, sorrindo ainda mais que antes.

(20/03/2017 - 18:42)

Taehyung sumiu faz uma semana, o tanto que meu coração palpita, eu me preocupo, não tem como eu não me preocupar. Tenho mandado mensagens frequentemente, mas nada dele, nem na faculdade, quanto menos. O destino está com inveja de nós, só pode! Taehyung não tem mottivos para sumir... A não ser que o pior tenha acontecido... Não quero pensar sobre isso, realmente não quero.

A campainha de minha casa toca, ando ao mesmo tempo que limpo os vestigios de lágrimas que ainda estavam em minhas bochechas, abro a porta sem o minimo de vontade existente e vejo Jungkook, parado, me olhando com um sorriso orgulhoso e triste ao mesmo tempo no rosto.

-Jiminie... Eu encontrei TaeTae-Hyung.- ele fala desfazendo o sorriso aos poucos e eu o olho incrédulo de suas palavras.

-E-ele... Onde ele está?- pergunto nervoso por sua fala seguinte.

-No hospital do centro.- Jungkook fala e meu nervosismo só aumenta, me desespero por completo e agora deixo minhas lágrimas rolarem livres por meu rosto, já imaginando o pior dos acontecimentos.

"Assim como você, eu estou tão assustado

Quando você me vê

Quando você me toca."
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...