1. Spirit Fanfics >
  2. "Love yourself" >
  3. Festa de abertura dos jogos- parte 1

História "Love yourself" - Capítulo 14


Escrita por: MaisQueUmaFic_

Notas do Autor


Hey meus amoreeees❤desculpe não estar postando frequentemente. VIADOOOO LEVEI SUSPENSÃO HOJE NA ESCOLA, MINHA MÃE TA PISTOLA😂

Ps: look dos personagens notas finais.

Capítulo 14 - Festa de abertura dos jogos- parte 1


Fanfic / Fanfiction "Love yourself" - Capítulo 14 - Festa de abertura dos jogos- parte 1

ZAYN ON

- Eu quero que vocês prestem atenção no que eu vou falar agora.

O professor Madariaga disse fazendo com que todos ficassem quietos.

- Como vocês perceberam nós não estamos no nosso ambiente normal de aula. Eu decidi fazer uma aula mais diferente para não ficar enjoativo. Nós estamos aqui no campo sentados em uma grande roda para conversar um pouco.

Ele disse se levantando e indo até o meio da roda.

- Eu vou fazer algumas perguntas, e quero que vocês me respondam. Sempre que eu escolher alguém eu quero que me responda. Nada de "Ahh não professor".

Ele disse e nós ja começamos a reclamar.

- Relaxem, não é nenhum tipo de prova.

Ele disse e então abriu o caderno que segurava.

- Se você tivesse 30 segundos para falar algo para o planeta inteiro, o que diria?... Eleanor.

Ele falou e então ela olhou ele indignada.

- De primeira professor? Nossa!

Ouvi algumas risadas e neguei com a cabeça sorrindo, logo voltando a olha-la.

- Eu não preciso de trinta segundos, preciso de um.

Ela falou e logo continuou.

- Mais amor.

- Muito bem Eleanor. Vamos a próxima vítima...

Ele disse e nós rimos.

- Você tem medo da morte? Se sim, você tem uma boa razão para temê-la?... Diego.

Rimos da cara que o Diego fez e ele logo respondeu.

- Sim eu tenho... Não sei se isso é uma boa razão, mas eu não sei o que vou encontrar do outro lado. Não sei se existe vida após a morte, e se existe, como é?

Ele falou e o professor fez uma cara meio pensativa.

- Acho que essa é uma pergunta que todos nós deveríamos fazer a nós mesmos. Qual é o nosso propósito aqui nesse mundo? Se eu morresse agora, eu teria feito algo de útil? Por que eu estou aqui? Simplesmente para "curtir a vida" e depois ver tudo acabar?

Ele falou e então nesse momento acho que todos nós começamos a refletir, afinal, qual é a nossa missão no mundo?

- Vamos para a próxima pergunta.. O que as pessoas diriam sobre você no seu funeral?... Holland.

Ele disse e ela revirou os olhos.

- Ahhh, fala sério. Bom, se fosse no caso de eu me matar, elas diriam "ela parecia uma garota tão feliz" porque as pessoas nunca sabem o que realmente acontece na sua vida. E tenho certeza que todos que estivessem lá, isso tirando meus amigos, seriam falsos, porque ninguém se importa com ninguém nesse mundo. São todos egoístas.

Ela disse e ele afirmou com a cabeça.

- Certo. Próxima pergunta... O que é pior, falhar ou nunca tentar?... Harry.

Ele disse e então todos nós olhamos o Harry.

- Bom... Eu acho que nunca tentar, porque se você não se arriscar, nunca vai saber se falhar valeu a pena. Por exemplo, se o Louis gostasse da Eleanor mas ele não falasse pra ela, ele já ia estar falhando sem nem tentar descobrir. E se ela sentisse o mesmo que ele?

Acabamos rindo pela cara que o Louis e a Eleanor fizeram, Harry usou como exemplo mas eu sabia que ali tinha alguma coisa. Quando Eleanor ia falar alguma coisa a secretaria apareceu ali chamando por ela.

- Com licença professor, os pais dos alunos estão esperando pela Eleanor na sala de aula.

Ela disse e nós olhamos a Els que já estava se levantando.

- Aconteceu alguma coisa?

Louis perguntou e ela negou com a cabeça.

- Não. Eu chamei eles aqui pra falar da viagem.

Ela disse e então saiu dali com a secretaria.

- Muito bem, voltando às perguntas... Se aprendemos com os nossos erros, por que estamos sempre com medo de cometer um erro? Zayn.

Ele disse e eu o olhei.

- Porque nós não sabemos as consequências que esse erro vai trazer.

Falei e ele afirmou com a cabeça.

- Professor, eu vou ao banheiro.

Louis falou se levantando e então saiu dali sem esperar a resposta.

- An... certo pessoal, por hoje é só. Espero que vocês tenham uma ótima festa hoje a noite, e quero vocês arrebentando no jogo de amanha a noite.

O professor falou e nós começamos a falar todos ao mesmo tempo, bem animados com a festa e o jogo. Acabei por dar de ombros e então me levantei. As aulas de hoje já tinham acabado, pois como tem a festa o diretor achou melhor encerrar as atividades mais cedo. 

- Zayn, você vai passar la em casa para irmos a festa?

Ashley perguntou caminhando ao meu lado. A verdade é que nós temos nos aproximado muito desde os ensaios da dança, mas nesses últimos dias nós ficamos meio distantes por conta do namoradinho que ela decidiu arranjar justo agora, que eu estava disposto a conquista-la.

- Eai Ash, eu passo na sua casa mais tarde para irmos a festa.

Tyler disse dando um selinho nela e então ele saiu dali.

- Acho que já tem sua resposta.

Falei dando um leve sorriso e então vi a Maggie passar por nós.

- Ei Maggie? Já tem quem te leve pra festa?

Perguntei e então ela me olhou dando um leve sorriso enquanto negava com a cabeça.

- Passo na sua casa as sete?

Perguntei e ela afirmou com a cabeça logo saindo dali.

- Até hoje a noite Ash, isso claro se você não estiver muito ocupada com o seu namorado.

Falei bagunçando meu cabelo e então saí dali. Eu não vou ficar sendo segunda opção de ninguém.

HARRY ON

- Bom Harry, vai na festa?

Holland perguntou e eu a olhei dando de ombros.

- Sei la... acho que não.

Falei tirando o óculos e então ela se levantou.

- Ahhhh, você vai sim. Eu passo na sua casa mais tarde, já que ela fica mais próxima da floresta.

Ela disse e eu me levantei arqueando uma das sobrancelhas. Talvez vocês estejam se perguntando o por que de ela estar falando desse jeito comigo. Acho que é por conta dos ensaios, tivemos que passar bastante tempo juntos.

- Tá... Eu vou. Passa la em casa quando estiver pronta.

Falei e ela sorriu afirmando com a cabeça.

- Certo, então... nos vemos mais tarde.

Ela disse sorrindo e em seguida me deu um beijo na bochecha logo saindo dali. Eu juro que eu fiquei parado olhando para o nada sem acreditar no que havia acontecido agora.

LOUIS ON

Depois que eu saí do campo, caminhei até a sala em que a Eleanor estava falando com os pais e fiquei esperando do lado de fora. A reunião demorou um pouco, mas logo que acabou e os pais saíram eu entrei na sala vendo a Eleanor anotando algo em seu caderno.

- E então? Como foi com eles?

Perguntei e ela guardou o caderno na bolsa.

- Acho que bem... todos concordaram com a viagem.

Ela disse pegando sua bolsa e me olhou em seguida.

- Ótimo... temos que fazer uma coisa que você prometeu para o Harry hoje mesmo.

Falei e ela arqueou uma das sobrancelhas.

- O visual?

Ela perguntou e então eu concordei. Na verdade o Harry não estava sabendo de nada, eu só queria uma desculpa para ficar mais tempo com ela.

[...]

- Eu acho que esse é um péssimo dia pra isso.

Harry disse assim que entramos no cabeleireiro que tinha no shopping.

- Você que quis Harry. Agora aguenta.

Eleanor falou e ele arqueou uma das sobrancelhas.

- É Harry... você que quis.

Falei olhando ele como se dissesse através do olhar para ele concordar.

- Ahhh, claro, eu que disse. Mas eu acho que ela está começando a demonstrar os sentimentos dela por mim. Até me chamou para ir na festa com ela.

Ele falou e então o cabeleireiro se aproximou.

- Oi Els, amor. O que te trás aqui?

O homem perguntou sorrindo e então eu arqueei uma das sobrancelhas. "Amor"? Que palhaçada é essa?

- Oi Alan, eu preciso que você ajude ele.

Ela disse apontando pra mim e então eu arqueei uma das sobrancelhas dando um passo para o lado fazendo com que o homem visse o Harry.

- Ai meu Deus Els, você só trás gente sem solução aqui!

Ele disse revirando os olhos indo até o Harry.

- Não fala assim Alan, imagina ele sem o óculos, com uma roupa mais estilosa e um cabelo bem legal.

Ela disse e então o tal do Alan deu uma volta ao redor do Harry o analisando de cima a baixo.

- Hum... pensando bem, o que acha de me passar seu número depois?

O Alan perguntou e eu não pude deixar de rir. O cara era gay? Eu estava preocupado com ele dar em cima da minha garota e ele é gay?

- Desculpe, mas eu já tenho outros planos.

Harry disse e então o Alan deu de ombros.

- Ahhh, não se preocupe eu tenho mais contatos. Vamos ao trabalho.

Ele puxou o Harry até o lugar onde eles cortam o cabelo e então eu fiquei ali com a Eleanor.

- Acha que isso pode dar certo? Acha que ela vai gostar dele pelo que ele é ou porque ele mudou de visual?

Perguntei e ela me olhou.

- Ela ja gosta dele.

Ela disse e então voltou a olhar para o Harry.

- Como você sabe?

Perguntei olhando ela que deu de ombros.

- Eu conheço minha amiga.

[...]

- Foi difícil fazer algo que combinasse com o bonitão ali, mas eu finalmente consegui. O que acharam?

O Alan disse e então nós olhamos o Harry, e tenho que admitir que o cabelo dele estava bem diferente.

- Uou... nossa... que isso.

A Eleanor falou olhando ele de boca aberta. Revirei meus olhos e afirmei com a cabeça.

- Ficou bom.

Falei e então ela se aproximou dele.

- Bom? Ficou ótimo! Uau Harry, você tá um gato.

Ela disse e ele sorriu.

- Acha mesmo? Acha que ela vai gostar?

Ele perguntou e ela sorriu afirmando com a cabeça.

- Ela vai amar. Agora temos que ir para o próximo passo que são as roupas.

Ela falou e segurou na mão dele o puxando para fora da loja.

- Ihhh boy, eu tomaria cuidado em. Parece que ela ja está te trocando.

O Alan disse olhando eles saírem da loja e então eu o olhei.


- Ahhh... vê se não enche.

Falei e então saí dali logo seguindo eles.

ASHLEY ON

Eu decidi passar na casa da Holland para botar o papo em dia, chamei a Els mas ela disse que não ia poder vir.

- O que pode ser mais importante pra Els do que vir passar um tempo com a gente? Poxa, quase não estamos mais nos falando fora da escola. Sem falar que ela ta toda estressada por causa daquele grêmio.

Holland falou e eu afirmei com a cabeça. 

- Bom, mas depois falamos disso porque agora eu quero saber uma coisinha... O que tem entre você e o Harry?

Perguntei olhando ela com um sorriso sapeca.

- Como assim?

Ela perguntou arqueando uma das sobrancelhas.

- Eu percebi que vocês estão muito coladinhos.

Falei com uma cara de safada e levei um tapa leve no braço.

- Ele é só meu amigo.

Ela disse se levantando da cama. Estávamos deitadas na cama do quarto dela olhando para o teto.

- Todo mundo sempre fala isso Holl...

Falei sorrindo e levei o olhar até ela que estava indo até seu closet. Ahhh, esqueci de mencionar, a Holland voltou pra casa dela depois de toda aquela briga com a família. A mãe dela teve uma conversa seria com o pai dela e ele falou que ia parar de beber. Já faz uns vinte dias, e até agora ele parece estar cumprindo com o acordo.

- Mas e você e o Zayn? Achei que já iam assumir o namoro, mas de repente você aparece aos beijos com o Tyler.

Ela disse revirando os olhos.

- Eu não estou com o Tyler. Ele é só um passatempo, e o Zayn também tem os passatempos da vida.

Falei como se fosse óbvio e então me sentei na cama.

- Ele só tem os passatempos porque você também tem... Mas agora me ajuda a escolher uma roupa para hoje a noite.

Assim que ouvi ela falar arqueei uma das sobrancelhas e caminhei até ela.

- Por que você precisa de ajuda? Sempre escolheu suas roupas tão bem.

Falei e ela me olhou.

- Eu quero impressionar o Ha... alguém.

Ela falou e então eu abri um sorrisão.

- Você quer impressionar o Harry! Eu sabia!

Falei e então comecei a olhar as roupas que ela tinha de um jeito empolgado.  

HARRY ON

- Eu adorei!

Eleanor falou se referindo a roupa que eu havia acabado de provar.

- Eu odiei.

Louis disse bocejando.

- Que seja... você tem que ouvir a minha opinião porque eu sou uma garota Harry. E tenho gostos peculiares aos da Holland.

Eleanor disse e Louis arqueou uma das sobrancelhas.

- Você tem que ouvir a minha opinião porque sou seu melhor amigo Harry.

Louis disse e então eu revirei os olhos voltando para o provador. Esses dois ainda iriam me levar a loucura!

Não demorou muito para encerrarmos as compras, até porque não tínhamos tempo de sobra.

- Nos vemos na festa de hoje a noite.

Louis disse assim que saímos do shopping. Nós todos estávamos a pé, então decidimos ir cada um para a sua casa, já que estávamos bem atrasados para nós arrumar.

- Tchau pessoas.

Nos despedimos e então fomos cada um para sua casa, a Els disse que teria que estar la no local da festa mais cedo para ver se tudo estava indo como o planejado.


Holland on

Não demorou muito para que a Ashley fosse embora, ela ia se arrumar e eu ia fazer o mesmo. Meu banho não foi muito demorado, até porque eu ainda ia querer comer alguma coisa antes de ir pois nessas festas nunca tem nada de comida.

Coloquei o roupão depois de me secar e então caminhei até meu closet, eu ja tinha separado uma roupa, então logo depois que a coloquei ja fui arrumar meu cabelo. Fiz uma trança na lateral do meu cabelo e passei uma leve maquiagem. Então quando me olhei no espelho vi que faltava somente uma coisa... o típico batom vermelho.

- Aonde você vai?

Ouvi a voz do meu pai vindo da porta e então virei meu rosto vendo ele lá parado.

- An... na festa da escola. Eu avisei minha mãe.

Falei e ele arqueou uma das sobrancelhas.

- Mas não me avisou, então vai ficar em casa.

Ele disse e eu franzi o cenho.

- Mas eu já estou pronta, e já falei com meus amigos que eu vou! Não posso faltar de última hora.

Falei e vi ele negar com a cabeça.

- Já sabe a resposta.

Ele falou e então saiu do quarto. Fiquei olhando para porta por alguns segundos indignada e então caminhei até ela a batendo com força. Ahhh eu vou nessa festa nem que seja a última coisa que eu faça!

Peguei meu celular e então mandei uma mensagem para o Harry.

"Styles, eu tive um pequeno problema aqui em casa, eu vou tentar resolver. É melhor você ir na frente."

Mandei e não demorou muito até ele responder.

"O que aconteceu? Precisa de ajuda?"

Mordi meu labio levemente pensando enquanto lia a mensagem.

"Preciso de uma escada"

Mandei e então ele me respondeu no mesmo instante.

"Em cinco minutos eu chego aí."

Harry era tão atencioso e cuidadoso comigo, acho que ele era uma das únicas pessoas que me fazia sentir especial.

[...]

Ouvi um barulho vindo da janela que estava aberta, então quando me aproximei vi um garoto com o cabelo meio enrolado de cabeça baixa se segurando em algo que eu imaginava ser uma escada. Não pensei duas vezes em empurrar ele, apenas empurrei fazendo ele cair nos arbustos do Jardim.

- Ai Holland!

Pera aí... Eu conheço essa voz...

- Harry?

Sussurrei olhando o garoto, estava escuro, então não dava pra ver direito.

- Por que raios você me empurrou?

Ele falou indignado e então eu arregalei meus olhos.

- Eu não achei que fosse você! Não consigo te ver, só que parece um pouco diferente.

Falei e então corri até a porta do meu quarto trancando a mesma. Corri novamente até a janela e subi na mesma.

- Segura a escada e não olha pra cima!

Falei e vi ele se levantar. Me ajeitei e então comecei a descer, olhei para baixo e vi que o Harry estava olhando.

- Harry!

Reclamei e então ele desviou o olhar rapidamente.

- Desculpa.

Ouvi ele dizer e então por fim acabei de descer a escada. Olhei ele com mais atenção e... uou!

- Quem é você e o que fez com Harry Styles?

Perguntei e o mesmo riu.

- Gostou?

Ele perguntou e eu afirmei com a cabeça.

- Você ainda está bem gatinho... muito gatinho. Mas não faz diferença, vamos.

Falei o puxando pela mão começando a andar e então senti ele me puxar fazendo com que eu parasse de andar. 

- A propósito... você está linda...

Ele disse e eu abri um leve sorriso.

- Obrigada... vamos.

Falei novamente e quando ia sair andando olhei a escada. Pedi para o Harry esconder ela entre os arbustos e assim ele fez. Então logo fomos a caminho da festa. 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...