1. Spirit Fanfics >
  2. Loveless >
  3. Hard Feelings

História Loveless - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor



Capítulo 1 - Hard Feelings


Jeno encarava a rua da janela da cafeteria, a xícara com um expresso duplo aquecia suas mãos frias porém suadas do nervosismo ao esperar Jaemin. Havia recebido uma mensagem do namorado dizendo: "Poderia me encontrar no nosso café favorito às três?" Nenhum ponto de exclamação repetido, nenhum emoji feliz ou fofo... Jeno começava a desconfiar que era uma daquelas conversas sérias sobre como a faculdade dificultava a vida de Jaemin e ele estava pensando em desistir de seu curso pela 5° vez só naquele mês. Mas ainda sim esses tipos de conversas deixavam Jeno apreensivo, ele não era bom de conselhos e do fundo de seu coração começava a cansar dos sonífero diálogos de Jaemin sobre como jornalismo não podia exigir tanta redação pois ele estava a trás da verdade e não atrás de um "grande livro dos fatos". 

Mas Jeno era seu namorado não era? Sua responsabilidade não era aceitar Jaemin com defeitos ou sem, com conversas longas e monólogos chatos acima de tudo? Pois eles queriam um futuro... Na verdade Na Jaemin queria. E imaginava que Lee Jeno estaria disposto a aquilo também. 

E no meio de um de seus goles longos de café ele repensou todas as tardes naquela cafeteria com Jaemin, todos os encontros cheios de sorrisos e piadas envergonhadas de começo de relacionamento que eles tiveram, mas agora Jeno tinha apenas medo... Medo de não ser bom o suficiente para Jaemin, medo de não conseguir dizer tudo que sentia no tempo que via o namorado. E aquilo o aniquilava por dentro qualquer outro sentimento que Jeno quisesse expressar eram cobertos por uma onda de protestos que o cérebro de Jeno construía para parecer bem, bom e feliz ao lado de Jaemin.

Uma cadeira a sua frente se arrastou e cortou seus pensamentos divagantes. O garoto de cabelos rosas e sorriso gentil tinha sido suas melhores memórias dos últimos sete meses, fossem eles no café ou de noite em seu apartamento enquanto jantavam juntos ou assistiam um filme no seu cobertor com gatinhos desenhados. Jeno não ousava dizer a palavra que rondava sua mente nos últimos dias... Término! 

Não, Jaemin não merecia isso. Ter seu coração despedaçado por que Jeno estava confuso sobre ter conversas longas com Jaemin lhe davam sono, ou toda a euforia dos seu começo de relacionamento havia escapado pelos dedos como fumaça de cigarro saindo da boca de alguém que fumava calmamente no lado de fora do café. 

"Está tudo bem Nono?" Disse Jaemin com sua voz tranquila de sempre. Jeno queria dizer naquele momento que não pois seu cérebro o sabotava.

"Está sim... E você? Veio no frio?" soltou um sorriso meio apático ao outro. "Vim sim... Mas eu queria ter certeza antes de que você esta pronto para essa conversa..."

A respiração de Jeno falhou por míseros três segundos e seu coração acelerou. 

"Claro... Que tipo de conversa?"

"Bom você tem estado distante, mais pensativo, acho que tem algo te incomodando mas você não vem falar comigo ultimamente, tem ignorado minhas mensagens também..."

Jeno percebeu seus erros tarde demais, será que Jaemin tinha ligado os pontos e agora estava a ponto de destruir os sentimentos de Jeno no meio do café? Suas mãos suaram mais frio e ele sentiu um arrepio na nuca.

"Sobre isso, eu sinto muito mas acho que nosso relacionamento não tem mais futuro Nana..."

Esperou um soco, um tapa um grito uma lágrima. Nada aconteceu, nada além de uma doce mão acalenta e quente tocando a sua na xícara.

"Eu entendo. Sinto muito por não ter percebido antes ou sido melhor, talvez eu devesse ter deixado você falar mais."

Ao contrário do chilique que o Lee esperava um doce sorriso leve saiu dos lábios de Nana, que acalentou seu peito. Talvez não conhecesse tão bem Na Jaemin assim, mas sabia exatamente por quais motivos tinha se apaixonado por ele. 

Os olhos brilhantes e compreensíveis, o sorriso doce e inocente, cabelos rosas sem medo da opinião alheia, Jaemin era tão cheio de carisma e vida que qualquer um poderia se apaixonar. 

"Você... Não está bravo comigo ou algo assim?"

"Claro que não Jeno, por que estaria? Relacionamentos terminam, assim como um livro bom que você gostou tanto que nem viu o tempo passar lendo ou uma bebida quente num dia de inverno. Mesmo que eu te ame ainda te deixarei partir Jeno, por que te deixando ao meu lado só estaria machucando a mim mesmo. Amor e incondicional e válido seja ele no final ou no começo."

Jeno quis abraçar Jaemin e chorar, como uma criança que ve um monstro e foge para o colo da mãe, agora seu ex namorado era a pessoa mais bonita internamente quanto exteriormente. Mas jeno apenas apertou sua mão de volta que começava a esquentar com o calor das mãos de Jaemin.

"Obrigado Nana, você é a pessoa mais inteiramente bonita que conheci, seu coração é belo e você pode ser a pessoa incrível de alguém um dia. Sempre te levarei no coração."

"Não tem motivos para agradecer Nono, quero que você seja feliz. Mesmo sem mim. Você ainda é parte da minha história"

Antes de sair do café deu um último abraço em Jaemin e viu o Na cruzar a avenida sentido ao seu dormitório. 


Jeno esperava que Jaemin estivesse sendo sincero e não chorasse por sua culpa. No fim até os melhores romances ainda precisam de um final. Pois imaginaríamos finais em abertos de forma catastrófica e ruim. E Jeno esperava que Na Jaemin tivesse um final feliz.


Notas Finais


Espero que tenham gostado! Se quiserem deixar um comentário (crítico ou não) me ajuda a melhorar minha escrita e ver o que posso melhorar. 🥺♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...