História Lovely Words - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Overwatch
Personagens Genji, Zenyatta
Tags Eu Amo Esse Shipp, Feliz Dia Dos Namorados! <3, Fluffy, Genji, Genyatta, Genyattaweek, Nepal, Zenyatta
Visualizações 20
Palavras 569
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drabble, Ficção Científica, Fluffy, LGBT, Shoujo (Romântico), Slash

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


int...
...é

Feliz dia dos namorados! <3

Capítulo 1 - Capítulo Único


Genji abria os olhos aos poucos, seus olhos se adaptando a luz que entrava pela janela. Um sorriso brotou em seu rosto ao avistar a figura flutuante e metálica de seu mestre, meditando calmamente na porta de seu quarto. Não adiantou evitar fazer qualquer tipo de barulho, o ômnico havia o notado e logo parou a sua meditação, as orbes douradas flutuando ao redor de seu pescoço. Genji ficou um pouco desapontado – gostava de ouvir o som que as orbes faziam quando Zenyatta meditava.

― Bom dia, mestre ― o ciborgue levantou-se da cama, espreguiçando os músculos tanto artificiais quanto orgânicos ― O que está fazendo aqui?

― Bom dia Genji ― o ôminco respondeu, colocando ambos os pés no chão ― Eu queria levá-lo para uma caminhada matinal pelo templo, mas ainda estava dormindo. Vejo que o acordei. Me perdoe. Acho melhor ir meditar com os outros e o deixar descansar.

― Não! ― o esverdeado praticamente gritou, assustando o outro. Suas bochechas ficaram vermelhas de vergonha – infelizmente não estava usando sua habitual máscara, o que deixava sua face cicatrizada a mostra ― Q-quer dizer... eu adoraria.

Ouvir a risada de seu mestre o fez ficar mais vermelho ainda. Apesar de não ter um rosto e uma voz exatamente humana, o jeito que ele mexia os ombros e abraçava sua própria barriga enquanto gargalhava baixo era extremamente fofo ao seus olhos. Claro, achava Zenyatta delicado e adorável comparado a – grande – maioria dos ômnicos, mas seu mestre havia provado várias vezes o quanto sabia lutar, e que não era bom te-lo como seu inimigo. Apenas mais uma qualidade que Genji admirava nele.

― Estar com você é sempre um prazer, mestre ― confessou, fazendo uma reverência em sinal de respeito. No entanto, uma mão metálica levantou o seu queixo, obrigando a encara-lo.

― Ah, Genji, não precisa ser tão formal ― Zenyatta falou ― é igualmente um prazer estar com você, meu pardal.

O esverdeado quase caiu ali mesmo do tanto que suas pernas fraquejaram. Aquele pronome possessivo na frase o derrubou completamente. Ele era sempre tão gentil, lhe chamando com apelidos carinhosos...

Sensei, você é um 天使 (tenshi) ― o mesmo tomou coragem e falou. Aqueles sentimentos eram verdadeiros, Zenyatta de fato parecia um anjo para si.

Mais uma pequena risada vindo de seu mestre, e Genji começou a pensar que chama-lo daquele jeito fora um erro. Isto, no entanto, ao ouvir a voz do ômnico dizendo:

― मेरो प्रिय (Mērō priya)

Quase desmaiou mais uma vez. Não falava Nepali fluentemente, mas sabia o que aquela palavra. “Meu querido”.

Inspirou fundo com um sorriso no rosto, segurando as mãos de Zenyatta entre as suas.

― 私の情熱 (watashi no jōnetsu)

Por que, de fato, ele era sua paixão.

― Mestre! Eu... am... estive pensando ― o ciborgue murmurou, ainda com as mãos do outro nas suas ― Gostaria de ser meu parceiro? Digo... no dia dos namorados...? 

― Pensei que nunca iria perguntar! ― o outro riu mais uma vez, segurando o rosto de Genji entre suas mãos em um gesto mais que carinhoso ― Mas é claro que eu quero, Genji.

Pelo resto da manhã, ambos ficaram apenas trocando apelidos carinhosos em línguas diferentes, curtindo o calor incomum que fazia nas montanhas do Nepal – seu novo lar ao lado de seu novo mestre. No futuro, quem sabe? Mas por agora, apenas queria que Zenyatta fosse seu valentine.

 

 


Notas Finais


caso alguma tradução esteja errada, culpem o google tradutor <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...