1. Spirit Fanfics >
  2. Lover (Seungseok) >
  3. Guitar strings

História Lover (Seungseok) - Capítulo 1


Escrita por: reddwll

Notas do Autor


oi haha, foi bem rápido desta vez! fiquei inspirada 💕 espero que gostem~
lembrando que a ordem das histórias é:

1- lover
2- miss americana and the heartbreak prince
3- cruel summer

talvez venha a número quatro por aí! boa leitura 🥰

Capítulo 1 - Guitar strings


seungyoun amava a sensação das cordas contra seus dedos. ela o fazia se sentir vivo, tornando o mundo ao seu redor mais digerível e lhe dando um pouco de brilho. as notas adocicadas ressoavam pelo ambiente, colocando um sorriso em seu rosto. balançava a cabeça, acompanhando o ritmo. talvez até cantarolasse um pouco, deixando a atmosfera o dominar. 

 

quando a melodia se encerrou, suor escorria pela sua face. tocar sempre exigia muito de seu físico, devido ao fato de se entregar completamente à canção. soltou o ar que estava prendendo, observando a forte luz que tornava o ambiente noturno um pouco mais claro. apoiou sua cabeça na parede, o violão descansando em seu colo. a sensação de satisfação desaparecia à medida em que seu fôlego retornava. um, dois, três. e estava vazio novamente.

 

de repente, em constraste ao barulho comum das corujas que estavam em grande animação, palmas puderam ser escutadas no ambiente. seungyoun tornou sua atenção para a fonte do som, escondida pela sombra. um garoto andava em sua direção, suas mãos se juntando em admiração. sorria, os olhos brilhando. por algum motivo, se sentiu encantado, mas nada disse. apenas esperou-o.

 

“lindo.” disse, apontando para o seu violão. desajeitado, o outro apenas coçou sua nuca. não estava acostumado com elogios. ambos permaneceram em silêncio por um curto período de tempo. “posso me sentar ao seu lado?” questionou. seungyoun assentiu, sentindo o espaço ao seu redor se tornar um pouco mais aquecido. estranho para uma noite de outono, pensou, mas logo foi afastado destes devaneios, assustado pelos movimentos bruscos daquele com quem conversava.

 

“o que faz aqui, afinal?” foi o que perguntou, tentando roçar suas mãos contra a base de seu violão. “sabe, além de tocar. não é muito comum ver alguém encostado na parede da entrada de um banheiro às três da manhã. muito menos em um parque.”

 

suspirou, vendo seu hálito se tornar vapor. “penso.” foi o que respondeu. não entendia o porquê e muito menos se estavam dividindo este sentimento, mas seu coração dizia que poderia relaxar próximo ao outro.

 

“só pensa?” riu, levando as mãos à boca. atraente, pensou seungyoun. “bom, não posso lhe julgar. também não sei o motivo de estar aqui.”

 

“hm.” murmurou, observando-o com cuidado. depois de perceber que não poderia decifrá-lo sem nada dizer, tentou retomar o ritmo que havia quebrado. “você tem um nome?”

 

gargalhada no ar, gerada do nervoso. “sim, eu tenho um nome. sou wooseok.” sorriu. “e você, garoto do violão?”

 

seungyoun.”

 

um sentimento forte preencheu seu peito, ainda mais caloroso que aquele que resta em sua alma após tocar. não sabia nomeá-lo. talvez nem quisesse.

 

“e você, wooseok? o que faz neste parque?” provocou, mesmo tendo escutado as palavras anteriores dele. “penso.” o outro brincou. “e falo com você!” completou “eu ganhei.” seungyoun riu, suas mãos retornando para o instrumento. se sentia inspirado. o outro o escutava atentamente, encanto em seus olhos.

 

sob as estrelas e melodias improvisadas, ele aprendeu mais sobre o garoto chamado wooseok. descobriu que, como ele, gostaria de abandonar a pequena cidade sem olhar para trás. descobriu que, também como ele, amava a sensação de cócegas que canções boas faziam em seus ouvidos. e descobriu que, apesar de tudo aquilo que o cercava, ainda se mantinha verdadeiro.

 

e, muito tempo depois, imaginou que esta fora a primeira coisa que lhe chamou a atenção em wooseok. além de seus traços belos e delicados, o calor que dele emanava era real. sua pele ardia ao se aproximar, seu coração batia mais rápido. em meio a milhares de mascarados, ele mostrava seu rosto com confiança.

 

kim wooseok era especial. desde o primeiro segundo, esta foi a conclusão que teve. e nunca se arrependeu dela, nem entre brigas, dores e reconciliações. porque, apesar de tudo, suas histórias foram escritas para se tornarem, no futuro, apenas uma só.

 


Notas Finais


gostaram? espero que sim 💖 escrevi com muito carinho!!!! beijos e até a próxima~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...