História Loving You No More ( Imagine BTS - Yoongi) - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Tags Bangtan, Bts, Drama, Yoongi
Visualizações 99
Palavras 1.521
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Antes de começar o Capitulinho novo, gostaria de agradecer a todos que estão lendo, meu kokoro fica muito feliz! :)

Espero que gostem!

Boa Leitura S2

Capítulo 16 - A Lágrima


Fanfic / Fanfiction Loving You No More ( Imagine BTS - Yoongi) - Capítulo 16 - A Lágrima

Corredor dos camarins - 09:46 P.M.

“Oppa”

“Oppa”

A cada passo naquele corredor de camarins interminável, a palavra “Oppa” na voz irritante daquela garota, ecoava em minha cabeça.

Estava tão aérea em pensamentos, que nem percebi que havia esbarrado em alguém, e que a pessoa já se encontrava falando comigo.

-TAE!! - grito e imediatamente o abraço. - Me desculpe, não tinha te visto! - coço minha cabeça sem graça, depois de nos desvencilharmos do abraço.

-Não foi nada Lua! - faz carinho em um dos meus braços. - Preciso te parabenizar, você realmente dança muito bem! - bate algumas palmas, mas logo coloca as mãos em minha cabeça, a chacoalhando.

-Quer morrer garoto!!! - esbravejo, dando um leve tapa em seu braço, mas logo começamos a rir. - Mas… obrigado… não danço tão bem assim… foi só sorte! - olho para baixo, um pouco sem jeito.

“É… não sei lidar com elogios”

-Que nada! Você é incrível! - continua os elogios - Por isso, merece um jantar! - o olho com espanto, como se não esperasse por tal pedido vindo do garoto.

-P-pode ser..! - após essa resposta devidamente esdrúxula, um silêncio estranho se fez no local. Porém, resolvi quebrá-lo falando merda, como sempre - Não quer ir lá para casa? Posso cozinhar algo! - as palavras saíram tão rápido, que não daria nem tempo de pensar em engoli-las de volta, engoli em seco.

-Claro! Adorei a ideia! - sorri quadrado e fofo. Apenas quando sua resposta entrou por meus ouvidos, pude digerir o convite que havia feito. Felizmente, ele não demonstrava segundas intenções, me deixando aliviada… mas somente por parte, pois em compensação, em minha cozinha, não tinha nem ar embalado para fazer alguma refeição para nós. Bato em minha testa, que já deve estar ficando com a marca da minha mão, de tanto que eu faço isso. - Me manda o seu endereço depois! Vou dar uma desculpa aos meninos, e chego na sua casa às 10:30, pode ser, Lua?

-Ah! Claro! - sorrio para ele, já me conformando que seria uma correria para passar no mercado, organizar a casa e estar apresentável para a sua visita.

-Taehyung! - a voz de Yoongi se propaga atrás de mim, fazendo Tae direcionar sua atenção a ele - Fedelha! Ainda está aqui? - em seu tom de voz, pude perceber que não estava feliz com a minha presença junto ao moreno ali.

“Ele está me expulsando?”

“Vai lá com a Yura, Oppa!”

-Tchau então! - reviro os olhos e falo grossa - Tchau Tae! - digo acenando para ele e dando as costas aos dois. Nesse momento, só queria que Tae ficasse quieto, por que tinha certeza que depois sobraria para mim.

-Tchau Lua! Até mais! - olho para trás, vislumbrando a feição pensativa de Yoongi, agora assimilando que euzinha era a tal “Lua”. Logicamente, ferrou para mim né!

Como um raio, apertei meus passos e sai daquele Teatro, afinal, ainda teria que passar no mercado e tinha menos de uma hora para aprontar as coisas.

“Por que fui inventar isso?”

Meu apartamento - 10:28 P.M.

Apartamento arrumado, comida comprada, banhozinho tomado, tudo estava certinho para o “jantar” com Tae.

Me encontrava sentada no sofá, olhando para o teto e pensando em:

“Oppa”

“Oppa”

-“É… me desculpem, mas realmente estou encafifada com isso! No ensaio de amanhã esse Coiso vai ver só, vou chegar com um questionário!” -

Pelo sutil toque na porta, sou tirada de meus devaneios e me dirijo até a porta para abri-la.

-Tae! Entre, fique a vontade! - ele sorri em resposta e assim entra timidamente, analisando o local.

-Poxa! Que apartamento bonito! - diz ainda olhando em volta e parando seu olhar em mim, que o seguia até a sala.

-É bem simples, mas aconchegante - sorrio sem jeito, pois imagino que sua casa deve ser mil vezes melhor que esse apartamento - Fique a vontade, sinta-se em casa!- digo e vou em direção a cozinha para pegar a refeição, que já se encontrava pronta, para colocar em cima da mesa de jantar.  

Comemos e conversamos bastante, ele disse que a comida estava ótima, e  modéstia a parte,devo concordar, acho que nunca havia cozinhado tão bem assim.

Ainda nos encontrávamos tagarelando, sentados no sofá, quando ele subitamente dá lugar a uma expressão séria em seu rosto, e me encara com orbes escuras. Parei de rir instantaneamente, fiquei preocupada com a mudança repentina de humor do rapaz. Antes de começar a falar, pude notar que ele parecia inseguro com algo que passava por sua cabeça, e que em momento algum desviou seu olhar de mim.

-Tae?! Você está vivo? - passo a mão em frente a seus olhos, confirmando se ele daria sinal de vida.

-Estou sim… - dá uma sutil risada, piscando os olhos repetidas vezes - Ah… Lua… Preciso te dizer algo… - parecia embaraçado ao verbalizar tais palavras, enquanto suas mãos se encontravam alisando sua calça, talvez para retirar o suor. Estava aparentemente nervoso.

-Estou toda a ouvidos! Só não vai me dizer que você é um lobisomem e quer me… - sou cortada antes de terminar a pequena brincadeira.

-Gosto de você, Lua! - exprime as palavras tão depressa, que como resposta, só consegui sentir meu coração acelerar e minha boca secar.

Simplesmente não podia aceitar seus sentimentos, usa-lo e depois descartá-lo dizendo, tarde demais, que meu coração pertence a outro.  Não tinha resposta para ele, o via apenas como um grande amigo, e na realidade Yoongi é quem tem mexido comigo nesse momento, mas nada além de gases em meu estômago.

-Bom… - coça a nuca, com a face ruborizada - imagino que… já deva ter alguém de quem goste! - ri de sua própria situação, direcionando o seu olhar para suas mãos, que agora, se encontravam entrelaçadas em seu colo.

-Mas, eu não disse nada e… - digo, ainda imóvel. A única força que tinha, era para movimentar meus lábios e não deixá-lo sem nenhuma resposta.

-Seu silêncio já continha a resposta! - diz rindo abafado, para tentar mostrar que estava tudo bem, mas era aparente que estava frustrado. Novamente, me encontrava sem resposta alguma. - Sorte deste que tem seu coração! - e falando em coração, ele acabou de lembrar estar vivo, após essa pequena frase sentimental do garoto. - Antes que me diga algo, ou que se desculpe por não me corresponder, posso fazer algo? - Apenas assinto e o vejo, lenta e silenciosamente inclinando em minha direção. Depois de excitar por alguns segundos, ele sela nossos lábios, algo que parecia a muito tempo querer fazer, me levando a fechar os olhos, e deixá-lo, assim como eu, sentir o momento.

Pude sentir sua tristeza e paixão misturados naquela singela troca de contado, que não permitimos avançar para mais do que isso. Contudo, pude reconhecer a real tristeza, ao identificar algo molhado e salgado junto ao beijo, curiosa abro meus olhos e me deparo com uma pequena lágrima, que havia escapado de seus olhos. Percebendo a presença da mesma, Tae se afasta delicadamente de mim, e cravando seu olhar no meu, encosta sua destra em minha bochecha, depositando um leve carinho ali.

.

.

.

BigHit - 07:01 A.M.

      Depois da incrível noite mal dormida, causada por toda aquela situação com Tae, me encontrava perdida dentro dessa empresa, procurando a bendita sala em que Yoongi poderia estar, já que esse projeto de jumento não fez questão de me responder, quando perguntei em que sala seria o treino.

Praticamente entrei em todas as salas, e por fim me via em frente a última porta que faltava olhar.

-Por favor, que seja essa! - estava praticamente rezando. Abro a porta e solto um longo suspiro de aleluia, já que a primeira coisa que vi, foi o pálido sentado no chão da sala, mexendo no… celular?

“ Esse desgraçado está com o celular na mão e não fez questão nenhuma de responder a porcaria da mensagem que enviei!!”

-Por que não me respondeu?? - digo emanando raiva, enquanto adentrava a sala e o via me olhar por cima dos olhos, já que continuava com a cabeça abaixada mirando o celular. - Andei essa droga de empresa inteira!

-Quem bom, agora não terá problemas em se perder por aqui! - se levanta e guarda o celular no bolso traseiro de sua calça preta. - Não mandei mensagem, pois vai que, por alguma circunstância, você ainda estivesse com Taehyung, não é mesmo? - o encaro perplexa - De maneira alguma queria atrapalhar vocês, Lua! - seu tom irônico, deixava tudo mais difícil de digerir.

“ Espero que ele esteja se referindo ao meu encontro com Tae no corredor dos camarins, onde ele mesmo nos interrompeu a conversa.”

Me senti em um beco sem saída, e não via outra maneira, a não ser tentar me explicar, porém, contudo, entretanto ele não podia deixar de provocar um pouco mais e expor claramente o ciúme que sentia.

-Foi boa a noite com ele? - pergunta me olhando com desdém.

“É… pelo jeito, ele sabia que Tae foi me ver ontem a noite… mas como?”

.

.

.

 


Notas Finais


Vish! Yoongi nem sabe o que aconteceu e já ta tendo ataques de pelanca! Coitada da Luna hahah

Espero que tenham gostado!

Qualquer sugestão ou dúvida é só comentar :)

Obrigada (o) por lerem!

Aahh! Comecei a ler uma fic do JungKook, muitooo boa!! Super recomendo! Vou deixar o link dela, para quem se interessar!

https://www.spiritfanfiction.com/historia/coffee-jeon-jungkook--bts-13809205

Bjs até o próximo capítulinho!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...