História Loving You No More ( Imagine BTS - Yoongi) - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Tags Bangtan, Bts, Drama, Yoongi
Visualizações 83
Palavras 899
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Capitulinho novo!!

Para quem quiser, escute a música "Body Party" - Ciara, enquanto lê :)

Boa Leitura

Capítulo 17 - Paraíso


Fanfic / Fanfiction Loving You No More ( Imagine BTS - Yoongi) - Capítulo 17 - Paraíso

Nos fitamos por exatos dois minutos, onde nem um som sequer saiu de minha boca, pois tentava formular uma resposta coerente, e ele apenas analisava cada piscar de olho.

-Para falar a verdade, prefiro não saber como foi INCRÍVEL ter uma noite com Kim Taehyung! - vociferou rudemente e foi em direção ao aparelho de som - Vamos ao que interessa… - mira o olhar em mim e solta a música, a qual era “Body Party” da Ciara - … dance para mim! - ordena, logo se sentando de costas para o espelho e esperando algum movimento de meus músculos.  

“ É impressão minha ou poderia sentir um duplo sentido em sua fala?! “dance para mim!”, claramente tinha um duplo sentido ali, pelo menos em minha mente maliciosa.” Pensava , enquanto a música tocava e ele esperançoso me esperava começar.

-Não vai se mexer Fedelha? - indaga, cansado pela minha demora.

“Então... Meu querido mozão, acontece que eu não vou dançar sensualmente na sua frente! Não mesmo!” gritei mentalmente para ela, que de longe, nunca escutaria.

-Essa música é muito… - encarava o chão, já com as bochechas ruborizadas.

-Sensual? - ele completa minha frase e sorri galanteador - Esse é objetivo da prova Fedelha… - relembra, se levantando.

-Então, o que quer que eu faça? - rebato irritada.

-Digamos que… quero que você se solte e dance conforme a música, porém, sensualmente! - fala simplista, cruzando seus braços - Vamos! Posso até apagar as luzes para te deixar mais à vontade…! - aprovo, vendo o pálido andar na direção do interruptor e deixar apenas as fracas luzes do fundo da sala acesas. Ele volta a ficar de costas para o espelho. Assim, a música recomeça e me preparo para iniciar minha ‘performance’.

“My body is your party, baby

Nobody's invited but you, baby

I can do it slow now, tell me what you want”

 

Os movimentos fluiam sem que eu pudesse controlá los. Passo a passo, sentia a sensualidade tomando conta de cada célula de meu corpo, junto a correntes elétricas que emanavam das borboletas em meu estômago. O garoto Papel, me olhava de maneira devidamente interessante. Consegui contemplar de soslaio, que o mesmo mordia de maneira leve seu lábio inferior, assim me fazendo sentir um calor indecifrável, dos meus pé ao meu último fio de cabelo, conduzindo a minha dança a um cunho ainda mais sensual.

“I'm doing this little dance for you

You got me so excited

Now it's just me on you

Your body's my party, let's get it started”

Não percebia até que ponto estava chegando com aquela dança, mas o desejo em mim se tornou tão grande que, em uma fração de segundos, já me encontrava devidamente a uma distância perigosa a ele, o mirando sedutoramente, mas sem parar a dança, que se tornara mínima naquele momento.

Suas mãos, que antes estavam junto a seus braços cruzados, se deslocaram rápidas para a minha cintura, a qual fez questão de pressionar possessivamente.

 “  The things I wanna do to you

My body's calling you

I'm having so much fun with you

Now it's just me on you”

 

Sem ser capaz de segurar minha excitação por mais um segundo sequer, movo minha destra, a encaixando em sua nuca, podendo sentir ali, seus pelinhos se arrepiarem ao realizar o ato de entrelaçar meus dedos em seus curtos cabelos. Nossa troca de olhares foi precisa e se fosse possível, faíscas poderiam ser vistas.

A demora parecia enorme, então tive a sedenta bondade de aproximar nossos lábios, os selando docemente. A doçura, a delicadeza, a fragilidade daquele mero beijo, logo foi quebrada pela pressa do garoto em nos conectar ainda mais, pedindo a passagem com a linguá. Não hesitei em aceitar.

“Só vem meu Querido!!”

Sentir finalmente seus lábios mais uma vez, era reconfortante e prazeroso. O ósculo se tornava cada mais indomado a cada segundo. Minha mão em sua nuca puxava seus cabelos, mas ao mesmo tempo o acariciavam, seus braços abraçaram minha cintura por completo, assim nos aproximando ainda mais.

Experimentar de seus lábios, era como sentir o gosto do próprio pecado. Nunca havia sentido tal sensação em um beijo antes.

Todavia, como nem tudo que gostamos dura para sempre, uma criatura, uma criaturinha com rabo, quatro patas e que muge, resolve atrapalhar o meu momento no paraíso.

-O que está acontecendo aqui? - Yura indaga inconformada com o que via - Yoongi? - eu e o garoto nos separamos, e ao olhar a garota, pude ver que seus olhos estavam se enchendo de água.

“ Estou começando a achar que essa Vaca gosta do Yoongi…” imagino comigo, pois era audível e aparente o ciúmes com que nos encarava.

A lágrima escapa de um de seus olhos, e ela bate o pé com raiva no chão, assim saindo correndo da sala. Não entendo a situação, mas apenas vejo Yoongi saindo correndo atrás da garota, me deixando ali… molhada e sem norte.

-Não acredito que ele foi atrás dela… - agora quem estava com raiva era eu, que nem sabia o por que de tanta cena por parte da Vaca, já que ela não tinha nada com Yoongi.

“You can keep your hands on me”   

 A música continuava a tocar pela enésima vez, enquanto me encontrava estatelada no chão, secando o teto, esperando que ele caia em cima de mim e me faça esquecer do que aconteceu.  

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado e que não me matem por cortar o beijo no meio hahaha

Sugestões ou dúvidas é só comentar ;)

Obrigada(o) por ler

Link da música do capítulo:
https://www.youtube.com/watch?v=fO0hQ5ylGFQ


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...