História Lua Cheia: Sentindos (Romance Gay) - Capítulo 2


Escrita por:

Visualizações 34
Palavras 892
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem pela demora é essa capítulo tá bem ruizinho.

Boa leitura

Capítulo 2 - Segundo dia: escola


2° dia


_Filho acorda. Disse minha mãe me sacudindo.



_Oque que foi mãe?



_Voce vai para escola hoje?



_Vou sim, já tá na hora? Disse esfregando os olhos.



_Sim já tá. Disse saindo do quarto e fechando a porta.



Me levantei da cama, estendi o lençol e caminhei em direção ao banheiro que fica no meu quarto. Tirei a roupa e entrei em baixo do chuveiro me enssaboei e depois enxaguei, desliguei o chuveiro e fui até a pia do banheiro onde fica minha escova e várias outras coisas. Escovei meus dentes, peguei meu secador de cabelo liguei ele na tomada e em dez minutos meu cabelo já estava arrumado, sai do banheiro vesti uma cueca preta, uma calça preta, calcei meu AllStar vermelho, e quase terminando vesti minha blusa beje de lã já que aqui de manhã na minha cidade faz frio, botei meu óculos peguei meu fichário e sai do quarto. Desci as escadas e minha mãe estava na cozinha, provavelmente minha vó e meu irmão estão dormindo e meu pai já deve ter ido trabalhar.



_Ja tá pronto, quer que eu te leve ?



_Nao precisa eu gosto de ir a pé mesmo.



_Ta bom então, mais toma cuidado.



_Vou ter. Dei um selinho em sua bochecha.



Peguei uma maçã e sai de casa e no caminho até o ponto de ônibus eu fui comendo a mesma. Quando cheguei no ponto em cerca de dois ou três minutos o ônibus escolar chegou, eu entrei e sentei na penúltima cadeira, peguei meu Mp3 no fichário botei os fones de ouvido no ouvido e botei pra tocar o álbum Iluminante do Shawn Mendes.



°°°


Quando o ônibus parou já na escola eu desci e caminhei até a entrada. Mas antes de atravessar Camila e Lyli surgiu do meu lado.



_Eai ? Disse Camila



_Eai, como vocês duas estão? Disse caminhado para a sala.



_Bem, mas você já tá melhor.



_Sim, e os meninos tem algum te paquerando? Disse olhando para a Lyli.



_Na verdade sabe o Finn? Disse Lyli



_Sei oque tem ele?



_Ele me pediu em namoro.



_Mentira. Disse Camila e eu em uníssono.



_Verdade. Mas eai como andam seus boys e as minas. Disse Lyli olhando pra e para a Camila.



_Olha os meus boys andam com as pernas, mas até agora nenhum apareceu.



_Os meus boys e minhas minas tambem andam com as pernas mas também tô sem ninguém, na verdade tô de olho em um menina mais sei lá acho que ela não gosta da fruta.



_Nossa que bad.



_Sim. Disse Camila.



Deixa eu explicar a Lyli ela é hétero, eu sou gay e a Camila é bi, o melhor trio que vc respeita. Entramos na sala e nos sentamos, nós sentamos na fila da parede, a Lyli senta no segundo lugar eu no terceiro e a Camila no quarto lugar.



_Bom dia alunos. Disse um homem entrando na sala.



_Bom dia. Respondemos todos em uníssono.



_ Enfim deixe me apresentar, eu me chamo Ethan Collins e vou ser o novo professor de vocês de química e como eu não conheço nenhum de vocês quero que cada um de vocês se apresentem, começando por aquela fila. Disse ele apontando para nossa fila.



_Eu me chamo Fernanda.



_Meu nome é Lily Cabello.



_Me chamo Alexandre Martin, mas gosto que me chamem só de Alec.



_Ola prazer. Disse Ethan estendendo a mão e obviamente achei estranho mas eu apertei  sua mão só por educação.



_Meu nome é Camila James.



°°°


Piiiiiiiiiiii



_Podem ir menos o senhor, senhor Martin. Disse apontando o dedo pra mim.



Quando todo mundo saiu para ir para a segunda aula que é em outra sala eu caminhei até sua mesa.



_Oi. Disse ele.



_Oi.



_Senhor Alexandre tem algum tempo livre depois da aula.



_Porque?



_E que queria perguntar se o senhor não queira sair pra comer alguma coisa em algum lugar.



_Nao, quero dizer sim e não, porque eu não moro na cidade e meu ônibus sai cedo, mas se não fosse por isso eu iria mais não dá.



_Okay compriemdo. Disse ele suspirando de raiva eu acho.



_Agora eu tenho que ir porque se não eu perco a aula.



_Ta bom.



Assim que ele me liberou eu saí da sala normal mas quando atravessei a porta eu corri de medo e também porque eu estava atrasado pra a outra aula.



_Oque aconteceu lá na sala. Disse Camila enquanto eu sentava na cadeira na sua frente.



_O professor de alguma forma queria que eu saísse com ele.



_Como assim. Disse Lyli do meu lado



_Sei lá tipo um encontro eu acho.



_E você aceitou?



_Nao ele é feio, ele é meu professor e muito mais velho que eu.



_Verdade. Disse Camila



_Estou atrapalhando vocês aí no fundo. Disse a professora falando pra nós fazer silêncio e prestar atenção na aula.



°°°



Depois da aula eu despedi da Lyli e da Camila, e fui para o ponto de ônibus depois de segundos ele chega e eu e vários outros alunos entram, eu sento no único banco totalmente vazio e fico lá até chega no ponto que eu peguei pra vir pra escola. Desço do ônibus e vou a pé até em casa, chegando em casa eu tava quase pondo o pé no primeiro degrau da escada mas minha mãe me chamo da sala de jantar, vou até ela e não tá só ela, como também está minha vó meu pai e meu irmão.



_Oque aconteceu? Disse enquanto sentava do lado do meu irmão.



_ Eles querem conversar com nois dois. Disse Charlie meu irmão.



_Filhos nos queremos contar uma coisa que pode parecer muito louca mas não é. Pode começar mãe. Disse minha mãe olhando para a vovó.


Continua...


Notas Finais


Comentem, favoritem, e adicionem a sua biblioteca


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...