História Lua da insanidade - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Fran Bow
Visualizações 3
Palavras 1.137
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Drogas, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - Parte 3


Fanfic / Fanfiction Lua da insanidade - Capítulo 3 - Parte 3

05 de 1972

Ontem não aconteceu nada de mais . Alice vai voltar hoje e ontem eu fui pra aula e fiquei pesando oque estou fazendo da minha vida , só . 

E quanto ao meu sonho de anteontem é confuso e acho que vou pedir ajuda à minhas amigas.

Fui pra aula cedo e me sentei , logo Mei aparece , combinamos de tratar um assunto hoje cedo .

-Olha preciso de ajuda - não sussurrei por que o professor ainda não chegou.

- Pode falar , acho que posso ajudar , não tenho nada pra fazer - Mei não gostava de estudar então não se preocupa com seu futuro , ela sempre diz pra aproveitar o dia de hoje e não o de amanhã  .

- Estou tendo sonhos estranhos desde o meu aniversário. 

- Dia 02/02?

-Sim. Meus sonhos são assustadores e sei que parece coisa que louco fala mas, parecem reais de mais e como você entende de loucura , queria que me ajudasse , a Alice também. 

- Adoraria ajudar!- grita, tapo sua boca e disfarço quando os outros olham.

Tira a mão da boca dela por que ela me morde .

- Ai - sussurro tão baixo que eu quase nem escuto.

-E sei que a Alice pode ajudar também. 

-Falando nela ...- ela entra na sala com uma professora velha que começa a aula .

Ela senta de lado da Mei que está do meu lado esquerdo .

- Vou ficar de fora agora?- falo brincando,  mas ela fica triste.  - Foi mal estava brincando , está um pouco mal pela isolação? 

-Sim . Depois conversamos - aponta descaradamente pra câmera no canto da sala - eles podem ouvir...

Olhei espantada para a câmera depois para Mei , estávamos com medo do que podia acontecer.

Foi aula normal e depois  veio o almoço que era arroz , batata doce, e brócolis. Uma merda , odeio brócolis. 

Alice nos contou que é obrigada a pedir desculpas à Teddy , ela está indo fazer isso agora enquanto eu e Mei estamos na mesma mesa, a perto do centro e do banheiro.

Teddy está indo pro banheiro quando ela pede desculpas a ele .

-Eu não aceito as desculpas.

-Mas... então você que sabe, vai ficar excluido se continuar assim!

E então Alice vem desfilando em nossa direção e se senta e eu falo: 

- Que babaca! - elas concordam com a cabeça- Fico feliz que minha duas melhores amigas sejam melhoras amigas tambem... Mas eu não quero ficar de fora disso!

- Somos unidas- Mei se refere a nós-  E hoje de noite antes do toque de recolher vamos ficar no parquinho .

- Tipo festa do pijama?- Alice pergunta.

-Sim!- eu respondo.

Mais tarde nós fomos ao parquinho e por sorte ninguém estava lá. 

- Alice eu tenho que te contar/pedir uma coisa- Laidi fala.

- Claro .

- Estou tendo sonhos estranhos e preciso de sua ajuda ... Para parar com isso , tenho medo de morrer eles parecem tão reais. Me ajuda- Pede Laidi . 

 - Sim . Eu ajudo sim, te entendo - Alice olhos pra esquerda e depois para a direita e continua- é sério eu entendo , estou passando por isso também-  Fala baichinho.

-Pessoas bonitas, como vamos fazer pra entrar em seu sonho? - pergunta Mei.

Elas ficam em silêncio até que Laidi se lembra de algo.

- Vocês tomam pílula?  - Pergunta .

-Eu sim- Alice responde. - E você Mei?- Mei faz que não com a cabeça. 

Mei já era louca , ninguém achava que ela melhoraria , por isso não tomava pílula. 

-Bom eu dou uma parte da pílula pra cada uma , vou dividir isso em três-  Laidi comenta.

-Como?- Elas perguntam. 

-Vou entrar no quarto de vocês depois das onze, que é quando todos dormem . Onde é o quarto de vocês?

Mais tarde todos são chamados ao refeitório às 19 horas no mesmo dia . O diretor , que Laidi viu apenas uma vez no Natal passado quando deu briga com presentes, era um albino e estava falando que sua filha de dez anos iria estudar aqui na minha turma e era pra ser legal com ela.

Depois de um discurso de sei lá oque nós fomos dormir eu olhei pra trás vendo elas e fui direto pro meu quarto. Tudo normal exeto a pílula que era vermelha e não azul , estou com medo mas vou tomar e elas também .

Vou até a porta e a abro com uma faca de cozinha pequena que roubei uma vez. Fui até o quarto 739 que era o da Mei e dei pra ela tomar e disse que só depois de 100 segundos , tempo de ir até a Alice e ela tomar em 50 segundos e eu no meu quarto em 12 segundos.

Quando deu o tempo tomei água em um copo que estava ali e fechei os olhos para abrir depois com o mundo sombrio , já estava dormindo,  eu sabia que quando acordar estarei no quarto.

Caminhei pelo escuro corredor até achar o quarto 1205 o da Alice e ela estava ali na porta esperando por mim.

- Estou com medo - ela fala.

- Eu também.  Não vamos nos separar , vamos ficar juntas! Vem.

Vamos até o da Mei e no caminho percebo que não tem mais ninguém aqui, é como se tivesse só nós.  

Chegando lá eu abro o dela , e ela nos abraça de medo que está desse lugar.

- Eu nao queria ser você Laidi - comenta a Mei.

Não respondo, só  faço sinal para me seguirem . Vamos pra rua e a porta está aberta , está de noite eu acho , mas pode ser escuro  sempre já que é sombrio. Vejo as sombras e elas também , faço silêncio com o dedo na boca pra não gritarem mas é tarde, Mei já gritou e fomos percebidas pelos sombras . 

Corremos até o labirinto e ficamos correndo sem parar , acabo tropeçando e elas me levanto me puxando mas antes quando tropecei senti algo gelado na minha nuca. Chegamos até o centeo do labirinto onde decidimos ir à direita e depois à direita de novo onde depois de muitas direitas chegamos ao final e fomos até o amansão/hospício e senatorio e entramos em uma janela aberta só que quando caimos estávamos cercadas de sombras e quando estavam a um passo de nós acordamos.

Quando acordamos era de madrugada e estávamos no mesmo lugar de quando sonhamos ao lado da janela .

- Mas como- Mei pergunta.

- Então é real? - Alice pergunta.

- Sim, e a pílula é diferente , antes era azul e eu acordava na cama agora é vermelha e parece mais real- expliquei.

- Temos que tomar cuidado . Vamos , tem auia daqui a pouco!

-GENTE!  estou sangrando!- fala Mei. 

-Você está menstruada! - falo baichinho.

Fosmo no banheiro e ela pegou 19 abosorventes em uma caixinha que tinha na pia .

Depois estávamos indo pra sala quando de repente...

Continuação  amanhã! 

 

 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...