1. Spirit Fanfics >
  2. Lua de prata >
  3. Começos - Parte 1

História Lua de prata - Capítulo 1


Escrita por: e Shyadown


Capítulo 1 - Começos - Parte 1


4 anos atrás              

Lilian acordou com seu despertador apontando 6:30 da manhã, estava um clima frio naquela manhã de segunda. Lilian contemplou o teto por alguns instantes até que criou coragem de se levantar e dirigir-se ao banheiro para se aprontar para a escola.

A jovem seguiu até a frente do espelho e começou a estuduar a si mesma, seus cabelos ruivos e longos a qual foram herdados da mãe, as sardas acima da bochecha e os olhos castanhos herdados de seu tão ausente pai, já se faziam 3 meses que Lilian não via o pai e nem tinha notícias dele. Sacudindo a cabeça a ruiva tentou afastar os pensamentos relacionados ao homem que não parecia nem ao menos se importar com ela. Mudando seus pensamentos Lilian se digiriu ao chuveiro para tomar um banho rápido.

Após concluir o banho e se vestir com uma calça jeans rasgada, uma camisa branca simples e um casaco vermelho, Lilian foi para a cozinha e encontrar-se com sua mãe, uma mulher de cabelos ruivos e olhos azuis cansados.

- Bom dia mãe - Lilian disse indo em direção de sua mãe e a comprimentando com um beijo no rosto.

- Bom dia minha pequena, dormiu bem?- A mulher perguntou devolvendo o comprimento da filha.

- Dormi sim, e a senhora?- a jovem respondeu dirigindo-se a geladeira.

- Também. Olha, hoje eu vou ter que fazer hora extra no trabalho e preciso que você passe no mercado depois da aula e compre isso pra mim - Disse a ruiva maior entregando uma lista para Lilian - Vou estar em casa por volta de umas 9 horas ok?-

- Tá bom mãe, vai precisar que eu faça mais alguma outra coisa?- A ruiva perguntou e logo após mordeu a maçã que tinha pegado na geladeira.

- Ah sim querida preciso que você bote algumas roupas na máquina para bater antes que escureça por favor. Agora eu vou indo para não me atrasar - A mulher disse vestindo o seu casaco para ir ao trabalho.

- Okay então, tchau e tenha um bom dia mamãe- Lilian falou se despedindo da mãe

- Tchau meu bem, boa aula- A adulta se despediu abrindo a porta e se retirando em direção ao trabalho.

Lilian terminou seu café da manhã e apanhou sua mochila para se retirar também, trancou a porta de casa e começou seu trajeto para a escola, sua casa não era muito distante da escola. Após alguns minutos caminhando Lilian avistou outra jovem que parecia estar indo para a escola também, aquilo era um pouco incomum pois ela nunca tinha visto outro estudante fazendo o mesmo caminho que ela, Lilian logo concluiu que era uma aluna nova. A garota aparentava ter a mesma idade de Lilian, ela era alta, tinha cabelos pretos que estavam amarrados e usava uma jaqueta preta, não era possível ver seu rosto muito bem. Lilian apenas ignorou a presença da garota e continuou o caminho até a escola.

Chegando a sua sala a ruiva se dirigiu ao seu lugar no canto da sala e se sentou esperando a chegada do professor. Após um tempo todos os alunos já haviam chegado e já estavam em seus lugares conversando com seus amigos ao lado. Lilian não possuía amigos naquela escola e sempre foi bem isolada do resto da turma.

- Muito bem alunos, todos sentados e atentos pois irei lhes apresentar uma nova colega que chegou hoje- Disse o professor atravessando a porta da sala com uma garota o acompanhando. - Essa é a senhorita Alexander Miller, ela se mudou para a cidade recentemente-

Lilian logo reconheceu a garota como a garota que ela encontrou no caminho da escola. Agora ela conseguia ver direito o seu rosto, ela era alta, tinha olhos claros fundos em olheiras, sua pele era pálida, tinha pequenas marcas em suas mãos e algumas no rosto, pareciam pequenas cicatrizes de cortes.

- Olá prazer em conhecê-los- Alexander disse fazendo um breve aceno com a cabeça.

- Vá se sentar agora para eu lhes fazer outro anúncio, tem uma carteira desocupada perto do canto.- O professor falou apontando um lugar perto de Lilian, e Alexander se dirigiu até a carteira e se sentou.- Bem turma, como vocês sabem, semana que vem é o aniversário da cidade, e a diretoria nós permitiu usar essa data para dar trabalhos a vocês com nota para a média escolar de vocês. Então eu peço a vocês que façam duplas que eu irei passar os detalhes do trabalho no quadro.-

Lilian estava acostumada a fazer trabalhos sozinha pois sempre sobrava apenas ela sem dupla, mas desta vez não foi só ela que estava sem dupla. Após a sala toda se organizar em duplas com seus respectivos colegas, apenas Lilian e Alexander estavam sozinhas.

- Senhoritas Lilian e Alexander façam dupla já que só vocês duas estão restando ai- O professor disse após terminar de escrever no quadro.

Após Alexander juntar sua carteira á de Lilian, ela se sentou e estendeu a mão para ela a convidando para um aperto.

- Seu nome é Lilian certo? Prazer Alexander Miller, mas pode me chamar só de Alex- Lilian então estendeu a mão para devolver o comprimento. No momento que suas mãos se apertaram ela pode sentir que a mão de Alex era firme, então ela resolveu desviar seu olhar do rosto de Alex para fitar a mão dela por alguns instantes, ela pode ver que sua mão tinha roxos em seu dorço e várias pequenas cicatrizes em praticamente toda a mão.

A partir daí vários pensamentos começaram a passar na mente de Lilian. Qual seria a causa de tantos machucados nas mão e no rosto de Alex? Seria ela uma má pessoa? Será que alguém teria machucado ela com más intensões? Lilian estava assustada mas ao mesmo tempo preocupada, mas decidiu não perguntar nada.

Alex então se virou para pegar seu material em sua mochila e Lilian começou a reparar em seu cabelo também. Era um cabelo liso, de um preto forte e muito bonito, ainda amarrados, então quase como se acordasse de um transe, Lilian ouviu o professor falando:

- Prestem atenção aqui, e vou me retirar por alguns minutos pois esqueci minha pasta na sala dos professores, por favor fiquem sentados e aproveitem esse tempo para discutir com sua dupla como farão o trabalho, já já eu volto- O professor disse atravessando o portal da porta e sumiu virando a direita rumo a sala dos professores.

Assim que o professor se retira da sala, Ethan, um garoto de cabelo castanho espetado para cima, se levanta de sua cadeira e vem em direção das duas jovens e então pergunta a Alex:

- Hey Alex, ta livre depois da aula? Tava pensando se dava pra irmos nós dois sairmos ou algo do tipo, cê topa?- Ethan diz com um sorriso um tanto quanto convencido, certamente ele pensava que teria a resposta que queria, já que ele fazia muito sucesso com as meninas.

- Desculpa ae cara mas eu vou ter que ajudar meus pais a desempacotar a mudança, e também você não faz muito meu tipo- Alex responde ao garoto que logo tirou o sorriso de seu rosto dando lugar a uma cara que parecia de raiva, se virou e voltou para seu lugar ao lado de Trói.

Trói era um cara de cabelos loiros ondulados, olhos verdes e de físico forte, ele fazia parte do time de basquete da escola e por isso se sentia superior aos demais alunos por ser muito popular. Rindo de Ethan, Trói desviou seu olhar para Lilian, ela não se sentia nada confortável sob aquele olhar de Trói, parecia que seu olhar estava a assediando. Trói sempre demonstrou um certo interesse por Lilian, mas de forma agressiva, barrando ela muitas vezes no corredor ou até mesmo assoviando para ela quando saia da escola.

- Então, qual a sua sugestão pra como a gent... O que que foi?- Disse Alex se virando para Lilian e percebendo o desconforto da ruiva.

- Acontedeu alguma coisa? Por que essa cara?- Alex pergunta parecendo se preocupar com Lilian, então ela decidiu olhar em volta e logo percebeu o olhar de Trói sob Lilian.

- Não aconteceu nada, eu estou bem- Lilian respondeu a Alex e então abaixou a cabeça, tentando não sentir o olhar de Trói que parecia queimar.

- É aquele cara de cabelo loiro ali do lado do garoto de cabelo espetado não é?- Alex disse quase sussurrando para Lilian, que levantou seus olhos para fitar Alex, então disse para tentar desviar o assunto:

- Bem, a gente pode se encontrar em algum lugar e fazer o trabalho lá, ao menos que você tenha alguma outra ideia- Alex já percebendo que Lilian não queria falar sobre Trói, seguiu a conversa.

- É uma boa ideia, mas eu ainda não tive tempo para dar uma olhada na região, então não conheço nenhum lugar onde a gente possa ir- Disse Alex dando uma risada sem graça - Ah, mas a gente pode ir na minha casa se você quiser, vou ajudar meus pais com a mudança mas não vai demorar muito então você pode ir lá depois-

- Tem certeza? Não vai atrapalhar vocês? A gente pode ver outro lugar como uma lanchonete, eu conheço uma ótima, que fica perto da minha casa, e parece que você também mora perto- 

- Que? Onde você mora? Eu moro ali na rua XXX, é perto da sua?-

- Parece que sim, acho que deve ser umas 4 quadras da sua-

- Ótimo, então a gente pode ir nessa lanchonete, pode me passar seu número? Daí a gente pode falar mais sobre isso-

- Ah então tá bom, empresta aqui o seu celular que eu anoto-

- Beleza então, a gente pode ir pra casa juntas se quiser, já que moramos perto-

Lilian acenou com a cabeça, que fez com que Alex sorrisse com a suposta nova amizade. Por algum motivo o sorriso de Alex atraía a atenção de Lilian, seu rosto delicado e seu sorriso eram bonitos. Quando se deu conta de seus pensamentos ela rapidamente desviou o olhar, que sensação era aquela que ela estava sentindo?

                          ***  

Quando a hora de ir embora chegou, Lilian e Alex seguiram juntas no caminho de casa, mas para a infelicidade de Lilian, Trói estava com um grupo de garotos na esquina da escola, conversando sobre o próximo jogo quando Trói olhou para Lilian, que logo abaixou o olhar para seus pés. Percebendo novamente o desconforto de Lilian com o olhar de Trói, a primeira coisa que Alex pensou em fazer foi colocar seu braço envolta da cintura de Lilian e puxa-la para perto, que fez com que Trói fizesse uma careta de desaprovação e raiva e que Lilian corasse. Após se afastarem da escola Alex desenvolveu seu braço da cintura da ruiva e disse:

- Desculpa fazer algo tão repentino, eu percebi que o garoto loiro estava te olhando demais e que você não estava gostando então eu só fiz a primeira coisa que veio na minha cabeça- Lilian então se virou pra Alex e dando um breve sorriso disse.

- Obrigada, aquele cara me olha de um jeito estranho a muito tempo, eu não gosto muito disso- Alex então retribuiu o sorriso e as duas continuaram seu caminho.







Notas Finais


Então glr isso foi tudo, me desculpe se tiver algum erro de digitação.
Logo vou estar postando novos caps
Vlw flw obg


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...