História Lua de Sangue - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Apocalipse, Aventura, Drama, Morte, Possessão, Sobrenatural, Terror, Tortura
Visualizações 117
Palavras 850
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá pessoal, esta é uma história que eu escrevi inteira antes de postar, então não haverá o problema de eu não continuá-la. Postarei os capítulos toda terça e sexta.
Sem mais delongas, boa leitura!

Capítulo 1 - O Começo


Fanfic / Fanfiction Lua de Sangue - Capítulo 1 - O Começo

Mais um dia se inicia em Granada. Tudo parece estar em seus devidos lugares, sem quaisquer indícios de mudança. Como seria bom se fosse assim!

O mundo não é mais o mesmo, meus caros. E o que mudou? Ah, nada, só o fato de que os seres humanos não possuem mais sentimentos e nem senso do certo ou errado. O índice de assassinatos, roubos, divórcios, abandonos, etc. aumentaram gradativamente. Porém, apesar de tudo, as pessoas ainda trabalham, algumas honestamente, outras não. Afinal, se ninguém trabalha, ninguém ganha dinheiro, seja legalmente ou ilegalmente.

"Por quê? Por que as coisas ficaram assim?".

Chegamos ao X da questão! A Lua de Sangue, meus leitores! É um fenômeno raro, e alguns tem suas superstições a respeito disso. Mas este foi anormal, causou uma mudança global, e vem causando problemas demais.

"Mas alguém escapou disso tudo?".

É claro que sim! Alguns escaparam, milagrosamente. Incrível, não?

Agora, é com estas informações que iniciamos nossa história.

∞∞∞

Jocabed inicia sua rotina. Acordar, escovar os dentes, se arrumar, tomar café da manhã e depois ir ao trabalho. Monótono. Seu pai, Ruan, ainda de pijama, arruma a mesa, enquanto sua mãe, Nina, faz algumas panquecas. Seu irmão mais novo, Lorenzo, ainda está deitado, com preguiça de levantar.

- Bom dia - diz ele, mesmo sabendo que não vai conseguir uma resposta.

- Bom dia - uma mudança! Apesar de ter sido seco, seu pai o respondeu. Ele nunca havia respondido desde o surgimento da Lua de Sangue.

O coração de Jocabed palpitou, e uma grande animação se apoderou dele. Pode parecer uma coisa atoa, mas isso fez suas esperanças reascenderem.

Ele ainda acredita que sua família, no fundo, tem sentimentos tanto quanto ele tem por eles.

Agora um pouco da história de sua família:

• O sobrenome da família é Vega Lopez. Vega veio de Ruan, e Lopez de Nina. Quando casaram, optaram por juntar os sobrenomes.

• Sempre foram pobres, só possuem dinheiro para o essencial. Ruan é mecânico, Nina dona de casa, e Jocabed, depois que ficou adulto, conseguiu emprego de atendente de uma farmácia. Lorenzo só estuda em uma escola pública no período da manhã.

• Apesar de pouco dinheiro e da vida limitada, sempre foram muito unidos e inclusive felizes. Porém, sua família adorável não escapou da lavagem cerebral feita pela Lua de Sangue, e Jocabed foi o único da casa que permaneceu com seus sentimentos. Desde então, sua vida é triste e vazia.

Depois de tudo pronto, Lorenzo aceitou se levantar e todos começaram a comer, sem trocar uma só palavra. Jocabed olhava para cada um dos ali presentes, mas nenhum deles retribuía o olhar - nem sequer o percebiam.

Terminada a refeição, cada um tomou seu rumo: Ruan e Jocabed foram para seus trabalhos, e Nina foi levar Lorenzo à escola.

∞∞∞

Mais um dia sem movimento na farmácia, poucos clientes apareceram lá, e mais poucos ainda compraram algo. Jocabed lia um livro sobre insetos da Ásia, na parte em que falava da Formica Fusca.

• Um detalhe de Jocabed: ele adora insetos, então sempre procura aprender sobre eles.

Quando percebeu que mais ninguém iria aparecer e que não teria problema se ele saísse, fechou a loja e saiu perambulando pela cidade.

Ele pensou em tirar algumas fotos para sua coleção - outro detalhe de Jocabed é que ele adora fotografar - porém não havia nada interessante para se guardar.

Por conta de estar tão perdido em seu próprio mundo, na hora de atravessar uma rua, um carro em alta velocidade passou raspando nele. Com o susto, ele acabou jogando seu livro a um metro de distância, que estava confortavelmente em seu braço direito.

No mesmo instante, uma mulher o apanhou delicadamente, limpando dele as poeiras do chão. Jocabed correu até ela e pegou o livro de sua mão bruscamente.

- Acho que isso aqui é meu - falou, de forma ríspida.

- Que bom, - falou ela, com uma voz encantadoramente doce - pois eu já ia te devolver.

Ele arqueou uma sobrancelha. Normalmente a pessoa teria o xingado por pegar o objeto de forma tão rude.

Uma felicidade gigante eclodiu nele.

- Não queria isso para você?

- Não! Vi que você deixou cair, e apesar das outras pessoas, eu ainda sou educada - disse, sorrindo.

- Reconhece que as pessoas tiveram um tipo de lavagem cerebral por causa dessa Lua de Sangue?!

- Oh meu Deus, sim! - sua voz saiu bem fina e estridente, carregada de puro ânimo e agitação. - Você é a primeira pessoa aqui de Granada que não foi afetada que eu conheci! Oh meu Deus! - ela saltava de alegria, não conseguia se conter.

Como resposta, ele só conseguiu sorrir, já que não é muito de demonstrar sentimentos, sejam quais forem.

- Temos muito o que conversar! Qual seu nome?

- Jocabed.

- Sou Luna, muito prazer - ela estendeu sua mão, e ele a apertou. - Por favor, venha comigo, tenho muitas coisas pra te mostrar - ele concordou com a cabeça, e a seguiu.

Assim se iniciou um novo destino para a Terra.


Notas Finais


E então, gostaram? Estou disposta a receber qualquer crítica. Caso tenham interesse, postei uma ShortFic há pouco tempo, este é o link: https://www.spiritfanfiction.com/historia/the-sky-13653350
Até o próximo capítulo sz

Imagem ilustrativa de Jocabed: https://drive.google.com/open?id=0BwY6E1cH_iwmSWJBVXdKMjc0d3M
Imagem ilustrativa de Ruan: https://drive.google.com/open?id=0BwY6E1cH_iwmd2ZTYUM1MERQZkU
Imagem ilustrativa de Nina: https://drive.google.com/open?id=1j4ewK6poRTq4Rb4IJ1NR3uJ0jVqULB--
Imagem ilustrativa de Lorenzo: https://drive.google.com/open?id=0BwY6E1cH_iwmQ2xucG4yMGw0STA
Imagem ilustrativa de Luna: https://drive.google.com/open?id=1TlwuDsmgvRhFJPSQb87DXHD60mARZJMe


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...