História Lua De Sangue (Yaoi) - Capítulo 75


Escrita por:

Postado
Categorias Teen Wolf, The Originals, Van Helsing
Personagens Davina Claire, Derek Hale, Elijah Mikaelson, Klaus Mikaelson, Personagens Originais, Rebekah Mikaelson, Scott McCall, Stiles Stilinski
Tags Ação, Aventura, Colegial, Drama, Escola, Fantasia, Lemon, Romance, Shoujo Romântico, Sobrenatural, Yaoi(gay)
Visualizações 28
Palavras 1.425
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem por não ter postado ontem. Mas eu tenho uma ótima desculpa...eu quase morri ontem,vcs n precisam saber os detalhes,por isso só me desculpem.


BOA LEITURA!!!

Capítulo 75 - Eu Vou Viver Para Semrpe


Fanfic / Fanfiction Lua De Sangue (Yaoi) - Capítulo 75 - Eu Vou Viver Para Semrpe

 

Mira ainda estava no quarto. Ela pensou que poderia escapar assim que o sol de for,assim a barreira de luz desapareceria. Desse jeito ela poderia fugir...bom,não totalmente. Ela ainda teria que cuidar dos guardas do outro lado da porta.

- O que mata um lobisomem? - Mira perguntou a se mesma,enquanto olhava ao redor do quarto. Mira procurava algo para matar pelo menos um deles. - Talvez se arrancar as cabeças deles? - Mira ficou pensativa. - Espera ai...!Qualquer ser vivo morreria se tivesse a cabeça arrancada.Não é?

- Essa garota é maluca!Ela fala sozinha. - disse um dos guardas,que tinha abrido um das portas.

- Mulheres. Não é? - o outro disse. Depois fecharam a porta.

- Eu quero ter o prazer der matar vocês! - Mira gritou.

 

 

 

******************************************************************************************************************************

 

 

 

[De noite]

 

- A noite chegou. - disse Verona olhando para uma janela enorme. Ao lado dela estava Marishka, que estava lixando as unhas da mão esquerda.

- Queridas... - disse alguém,quando elas olharam para cima,elas veem Vlad transformado preste a pousar no chão. - Como tudo está indo? - Vlad foi se aproximando dela,e deu um selinho em Verona e depois em Marishka.

- Tudo como planejado. - disse Marishka.

- Alguns dos convidados já chegaram e já estão em seus quartos. O resto virá na noite da festa. - disse Verona andando até uma mesa,que sobre ela havia uma taça com um líquido vermelho que provavelmente era sangue. - E tenho certeza que Van Helsing virá para ter uma chance de matá-lo,mestre.

- Deixe ele tentar. - Van Helsing se aproximou da janela,e ficou observando a lua com todo o seu brilho. - Por causa dele minha Aleera está morta,minha primeira esposa!!! - Vlad gritou com a voz de demônio.

- Ah,meu senhor,não é tão ruim assim. - disse Verona.Vlad deu risada.

- Eu estou  em guerra com o mundo. E todas as almas que vivem nele. - Vlad andou até Verona e bebeu o resto do sangue que ainda restava na taça de sangue. - E como ela está indo?Ela está gostando de ser vampira?

- Acho que sim. - respondeu Verona. - Hoje ela encontrou com um amigo do seu espião que tentou soltar a garota Lewis. Mas ela cuidou dele.

- Como?

- Ela o lançou pra fora do castelo com um chute.

- Típico dela. Acho que Van Helsing não vai gostar de vê-lá comigo.

- Estou com um pouco de medo de Van Helsing. - disse Marishka e depois olhou para Vlad. Ele se virou ficou no meio delas.

- Porquê?

- Não queremos morrer,Vlad. - disse Verona.

- Não se preocupem,minha queridas. - Vlad as confortou. - Eu arrancharei outras noivas.

- O que?! - ela disseram se aproximando e ficando de frente para ele.

- Significamos tão pouco pra o senhor?!!! - disse Marishka gritando.

- Não tem coração?!!! - disse Verona.

Vlad agarra o pescoço das duas e começa aperta. Ambas eram fortes,mas comparado a Vlad elas tinham a força de humanas. Elas caíram no chão. Vlad ainda apertava os pescoço delas.

- Não! - Vlad gritou. - Eu não tenho coração.Eu não sinto amor. - Vlad as levanta para o alto ainda apertando. - Nem medo. Nem Alegria e nem tristeza. - Vlad as solta. Ambas caem no chão. - E eu vou viver para sempre.

 

 

 

**********************************************************************************************************

 

 

 

- Já é noite. - disse Alisson,que tinha abrido a cortina na janela. - Agora podemos sair dos domínios da escola sem que eu me queime.

- Okay... - disse Scott olhando para o convite,sentado na cama. - Mas de acordo com o endereço é muito longe. Vamos levar mais do que dois dias. E a festa é amanhã á noite.

- Precisamos de um carro. - Alisson se sentou ao lado dele.

- Eu não tenho carro. E também não conheço ninguém.

- Espera. Acho que o Stefano tem um carro. 

- E onde ele está?

- Provavelmente em cima de alguém. - Scott sorriu com o que o outro disse.

- Desculpa. - Scott pediu. - Eu pensei merda.

- Mas era pra pensar. - Alisson sorriu. - Olha,acho que ele está na Casa da Lua de Sangue se pegando com um cara qualquer.

- Então vamos.

- Vamos.

 

 

 

*****************************************************************************************************************

 

 

 

Noah,Jess,Liam e os outros voltaram para a casa. Liam disse que mostraria a verdade para eles colocando as memorias dele neles,mas Noah não quis. Noah achava que ele iria implantar memorias falsa neles. Então por isso Liam pediu para que Davina o ajudasse para fazer uma poção da verdade.

Agora os dois estavam em no lado de fora. Liam levou alguns frascos. Davina estava super animada por aprender com um bruxo/vampiro poderoso,mas na verdade ela queria estar com ele.

- Por onde começamos? - disse Liam olhando para os equipamentos.

- Me diz você. - disse Davina. - Você que é o poderoso aqui.

- Só por que tenho mais poder que qualquer bruxo,não quer dizer que sou "o mais poderoso". - Liam pegou um frasco. A noite estava linda. A lua. Mais estava muito frio.

- Na verdade...que dizer exatamente isso. - Davina cruzou os braços e depois começou a esquenta-los,os esfregando.

- Está com frio?

- Um pouco. - Davina disse sorrindo.

- Espera ai... - Liam abriu seu casaco e o tirou.

- Ah,espera não precisa... - foi isso que ela disse antes de ver o corpo dele. - Ah,precisa sim. - Davina deixou Liam á vestir. - Obrigada.

- De nada. - Liam a olhou nos olhos.

- Você não está com frio?

- Não. Como sou metade vampiro,meu corpo é naturalmente frio. Então...eh. - Liam deu um sorriso,que quase fez Davina derreter. Ele se vira e volta para a mesa onde estavam os equipamentos.

"Para de pensar nisso,Davina!" - Davina pensou. - "Você gosta do Jake!Do Jake!Jake!"

 

 

 

******************************************************************************************************************

 

 

 

No quarto de Liam,onde Stiles se encontrava ainda dormindo,Noah,Jess e Adam estavam observando o mesmo a dormir. Jess estava louco para machucar Stiles. Adam estava abraçando Noah pelas costas,os dois estavam em pé na porta. E Jess estava em pé ao lado da cama onde Stiles estava.

- Olha pra ele. - disse Jess. Noah e Adam olharam para Jess e em seguida para Stiles. - E pensar que eu pensei que ele era meu amigo. Mas parece que eu sou mais ingenuo do que eu pensava.

Jake não estava no quarto,mas ele estava ouvindo da sala. E ficou um pouco triste. Ele queria entrar,ele estava preste a entrar,quando ele ouviu isso. Por isso achou melhor ficar só escutando.

- Não fala assim. - disse Noah. O loiro se soltou dos braços do moreno e foi até seu irmão. - Você é uma pessoa gentil,boa,alegre...

- Alegre?Essa é a coisa que eu esquece a muito tempo.

- Deixa eu terminar. - Noah pediu. - E muito gato. E Tem alguém que te ver como você é. E que gosta muito de você. Por isso não seja teimoso,como eu fui. - Noah colocou as mãos nos ombros do menor. - Não tome uma decisão que pode mudar sua vida por completa. Não desista de ser feliz,por um motivo tão bobo como...

- "Motivo tão bobo"? - Jess se afastou de seu irmão. - É isso que você acha que é?

- Jess,eu...

- Ele terminou comigo. E a gente nem estava junto. - Jess queria chorar,mas queria ser forte. - Ele me machucou. E agora...não vou deixar ninguém me machucar de novo. Nem que pra isso signifique morrer. - Jess andou e foi embora do quarto,Jake não estava mais lá,por isso eles não se encontraram.

- Tudo bem? - Adam perguntou se aproximando.

- Eu sempre estrago tudo. - Noah disse sem olhar para Adam. - Eu deixei Vlad sequestrar minha irmã.

- Não fala assim. - Adam o abraça. - Não tinha como você saber. E a culpa foi minha.

- O que?!

- Se eu não tivesse me transformado,talvez ela pudesse ter se salvado. - Adam abaixou a cabeça e Noah o beija.

- A culpa não é sua.

- Muito menos sua. - Adam o beija. Depois ele olha para Stiles. - Como você se sente perto dele? - Noah se vira e olha para Stiles.

- Liam,está certo. Se eu fazer justiça com as próprias mão,eu não serei melhor que ele. - Noah tira a toalha molhada da testa de Stiles, e a começa a molhar. - E...eu perdoo. - Noah coloca a toalha na testa dele.

- Obrigado. - disse Stiles. Noah e Adam se afastam da cama.


Notas Finais


COMETEM(Até pq eu quase morri,mereço pelo menos um "Você está bem?" "Tudo bem?" ou algo do tipo,mas tbm quero que comentem sobre o capítulo)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...