História Lua prateada (Versão Jikook X Yoonmin e Namjin) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, BtoB, Red Velvet, TWICE
Personagens Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Joy, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Sana, Sungjae
Visualizações 4
Palavras 1.906
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Fantasia, LGBT, Luta, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Tell me Stories


Jimin (POV)

Acordei com minha cabeça doendo me virei na cama, foi um sonho, mas, foi tão real meu corpo esta doendo. Melhor me levanta, estou com fome, abro meus olhos, demoro a me acostuma com a claridade. Olho em volta e percebo que não estou no meu quarto, levanto da cama, onde estou?.

Saio do quarto e entro em um corredor pequeno com três portas, continuo andando até chegar na sala onde tinha uma senhora sentada olhando a janela. Ela percebe minha presença e vem até mim.

_Tudo bem querido? Pensei que teria que ligar para ambulância _Fala.

_Onde estou?_ Se aproxima da senhora com cautela, não sabia quem era ela

_Na minha casa, te encontrei ontem caído na floresta e te trouxe com ajuda do meu neto _

Então não foi um sonho, eu quase fui morto por um lobo, senti uma tontura. A senhora me levou até o sofá, ela falou ontem? Meu pai deve esta desesperado e brigando com meu irmão por ter deixado sozinho na floresta. Será que aquele lobo achou algum amigo meu, não, eles devem estar bem.

_Eu tenho que ir embora, minha família deve estar preocupada_ Falo.

_Meu neto esta com o carro, vai ter que esperar ele chegar para te levar. É perigoso anda pela floresta, ainda mais sozinho_ A senhora olhou sugestivamente para mim.

_Estava com meus amigos, só acabei me separando deles_ Essa foi uma direta bem sutil.

_O que aconteceu com você? Quando te encontrei, estava desmaiado_.

 _Fui perseguido por um lobo_ Ela me olha assustada.

 _Você podia está morto, mas mudando de assunto esta com fome?_ Concordo cabeça, estou morrendo de fome.

Ela se levanta e vai até outro cômodo, depois de um tempo volta com café e biscoitos. Ela coloca as coisas em uma pequena mesa de centro na sala.

_Qual seu nome?_ Pergunto.

_Jin Kyung _ Fala

_Park Jimin _ Ela me serve o café, agradeço.

Ficamos um tempo em silencio enquanto eu tomo o café e como alguns biscoitos.

_Enquanto esperamos meu neto, posso-te conta uma história?_

_Sim_ Eu adoro escuta história, minha mãe sempre contava umas antes de dormi.

_Essa foi minha vó que me contou, ela disse que era a história da cidade que quase ninguém sabe.
"Há historia começa quando uma jovem veio mora nessa cidade, com segredos que nem os próprios moradores sabem. Ela conheceu um rapaz, se tornam grandes amigos com passar do tempo essa amizade se transforma em algo mais, em um grande amor. Mas o que ela não sabia que ele era um dos segredos da cidade, um lobisomem o filho mais novo do alfa.
Um dia ele  toma coragem e conta seu segredo, ela com medo se afastou dele, isso acabou com o rapaz ele amava e contou seu segredo mesmo sendo perigo para ele, porque não queria te segredos com a moça, mas, mesmo com o coração partido ele tentou ser forte pela sua matilha. Como seu irmão, mas, velho tinha ido embora ele seria o novo alfa, sempre treina ou ajudava seu pai nas coisas da alcateia. Com a passar dos meses foi ficando mais difícil fica afastada do lobo então a jovem resolveu aceitar seu segredo, o que ela não sabia era que toda noite ele ia para perto de sua casa a proteger sem  que ela perceba.
Os dois se entregaram a esse amor, porém o destino foi cruel com esse casal, o irmão, mais velho voltou para cumprir com suas obrigações com a matilha. E para a dor do mais novo a garota que ele amava era companheira de seu irmão. Sua dor foi tanta que ele se transformou na fera e fugiu. Meses depois ele volta e encontrou sua amada e propôs que eles fugissem para onde ninguém os encontrassem, mas ela falou que estava amando seu irmão que o destino dela era fica com ele e pediu desculpa por o magoar.
Aquilo simplesmente acabou com ele aquelas palavras destruíram seu mundo, ele preferia que ela o tivesse matado. Mas ele culpou seu irmão por destruir sua vida, ficando com a pessoa que mais amou e com o posto de alfa. Ele pediu seu pai para sair da matilha, alguns lobos da alcateia, também saíram da matilha, por não aceita seu irmão como alfa já que ele tinha ido embora e os abandonado.
Então ele formou sua própria matilha, seu pai dividiu suas terras em duas para que as duas matilhas conviverem em paz, uma ideia boa, mas, nunca iria dar certo. Após sua morte, as duas matilhas começaram brigar, ainda com raiva do mais velho, o mais novo, atacava a matilha rival, ele começou a ser chamado de lobo branco.
Um dia trágico a garota morre após sofrer um ataque de um lobo, o lobo negro que era o mais velho culpou seu irmão de tê-la matado por raiva. O outro disse que nunca teria a machucado, porque ainda a amava, mas, mesmo assim o lobo negro não se convenceu e as brigas ficaram cada vez piores.
Com o passar das gerações as coisas pioraram, cada novo líder mais ódio crescia entre eles, com isso as coisas ficavam mais violentas, sangrentas, pessoas inocentes se machucavam.”

A senhora acaba de conta a historia.

_ Essa é a pequena historia da cidade. O que achou?_ Pergunta Jin Kyung.

_Adorei, mas é bem triste, me deu pena do lobo branco perdeu a garota que amava e foi acusado de tê-la matado._

_Acha que não foi ele?_

_Não, se ele a amava não teria coragem de fazer isso _Digo.

Jin Kyung concorda com a cabeça.

_Tem outra historia, essa parece uma profecia_.

"Destinado á dois lobos vivendo com o coração dividido, terá que correr contra seus sonhos e medos. Abraçar seu destino e escolher seu caminho, sua felicidade, seu amor, abrir seu coração para o impossível e seus olhos para uma nova vida. Para fazer sua escolha terá suas lagrimas emundado sua mente e seu coração despedaçado por si mesmo. Como um ultimo sopro de sua vida, correr contra seu caminho para salvar quem ama. Sendo a paz de um e o conforto de outro, sendo a lágrima e o sangue que derramam, com destinos entrelaçados, sua escolha pode decidi se viveram ou se a ruina será a ultima pagina da história."   

Eu e Elizabeth continuamos conversando, até escutarmos a porta ser aberta entra um menino, eu o conhecia só não sabia da onde.

_Jimin _ Me cumprimenta.

_Oi_ Falo.

_Essa é meu neto, SeokJin_ Fala Jin Kyung.

_Acho que agora posso ir embora, obrigado por ter me ajudado ontem e pelas estórias_ Digo.

Me levanto,  Jin Kyung também e me abraça.

_Venha para conversarmos mais vezes, mas, dessa vez venha de carro, como já sabe é perigoso andar pela floresta e cuidado com suas escolhas _ Isso foi estranho, a senhora foi gentil melhor não questionar.

_Esta bom_ Falo

 Saio com o garoto vamos até uma caminhonete, SeokJin não falava nada e o caminho estava sendo silencioso oque me incomodava.

_Então da onde me conhece?_ Pergunto

_Da escola_

Fique olhando para ele tentando me lembrar dele.

_Você esta na minha sala de história_ digo.

_E biologia, física e geografia_ Fala.

Eu nunca a vi nessas aulas, não falei nada. Voltamos para o silencio, chegamos na minha casa.

_Posso-te da um conselho?_ Faço sinal positivo com a cabeça_ Fique longe dos garotos novos, eles não são bons podem te colocar em perigo_ Finais estranhos de frases deve ser coisa de família.

_Tudo bem, vocês se conhecem?_ Pergunto 

_Sim, eu tenho que ir_ Diz e volta a olha para frente.

_Tchau, obrigado por tudo._

Saio do carro e entro em casa, Sana estava sentada na escada me vê e corre até mim e pula no meu colo. 

_Minie_ Grita meu apelido.

 Sua mãe vem na nossa direção, Sana desce do meu colo e SooYoung me abraça

_Você esta bem? estava preocupada_ Fala.

_Estou bem, cadê meu pai e Namjoon?_

_Estão no hospital_ Fala.

_O que aconteceu?_ Pergunto.

_Namjoon foi atacado por um animal ontem, ficamos tão preocupados com você desaparecido._

_Como ele esta?_

_Esta bem agora, seu pai ligou e falou que ele acordou e perguntou por você. _

_Vou no hospital ver ele _Digo.

_Vai depois, agora me explica o que aconteceu com você, sumiu e aparece com a cabeça enfaixada_ SooYoung coloca as mão na sua cintura me olhando seria.

_Me perdi na floresta, escorreguei e bati com a cabeça, uma senhora e seu neto me ajudaram fiquei desacordado e o garoto me trouxe. Podemos ir ao Hospital agora?_ Não falei do lobo porque tenho certeza que SooYoung vai fazer mais perguntas e eu só quero ver meu irmão.                     

_Vou pega minha bolsa e aproveitamos para ver seu machucado_

 O caminho para o hospital, foi mais longo do que imaginei. SooYoung estaciona eu desço, vou à recepção e pergunto pelo meu irmão. Sigo para o quarto que a moça falou, nem espero SooYoung e Sana. 

 Entro, vejo meu pai sentado em uma cadeira no canto da parede e meu irmão deitado na cama bebendo alguma coisa e reclamando. Meu pai assim que me vê, vem me abraçar.

_Pai pode me soltar, estou sem ar_ Falo.

_ Menino, fiquei preocupado com você, onde estava? Devia ter ligado, quero o nome do lugar e das pessoas de onde você ficou _

_Eu estou bem, não precisa se preocupar_ Digo, tentando evitar uma bronca no hospital.

_Não preciso me preocupar? Meus filhos vão a uma simples trilha, quando chego em casa recebo uma ligação falando que meu filho esta no hospital ferido e ainda descubro que você tinha desaparecido, realmente não preciso me preocupar. E o que aconteceu com sua cabeça?_ Fala meu pai. 

_Eu cai, como esta Namjoon?_ Pergunto antes que meu pai comece outra vez.

_Agora bem, estaria melhor se pudesse comer algo que tenha gosto_ Fala Namjoon.

_Quando vai ter alta?_ Riria da cara que ele esta fazendo pra comida se não estivesse preocupado com ele.

_Talvez amanhã, se eu tiver sorte_  Ele desiste de tentar comer.

 A porta é aberta e SooYoung entra com um médico.

_O médico vai examina o corte em sua cabeça_ Diz SooYoung.

_Vamos para minha sala senhor_ O médico fala, eu o sigo.
O médico, pergunta algumas coisas que eu sinto, me passa uns exames. Ele diz que parece que esta tudo bem e que tinha que colocar uns pontos. Fiquei no quarto com Namjoon enquanto meu pai e SooYoung foram à lanchonete do hospital com Sana.

_Então como conseguiu esse machucado?_ Pergunto.

_Eu e Jennie ficamos preocupados com você, que não aparecia e fomos te procurar. Nós separamos eu escutei um barulho pensei que fosse você, fui na direção. Cheguei no lugar  vi um lobo branco sendo atacado por outros e chegou mais. Quando pensei em ir embora eles já estavam perto de mim, virei para correr e senti algo rasgando minha pele, consegui ir para longe deles e encontrei Jennie e vim parar aqui_ Namjoon senta na cama.

_Foi muito grave o ferimento? _Pergunto.

_O médico disse que foi fundo, mas não afetou nada que me prejudique_.

_Que bom_ Falo

 Esse lobo que Namjoon falou pode ser o que tentou me matar. Mas agora ele deve estar morto já que foi atacado por outros lobos. Eu espera que isso acontecesse, porque ter um lobo assassino em uma floresta que fica perto de sua casa não era uma das melhores sensações.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...