História Lucas berti: Sempre ao seu lado - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias Brothers Rocha, Lucas "T3ddy" Olioti
Personagens Personagens Originais
Tags Lucas Berti
Visualizações 231
Palavras 450
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 25 - Lágrimas


depois daquela briguinha com a piranha, o Rafael me amarrou novamente e levou a Lola para outro lugar, um tempo depois ela apareceu e me bateu e muito, meu pulso estava rocho por conta das cordas, meu corpo estava cheio de hematomas, minha boca estava sangrando pois a Lola me deu um soco

Eu estou tentando ficar acordada, estou muito fraca, não consigo falar nada,minha visão está totalmente turva,eu não aguento mais, meus olhos se fecharão, eu não estou vendo mais nada, não estou sentindo nada...


Lucas on~

Policial-vamos invadir o local, algum de você querem vir? 

Lucas-Eu!

Bruno-Eu!

Eles nos entregarão um colete e uma pistola. 

Policial- três....dois...um -ele arrombou a porta e foi seguido por mais quatro policiais e eu e Bruno logo atrás, revistamos metade do local, e por enquanto não a sinal de ninguém ali

Decidi ir para o outro lado, abri uma porta, nada, abri a outra, nada, e abri a outra..

Lucas-amor! - digo indo em direção a Sn que estava desmaiada, com os pulsos amarrado na cadeira e o corpo cheio de hematomas- oque fizeram com você? 

Lucas- BRUNOOO!!!

Bruno- Eu! Meu deus, oque fizerão com ela?

Lucas - segura -digo entregando o colete a pistola pra ele, desamarrei ela e a peguei no colo, saindo daquele local

Policial- que bom que acharão ela,mas nnão achamos nenhum sinal dos sequestradores...

Bruno-tudo bem, o importante é que a achamos, agora vamos leva - lá para o hospital

Lucas-sim, vamos

Eu fui no banco de trás com a Sn no colo e o Bruno foi dirigindo, fiquei acariciando o rosto dela, e acabei deixando uma lágrima cair

Bruno- ela vai ficar bem Luh..

Lucas-espero...

Meu celular começou a vibrar, peguei o mesmo e vi que era uma ligação do Gregory

Ligação 📞 on

Gregory- vocês acharam ela?! -pela sua voz o mesmo estava chorando

Lucas-Sim.

Gregory-ela ta bem?

Lucas- espero que sim, estamos levando ela para o hospital

Gregory- encontro vocês lá

Ligação off 📞

Aluguns minutos depois, percebi que o carro estava desacelerando , vi que estavamos na frente do hospital , sai com ela ainda em meus braços, entrei chamando por ajuda, logo apareceu umas enfermeiras e a levaram para uma sala, me sentei na sala de espera e várias lágrimas começarão a rolar, só de lembrar do sorriso dela, aquela voz doce, o abraço dela, tudo..

O Bruno estava na entrada, provavelmente esperando a Isa ou o Gregory


O Gregory chegou com os olhos vermelhos e inchados de tanto chorar, ele Abraçou o Bruno e depois veio até mim me abraçando também

Gregory- ela vai ficar bem?

Lucas-Vai!


Doutor-parentes da senhorita S/n?

Gregory-nós

Doutor - vocês são oque dela?

Gregory- irmão

Lucas - namorado

Doutor-ok, ela está em repouso, os hematomas no corpo dela não são tão graves, vocês podem a visitar, ela está no quarto 5 corredor 1

Lucas- muito obrigado doutor,  Gregory, vai você primeiro

Gregory-ok..







Notas Finais


Desculpa se tiver pequeno, amanhã sai mais


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...