1. Spirit Fanfics >
  2. Lúcifer >
  3. Lux

História Lúcifer - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Voltei, vish kk.
Deus abençoe a América 🇱🇷🇱🇷🇱🇷
Deus abençoe o Brasil 🇧🇷🇧🇷🇧🇷

Capítulo 2 - Lux


Fanfic / Fanfiction Lúcifer - Capítulo 2 - Lux

Passei em Port angeles quando sai da escola, para comprar roupas e principalmente vestidos novos, e já sai vestindo um deles. Um conjunto branco de saia justa ao corpo e top de mangas longas com decote consideravelmente grande com saltos prata.

Assim que a noite caiu, fui para a LUX.

O lugar estava com uma fila enorme.

Cumprimento os seguranças da porta e entro com um enorme sorriso na minha boate, que também é a minha casa no 7° andar.

Pego uma bebida ignorando o número de pessoas e a música extremamente alta e ando até o elevador, indo até o 7° andar. Tudo o que eu quero nesse momento é minha cama.

Comprimento os seguranças que faziam a guarda no elevador e entro.

Vejo duas garotas mostrarem seus cartões vip e entram no elevador atrás de mim . Uma com cabelos tingidos de loiro e vestido cinza decotado e uma morena de cabelos longos e olhos um pouco puxados , calça jeans justa e um top que valoriza seus seios.

Ambas sorriem pra mim e sorri de maneira sedutora.

- Boa noite garotas, estão indo pro segundo andar? Área VIP? – pergunto como se não quisesse nada, bebericando a bebida que descubro ser whisky.

A loira me olha e coloca uma mecha de seus cabelos pra trás da orelha.

- Sim, nós ganhamos os cartões e é a primeira vez que viemos pra cá. – responde a loira. Dou um sorriso de lado.

- E não perderíamos a chance de vir pra cá, essa boate é muito comentada. Eu queria mesmo é conhecer a dona, mas acho que já é muita sorte entrar na área vip. – fala a morena.

- Vocês são de onde? Digo, são aqui de Forks mesmo? – pergunto curiosa.

- Somos da Reserva, quem nos trouxe foi meu irmão. – responde a morena com um sorriso discreto.

Assim que as garotas passam pelas portas, eu rapidamente seguro as portas impedindo que as mesmas se fechem, chamando a atenção das outras duas que voltaram seus olhos pros meus

- Sabe, acho que não nos apresentamos. Meu nome é Lúcifer Morningstar, e eu acho que vocês iriam gostar muito mais do meu apartamento no sétimo andar do que a área vip do segundo... – disse com um sorriso malicioso olhando de maneira hipnótica no fundo dos olhos das garotas que voltam para o elevador, com um olhar submisso.

Sorri passando os braços pela cintura das duas, as olhando com desejo.

- Me digam humanas. .. – começo assim que as portas se fecham indo ao último andar. – Quais são os seus maiores desejos..?

- Lúcifer... LÚCIFER!

Acordo com o berro do meu amigo e suspiro, me sentando parcialmente na cama o encarando com cara de poucos amigos.

- Maze, achei que não viria mais. – digo sem empolgação. Maze olha para as garotas ao meu lado com uma careta, me fazendo rir.

- Não posso ficar longe que você já apronta... Se vista e desça, estarei te esperando lá em baixo. – avisa saindo do quarto.

Tombo a cabeça no travesseiro e tomo coragem pra me levantar.

Me desvencilho dos dois corpos nus das garotas que repousavam tranquilamente ao meu lado e caminho até o banheiro, sem ligar para as roupas espalhadas pelo chão do quarto ou pelas garrafas vazias de bebidas alcoólicas.

Vou ao banheiro e tomo um longo banho. Faço minhas higienes e me enrolo na toalha, saindo do banheiro.

Vou no closet e visto uma lingerie, vestido tubinho curto e saltos pretos vermelhos.

Saio do closet ao mesmo tempo em que as garotas terminaram de se arrumar.

Não percebi que tinham acordado, e muito menos que já se aprontaram pra ir embora... Que pena.

Sai do elevador me despedido das garotas com um sorriso de lado, vendo-as se distanciarem com sorrisos e risinhos.

Varri meus olhos pelo lugar e vi Maze me encarando com uma sobrancelha arqueada.

Solto uma risada alta, indo em direção ao moreno tatuado de braços cruzados e cara fechada.

- Maze, a quanto temp... – sou interrompida pela voz do outro.

- Eu sai de Londres pra vir até aqui estudar em um colégio cheio de humanos porque você viu alguma coisa interessante e fiquei esperando você vir, e o que você fez? Esperou UM ANO pra vir... E ainda por cima, quer que eu seja bartender. Lúcifer, porque gasta seu tempo com coisas tão... Insignificantes?! – pergunta mal humorado.

- Porque é divertido. – respondo irônica.

O final de semana se passou rapidamente e já era quarta-feira.

O palmito de topete não foi nesses dois dias de aula, mas o clube palmito foi.

Estão desconfiados de mim, mas não ligava, não estou aqui por eles, estou aqui por Edward.

Pelo que pude perceber, ele tem alguma atração por mim, ou melhor, pelo meu sangue, o que é ridículo já que sou praticamente indestrutível.

A única pessoa que me fez sangrar foi o detetive Bec... Enfim, me aproximei de Bella – como o esperado – e tento descobrir o porquê de meus dons dados pelo papai não terem a mesma influência nela do que tem nos outros.

Acordo dos meus devaneios quando entro na sala e Edward me encara enquanto ando em sua direção com um sorriso torto sem o olhar.

Parece que vai ser um longo dia.



Notas Finais


Gente, não sei quando sairá o próximo cap, mas aproveitem o suspense.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...