História Lúcifer a Redenção - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Lucifer, Shadowhunters
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), Lucifer Morningstar, Magnus Bane
Tags Ação, Amor, Drama, Fallen, Lucifer, Romance, Sexo, Shadowhunters
Visualizações 168
Palavras 704
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi mais um pouquinho da nossa história.Boa leitura

Capítulo 28 - Obscuros Pensamentos


Fanfic / Fanfiction Lúcifer a Redenção - Capítulo 28 - Obscuros Pensamentos

Lúcifer estava possesso, ele andava de um lado para o outro sua raiva era algo inimaginável,ele queria ir até o quarto de Cam, tirar Avy dos braços do garoto e acabar com a existência miserável do rapaz.Ele tinha ligado para Talude, quando estava neste estado conversar com o amigo o acalmava,Talude entra em seu dormitório mas ele também não estava com uma cara muito boa.

__Lúcifer, se você me chamou aqui para nada saiba que meu humor hoje não está dos melhores.

__O que foi, problemas no paraíso...

__Eu não sei nem o que dizer, só que minha vida tão perfeita de repente se tornou uma confusão que eu não sei por onde começar a arrumar.

__Talude, vou te dar um conselho...comece do começo.

__Sabe que eu não tinha pensado nisso... idiota.

Lúcifer respira fundo e solta o ar vagarosamente, Talude o encarava esperando que ele falasse alguma coisa.

__Então, o que está acontecendo? Porque estava tão nervoso ao telefone.

__Sabe de uma coisa, realmente eu sou um idiota, Avy me procurou, estava triste, chorando e eu a mandei embora.

__E qual é a novidade disso tudo, você sempre a magoa, o que aconteceu de diferente.

__Aconteceu que ela, com raiva foi para o quarto daquele marginal.

__Que marginal Lúcifer?

__Talude não me provoca...

__Tá desculpa, mas como você sabe que ela foi para o quarto do Cam.

__Porque logo que a mandei embora, vi que tinha feito merda e fui atrás para pedir desculpas, e a vi entrando no quarto dele.

__E você ficou imaginando o que dois jovens bonitos em pleno auge de seus hormônios ficaram fazendo sozinhos trancados no quarto...

__Para Talude isso não tá ajudando.

__Certo, porque você não para com isso e fica com ela, diz que a ama.

__Porque eu não posso.

__Olha tô cansado dessa resposta, porque eu não posso...isso já deu, qual é o verdadeiro motivo Lúcifer?

__Não é nada...

__Fala logo, porque você não pode ficar com ela.

__Talude isso não é importante.

__Lúcifer...deixa de ser covarde e fala logo.

__Talude eu não sou covarde...e para de me encher.

__Então vai se ferrar e para de me chamar para ficar ouvindo essas suas lamúrias...

__Eu não posso ficar com ela, porque se eu me render Ele vai ter ganhado de novo, e eu não vou dar esse gostinho para Ele, não dessa vez.

__Do que você está falando.

__Se eu ficar com ela, Ele vence.

__Lúcifer...

__Se eu ficar com ela, admito que posso sentir, que posso amar,  Ele prova que estou errado, se eu posso amar, eu posso perdoar, e aceitar o propósito dEle para mim, porque Talude meu Pai é a essência sublime do amor...

__Droga Lúcifer...o orgulho já te afastou uma vez de tudo que você amava, e agora novamente, meu amigo porque?

Lúcifer tinha um olhar duro, ele olha para Talude e responde.

___Porque ele preferiu eles a mim...

Talude vê o ódio, o rancor nos olhos de Lúcifer.

__Vai embora, quero ficar sozinho.

Talude sai deixando Lúcifer imerso em seus próprios demônios.

Avy estava deitada nos braços de Cam, ela encarava o ventilador de teto do quarto do rapaz.

__Se você gostou tanto assim do ventilador, posso tirá-lo e te dar de presente.

__Como você é bobo.

Eles ficam em silêncio por alguns minutos, quando Avy começa a falar.

__Cam...

__Hum...

__Eu sei que somos seres sobrenaturais e que doenças humanas não nos afetam, mas eu sou mulher e posso ter filhos, e nós não usamos preservativo.

__Certo... e?

__Como e...eu posso estar grávida sabia.

__Não... não pode.

__É...e como sabe.

__Não posso ter filhos, o destino deve me odiar profundamente, além de amar a mesma mulher por toda a eternidade, não posso gerar descendentes. 

__Que tristeza...

__Cam

__Hum...

__Como você consegue viver assim.

__Assim como?

__Vendo Luci, sempre com Daniel.

__Eu só aceito Avy, amo Luci, mas também amo Daniel ele é meu irmão, é sempre uma escolha, e no final eu sempre escolho ele.

__Já pensou em fazer diferente alguma vez.

__Para ser sincero, não.

__Cam...

__Hum...

__Foi maravilhoso...

__É...foi sim.

__Podemos fazer de novo?

__Sempre que quiser, princesa.

Avy dá  uma gargalhada e pula em cima do rapaz, ele a beija ambos sabiam que não era amor, mas eles de alguma forma se completavam.

Mark estava sentado na cadeira da enfermaria, já tinha duas semanas que Kieran estava ali, ele estava começando a perder a esperança de que Kieran fosse acordar, olhava a face serena do rapaz, quando percebeu o ligeiro trepidar dos olhos de Kieran, ele os  abre levemente.

__Mark... é você?

__Ei...sou eu, você voltou pra mim...

__Eu voltei?

__Sim querido você voltou.


Notas Finais


Gente não sei se a história está agradando, mas escrevo com muito carinho, sei que as questões pessoais de cada personagem está bem explícito nestes capítulos, mas nós próximos teremos os elementos se suspense e aventura da história, espero que estejam gostando, beijos.
Link do clipe de Lúcifer: https://youtu.be/TbXepVt9P1U


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...