História Lúcifer a Redenção - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lucifer, Shadowhunters
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), Lucifer Morningstar, Magnus Bane
Tags Ação, Amor, Drama, Fallen, Lucifer, Romance, Sexo, Shadowhunters
Visualizações 64
Palavras 2.080
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 31 - Novas possibilidades.


Fanfic / Fanfiction Lúcifer a Redenção - Capítulo 31 - Novas possibilidades.

__Gabe eu não pedi essa situação tá legal, então a culpa não é minha.

__Claro Sebastian, e muito fácil você chegar e achar que tem alguma direito sobre Talude, ele é meu namorado, entendeu...

__Eu entendi perfeitamente, só não entendo como ele suporta uma menina mimada e fútil como você.

Talude não podia acreditar no que está acontecendo,já era a terceira vez que tentava fazer Sebastian e Gabe se entenderem, mas era uma missão quase impossível.

__Chega vocês dois, eu não aguento mais isso.

__ Talude, foi ele quem começou, olha meu amor eu faço qualquer coisa por você mas tá difícil...

__Talude, eu sinto muito mas acho que isso não vai dar certo, você tem certeza que sou eu essa outra parte neste relacionamento, porque tá na cara que eu e Gabe não morremos de amores um pelo outro.

__Olha eu preciso que vocês almenos tentem se entender, por favor...que tal uma jantar hoje a noite no meu dormitório,não posso sair da academia enquanto meu pai não voltar, mas posso providenciar um jantar romântico para nós três o que acham?

__Por mim tudo bem, não vejo problema...__Sebastian diz olhando para Gabe com um ar de superioridade que irritava a garota.

__Claro meu amor, qualquer coisa por você.__Ela se aproxima é da um longo beijo em Talude, quando eles se largam percebem que Sebastian não está mais lá.

__Droga Gabe...tinha que fazer isso?

__Fazer o que lindinho?

__Não seja hipócrita Gabe.

__Desculpa é que ele me irrita, ele é tão...tão...

__Tão lindo e gostoso...__Talude responde pegando a menina pela cintura e a abraçando, pressionando seu quadril contra o dela.

__É, ele é lindo e gostoso mas também irritante, arrogante e presunçoso.

__Tá com ciumes Gabe?

__Não é ciumes, e medo...__Ela responde com os olhos marejados de lagrimas.

__Oh! linda medo do que?

__Medo de você não se interessar mais  por mim, amo você Talude desde do dia que coloquei os pês nesta academia, mas eu era só uma menina boba, e agora que você é meu não quero te perder.

Talude olhava Gabe, estava admirado com a coragem dela de admitir seu sentimentos, sem medos ou receios.__Gabe no dia em que te conheci de verdade, não como aluna da academia, mas como a mulher que me cantou descaradamente naquela festa, eu não consegui tirar você da minha cabeça, e quando percebi estava apaixonado, então não precisa se preocupar, Sebastian não vai me tirar de você, isso não é uma competição entre vocês dois, Gabe minha natureza e assim, preciso de vocês dois juntos, vamos tentar por favor.

__Eu prometo que vou tentar.

Talude da um beijo cheio de ternura em Gabe, ele entendia a insegurança da garota, afinal ela ainda era muito jovem, mas ele tinha um sentimento de que tudo ficaria bem, ele não sabia como só sentia, mesmo em meio as discussões ele via o deseja nos olhos de Gabe, talvez isso também tivesse a assustando.   

Sebastian caminhava em direção a enfermaria, ele sabia que Kieran tinha acordado, queria saber como Mark estava, ele agora estava confuso,  ainda estava  muito machucado pelo que Mark havia feito com ele, apesar de que Mark sempre foi honesto em relação aos sentimentos que ele tinha por Kieran, mas agora toda essa historia com Talude e Gabe, ele acha Talude lindo para falar a verdade quando chegou na academia ficou impressionado  com a beleza do homem aqueles olhos azuis e aquela pele dourada, mas  Gabe, ele nunca havia estado com uma mulher, ele desde a idade de quatorze anos ele sabia que gostava de meninos, ele não sabia como lidar com o corpo feminino,como seria isso? como poderia ter um relacionamento desta forma? talvez fosse melhor acabar com isso antes mesmo de começar, varia isso hoje no jantar.

Kieran estava confuso ainda, se sentia cansado, ele não tinha ideia que já se passará, duas semanas;

__Mark...quanto tempo estou aqui?

__A duas semanas meu amor.__Mark toca o rosto de Kieran que fecha os olhos sentindo a macies do toque.

__Que bom, que esta de volta... Já estava ficando desesperado.

__Ei... esta tudo bem, eu estou bem e não vou mais a lugar algum tá bom?

   kieran abraça Mark, ele o amava e não deixaria mais nada separa-los, Sebastian entra na enfermaria e vê Mark e Kieran abraçados, então ele percebe que não tinha chance com Mark, na verdade nunca teve.

__Humm...eu não quero atrapalhar, mas Mark será que podíamos conversar?

__Sebastian, e bom vê-lo, mas o que você quer com Mark?

__Olá Kieran, fico feliz que esteja bem...

__Claro que fica...

__Ei, tá tudo bem, vou falar com ele e já volto, enquanto isso vou pedir para chamarem Magnus para examinar você.

__Tudo bem, mas não demora...

__Mark sai da enfermaria com Sebastian antes de seguirem para o dormitório Mark pede um dos enfermeiros que chame Magnus.

Eles entram no dormitório de Sebastian, Mark fecha a porto e logo começa a falar.

__Sebastian, eu sinto muito...me desculpa... eu não queria te magoar.

__Mark está  tudo bem, eu não vou dizer que não fiquei chateado e que não fiquei com raiva, porque estaria mentindo, mas você sempre foi honesto comigo, então está  tudo bem, só quero te pedir um tempo até podermos ser amigos tá  certo.

__Claro...eu entendo, mas mais uma vez me perdoa.

__Tudo bem...Humm Mark, posso te fazer uma pergunta.

__Claro, o que foi?

__Você sabe alguma coisa sobre relacionamento a três?

__Relacionamento  a três?Mas de onde você tirou isso?

__Não é que um amigo meu, veio me perguntar sobre isso e eu não soube opinar, o que você acha?

__Bom...eu nunca vivi nada parecido com isso, mas já soube de casos que deram muito certo, mas esse seu amigo, ele tá  disposto a tentar porque isso é complicado se ele não tiver uma mente aberta livre de preconceitos e tabus, esse relacionamento não terá futuro.

__Não, ele é um cara bem aberto e sem preconceitos, talvez ele esteja só um pouco inseguro em relação a uma das partes do relacionamento.

__Como assim ele não se sente atraído por um dos parceiros.

__Não é bem isso, é que ele é gay e sempre soube disso e é bem resolvido com sua sexualidade, mas uma das partes é uma mulher, ela é bonita, alias ela é lindíssima, mas ele tem medo de não saber o que fazer.

__Esse seu amigo nunca esteve com uma mulher, é isso.  

__Isso, ele nunca esteve com uma garota, e ele não sabe como agir.

__Bom Sebastian,isso é uma escolha dele, ele tem que pelo menos tentar para saber se vai dar certo ou não...mas quer um conselho, não se apegue ao sexo,se é homem ou mulher, veja além  meu querido, talvez a felicidade está  onde menos se espera, Talude e Gabe são lindos juntos acho que você só iria enriquecer a relação, pense nisso.

Mark sai deixando Sebastian de boca aberta, como ele sabia que se tratava dele o assunto.Mas pelo menos Mark tinha dado bons conselhos.

__Como está se sentindo Kieran?

__Estou bem Magnus, e obrigado pelo que fez por mim.

__Não tem que agradecer, agora descanse, acho que amanhã poderá voltar para seu dormitório.

__Ai, que bom não aquento mais esse lugar, Magnus eu preciso falar com Professor   Morningstar.

__Claro vou pedir para chama-lo.

Magnus sai da enfermaria e resolve ele mesmo ir chamar Lúcifer.

Kieran estava pensativo, quando Mark entra.__O que está  te preocupando?

Ele olha para o jovem em sua frente, Mark era lindo, traços delicados olhos azuis tão brilhantes ele adorava ficar admirando a beleza do rapaz.

__Mark, senta aqui do meu lado.__Mark se aproxima da cama e se senta.

__Meu lindo, esse tempo que fiquei desacordado na verdade eu estava em uma especie de sonho, mas era tudo muito real, uma mulher veio  falar comigo, ela disse que era Gaia...

__Mas o que Gaia queria com você?__Lúcifer entra na enfermaria, ele encara Kieran esperando uma resposta.

__Professor Morningstar, eu tenho um recado para o senhor.

__Vamos por partes, ou você me chama de professor ou de Lúcifer, nunca de senhor, e porque Gaia precisou de você para falar comigo, ela nunca fez isso antes.

__Bom ela disse que estava impedida de te ajudar, então arrumou outros meios de chegar ate você.

__Impedida de me ajudar? mas só existe um Ser capaz de fazer isso, de deter Gaia, meu Pai.

__Bom isso ela não me disse, mas ela mandou um recado para você, ela disse que Abaddon quer na verdade libertar Cronos, e para isso ele precisa do livros dos condenados  e do livro Ars Almadel .

__Mas isso não é possível... esse livro está  desaparecido há anos, Kieran ela disse mais alguma coisa?

__Sim, ela disse que não iremos conseguir impedir que Abaddon consiga os livros, mas que nós teremos que lutar juntos para deter Cronos,e que você terá que fazer uma escolha.

__Que escolha?

__Isso ele não disse professor, sinto muito.

__Obrigado Kieran...

__Professor, o que vamos fazer, pelo que eu entendi uma guerra se aproxima.

__Nós só temos uma saida meu jovem, vamos lutar.  

Lúcifer sai em direção ao dormitório de Talude ele dá duas batidas na porta e entra.

__Oi o que aconteceu, você batendo antes de entrar.

__Talude, quando seu pai volta do conselhos dos magos.

__Não sei, da ultima vez ele ficou fora por seis meses, o tempo lá é diferente daqui, mas porque o que está  acontecendo.

__Precisava que ele me falasse tudo que sabe sobre o livo Ars Almadel, ele é um homem de letra. __Eu também sou e nunca ouvi falar desse livro.

__Por isso que tem que ser seu pai, esse livro é muito antigo e  está desaparecido há séculos.

__Talvez tenha outra pessoa que possa nos ajudar, Magnus.

__Claro, aquele feiticeiro parece a Wikipedia.

__Isso é verdade, ele é inteligente, lindo e gostoso.

__Talude você não tem vergonha, ta apaixonado por dois e fica ainda babando no Magnus .

__Lúcifer to apaixonado, mas não sou cego, agora vamos encontra-lo  quero irritar o nefelim antes dele partir para falar com Rafael.

__Você não tem jeito.

Avy dormia profundamente na cama de Cam, eles ficaram praticamente o dia todo no quarto, ela ainda não sabia que Kieran tinha despertado, Cam tinha levantado tomado um banho, ele estava com fome sente sua barriga roncar, ele sorri e olha Avy em sua cama ela era realmente linda, perfeita ele até  poderia se apaixonar por ela, se fosse possível, ele resolve sair e ir até  a cantina providenciar algo para comer, no caminho ele dá  de cara com Lúcifer e Talude.

__Professores.__Ele cumprimenta passando por eles, mas Lúcifer o segura pelo braço, seus olhos estavam vermelhos.__Se você a magoar eu mato você.

Cam olha para os olhos vermelhos do demônio e responde.__Não tenho medo de você professor e o trabalho de magoa-la deixo para você, já desempenha muito bem esse papel.

Lúcifer solta um rosnado e avança para cima do rapaz, mas é  impedido por Talude.

__Ei agora não...

Lúcifer solta o braço de Cam e continua seu caminho.

__Você perdeu o juízo? Você ia atacar o garoto.

__Ele não é um garoto, é um homem, e muito petulante.

__Bom meu amigo sinto em te informar, ele não disse nada que não fosse verdade, agora vamos não temos tempo para isso.

Eles chegam até o dormitório de Magnus e Alec, batem na porta e são recebidos por Magnus ele tinha acabado de tomar banho estava enrolado em uma toalha.

__Lúcifer , Talude o que querem aqui, aconteceu alguma coisa?

Talude olhava para Magnus como se quisesse come-lo vivo, Alec entra no quarto e vê  o olhar de Talude para Magnus e não se controla.

__Mas você é muito descarado mesmo ne....

Ele parte para cima do homem e da um soco que atinge em cheio o rosto de Talude.

Talude se levanta limpa o sangue que escoria do nariz  e diz.__Você é um idiota nefelim, nem se eu quisesse, Magnus nunca ira ser meu e sabe porque? Porque ele só tem olhos para você, só você não vê isso, Lúcifer conversem com eles, eu tenho um compromisso agora, não poderia ficar mesmo, te encontro mais tarde... se bem que isso vai depender, se tudo correr bem no jantar que vou dar hoje talvez te encontre só amanhã. 

Talude sai Alec fica ali parado ele ainda estava com raiva , mas quando ele olha para o rosto de Magnus, o feiticeiro não estava muito feliz.

__Lúcifer eu vou me vestir e já volto para conversarmos.

__Claro, eu espero, Alec poderia me servir um uísque acho que estou precisando.

__Claro, vou ver o que tem no bar espera.

Magnus vai para o banheiro deixando Alec e Lúcifer no quarto.

__Cara você tem um soco de direita impressionante.

__Não fode Lúcifer, Magnus vai brigar comigo.

__Cara pra que esse ciumes, Talude é um idiota, só faz isso para te irritar.

Alec abaixa a cabeça e respira fundo.__Eu sei ...

Magnus volta e  logo pergunta a Lúcifer do que se tratava a visita.

__Magnus o que você sabe sobre o livro Ars Almadel.

__Lúcifer, não me diga que Abaddon está atrás  deste livro também.

__Sim, ele está.

__Então meu amigo, estamos ferrados.



Notas Finais


E aí pessoal gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...