História Lúcifer me dê coca-cola - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7
Tags Bts, Exo, Kaisoo, Taekook, Vkook, Yoonseokmin
Visualizações 7
Palavras 1.164
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ecchi, Festa, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Não revisado.

Boa leitura!

Capítulo 2 - 2. "-Vou cuidar dele!"


Fanfic / Fanfiction Lúcifer me dê coca-cola - Capítulo 2 - 2. "-Vou cuidar dele!"

Yoongi pov.

Eu estava olhando algumas fotos de Namjoon ainda em Nova York tinha acabado de postar, até que ouço o som da campainha, franzo o cenho repensando se eu havia chamado alguém, assim que abro a porta me lembro de ter convidado meu primo Jackson.

- Olá Wang!

- “Eai” Min! – Abracei o mais alto, de forma apertada.

- Passou um moço de cabeça baixa ali... Ele vinha daqui?

- Oh... Acho que sim, longa história.

- Tudo bem... Vou poder entrar ou está escondendo algo precioso?! – Dei espaço pra ele entrar, rindo de sua fala.

- Escondendo não, mas possuo algo precioso aí dentro.

- Ui!

Fechei a porta e então segui para a sala, o observando sem malas, pois ele apenas veio para ir á festa de amanhã, Jackson andava tão na seca que acho que o rim dele parou de funcionar. Não posso falar muito disso, mas pelo menos tenho alguém especial na minha vida.

Jackson se deitou no sofá e reclamou de sono após alguns minutos de conversa na cozinha, eu reclamei do mesmo, pois ainda eram dez horas da noite, e estávamos num sábado, mas tudo bem, eu apenas dei alguns cobertores para ele, um travesseiro e fui para meu quarto, antes passei na frente do quarto de Hoseok, sem me controlar acabei entrando para olhá-lo dormir serenamente, com uma almofada de um emoji do Line que se não me engano se chama Mangsang, me segurei para não rir do ronco dele que quase entrava em harmonia com o de Jackson, e olha que eles estavam em cômodos separados. Saí do quarto, um pouco pensativo por conta do ocorrido com Jimin, Hoseok não tinha visto então não era tão preocupante... Mas, eu não queria magoar Jimin, eu sei que ele gosta de mim, mas não é recíproco, acho injusto investir em algo que é unilateral, apenas amo ele como amigo.

Autora.

E com esses pensamentos Yoongi foi dormir. Já de manhã, Jimin acabava de acordar, ainda sem ânimo para se levantar e fazer qualquer coisa até que olhou o calendário de seu celular um tempo depois, vendo o dia marcado com algo, mas não havia nome no lembrete, então ele ligou os fatos, Whatsapp lotado de mensagens, despertador programado muito cedo e chapinha fora do armário, foi como uma luz brilhando na cabeça do garoto que se levantou de repente, lembrando da festa de Baekhyun, logo foi ver a lista dos confirmados e convidados, leu ela tranquilamente até ler Min Yoongi e Wang Jackson, confirmados.

Jimin olhou pros nomes, pensou, repensou e então a mente dele deu um estalo:

“ALERTA VERMELHO! ALERTA VERMELHO! PERIGO EMINENTE”.

Ele começou a procurar pelo número de Hoseok, o porquê dele possuir o contato do outro? Exatamente para casos assim, em que algo ameaçava a chance dos dois.

Chamou, chamou, chamou e então a caixa postal.

- Droga. Não posso fazer nada, preciso comprar uma base nova e roupas também... Já são... – Ele olhou o relógio – Onze horas viado!

O baixinho levantou rapidamente indo colocar uma calça de moletom preta, uma blusa de manga comprida e gola olímpica da mesma cor, foi ao banheiro fazer sua higiene, garoto pegou seu tubo de base liquida, mas desistiu de passa-la no meio da ação, respirou fundo e saiu do banheiro, calçando um tênis de caminhada e foi até a sala de sua casa, vendo Taehyung o amigo com quem dividia a casa o olhar surpreso e contente.

- Jimin! Você finalmente percebeu que não precisa ficar usando maquiagem para tudo.

- Sim... Mas e você o que houve? Bateraíiiii iiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiem você?

- Vai se ferrar ridículo, aonde vai?

- Vou ao shopping, quer algo? Posso lhe comprar uma base...

- Vai logo antes que minha mão decole e pouse na sua cara! – Respondeu Taehyung rindo e assim Jimin saiu de casa rumo ao shopping.

Taehyung deu uma pequena olhada na janela para ver se Jimin já havia ido embora e então ligou para seu novo namorado:

- Ei... Jimin saiu.

- Não acha arriscado?

- Claro que não.

- Estou chegando daqui a pouco.

- Ok!

Taehyung coçou a nuca olhando uma foto dele e de Jimin, suspirando. Logo a campainha soou pela sala e Taehyung correu indo abrir, mas se assustou ao ver Jimin na porta.

- Esqueci minha carteira olha que cabeça...

- Pois é... Percebeu no meio do caminho?

- Sim. – Jimin entrou e foi em seu quarto, Tae nunca foi religioso, mas rezava silenciosamente para que Jungkook se atrasasse, mas não adiantou muito, pois Jungkook já abria o portão alegre e ele já escutava Jimin cantarolando algo do corredor.

- Fudeu...

- Oi Tae, n... Jimin?

- Jungkook?! – Jimin ficou sério rapidamente, olhando para Taehyung em seguida – Não combinamos algo há dois anos Kim Taehyung?

- J-Jimin... Você sabe que eu não faria isso se eu não amasse realmente ele, você mesmo disse que o superou.

Jeon Jungkook é o ex-namorado de Jimin. Há exatos dois anos eles brigaram feio por conta de outro triangulo amoroso que o ruivo estava envolvido, seu melhor amigo disse que pararia de correr atrás de Jungkook, mas o mais novo entre eles não fez a mesma coisa, o que resultou em um Jimin melancólico e num Taehyung culpado por duas semanas. Mas voltando para agora, Jimin não conseguia acreditar que Taehyung estava com o cara que quase acabou com a amizade deles.

- Eu o amo também Jimin e não somos nós que escolhemos quem amar. – Jungkook defendeu Taehyung.

- Não se meta Jungkook! – Jimin quase avançou em Jungkook, mas foi impedido por Taehyung -... Taehyung, apenas me dê um tempo. – Jimin disse saindo da casa um tanto quanto irritado.

- Caralho Jungkook... Eu não sabia que ele iria voltar...

- Tudo bem Tae. – Os dois se abraçam numa tentativa de acalmar os ânimos.

Yoongi olhava a bela face adormecida de Hoseok, pensando em como se conheceram, ele apenas suspirava.

Flashback on

Andando pelos corredores da faculdade, já de saco cheio de tudo, Yoongi, um dos calouros do curso de publicidade, ouviu uma música baixa perto dali, assim que guardou seus livros na mochila depois de pegá-los do armário, ele se aproximou da sala a qual tocava a música e viu um garoto de cabelos pretos, usando regata e calça de moletom dançando dedicadamente, ao som de um hip-hop da época, ele ficou maravilhado com os passos do garoto, eram tão ritmados e precisos que ele ficou hipnotizado por um tempo, assim que percebeu que a música havia acabado ele se pronunciou:

- Você dança bem.

- Oh! Desculpe se incomodei lá fora...

- Não, eu que sou curioso demais... Prazer, Min Yoongi. Calouro em publicidade.

- Prazer... Hoseok, Veterano de engenharia.

Os dois sorriram e começaram a conversar ali mesmo, enquanto o sol se escondia do lado de fora do prédio.

Flashback off.

O aluno de publicidade, sorriu e acariciou o rosto de Hoseok que cochilava no sofá.

- Vou cuidar dele... Sempre.


Notas Finais


Obrigada por ler.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...