1. Spirit Fanfics >
  2. Lucifer's Daughter >
  3. Exaltação

História Lucifer's Daughter - Capítulo 2


Escrita por: e cute_hyee


Notas do Autor


Desculpem a demora!

Boa Leitura!

Capítulo 2 - Exaltação


Fanfic / Fanfiction Lucifer's Daughter - Capítulo 2 - Exaltação

         

Já tinha acordado na manhã seguinte, meu corpo estava dolorido e a roupa que eu estava usando, totalmente contra meu favor

Ontem Hyuna fez eu vestir uma roupa normal para dormir, porém estava muito calor naquela noite e o meu moletom e minha calça não ajudava, quase que minha pressão caiu naquele instante, então ela me emprestou umas roupas sua, um short, blusa branca e um casaquinho da cor rosa, se eu odiei? Sim!, mas fazer oque né, pelo menos eu dormi bem

- Finalmente acordou bela adormecida! - Hyuna indaga passando seu blush, a cama dela ficava a cima da minha, era uma beliche moderna, igual tudo nessa Universidade,como eu amava preto, metade das minhas roupas são cinzas, ou pretas, nunca ousei usar tonalidade claras, a não ser essa roupa que estou usando agora

- Aish, me deixa dormir! - Resmungo meio chorosa, viro meu rosto para o lado da parede e me cubro novamente sentindo o sono vir a tona

- Ah não Amiga, dormir de novo não! - Ouço sua voz atrás de mim se aproximando , ignoro completamente e fecho meus olhos, sinto ela descobrir a parte de baixo da coberta deixando exposto meus pés, solto um gritinho ao sentie meu corpo sendo puxado com força da cama, abro meus olhos atordoada já caida no chão

- POW HYUNA!! - Exclamo resmungando pela dor que minhas nadegas omitiram, ela ria de mim e estende sua mão para mim levantar, reviro meus olhos e retribuo seu aperto me levantando, quando eu ia dizer algo mais escuto alguém bater na porta, arregalo meus olhos e corro para debaixo da coberta novamente deixando nada a mostra, me cubro toda escutando Hyuna bufar e ir abrir a porta

- Pois não? - Sua voz era de tédio e parecia não dar importância, deu uma certa curiosidade de ver quem era mais o medo de me verem assim era maior

- O Diretor me mandou vir aqui para buscar aquela sua amiga, ele quer conversar com ela! - Nesse momento eu sinto minha respiração falhar e um arrepio enorme vir em meu corpo

Puta merda!, é a voz do Jungkook

- A-acontece que ela está doente e não pode sair! -Indaga meio nervosa, fecho meus olhos com força e medo por ela não ser uma boa atriz e escuto ele se pronunciar

- Doente?, oque ela tem? - Seu tom meio preocupado me dez fraquejar de baixo da coberta e da atmosfera quente, abro uma pequena fenda na coberta me permitindo olhar em direção a eles, Jungkook estava ainda do lado de fora mas dava para mim ver perfeitamente seu corpo e seu rosto angelical

Ele trajava uma uma calça de couro preta apertada, que valorizava bastante sua coxa deixando-o mais lindo ainda, uma blusa branca escrito "Badboy" com a fonte negrita preta e uma jaqueta, acompanhando com sua famosa bota masculina

Aish muito lindo

Sou tomada dos meus suspiro ao perceber que ele tinha me notado ali, ele riu soprado e eu paro de olha-lo fechando a pequena fenda que eu tinha feito na coberta

- Ela está... gripada!,é isso.. então.. TCHAU! - Ela grita a última parte fechando a porta na cara dele, abro minha boca surpresa e saio de baixo da coberta a olhando incrédula

- Sua maluca tu fechou a porta na cara do Jeon Jungkook! - Exclamo surpresa entre dentes

- Olha, para você ele pode até ser o "Jeon Jungkook", mas para mim continua sendo o irmão chato de sempre ta legal? - Reviro meus olhos com tamanha audácia e me jogo na cama de novo - É sério que vai faltar na aula de novo? - Questiona se aproximando da minha cama de braços cruzados, eu acinto e ela bufa - Caralho então tá, se tu repetir de ano não vem chorar pro meu lado não hein!!- Acinto com a cabeça- Te amo amiga tchau! - Ela se aproxima mais beijando minha testa e sai do quarto fechando a porta com sua mochila nas costas

- Ai Ai Hyuna..- Murmuro sorrindo, me levanto do estofado macio e vou ate a comoda para pegar meu celular, vejo que tinha uma mensagem do meu irmão mais velho e ligo para o memso me olhando no espelho, que ficava na parede a cima da comoda

-Olá Irmãzinha, como está sendo aí na Universidade?

Seu tom era de caçuação,suspiro revirando meus olhos, já sabendo que iria começar

Digo, meu irmão mais velho tinha seus 25 anos e meio, ele é bonito,alto e sempre arrumando encrenca, "nossa" família sempre me disse para me esconder, para não me mostrar muito,mas com ele era diferente, ele sempre podia pegar qualquer menina que lhe dava na telha e fazer oque quiser, mas EU não posso, sou adotada desde meus 3 anos de idade, me encontraram no Orfanato de Seattle, recordo a cada dia desse ato deles, é oque faz eu agradecer a eles eternamente

Mas.., Qual é a diferença entre mim e ele?, só por que eu sou do sexo oposto?, ou pelo fato do que eu descobrir Ontem?, mesmo ainda não compreendendo oque eu fiz com a IU, sinto que meus pais já sabiam disso, não havia uma foto sequer minha com eles, sempre nas fotos de família havia um lugar vazio, como se estivesse faltando alguém ali, e esse alguém era eu

Quando fui adotada minha ficha tinha o sobrenome Fox, eu não tinha nome, só sobrenome, então eles me chamavam de Coral, por que diziam que combinavam com meus olhos, mas quando me adotaram, trocaram meu nome para S/n, porém deixaram meu sobrenome

Aliás, Eu só queria saber.., por que eu não apareço nas fotos, por que não posso mostrar meu rosto?, e por que não posso sair ao dia?, essas perguntas Martelavam na minha cabeça dia e noite,e como sempre sem respostas

- Maleável,ainda sim.. Eu odeio esse lugar, tirando certas pessoas é claro - Indaguei escutando sua risada do outro lado da linha

- E esse alguém é.. Jeon Jungkook? - Pergunta em um tom irônico

- Como você sabe sobre ele?, você nunca veio aqui Jackson, por acaso anda me espiando? - Questiono arqueando uma sobrancelha, abaixo meu olhar parando de ver meu reflexo no espelho e vejo um esqueiro em cima da comoda, pego ele em mãos e fico ligando e apagando vendo sua chama viva e quente

- Eu sei de tudo que se passa aí S/n...

- Se estiver me espionando..

- Eu não tô S/n, só tenho um pequeno aviso.., logo logo eu e meus amigos apareçemos aí - Franzo meu cenho

- Como Assim, você e aqueles quatro irão vir estudar nessa Universidade?- Indago levando o esqueiro até meus lábios, boto minha língua para fora fazendo o fogo queima-la, vejo pelo espelho minha língua ficando preta, mas logo volta a cor de antes, me fazendo abrir um sorriso lateral

- Você mais cedo ou mais tarde irá saber, Até mais - Ele desliga na minha cara, resmungo pelo ato e boto o aparelho no seu devido lugar, guardo o esqueiro em uma gaveta da comoda e me deito fechando os olhos

Suspiro 

  

   Sinto que coisas irão mudar..


Notas Finais


Ai S/n..., você não perde por esperar


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...