História Lucium Paradise - Jumentossauro. - Capítulo 30


Escrita por:

Visualizações 15
Palavras 1.222
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Seinen, Shounen, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 30 - (Grupo 1) - A Fênix Azul!


Fanfic / Fanfiction Lucium Paradise - Jumentossauro. - Capítulo 30 - (Grupo 1) - A Fênix Azul!

Recentemente Alexandre Esteves descobriu no meio da invasão da fábrica do Bob que seu arquiinimigo e antigo senpai no colegio de Hora Diomedea, LittleBird tinha um filho, este que então foi treinado pelo próprio pai e que se encontra atualmente trabalhando como chefe mercenário para o vilão Bob, vendo que BlueBird se parece com o próprio pai, Alexandre então reflete.

Alexandre: ( Um fantasma do passado voltou para me atormentar?) - pensou Alexandre enquanto estava embasbacado com que tinha visto.

Pitou: Alexandre! Concentre-se! Diferente de antes nós estamos em completa vantagem por aqui! - respondeu Pitou ao ouvir os pensamentos de seu parceiro.

Alexandre: ( Tem razão Pitou, não devo deixar essa emoção atrapalhar o time, vamos com cautela). - Pensou Alê enquanto recobrava sua confiança aos poucos.

A tensão no ambiente era tanta que podia ser quebrada a qualquer momento, ambos os times (grupo do Alê e os mercenários) estavam se encarando esperando um movimento de seu adversário.


Pashmina: Fedelho... Cof... Cof.... mesmo que acabemos com os mercenários capangas, eles sempre serão recuperados caso o BlueBird ainda estejam de pé.... Cof... Cof..

Alexandre: Nem ao menos podemos mata-los de primeira? Eles possuem o fator de cura e não de revimento!

Pashmina: Não queira apostar nisso criança... Cof... Cof.... Se pelo que BlueBird disse é verdade, não deve ser tão fácil assim... Cof... Cof....

Alexandre: O que você quis dizer com isso?

Pashmina: cof.... Cof... Cof... A fênix é uma Ave lendária, feita de chamas sagradas..... Cof... Cof..... Cof..... As lendas nos contam que essa ave sempre revive quando morre e suas chamas possuem fator curativo, que no auge pode atingir outras pessoas a sua volta, basicamente.... Cof.... Cof....

Alexandre: Ele pode reviver os mortos? - questionou Alê. - Como você saberia que ele está no auge.

Pashmina: A cor das chamas cof.... Cof.... Cof ....nos dizem muito sobre seu poder e sua idade, chamas azuis são as mais fortes e jovens, diferentes de uma amarela ou vermelha que são velhas e fracas... Cof.... Cof... Essa regra pode ser aplicada na idade e poder das estrelas no espaço.

Alexandre: Uau, nunca imaginei que fosse inteligente Pashmina.

Jean: Essa não é hora para elogios, claramente BlueBird está no auge levanto em conta a cor da chama e pelo fator curativo que usou no mercenário, o que faremos?

Alexandre: Eu não sei.....


BlueBird: Ora ora, o que foi? Um gato comeu sua língua para ficar parado?

Joseph: Ora da matança!!! - Joseph avança para atacar a Pitou com duas adagas envenenadas.

A Pitou percebe a ondulação da faca e logo percebe que se trata de uma adaga envenenada, sofre para desviar sem nenhum arranhão, Jean materializa um muro e rapidamente o joga contra o mercenário Joseph o empurrando para trás.

Assim que empurrado, Joseph sem querer deixar cair suas adagas no chão, Alê então aproveita a deixa para inferir um golpe no mercenário em suas costelas, ele conseguiu facilmente quebra-las e o mercenário caiu no chão tossindo sangue.

Alexandre: você é um mercenário que utiliza ataques físicos, um lutador da classe de Ganglef, talvez? por que você não usa os buffs ativos de sua classe que fortifiquem a defesa? - Questionou Alexandre.

Joseph: "Por que?" você pergunta? He he he cof... Cooof - disse Joseph enquanto tossia sangue.

Nesse momento BlueBird utiliza de suas chamas para curar o mercenário.

Alexandre: Só o que você sabe fazer BlueBird, é curar? Isso só mostra o quão fraco você é em relação ao seu pai! - Disse Alexandre numa tentativa de provocação para abalar o seu oponente.

BlueBird: Não me entenda mal, eu só não quero que acabe rápido. - BlueBird fecha seu olho enquanto falava.

Alexandre: Você só está atrasando sua derrota!

BlueBird:.......

Em silêncio, BlueBird lentamente abre seus olhos e todos se surpreendem ao ver que um de seus olhos estavam em chamas! Ekon então finalmente tira suas conclusões.

Ekon: Eu sabia! Alê! Toma cuidado! Ele não é uma ave lendária, ele possui o poder do próprio pai!

Alexandre: Como assim Ekon?

Ekon: Assim como foi LittleBird, BlueBird também possui um parceiro, ele é de Lapin!

Jean: Lapin? Então quer dizer que ele.....

Pashmina:....cof... Cof... Ele ja se encontra transformado na Assimilação.


BlueBird então começa a dar gargalhadas do nada.

BlueBird: HA HA HA HA AAAAAAAAHHHH, ...... HA HA HA HAAAAaaaaa.

Alexandre: QUAL É A GRAÇA?

BlueBird: Vocês demoram mesmo para perceber as coisas, já deveriam pressumir minhas habilidades quando eu disse meu nome!

Alexandre: Apenas cale a boca e nos poupe dos seus elogios.

Ekon: CROSSFIRE!

Jean, Rizzo e Ekon assumem uma posição defensiva em trio, o Crossfire é uma habilidade exclusiva para os arqueiros de ganglef, depois de ativada, um debuff irá consumir a vitalidade de Ekon por 70 segundos ao qual nesse meio tempo ele não poderá atacar nenhuma vez, caso contrário irá perder o efeito, mas depois de passado o tempo, a aura fica da cor escarlate e o tiro de flecha carrega um poder destrutivo e perfurante capaz de atravessar rochas e metais como se fossem papel, parece vantajoso mas um arqueiro segurar uma luta sozinho por tanto tempo é uma idéia totalmente suicida.

Jean se prepara para defender seu amigo até que termine o tempo de decoy de sua habilidade.

BlueBird: Uuuuuu Crossfire? Ha ha ha, isso me trás boas lembranças.

Jonathan: Vamos acabar com isso logo!

Alexandre: Como se fossemos deixar!


Alexandre e Pitou se separam e de forma sincronizada eles atacam os dois mercenários com o intuito de mante-los ocupados pelo tempo necessário para o crossfire ser ativado. Pitou se utiliza de suas destrezas felinas para arranhar as juntas do seu oponente para imobiliza-lo enquanto que o Alexandre o pressiona com seus golpes precisos de artes marciais.

Joseph: Gata arrombada! Venha aqui! - disse Joseph tentando acertar um golpe na Pitou desesperado sem sua adaga.

Pitou: Um lixo como você não é digno de me acompanhar com os olhos, morra! - disse Pitou convencida. 

(Devo salientar que ninguém escuta a Pitou, exceto o Alexandre Esteves)

Nesse momento a Pitou coloca suas presas para fora e agarra no braço do mercenário, mas a força da pressão colocada nos seus dentes são de força equivalente ou maior de um leão africano, chegando a arrancar o antebraço do mercenário com sua força.

Joseph: Sua put....

Pitou: não demonstrou possuir buffs defensivo, é bem fácil de despedaçar assim, mas tem algo de errado nesse estilo de batalha.cru.


Enquanto a luta se desenrola com Alexandre e Pitou, Pashmina parte para cima so BlueBird para afetar ele com seu veneno corporal. Numa trocação de golpes, Pashmina chega a tocar no ombro de BlueBird com suas mãos e uma secreção de suor acabou por Necrosar o ombro de BlueBird ao ponto de apodrecer e chegar no Pescoço. BlueBird se afasta.

BlueBird: Ora ora, você carrega sangue sujo em suas veias, mulher veneno. - Disse BlueBird enquanto se curava com as chamas.

Pashmina: Não importe quantas vezes você se cure... Cof... Cof.... Eu vou te transformar em cadáver denovo,  denovo e denovo...cof... Cof.... Da mesma forma que transformei minha familia toda em uma pilha de cadáveres! ... Cof... Cof.

BlueBird: Sabia que para qualquer doença existe uma cura? Sabia que para todo veneno, existe um antídoto? - Dizia BlueBird enquanto aumentava o calor de seu corpo com as chamas azuis.

Pashmina: Tsc..... Cof. ..cof.... Não me subestime fedelho, posso te matar quantas vezes até o seu "remédio" perder efeito e você acabar morrendo.

BlueBird: Quer apostar?


Jean: Quanto tempo para o Crossfire, Ekon?

Ekon: 36 segundos.

Jean: (Que merda, mesmo que seja pouco, o tempo passa mais devagar enquanto estamos em combate, só precisamos segurar mais um pouco....) - pensou Jean frustrado.




Notas Finais


Ps: Título mudado, pois o antigo já daria um spoiler. E para quem já passa olhando os títulos dos capítulos, mesmo que esse fato já tenha sido revelado, é melhor prevenir.

Título antigo era: "O filho de LittleBird!"


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...