1. Spirit Fanfics >
  2. Luck at work, bad luck in love game. >
  3. O começo de nós.

História Luck at work, bad luck in love game. - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Capítulo 2: uma mistura de tudo e mais um pouco!

Capítulo 2 - O começo de nós.


Fanfic / Fanfiction Luck at work, bad luck in love game. - Capítulo 2 - O começo de nós.

Tudo parecia calmo e sereno, o ar que que circulava no ambiente era mais “quente” do que a temperatura normal da cidade. Senti uma leve dor nas costas e algo me prendendo fortemente pela cintura. “O que aconteceu ontem à noite?” era o que passava pela minha cabeça e simplesmente segurei com uma mão aquilo que me abraçava (fazendo com que eu abraçasse também). Tudo era muito duro para ser verdade, aonde eu estava deitada, como o meu corpo estava e a enxaqueca que afetava de vez a minha cabeça. Eu só conseguia pensar quando de repente meus pensamentos foram interrompidos por uma sequência de “beep”.

—Não pode ser. -sussurrei para eu mesma enquanto eu observava o Harry dormindo-.

Tirei levemente seu braço da minha cintura e desliguei o despertador enquanto colocava as minhas mãos como apoio para as minhas costas que estavam quebradas por eu passar uma noite no chão da sala. “Não tem nada demais, passar uma noite no chão da sala com o Harry que me odeia por ser uma com um humor maravilhoso e provavelmente me escutou bêbada falando sobre a minha vida todinha” mais uma vez meus pensamentos se embolaram quando observei o tanto de bebida na mesa. Subi para a parte de cima do apartamento para me arrumar para o trabalho, entrei no banho e me deitei na banheira fazendo o meu corpo relaxar totalmente. 

-Quer companhia? Um pouco de sexo não faz mal. -me encarou-.
       -Cara, com que permissão você entrou no meu banheiro? -joguei um tanto de água para espantar o Harry-.
     -To brincado com você pipizinha, só vim agradecer pelo vídeo de ontem que era pra ter sido postado ontem e postei só hoje.
    -Eu falei merda com você ontem? -fui direta ao ponto-.
  -Não, você me disse sobre o que fez pra chegar até aqui e inclusive isso é admirável.
   -Queria um dia de folga hoje Styles.
  -Eu também queria, mas tenho que estar na gravadora antes de você e eu acho que já vou indo.
  -Não quer ficar pro café? Te devo uma por ter me escutado. 
 -Eu to com meu carro aqui, posso passar no drive, tá tudo certo... vou deixar você tomar banho, te espero lá em baixo. -disse se afastando do banheiro-. 

Um pouco de sexo não faz malnão mesmo. Pensei ao lembrar da brincadeirinha feita e colocando em conta quanto tempo que eu não transo com alguém a não ser meus incríveis dedos (se é que se masturbar conta). Só queria fazer meu corpo relaxar nesse momento, até que uma “ideia brilhante” entrou em meus planos -pensei ao olhar para a mangueirinha da banheira. Senti meu corpo totalmente se contrair, aos poucos deixei meu corpo ir relaxando mais e mais. Alguns gemidos saíam levemente pela minha boca, mantive meus olhos fechados e apoiei uma das minhas pernas a cima da borda da banheira. Estava tão bom... eu estava quase lá...

-Pietra, tá tudo bem aí? Você tá demorando e vamos se atrasar. -falou entrando rapidamente-.

-Oh meu Deus, Harry! Você disse que iria embora -o encarei constrangida mirando a mangueirinha nele e o ensopando de água. 

 -Caralho. -ele falou alto-.

-Você tinha que ter ido embora! -o encarei e continuei: é a minha casa Styles, é a minha casa-.
        -Depois de ontem eu me preocupei com você e eu falei que ia te esperar lá em baixo, porra você tava demorando mais do que um banho normal, vai que sei lá? -um silêncio enorme tinha acabado de se formar-.

Pensei de verdade em mil coisas apropriadas para serem ditas no momento e o que saiu foi o inesperado.


     -Harry, você quer fazer algo diferente, tipo uma rapidinha? -desviei todo o assunto para não ser lembrada de qualquer parte constrangedora e deixei todas as palavras saírem da minha grande boca (que as vezes só fala boas merdas).
     -Você tá brincando comigo?. -perguntou educadamente-.
    -Não. -respondi levantando da banheira e talvez não levando em consideração o que eu realmente estava fazendo por impulso. Agora todo o meu corpo totalmente nu estava na frente de Styles e minha mão na trinca da porta do banheiro o impedindo de sair e nos mantendo presos.

*musica indicada: The Weekend- The hills*

-Você quer mesmo fazer isso comigo? -ele me olhou fixamente talvez sem acreditar em tudo que estava acontecendo.

-Eu quero transar com você. -minhas mãos estavam na sua camiseta e em segundos a mesma encontrava-se ao chão. Com um pouco da minha ajuda Harry Styles despia a sua calça e tirava a sua boxer. 

Harry POV

Eu já conseguia sentir o seu coração acelerar quando o meu corpo encostou junto ao dela, uma corrente de nervosismo começou a correr por todo meu corpo e por impulso à peguei no colo entrelaçando suas pernas na minha cintura sentando aos poucos nós dois na banheira da pequena suíte do quarto. Senti seus lábios suavemente contra os meus e enquanto meus dedos tomavam conta da sua intimidade eu observava cada detalhe que ela fazia com a boca e todas suas expressões de prazer. 

-Eu quero você dentro de mim. -ela revirava os olhos e pedia calorosamente-. 

Isto é sem dúvidas quebrar todas as regras” pensei enquanto finalmente nos tornávamos em um corpo só e seus gemidos aumentavam com a intensidade do prazer que sentíamos.

-Me fode muito. - ela pedia quando segurava com uma mão em meus cabelos e outra mão em minhas costas.
        -Harry.... -ela dizia baixinho entre gemidos-.

Pietra me encarou com seus lindos olhos castanhos e as suas mãos seguraram meu rosto fazendo nossos lábios se tocarem novamente e nossas línguas se encontrarem em uma perfeita “dança”. Estávamos imóveis, a mercer de todo ou qualquer prazer que podíamos sentir naquele momento. Minhas mãos encontraram as suas e se entrelaçaram, em questão de segundos tudo estava incrivelmente se saciando mais. No início tudo muito apreensivo por mantermos uma relação profissional de trabalho, mas agora, consigo a enxergar como uma mulher... uma mulher incrivelmente boa no que faz. 

-Se você quer prazer, eu vou te dar muito mais do que isso. -sussurrei em seu ouvido-.

-Acaba comigo. -ela pedia entre gemidos enquanto encostava sua boca em meu pescoço-. 

Virei minha cabeça para o lado que ela estava para me encontrar com seus lábios novamente e não conseguia me recordar da última vez que beijei alguém onde o beijo se encaixasse tão bem com o meu. Nossos corpos estavam finalmente se saciando um do outro, eu já não estava me importando com nada que poderia acontecer depois disso “sem pensamentos confusos” o momento estava cada vez mais fantástico. Capturei todos os mínimos detalhes que a Pietra fazia. A puxei para mais perto e a beijei de novo, e dessa vez muito melhor. O melhor beijo que estava a me deixar louco de prazer em todo o meu corpo e principalmente o dela que acabará de dizer:

-Styles, eu vou gozar. -senti seu corpo se inclinar em mim e ao mesmo momento ela se contrair sobre todo o meu colo.

Minha mão segurava fortemente a sua bunda, quando finalmente senti que que eu também gozaria a tirei de cima de mim e ficamos rente um ao outro somente com o barulho das nossas respirações.

-Isso foi fantástico. -ela se jogou para trás mergulhando seu corpo na banheira, óbvio, dei um pequeno sorriso enquanto passava a minha mão pelo rosto como se eu estivesse o limpando.

-Realmente foi muito bom, mais uma vez, você é uma caixinha de surpresas. -a encarei-. 

Enquanto tentávamos continuar conversando como se fôssemos duas pessoas que estão acostumadas a fazerem isso todo santo dia, peguei uma toalha e dei espaço para que ela pudesse terminar o seu banho. Minha camisa estava totalmente molhada e o jeito era espera-la sair do banho para eu checar no carro se teria alguma possibilidade de ter alguma camisa extra por lá. 

Fiquei observando do canto do quarto pelo reflexo do espelho ela se vestir e que corpo fantástico. Era muita coisa pra assimilar no momento.

-Pensei que já tivesse se vestido. -ela me encarou-.

-Você molhou minha blusa todinha, a minha esperança é ter uma no carro. 
        -Olha, eu sei que tudo que aconteceu foi rápido e talvez sem explicação, mas, foi muito bom. Sei também que não sou uma das melhores pessoas que você acreditaria que fizesse tudo isso, mas, eu gostos de joguinhos.
      -É, eu estou tentando acreditar em tudo ainda, mas realmente foi muito bom e fica tranquila eu também gosto de jogar. -pisquei de canto e a encarei-.
     -Fica entre nós? -me encarou como se realmente fizesse questão de que fosse um segredo-.
    -Sempre. -mostrei meu dedinho mindinho a fazendo encaixar no dela-.

-Desculpa não te oferecer um café, mas perdemos horas aqui e a gente tá mega atrasado. Podemos comer alguma coisa a caminho? -me encarou enquanto calçava um tênis no qual ela nunca iria trabalhar se fosse em um dia normal de trabalho-.

-Que tênis é esse? -risonhei-.

-É o tênis do atraso, botou, calçou. -riu de volta-. Pronto, vamos. -pegou a bolsa que estava ao lado da cama dando seguimento para o caminho do trabalho e eu (ainda sem camisa, mas totalmente ciente que tudo que aconteceu hoje foi mais real que a banda One Direction junta novamente).

Fim Harry POV


Notas Finais


Mais um capítulo, espero que gostem 🙏🏻


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...