História Lucky - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Eden Hazard, Kevin De Bruyne, Simon Mignolet, Thibaut Courtois
Personagens Kevin De Bruyne
Tags Bélgica, Copa Do Mundo, Kevin De Bruye
Visualizações 247
Palavras 1.239
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Esporte, Fluffy, Musical (Songfic)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa noite!! Já era para eu ter postado há alguns dias essa OS, mas eu tava enrolando pq sempre fico nervosa para trazer algo novo.

Boa leitura!

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Lucky - Capítulo 1 - Capítulo Único

 

 Estava sendo incrível a experiência de conhecer a Rússia e desvendar várias maravilhas desse país tão vasto e cheio de culturas diferentes da minha. Todavia, o que mais me fez amar o país foi que finalmente a seleção do meu país estava conseguindo provar ao mundo que a Bélgica não é apenas uma promessa e que poderíamos brigar pelo título.

 As quartas de final seria o maior desafio da seleção belga até o momento, enfrentaríamos os maiores campeões mundiais, a tão poderosa Seleção Brasileira e esse seria o momento ideal para provar o talento dessa geração belga. Meu melhor amigo, Kevin, me chamou para prestigia-lo nesse momento importante da carreira dele e falou que depois teria uma surpresa para mim. Eu, obviamente, aceitei o convite.

 Fui para o estádio extremamente animada e confiante com o jogo, mas confesso que fiquei um pouco intimidada quando vi a torcida brasileira. Eles cantavam em plenos pulmões para apoiar o time e com certeza eram a maioria na partida. Porém, felizmente, isso não abalou a seleção belga. Nós tínhamos contra-ataques extremamente perigosos e era questão de tempo até sair o primeiro gol.

 Aos 13 minutos de jogo, em uma cobrança do Chadli de escanteio, a Bélgica abriu o placar com um gol contra do jogador Fernandinho. Comemorei igual uma louca o gol com os torcedores belgas ao meu lado, abracei várias pessoas que eu nunca tinha visto na vida, porém confesso que fiquei com pena do Fernandinho. Ele joga junto com o Kevin e já tive a oportunidade de conhecê-lo em umas das minhas viagens para visitar meu melhor amigo em Manchester.

 Alguns minutos depois, em uma arrancada do Lukaku, Kevin fez um gol lindo de fora da área. O que novamente levou a torcida belga a loucura. Porém dessa vez, fiquei um pouco emocionada também pelo autor do gol.

 

 

 Fim de jogo Bélgica 2 x 1 Brasil! No segundo tempo a seleção brasileira cresceu bastante na partida, porém fomos salvos pelo Courtois que fez uma grande partida. Quase deixei de odiá-lo depois daquele jogo, mas o rancor pelo que ele fez com o Kevin no passado ainda é maior.

 Depois que os jogadores belgas cumprimentaram a torcida e saíram do campo, senti meu celular vibrar no meu bolso. Era uma mensagem do Kevin.

 “Me encontra nesse endereço em uma hora!”  — A mensagem estava acompanhada por uma localização.

 Coloquei no aplicativo do Waze para ver quanto tempo demoraria para chegar até o local e, ao perceber que daria quase 20 minutos, decidi ir como eu estava mesmo, porque não daria tempo de passar no hotel para me trocar. 

 Fiquei esperando um Uber por bastante tempo na saída do estádio, já que todos tinham tido a mesma ideia de ir embora usando o aplicativo. Acabei chegando um pouco atrasada no local que era um restaurante bem chique. Minha vontade era matar o Kevin por não ter me avisado isso antes, porque eu estava vestida para um jogo de futebol, não para um lugar como esse.

 Fui até a entrada e o garçom me guiou até uma mesa no canto do local, onde Kevin estava me esperando sorridente e extremamente bem vestido em um terno lindo.

 — Oi, Liz! — Levantou para me cumprimentar com um beijo na bochecha.

 — Kevin, eu quero te matar! Olha o jeito que eu estou. — Apontei para o meu look esportivo e ele riu. — Você podia ter me avisado que viríamos a um lugar que exigia uma roupa uma pouco mais apropriada.

 — Para de graça! Você fica linda de qualquer jeito e tenho certeza que se eu te avisasse, você se atrasaria. — Concordei com o que ele disse, porque provavelmente isso aconteceria mesmo. 

 Sentei-me de frente a ele e começamos a conversar enquanto nossos pratos não chegavam. Como sempre o assunto com o Kevin fluía perfeitamente e falamos sobre diversas coisas, acabamos nem percebendo que já estava ficando tarde.

 — Kevin, já está tarde, você não deveria ir embora? Não quero te causar problemas com seu treinador. — Falei preocupada.

 — Ele me deu à noite de folga, não vou precisar voltar para a concentração hoje, apenas amanhã cedo, então não vai me causar problema algum. Ademais, ainda quero te levar para um lugar! 

 Pediu a conta para o garçom e assim que pagamos, ele já levantou-se e entrelaçou nossos braços para sairmos dali.

 Kevin colocou um endereço no Google Maps e logo começou a me guiar para algum lugar.

 — Para onde estamos indo? — Franzi o cenho, pois estava tarde e qualquer lugar já estaria fechado esse horário.

 — Estamos indo para uma das margens do Rio Kaban, dizem que a vista de lá a noite é esplêndida.

 Chegamos no local e ficamos sentados juntos em uma mureta apenas observando o local. Eu sentia a brisa gelada batendo no meu rosto e observava cada centímetro daquele lugar incrível para eternizar aquele momento na minha mente.

 Pude sentir o peso do olhar do Kevin sobre mim algumas vezes, ele parecia nervoso e provavelmente queria me contar alguma coisa.

 — Kevin, que merda você fez dessa vez? — Falei com medo de sua resposta, porque sempre que ele estava com esse olhar de preciso te falar uma coisa, vinha merda em seguida. 

 — Nem sei como começ... — Parecia procurar as palavras ideais e eu apenas o interrompi.

 — Ai meu deus! Você engravidou uma prostituta aqui na Rússia? Ou pior, pegou alguma doença sexualmente transmissível? — Minha cabeça começou a criar diversas possibilidades e nenhuma delas era algo bom. Comecei a tagarelar sozinha igual uma louca.

 — Não é nada disso, sua boba! — Ele riu do meu desespero e eu apenas continuava tagarelando, até que senti seus lábios encostarem nos meus, calando-me.

 Fiquei alguns segundos tentando raciocinar o que havia acontecido e o porquê de eu querer tanto aquele beijo novamente.

 — Por que fez isso? — Perguntei meio avoada.

 — Porque eu estava guardando esse desejo há muito tempo.

 — Como assim, Kevin? 

 — Liz, já faz um tempo que estou querendo te dizer algumas coisas... — Respirou fundo e continuou falando. — Você sempre foi tão especial para mim, desde quando éramos adolescentes, e eu sempre quis ter algo com você, mas meu sonho de tornar-me um jogador profissional acabou adiando as coisas. Eu queria ter me declarado há anos, porém eu não podia fazer isso, já que eu morava em outro país. Todavia, agora você terminou a faculdade, está indo morar em Manchester e percebi que esse é o momento ideal para te dizer que eu te amo e quero te ter comigo. Liz, eu sou louco por você!

 Fiquei extremamente impressionada com o que Kevin disse. Eu era apaixonada por ele quando éramos mais jovens e me sentia muito mal por pensar que ele só queria minha amizade, mas agora vejo que eu estava enganada e o que sinto é recíproco. Parece que todo aquele sentimento da adolescência voltou com ainda mais força ao ouvir suas palavras.

 — Por favor, diz alguma coisa! — Notei o desespero em sua voz e apenas selei nossos lábios.

 — Eu também te amo! 

 Kevin abriu um grande sorriso e me envolveu em seus braços calorosos. Apenas me aconcheguei e fiquei observando a paisagem que agora ficaria gravada, além da beleza, mas também por ser o lugar em que uma nova história estava iniciando.

 — Essa copa sempre será inesquecível para mim! Mesmo que não ganhemos o título, sei que ganhei o amor da minha vida, minha futura esposa e mãe dos meus filhos, e isso vale muito mais que qualquer título. Eu te amo!

 

 

 

 


Notas Finais


Link da música: https://youtu.be/acvIVA9-FMQ

Espero que tenham gostado!! Comentem xx

Fato sobre a os: a princípio a história seria com o Vertonghen, porém não estava fluindo, então decidi escrever com o Kevin já que ele é um dos meus jogadores preferidos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...