História Lucy- Uma garota para se amar! - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Lucy Heartfilia, Natsu Dragneel
Tags Drama, Romance
Visualizações 47
Palavras 1.111
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Sei que os capítulos está ficando curtos. Prometo fazer maiores❤ bom cap

Capítulo 10 - Uma loira para cuidar.


O dia já  estava nublado quando a loira e o rosado voltava para casa, Lucy vestiu sua roupa e natsu batia os queixo de frio, e Lucy tossia sem parar caminhavam na estrada de chão.
- sabe Natsu talvez você não seja uma boa influência pra mim sabia? COF COF
-porque? Cada coisa.
- você matou aula e me levou junto.
-eu não te obriguei horas.
-mais me influênciou. COF COF
-ata. Disse irônico.
Lucy on.
"Não posso acreditar que depois de tudo, eu possa sorrir nesta vida. Não sei porque Natsu está fazendo tudo isso por mim, e minha mãe ? Nossa não tenho ninguém por mim, Pai? Nada. Enfim quem sabe eu consigo recomesar minha vida aqui em magnólia."
   Eu e Natsu andamos até a casa dele. Quando chegamos já estava escuro, meu Nariz começou a escorrer e logo os espirros indesejáveis apareceram. Tomei banho primeiro, coloquei meu pijamas de calça e manga longa dos luney tunes. Em seguida Natsu também saiu do banheiro, sentei na cama e me cobri.
" fora o beijo, aquele beijo, no começo eu correspondi mais depois, ah seila, vai que ele está se aproveitando de mim? Ou ele é um um ESTRUPADOR???. Não isso não, calma mais ele é tão lindo, mais não pode ter nada entre agente, mais porque? Pensando bem não tem nada que impedi agente a não ser a família dele."
- sabe oque me deu agora Lucy?
- Fome. Respondi, já que eu estava morrendo também.
- isso, você preferi lanche ou pizza?
- tanto faz. Atchim
- então vou pedir uma pizza, qual sabor?
- mussarela. Falei, já que é minha preferida.
- tá.
" meu celular deve estar descarregado, peguei ele de baixo do travesseiro e estava 20%. Oque??? Que tanto de ligação perdida. Logo pensei na minha filha. Liguei no número desconhecido que atendeu de emediato.
ligação on.
- Yo? Atchim. Ai que deselegante espirrar no telefone.
- Lucy? Aonde você pensa que está? Porque você não está onde mandei?
- Cana? Yo amiga, eu estou bem. Disse sínica. Só uma pergunta, como você sabe que eu não estou naquele lugar orrivel?
-isso não importa, você tem volta pra lá agora.
- isso não vai rolar Caninha do meu coração.
- Lucy, você....
- tchal eu tô meio ocupada agora. Desliguei.
Off.
Natsu entrou no quarto. - com quem estava falando?
- com uma amiga, ela queria saber porque eu não estava lá no bordel.
- ah ela é sua corretora.
- oque? Corretora? Atchim.
- é a pessoa que consegui você pra morar lá, sabia que pra sempre ela vai receber um porcentagem sua? Ou receberia.
-ah então é por isso que ele me mandou pra Magnólia. E eu pensando que ela se preocupava comigo, atchim. tudo fazia parte de um plano.
- vixiii, parece que você não está bem Lucy!
- É acho que peguei um resfriado.
- da pra gente assisti um filme, oque você acha?
- boa ideia.
- vamos lá pra sala, leva a coberta pra você.
Sentamos, ele ligou a televisão e colocou na Netflix.- que tipo de filme você gosta Lucy? - comédia, ação.
- Que tal terror, aah.
- NÃO. Me Encolhi no sofá.
- To brincando calma.
- vamos assistir "A barraca do beijo" é romance eu acho, mais parece ser legal.
- pode ser. Ele deu play no filme e sentou do meu lado.
Logo a a campanhia tocou.
- Pizzaaa. EBA EBA ... Gritei.
  Abrimos a caixa da pizza, comi uma fatia e Natsu comeu duas. Já tinha passado 25min de filme, comecei a sentir meu corpo quente.
-Natsu vê se eu tô com febre? Ele colocou a mão na minha testa.
- você está queimando, vou ficar aqui hoje pra cuidar de você!
- nossa não exagera.
- é serio, você precisa ir pro hospital!
-Não, Natsu é só um resfriado nada que uma coberta quente não Sare.
- vou fazer um chá quente pra você, fica ai. Natsu foi para trás do balcão que era oque dividia a sala da cozinha. 5min depois Natsu chegou com uma caneca de chá de chocolate. Dei um gole e gospi no chão.
- oque Lucy? Ficou ruim. Natsu me olhou com vergonha.
- Você colocou sal no chá?
- NÃO.
- sim você colocou.
- eu devo ter me confundido.
-tudo bem Natsu, hahaha. Dei risada.
- eu faço outo chá Lucy.
- não, pode deixar que eu faço, eu só vou ir no banheiro rapidinho, deixa o filme pausado. Ordenei.
  Coloquei minha coberta no sofá, e caminhei até o banheiro do quarto.

-Droga. NÃO acredito que ódio pior coisa, menstruaçao com resfriado.

  Procurei algum absorvente, "cadê? Cadê?. Não acredito, e agora? Meus absorventes acabaram, oque eu vou fazer, vai ser super sem graça eu pedir isso pra ele, droga... Bom ele deve saber oque é provavelmente, por causa da irmã da mãe dele. OK vou falar com ele. Sai do quarto e fiquei parada de pé na sala.
- oque foi Lucy? Não vai fazer o chá? Senta ai.
- Natsu então, é...é...
- oque foi?
- Eu preciso de absorventes. Abaixei a cabeça.
- ah sim, claro. Eu compro pra você.
- Obrigada. Vi ele se levantando.
- E você quer inteno ou externo? Com abas ou sem? Remédios para cólicas?
- nossa Natsu, falando assim parece que você compra pra você sempre.
- bom, eu moro com duas mulheres então....
- assim...
     Minutos depois Natsu chegou com uma sacola e me entregou. Tomei outro banho e troquei de roupa só pra garantir.
 - está se sentido melhor? Natsu perguntou quando sentei ao seu lado no sofá.
- hurum.
- deita aqui. Deitei no colo do rosado e ele fez carinho na minha cabeça.
 Até que o filme acabou.
- oque? Você está chorando Lucy? Ele passou a mão no meu rosto que estava molhado de lagrimas.
-fiquei emocionada com o filme.
- mais o filme não é drama.
- mais é sentimental.
- Mulheres! Vai entender. Natsu revirou os olhos.
- e você tomou o remédio de resfriado que eu também trouxe pra você.
- não, nem vi.
- Lucy!
- depois eu tomo.
A companhia toca.
- tá  esperando alguém lucy?
- eu não. Quem será essa hora da noite.
Natsu caminha até  a porta.
-não Natsu, vai que é um ladrão.
- e você  acha que um ladrão toca a companhia? Dans
Ele abri a porta.
- Erza?
-Natsu, Será que eu posso ficar aqui?
-oque que aconteceu?
- longa História.
- é qui. ....
Erza foi entrando.
Encarei Erza e ela me olhou.
- Lucy??? O que você tá fazendo aqui?


Notas Finais


Talvez poste ainda hoje.
OQUE SERÁ QUE ACONTECEU COM A ERZA HEIN?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...