1. Spirit Fanfics >
  2. Luigi Antunes >
  3. Exclusão do grupinho

História Luigi Antunes - Capítulo 15


Escrita por: thamco

Capítulo 15 - Exclusão do grupinho



No dia seguinte de todo o conflito Mário e Luigi estavam na escola normalmente, enquanto Mário estava com seus amigos, Luigi estavam com Poliana, Eric, Yasmin, Bento e Kessya conversando normalmente como sempre, até que João chega na sala de aula com o olho roxo, uma faixa na cabeça e boca inchada, então Poliana pergunta.

Poliana: o que houve contigo João?

Eric: como você está? Qual o motivo disso? Você está acabado, um trator passou por cima de você?

Bento: ou foi um caminhão?

Joao: não é nada eu já vou indo.

Kessia: mas você acabou de chegar.

Joao: é mesmo. Então vou no banheiro.

Após João sair de perto os amigos se perguntam pq João estava estranho e machucado então Luigi revela.

Luigi: Sabem de uma coisa eu sei qual é o motivo mas não vou revelar para vocês.

Poliana: oqueeeeeeee? Pq?

Kessya: que história é essa? Fala logo.

Bento: o que o João fez? E pq você não quer contar?

Luigi: quando ele voltar eu falo.

Após alguns minutos João volta para a sala e novamente é questionado por seus amigos.

Poliana: agora você vai falar ou não?

Joao: por que vocês não perguntam ao luigi?

Kessia: fala luigi o que aconteceu.

Luigi: ele está desse jeito porque eu fiz isso com ele.

Poliana: não acredito, porque você fez isso?

Bento: como você bateu nele se você. Não bate nem numa mosca?

Kessia: conta logo pois vocês já tinham fazido as pazes por uma briguinha que ninguém sabe.

Luigi: Bom para começar o João não é mais meu amigo e muito menos melhor-amigo. Segundo eu bati nele mas não sujaria minhas mãos para matar esse verme, crápula. Terceiro não sou maluco e por fim eu vou falar o motivo de tudo isso.

Poliana e Kessia: fala logo poxa, para de enrolar.

Luigi: Bom realmente eu tinha perdoado o João e vocês nem sabiam pq tínhamos brigado mas o que vocês não sabem é que o Mário e o João me deram sonifero para dormir enquanto eles transaram e quando acordei tinha um preservativo no meu rosto cheio de .... vocês sabem.

Poliana: oqueeeeee, João e o Mário.

Kessia: pasmem, e eu achando que você gostava da poliana,João.

Eric: não sabia que você era tarado por meninos menores que você João.

Bento: tá mas isso não é motivo de briga Luigi.

Joao: me desculpem por isso.

Luigi: não acabou ainda, depois eu o perdoei por realmente achar um exagero Mas depois disso eu estava em casa com a Yasmin quando escuto o Mário e o João brigando, o João bateu no meu irmão no meio do ato e sabem o que o João disse?

Bento: o quê?

Luigi: que era um fetiche bater no meu irmão durante a cena. E por fim disse que tinha sido gostoso aquilo.

Kessia: chocadaaaaaaa

Poliana: por essa não esperava, João você não vale nada.

Bento: que horror tudo isso, isso é muito errado.

Poliana: eu achei que você ainda me amasse João mas pelo visto você gosta de outra coisa né. E sabe de uma coisa? Eu e o Eric estamos muito bem e ele me fez perceber que o nosso amor que estava escrito era apenas no papel da música e não na vida real. A nossa música que diz que "já estava escrito que eu iria te amar"  não corresponde com a verdade.

Joao: eu sei que errei e iludi você Poliana eu nunca fui em frente com nosso amor. Mas eu só queria dizer para todos vocês me perdoarem por favor.

Poliana: eu te perdoo mas não fala mais comigo, não sei quando vou poder a voltar a ter confiança em você.

Bento e Kessia: nós tbm mas não faça mais isso.

Luigi e Yasmin: nós tbm perdoamos mas não apareça na nossa frente, e não se dirija a nós.

Joao: pelo menos consegui o perdão, agora vocês vão ver, quero retomar a amizade e a confiança de vocês.

Após tudo aquilo João se retirou da perto mas já estava pensando em como voltar a ser tudo como era antes. Já os ErPokelubeya continuaram a conversarem sobre outras coisas e quando a professora entrou começou a aula.

No fim da aula Song estava esperando luigi na porta quando se depara com João todo "acabado" e então pergunta.

Song: o que houve João?

Joao: o Luigi me deixou assim ontem a noite.

Song: já chega de tudo isso, não pode continuar assim, eu vou falar com ele.

João vai embora e em poucos minutos Luigi chega até Song e ela convida ele até a padaria.

Na padaria

Song: é o seguinte Luigi, se você não mudar esse seu jeito de ficar batendo nas pessoas eu nunca mais falo com você.

Luigi: mas eu só bati no João e ele mereceu, eu ainda me segurei para não acabar com a raça daquele desgraçado.

Song: veja bem, nos terminamos por aqui, não me procure mais, não sou namorada de gente que quase vai preso por bater num bosta, não vale a pena.

Luigi: mas a gente não namora para você dizer que "Não sou namorada de gente que quase vai preso por bater num bosta". E tambem eu não queria bater nele, eu só bati porque ele me provocou.

Song: tchau Luigi, adeus.

Luigi: tá então, agora sou eu que não quero te ver mais, sabe porque? Pq a minha namorada e todos os meus amigos ficaram do meu lado e você foi a única que tá dizendo essas coisas.

Luigi: Que menina louca, tá totalmente fora da casinha.

Song sai da padaria furiosa e pega um táxi e vai embora. Por outro lado Luigi estava triste mas não se arrepende do que fez. Luigi vai embora para casa confuso por que Song fez aquilo sendo que não eram tão amigos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...