1. Spirit Fanfics >
  2. Luna. >
  3. Minoru

História Luna. - Capítulo 30


Escrita por:


Capítulo 30 - Minoru


Enquanto isso no navio de Marcos..

O homem de cabelos loiros encarava as chamas da lareira a sua frente com um sorriso de satisfação em seu rosto,ao seu lado estava um dem dem muchi desligado.

Seus planos corriam com perfeição e rapidamente teria sua loira novamente,teria sua queria loira em seus braços.

Foi então que outro dem dem muchi acabou tocando ao seu lado,e logo ele gesticulou com as mãos para um empregado que estava naquela sala atender e segurar o dem dem muchi perto de sí,assim o senhor de cabelos brancos,corpo magro correu para pegar o dem dem muchi,logo se pondo ao lado do mais jovem.

-Alo.

-Aqui é o soldado Minoru senhor,venho entregar o relatório de hoje sobre as buscas da fugitiva Luna,senhor até agora nenhum de meus homens viu um membro do bando do chapéu de palha,ou a mulher,senhor creio que eles não estejam nesta ilha.

-Não se preocupe com relatórios Minuro.Alertou Marcos.

-Porque não senhor?Perguntou o homem do outro lado da ilha,isso era estranho era uma das primeiras vezes que Marcos não pedia um relatório-Aconteceu alguma coisa?

-Sim,minha querida noiva foi encontrada por Doflamingo,e está sobre os cuidados de meus amigos.Falou o homem com um sorriso largo.

-I-Isso é verdade senhor?Falou Minoru do outro lado da linha-Isso é maravilhoso mas ao mesmo tempo estranho,visto que não encontramos o navio deles no porto ou envolta da ilha,muito menos um dos membros do bando como disse anteriormente.

-Pelo que Joker me disse ela estava com alguns disfarces,seria difícil mesmo os reconhece mas não se preocupe,e sobre o navio creio que devem ter escondido em algum lugar,volte para o posto do subterrâneo da ilha e avalie nossa carga de armas,irei voltar para a ilha o mais rápido que conseguir.Falou o homem que logo começou a escutar uma gritaria do outro lado da linha,o que estava acontecendo?-O que esta acontecendo ai?Foi então que o dem dem muchi foi desligado.

-O que aconteceu senhor?Perguntou o velho preocupado com o que tinha acontecido com Minoru.

-Não faço ideia,mas sei que logo irei descobrir o importante é que Luna logo irá voltar para o navio.Falou Marcos-Vá a cozinha e veja se o almoço está pronto,estou com fome!

-S-Sim senhor!Disse o senhor que colocou o dem dem muchi no local anterior,e correu para a cozinha deixando Marcos sozinho na sala.

Enquanto isso em Dressrosa...

Aquele homem era maluco,completamente louco!

Pika começou a atacar a cidade sem dó,qualquer um que ria de sua voz e ele conseguia ver ele atacava jogando toda a cidade para cima da pessoa,e uma dessas pessoas era Luffy que a loira conseguia escutar a risada de longe,Luna corria desesperada enquanto era perseguida pois sua crise de risada acabou chamando a atenção de soldados e civis que,ao verem uma 1 estrela sozinha foram para cima.

Ela corria por entre a cidade,procurando um local para se esconder e despistar a multidão até que conseguiu se esconder entre alguns destroços e despistar as pessoas.

-Droga...tenho que me conter,e encontrar logo o Minoru...Espero que ele esteja bem...ou pelo menos já tenha saído do território da ilha...Por favor que você tenha sido inteligente e tenha saído já da ilha...Falava Luna que ao ver que a barra estava limpa começou a andar novamente,mas desta vez ela prestava máxima atenção.

Ela via em algumas ruas os civis chorando,machucados,amarrados e outros...mortos,era uma cena horrenda que lhe trazia uma horrível sensação de que já viu algo parecido,ou que já viveu algo assim.

Sentia seu peito apertar a cada hora que,em uma esquina via um corpo caído e imaginava que poderia ser Minoru,até que ao virar para um beco,seu medo se tornou realidade.

Minoru estava encostado na parede de um bedo,desacordado e com suas roupas rasgadas,em suas mãos estava um dem dem muchi desligado,e em seu peito havia um enorme corte que não parava de sangrar.

-Minoru!Minoru!Ai meu deus!Por favor que você esteja vivo!Pelo amor de Deus que você esteja respirando!Dizia ela que sentia suas mãos tremerem ao tocar a pele ensanguentada do homem,ela colocou sua cabeça sobre o peito deste,e como uma fraca brisa ela escutou o coração dele bater,tão fraco,tão baixo que parecia estar desligando,assim como sua respiração,fraca,fria,curta.

O corte era profundo,e claramente foi feito de forma baixa quando ele estava distraído,possivelmente quando estava usando o dem dem muchi.

-Luna...é você?Perguntou o homem que abriu seus olhos devagar,a luz fazia seus olhos arderem ele tossia sangue.

-Não se preocupe amigo,estou aqui para te ajudar,não se force a levantar você está com um

corte muito profundo.Falou a jovem que então pegou sua bolsa e retirou as ataduras que ela estava usando,ela olhou para os lados a procura de alguma fonte de água logo vendo um barril que tinha água,ela rasgou a camisa dele a molhando no barril e a usando para tentar limpar um pouco do sangue que teimava em escorrer,o contato da água no corpo do homem fazia ele estremecer de dor,aquilo ardia,assim que a loira viu que o sangue estava diminuindo pegou as ataduras e começou a enrolar no corpo do homem que gemia e reclamava de dor,de fato era um corte bem profundo mas aparentemente não pegou em nenhum órgão,apenas cortou a carne dele.

-Você tem sorte que nao pegou nenhum órgão seu Minoru,parece que só cortou a carne,vai ficar com uma bela cicatriz...Disse a jovem.

-Fui pego de desprevinido,droga….tentava contactar Marcos para avisar que não tinha te encontrado nem visto o seu bando e que seria melhor nos retirar da ilha,até que ele mesmo me disse que Doflamingo tinha lhe capturado.Falava o homem que olhou-Eu estava falando que era impossível pois dizia que nenhum dos soldados a viu,mas ele mesmo falou que conversou com você falando que você continuava com a língua afiada de sempre,foi então que a ligação foi cortada e um civil apareceu cortando todos que estavam a sua frente,era um massacre Luna,eram adultos,jovens,crianças todos estavam sendo cortados e mortos,eu nem tive tempo para reagir…

-Me desculpe,acabei sendo descuidada e acabei baixando a guarda quando encontrei Doflamingo,mas consegui escapar como dá para ver.Falou a loira que ajudava o homem a beber um pouco de água que ela tinha colocado em suas mãos,fazendo uma espécie de concha-Me desculpe,sou a culpada por você estar aqui,se não fosse por minha culpa você nem estaria preso aqui.

-Preso?O que aconteceu Luna?Perguntou o homem que começou a olhar para cima,onde finalmente reparou na enorme “gaiola” que cobria todo o reino-O que é isso?

Depois de Luna contar o que tinha acontecido até agora,o homem olhava de forma nervosa tudo ao seu redor.

-Então quer dizer que todos iremos morrer?E que a sua cabeça e a de seus amigos está a prémio?

-Sim.Respondeu a loira que olhava pelo canto do beco.

-E porque diabos você veio atrás de mim?!Reclamou o homem-Você deveria se esconder e-

-E o que?Saber que você estaria morto?Esperar a minha morte chegar?Realmente acredita que Doflamingo irá deixar todas essas pessoas livres sabendo o que elas sabem sobre esse reino?Ele irá matar todos mesmo que nos entreguem,vivos ou mortos,isso não fará a diferença.

-Então o plano de vocês é derrotá-lo?Perguntou o homem.

-É a nossa única escolha,lutar para viver ou morrer tentando.Disse Luna-Assim que você se sentir um pouco melhor irei levar você para onde meus amigos estão,lá você irá ficar mais seguro.

-Finalmente te encontramos!Falou um homem,e quando Luna se virou pronta para atacar quem quer que fosse se deparou com Sebastian,Akira,Kiara e Alyssa indo em sua direção.

-O que vocês estão fazendo aqui?Perguntou Luna surpresa ao ver os quatro ali-Era para vocês ficarem com Viola e Riku-san,até meus amigos chegarem.

-E eles chegaram.Falou Alyssa-Mas viemos por que temos algo muito importante para falar.

-O que é?Perguntou Luna curiosa.-Poderiam ter me falado mais cedo e..Disse ela olhando para Minoru que estava confuso-Esse é Minoru,o amigo que falei mais cedo.

-Prazer em conhecer você.Falaram os quatro.

-Mas então o que foi de tão importante que não iria conseguir esperar eu chegar lá?Perguntou ela curiosa e de braços cruzados.

Todos os quatro se olharam nervosos,mas logo a rosada Alyssa falou.

-Nós podemos ajudar com suas algemas!

-Como assim?Disse Luna extremamente surpresa com o que tinha acabado de escutar,como assim eles poderiam a ajudar a tirar suas algemas?

-Vocês podem por acaso tirar elas?Perguntou Minoru também surpreso.

-Sim!Falaram os jovens juntos com um sorriso.

-E por que caralhos vocês não me falaram isso antes!!!Gritou Luna com um largo sorriso-Finalmente eu vou tirar elas sem ter que cortar minhas mãos!

-Na verdade é o Akira que pode ajudar,ele é usuário da fruta da terra.Falou Sebastian que logo franziu a testa confuso-E você já tentou cortar suas mãos?

Luna encolheu os braços um pouco envergonhada,logo abaixando um pouco uma de suas algemas mostrando para eles algumas finas cicatrizes,que preocuparam eles.

-Quando você está desesperada para sobreviver,você tenta fazer de tudo...mas me diga como você pode me ajudar???Disse a loira para o ruivo.

-Posso manusear e fazer qualquer coisa feita de terra,quase a mesma coisa que o grandalhão ali,tirando o fato que não consigo me fundir com terra.Disse o jovem ruivo que pegou um punhado de terra e o transformou em uma chave-Isso inclui chaves minha senhora.Falou ele se curvando de forma formal para ela,que estranhou isso mas agradeceu imensamente.

A sua frente havia uma chave que conseguiria tirar suas algemas finalmente,depois de tantos anos presa agora ela poderia finalmente se defender de forma verdadeira!

Finalmente ela estaria livre.

-Muito obrigada...Falava Luna que começou a sentir seus olhos arderem,ela logo esfregou seus olhos que começavam a chorar,e em um ato rápido ela puxou os quatro para um forte abraço.

Era um abraço quente e aconchegante.-Muito obrigada mesmo,serei eternamente grata por isso.

Ela então se soltou do abraço deles,colocando a chave em suas algemas e finalmente soltando elas de seus pulsos.

Elas bateram no chão fazendo um barulho de metal pesado.

Uma corrente elétrica percorreu todo o seu corpo,ela sentia seu sangue quente e rápido por entre seu corpo,seu estômago formigava,era algo maravilhoso de sentir,Minoru se assustou e por alguns segundos achou que estava vendo coisas,o corpo da loira...estava soltando algumas correntes elétricas.

-Como estava com saudades dessa sensação.Falou ela com os olhos fechados,enquanto respirava profundamente o ar,ela então olhou para onde sabia que Luffy estava com Law e Zoro,ela deveria ir lá,e ajudá-los-Pessoal,levem Minoru para onde estávamos,vou ajudar o Luffy a ir até Doflamingo,então me esperem lá!

Falando isso a mulher simplesmente sumiu...em meio a uma enorme corrente elétrica,deixando apenas uma pequena quantidade de gelo onde estavam seus pés,e em seu lugar uma espécie de harpia apareceu em seu lugar,erguendo voo e sumindo de vista.

-Porque sempre somos deixados para tras...Murmurou Akira



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...