História Luna. - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias One Piece
Personagens Brook, Franky, Monkey D. Luffy, Nami, Nico Robin, Roronoa Zoro, Sanji, Tony Tony Chopper, Usopp
Tags Aventura, One Piece, Romance
Visualizações 9
Palavras 1.224
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Luna.


 

A jovem ficou alguns segundos sem responder a pergunta,analisou cada figura que tinha naquele lugar,e logo voltou sua atenção a Luffy,um gigantesco sorriso surgiu no rosto dela,algo que estranhou os piratas,porque sorrir de forma tão alegre pela simples pergunta de seu nome?

A resposta no entanto era simples,e algo que a jovem adorava,Liberdade.

Ela não se importou de agir assim nesse momento,e por impulso se levantou cambaleando em direção ao seu salvador,Zoro.

-O-Oe calma,você não está totalmente recuperada!Tentava dizer Chopper,que se aproximou com cuidado da jovem mas ela não escutava,andou alguns poucos passos até cair de joelhos na frente de Zoro que não sabia o que fazer.

-Muito obrigada.Falou ela por fim abaixando a sua cabeça,e colocando seus braços debaixo dela,uma posição normal em pessoas que reverenciam reis ou pessoas importantes-O senhor não sabe o quão maravilhoso,e salvador foi comigo,acredito que nada que eu faça vai conseguir pagar pela minha vida,que você salvou...muito obrigada.

Todos ficaram em silêncio por alguns segundos,incluindo Zoro,ele não sabia o que fazer nem o que falar,de fato ele salvou a vida dela mas,não dizia que ela deveria pagar por isso, até que Chopper foi correndo em direção a ela,a ponto sentada no chão.

-Não tente andar muito por alguns dias,seus pontos podem abrir a qualquer minutos.A voz do médico era calma e,acolhedora.

-Me desculpe.Respondeu ela levemente envergonhada.

-O que você fez pra ela Zoro?Perguntou Franky.

-Nada..apenas trouxe para cá.Respondeu o esverdeado olhando a figura da loira com desconforto,porque estava fazendo isso?Tudo bem que ele salvou sua vida mas,também não era para tanto,pagasse uma garrafa de sake e estaria tudo bem.

-Acredito que para ela,isso tenha sido a melhor coisa do mundo.Falou Nami que se aproximou a mulher,se ajoelhando e ficando na mesma altura que a jovem.

 –Oi,meu nome é Nami,não se preocupe, não vai acontecer nada de ruim com você.Falou a ruiva com um sorriso.

A mulher a olhou,sentiu uma calma em suas palavras e sabia que isso era verdade,Nami lhe estendeu a mão para ajudá-la a se levantar,e com bom grado aceitou ficando mesmo com dificuldade,de pé,sua altura era quase igual ao da ruiva Nami,que sorriu ao ver esta de pé.

Seus cabelos eram loiros longos e ondulados,seus olhos grandes de um azul claríssimo quase arroxeados,sua pele estava pálida e amarelada,devido a enorme quantidade de remédios que estava tomando em suas veias,era magra e de seios fartos,mas seu corpo estava todo enfaixado devido aos diversos machucados.

–L-Linda!Disse Sanji com os olhos em formato de coração.-Mesmo enfaixada ela é linda,como um anjo que caiu do céu!!!

–Calado erro-cook,não é hora de dar seus ataques de amor,mal viu ela e já vai traumatizá-la.Disse Zoro que se encostou na porta,seus olhos estava na direção da mulher,que agora estava sentada na cama,de fato a mulher era bonita,não tinha reparado antes pelo fato desta estar quase morrendo.

–O que disse marimo?Perguntou Sanji encarando o esverdeado de forma mortal, poderia ver até raios saindo de seus olhos,em uma de suas mão estava uma bandeja com vários alimentos.

–Isso mesmo sobrancelha mágica. Disse Zoro que nem olhava para o louro.

–Acho melhor ela nem te ver mais, se não vai morrer de tanta feiúra que ela vai ver. Disse o cozinheiro,que tinha em uma de suas mãos uma bandeja com comida.

–Ora seu...

–Calados,não é hora para isso!Gritou Nami com uma careta de raiva-Será que nem com alguém doente vocês não param com essas brigas idiotas?

A mulher via a cena e achava graça,e pela primeira vez em anos,ela soltou uma risada,mesmo que fraca e abafada,chamou a atenção dos piratas que a olharam surpresos, aliviados, e felizes por ela parecer melhor,ela então envergonhada disse olhando para o chão.

–Me chamo Luna,obrigada por cuidar de mim.Falou ela com um leve sorriso.

–Não é precisa agradecer.Falou Luffy se aproximando dela-Ajudamos todos que precisam.

-Não,eu tenho que agradecer,se possível irei agradecer o máximo que eu conseguir vocês...salvaram a minha vida.Respondeu Luna.

~~~~Barulho de barriga roncando~~~~

–D-Desculpe. Falou ela um pouco envergonhada.

–Não precisa se desculpar já dissemos,Sanji-kun!Disse Nami para o cozinheiro,que veio alegre na direção de Luna.

–Hai Nami-san!Disse Sanji chegando a cama onde estava Luna, com a bandeja de comida.-Para você minha querida....,espero que aproveite cada refeição.Falando isso Sanji entregou a bandeja cheia dos mais saborosos e nutritivos pratos que ele conhecia,era um banquete que a mulher nunca comeu em toda a sua vida.

Nele continha,uma sopa de legumes e carnes pequena,um prato com macarrão com bastante queijo,uma taça de salada de frutas,um grande suco de laranja,dois sanduíches naturais,algumas frutas,um pratinho de pão de queijo com requeijão,um pedaço de bolo de banana,um pedaço de torta de pêssego,e um grande prato com carne de panela com salada de batatas,e um molho de curry.

Estava tudo tão bonito e cheiroso,que ela sentia seu estômago remexer cada vez mais de fome,afinal ela ficou semanas sem comer nada,apenas tomando água.

-Isso tudo,é pra mim?Perguntou ela que continuava a olhar tudo aquilo com os olhos brilhando.

–Sim,você tem que se alimentar,está muito fraca. Disse Chopper que,foi retirar os remédios em sua veia,iria trocar por comprimidos.

–O-Obrigada.Falou que não esperou nem um segundo e logo atacou a comida sem pensar duas vezes,sem pensar que poderia haver veneno,ela estava com muita fome para pensar nisso.

Ela comia desesperadamente,o que assustou um pouco a tripulação.

–A loirinha come ,heim. Disse Franky com um sorriso .

–D-Desculpe,é que eu não como faz 3 semanas que não como algo.Falou ela ainda comendo.-Digo não como algo decente e nutritivo.

-TRÊS semanas?!Falaram todos assustados.

E em poucos segundos a comida toda,desapareceu.

–Sim,obrigada pela refeição.Falou ela com um sorriso de pura satisfação-Por acaso….tem mais ?

-Mas por que três semanas sem comer?Perguntou o atirador Usopp.

De repente a expressão do rosto dela mudou para algo serio e,triste.

-O mundo lá fora é muito complicado e perigoso,principalmente para pessoas que vivem a vida sozinhas...Disse Luna calma.-Houve problemas em minha vida que,não valem a pena comentar aqui...

–Isso tem haver com os braceletes de Karioseki?Perguntou Zoro,o homem estava sim curioso para saber,de quem ela estava fugindo e o por que dele ter a encontrado,tão machucada.

–Sim.Respondeu -A única coisa que posso falar é que,em minha vida acabei encontrando pessoas muito perigosas e egoístas.

Depois de alguns minutos,cada tripulante foi se apresentando para a loira e com isso Robin acabou dando um pequeno caderno sem linhas para a jovem,que agradeceu imensamente.

Não seria difícil para a loira guardar os nomes deles mas,preferia escrever no caderno como forma de um diário,ela tinha que se distrair já que provavelmente iria ficar algum tempo com eles até se recuperar.

Os dias foram passando de forma rápida no navio que estava em destino a mais uma ilha,e rapidamente a loira foi melhorando,ela sempre tentava se levantar para caminhar pelo navio e tomar um pouco de sol,sempre calma e alegre,com um ar doce e encantador,puxando assunto e amizade com todos do bando mas,nunca falando sobre as karioseki ou o que tinha acontecido para que ela estivesse tão machucada.

Tinha conseguido puxar assunto com Zoro,por meio da bebida….escondida de Chopper claro,que retirou o álcool da dieta da mulher até ela se recuperar,e uma amizade começou a brotar entre os dois,mas ela nunca conseguia agradecer ele por ter lhe salvado.

E isso a estava incomodando.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...