História Lupo nero - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Lobisomem, Lobisomens, Lobos, Monstros, Vampiro, Vampiros, Viagens, Violencia
Visualizações 8
Palavras 2.295
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Harem, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Policial, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


esse capitulo vai ser interessante pra quem achou estranho a reação de Natalia diante os lobisomens desconhecidos!

Capítulo 6 - Capítulo 6 Primícias de uma traição


Fanfic / Fanfiction Lupo nero - Capítulo 6 - Capítulo 6 Primícias de uma traição

 

 

No avião já quase aterrissando no destino Pétreo, Natalia, Lílivi, Milena, Elizabete e Helena abordo dele, com a desculpa de realizar turismo no exterior, Pétreo e Helena conversão na primeira classe em particular _seu irmão piorou como assim?

_bem ele começou a ter delírios, fora que desde que ele foi transformado ele não se alimentou!_

_isso é um problema!_

_como assim? Ele pode não ter mais cura?_

_não, é que ele não terminou a transição, mas ele precisa de terminar! Sem ele ser um completo vampiro eu não posso curar, ou ele se tornara uma coisa entre as duas coisas algo que se alimenta de ambos os tipos!

_como você sabe disso?

_eu já fiz isso antes! Espero que Artur já esteja melhor depois disso.

O avião pousa e eles desembarcam entram em três carros Ferrari 250 GT SWB Speciale Aerodynamica 1962, dentro Lílivi pergunta_ como vocês souberam sobre essa capacidade de meu irmão?

No primeiro carro com Lílivi e Elizabete

_de inicio nós não sabíamos a missão de Elisabete era eliminar os progenitores localizados na Europa, mas quando Pétreo resistiu a uma fechada venenosa no ombro tivemos certo interesse nele como espécie, então ela o atacou com uma katana desenvolvida pra envenenar e retira amostras de tecido e sangue ao percebermos sua hibridização de lycantropo e bruxo que ataca o DNA vampiresco!

_conseguirão perceber o DNA de bruxa de nossa mãe impressionante!

_sua mãe era uma bruxa, caramba isso explica a resistência a acônito, visco e parcialmente a prata!

_descobrirão ate isso, vocês não deixam passar nada mesmo.

Em outro carro Pétreo e Helena conversão a sós

_isso é bem desagradável pra mim ficar com um desses que eu nasci pra exterminar!

­_posso dizer o mesmo de uma perseguidora tarada como você!

_ta –tarada, como você ousa me chamar disso seu filho de um cão e de uma profana herege!

_como assim herege?

_bruxas são hereges!

_tá eu sei disso, mas o que elas têm a ver comigo?

_tá me zombando não é?

_eu não sou de brincar com pessoas safadas!

_o que esperar do filho de uma...

O celular de Helena toca, ela o pega e vê uma mensagem de Elizabete ele não sabe que a mãe era uma bruxa então não fique o chamando de herege.

_você não sa...

_saber de que? Fala sua maluca!

_você não sebe de minha ordem sagrada!

_sei sim vocês são remanescentes dos templários eram caçadores e agora são mercenários que servem as realezas que tentam exterminar os seres ocultos como eu e minha irmã! Ou seja vocês são uma ordem impura e corrupta que se desviou de seus ideais nada além disso são meros assassinos de aluguel!

Após Pétreo terminar fala ele ouve um barulho de disparo de foguetes, ele salta em cima dela o carro explode Helena e Pétreo saem rolando, ela quase ilesa e ele com um enorme pedaço de lataria atravessado no abdômen, ambos se levantam Helena vê o estado de seu salvador e arranca o estilhaço, ela vê o rosto de Pétreo e da de cara com olhos de lobo vermelhos, verdes e negros, ele pula e cima de um carro atrás corre passando de carro em carro salta de um deles e cai em cima do quarto andar de um prédio próximo, tiros são disparados contra ele daquele mesmo edifício, Pétreo se desloca pelo parapeito até sair da visão dos atiradores

_ os terroristas estão atacando o meu irmão!

_eles realmente voltarão, ola central aqui é alfa três ordenando para que abaixem as armas um de nossos convidados está próximo a linha de fogo!

_princesa ele me salvou e foi descontrolado até os inimigos! E ele está ferido um pedaço de lataria o atravessou

_Elizabete pergunte como estavam os olhos dele!

_como estavam os olhos de Pétreo?

_em modo de fera e com a esclerótica negra

_com a esclerótica preta.

_isso é a pior situação possível, ele está com o instinto assassino.

_o que é isso?

_ digamos que ele tem total raciocínio mas sem emoções e pura sede de sangue, na ultima vez que ele perdeu totalmente o controle ele matou113 pessoas em 220 ataques na França em uma região que antes era conhecida por gevaudan.

_besta de gevaudan! Seu irmão era aquela coisa!

_mas a besta não morreu?

_não, eu criei um outro lobisomem e coloquei no lugar dele e fiz todos acharem que era ele até Jean Chastel achou que era ele.

_Helena sua missão agora é achar e capturar o lobisomem progenitor também conhecido como Pétreo Lupo, essa valera 2mil dólares americanos!_

_como membro da nova ordem do cruz de prata, tenho o prazer de aceitar o trabalho!_

Helena entra no prédio no qual os inimigos se situavam subiu pelas escadas até o segundo andar aperta o botão de elevador, ela abre sua bolsa e saca um recipiente aperta um botão na ponta então o objeto se desdobra e se torna uma Katana japonesa, também pega um bracelete metálico com escritas celtas.

No topo do terraço tiros são disparados contra Pétreo que já está no topo, mas não surte efeito nenhum, Pétreo ainda em forma humana corre em direção a três dos atiradores e os derruba um com um soco no rosto, outro com uma cotovelada no pescoço e o ultimo com um chute no abdômen, um quarto tenta o derrubar com um golpe de bastão pelas costas, porem Pétreo o segura e fala com um ar de arrogância_ você é fraco, e agora vera a força daquele que foi condenado pela lua e pela noite a ser a maior das monstruosidades!

Assim que termina sua frase Pétreo transforma apenas a sua mão direita e o joga pelo terraço, o corpo inerte cai de nove andares e cai em cima do carro em que Milena e Natalia se encontravam Milena estava dormindo e assim continuou, Natalia se assustou e saiu do carro olhou o topo do prédio e viu Pétreo com olhos brilhando e a mão direita em forma animal, no braço de Natalia  o hexagrama reaparece, os olhos de Natalia mudam ficam avermelhados e com pupilas estreitas, em suas costas surgem asas de morcegos, suas orelhas se alongam levemente, Natalia toca no chassi do veiculo o hexagrama brilha o chassi se dobra formando uma armadura em seu braço direito e o metal passa de alumínio para prata pura por meio de alquimia, Natalia salta abrindo voo e pega Pétreo pelo braço, o carrega até o lago Genval onde ela o larga, Pétreo cai na água ao sair em seu rosto se destaca um sorriso e se transforma totalmente, logo em seguida fica com cerca de 2 metros e 20 de altura, com pelos pretos co uma listra fina branca do topo da cabeça até a ponta da calda olhos reluzentes, Natalia balança o braço e da ponta da armadura sai uma lamina, ambos correm um corre na direção do outro Natalia ataca com a sua lamina e corta o tórax de Pétreo, Pétreo se afasta sua ferida se cura de imediato ele pula passa por cima e cai atrás de Natalia, a segura, ela se debate e rosna como um animal selvagem, Natalia rasga as mãos de Pétreo ela se solta e da um golpe o fazendo cair no chão, as mãos de Pétreo curam com a regeneração, ele corre na direção de Natalia, Natalia desfere um golpe lateral, Pétreo se abaixa e atravessa sua mão na barriga de Natalia, ele a tira e volta a ter humanidade retornando a forma humana novamente inconsciente, Pétreo fica acamado em uma suíte do melhor hotel da cidade, Natalia fica no quarto ao lado em estado critico com segurança reforçada, Lílivi, Elisabete e Helena discutiam do lado de fora sobre a situação

_ aquela tal de Natalia é uma cobaia do projeto ELP!

_o que é ELP?

_deixa que eu a responda, E de extermínio, L lobos e P progenitores era um projeto dos anos 70 para eliminar lobisomens progenitores que consideramos voláteis.

_mas as cobaias foram todas eliminadas quando cancelamos o projeto! Bem aparentemente era o que pensávamos até hoje de tarde.

_eliminar! Como vocês tiveram tamanha audácia e porque cancelaram?

_bem nos queríamos eliminar as ameaças que vocês representavam, mas o projeto falhou miseravelmente, o objetivo eram criar homúnculos alterados com genes vampirescos, eles deveriam se aproximar dos alvos e elimina-los de modo selvagem quase que sem emoções, porem não conseguimos inserir uma mente artificial, por causa disso elas não conseguiam se curar através da regeneração, apenas o instinto de matar lobisomens!

Pétreo abre a porta com fôlego ofegante e expressão de fúria e grita

_quero ver a Natalia agora!

_mas ela tentou te matar!

_eu disse agora!

Eles abrem a porta do quarto e o deixa só Pétreo libera suas garras e as crava dentro do crânio de Natalia ele fecha os olhos morde seu lábio inferior, usando se vinculo ele entra na mente de Natalia e chama.

_Joana, Joana, eu estou cumprindo a minha parte do acordo agora vê se aparece logo Joana Darc, eu lhe darei um novo corpo!

_bem eu sabia que você a amava, mas a esse ponto já é obcecado!

_calada só cuide dela

_ ok, mas eu sei que você não vai me dar o controle total dela não é!

_exato

_bem pelo menos nos faça dividir igualmente! Quando uma adormecer a outra sai pra brincar ou você pode deixa-la morrer simplesmente! Então o que me diz!

_feito só a cure logo!

_ok, então acho que de certo modo você vai me amar novamente!

Ele acorda e vê as feridas de Natalia se fechando, ela acorda e Pétreo sorri e fala aliviado

_Natalia que bom! Fiquei assustado

_por favor, meu amado não me chame assim quando for eu que estou acordada.

_Joana sim, mas não se preocupe ela está quase acordando, bem pelo visto você se lembrou que vampiros por mais que durmam não precisam descansar!

_Lógico se não nunca te deixaria ter ela!

Joana Darc o beija e Natalia desperta, ela se depara desnorteada falando_ o que está acontecendo? Eu não, não consigo acreditar que eu tive coragem pra fazer isso!

_você está bem? Natalia? O que você quis dizer com isso?

_bem eu gosto de você!

_bem também gosto de você.

Diz Pétreo com um sorriso bobo no rosto de olhos fechados, ao abrir ele vê Natalia chorando de alegria dizendo _bem então, então a gente podia fazer isso de novo!

_fazer o que?

_isso!

Ela o puxa pelo braço e o beija novamente com bochechas avermelhadas, ele confuso e surpreso a abraça, ela para e se afasta anda vagarosa mente até a saída o puxando pela manga da camisa Natalia abre a porta e da de cara com Lílivi que sorri aliviada pelo irmão e ela estarem bem, Lílivi fala.

_posso falar com meu mano caçula sozinho?

_claro! Mas devolva-o depois!

_eu não poderia desfazer o novo casalzinho!

Lílivi e Pétreo se dirigem a outro cômodo, ela com cara de irritada o da um murro de esquerda no rosto de Pétreo, ele tomba no chão e questiona irritado e confuso _qual a razão disso?

_você tem perdido o controle constantemente, então qual é o motivo disso? E por que seu olho não voltou à forma humana?

_não sei ao certo isso tem acontecido desde que eu fui sequestrado pela Sara e pela Alice!

_espera de Alice eu até já sabia, mas sara também é isso é bem humilhante.

_é o motivo de Alice eu até entendo, mas sara não me contou o motivo dela ter feito isso!

Lílivi pega seu celular e contata Sara

_ ola quem fala?

_Sara aqui é Lílivi, por qual motivo você sequestrou meu irmão? Fala se não eu te esfolo viva quando eu voltar!

_bom dia pra você também, bem eu o raptei por esporte.

_esporte!

_sim os vampiros tem um esporte de colocar dois lobisomens pra lutarem até a morte, nisso nós apostamos em um deles.

_isso é doente.

_sim, mas é divertido, porem quando eu vi que era o lobito tive que liberta-lo! Mas não consegui evitar que aplicassem nele o potencializado.

_o que é isso?

_é um soro que aumenta o lado selvagem do lobo! A e sobre isso fala pra ele que ele tem que tomar 700 ml de morfina para anular o efeito.

_bem ok era isso que eu queria saber

Lílivi desliga o celular, ela joga Pétreo do sétimo andar ele cai e quebra o pescoço, ele se levanta o seu pescoço volta pro lugar, ele olha pra cima e ouve_ foi mal mas isso liberou morfina no seu corpo eliminando o potencializado!

Pétreo entra no prédio e vê Elizabete o implorando _por favor salve meu irmão!

_ele está aqui?

_sim e não a chame assim!

_a chame, como assim?

_ué é ela não ele

_então por que você disse meu irmão?

_não é uma palavra Unisex?

_não!

_é que eu não falo italiano muito bem!

_e por qual motivo fomos atacados?

_eles são um grupo de terroristas, traidores do reino bem eles eram! Mas você eliminou todos de uma vez só, bem isso é um agradecimento!

_o que?_

Elizabete o beija na bochecha de surpresa, ele se afasta dela com uma feição de surpresa e a segue até um quarto, no escuro dentro ele vê a irmã de Elizabete com os olhos vermelhos, Pétreo alonga as garras e dilacera o pulso ele olha melhor pra irmã de Elizabete e vê cabelos longos loiros dourados com um macacão bordado, ela se aproxima pega a mão dele e drena o seu pulso, ela cai ele sai e tranca o quarto _não abra até amanhã cedo!

_ok

O dia passa e logo de manhã ela está de volta a humanidade novamente Elizabete fala a Pétreo_ Yuno.

_o que?

 


Notas Finais


esse foi um capitulo para ´´relaxar o protagonista`` me digam o que acharam!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...