História Lúpus - ABO - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Dinah Jane, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Normani
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Camila G!p, Camila Gip, Camren, Camren G!p
Visualizações 435
Palavras 904
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Luta, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 16 - 16


Cameron estava nervoso enquanto dirigia e Lauren podia sentir aquilo. Notou que o alfa estava calado e pensativo desde quando saíram da casa dele, mas decidiu não perguntar, porém, agora quase 20 minutos depois que estavam no carro aquela sensação começava a incomodar.

- Por que está tão nervoso? - perguntou fazendo o mesmo tirar os olhos da estrada.

- E-eu estou normal. - balançou a cabeça olhando para frente.

- Sinto o que você sente, Cameron. - falou vendo o moreno parar o carro próximo a praia.

O maior saiu do automóvel abrindo a porta para a ômega e caminhou pela areia sentando-se na mesma e olhando para as ondas. Respirou fundo sentindo o cheiro da menor coçou a bochecha onde a barba começava a crescer.

- Eu nunca fiz isso... - confessou fazendo a morena o olhar - Tudo isso é novo pra mim. Os instintos... essa proteção, tudo...

- É ruim? - perguntou baixo.

- Não. - a olhou com um sorriso - É bom, eu só não consigo me controlar e...

- É normal, Cam. - segurou a mão do maior - Somos lúpus, é tudo mais intenso.

- Eu sei, eu só... - suspirou derrotado - Não queria ser tão agressivo, às vezes.

- Seu instinto de proteção fala mais alto.

- Eu conversei com o meu pai e... - bufou por estar tão nervoso e se atrapalhando com as palavras - Perguntei a ele sobre a mordida, mas eu não posso fazer isso sem o seu consentimento e... Bom, nem sei se é isso que você quer. Nos conhecemos há tão pouco e toda essa ligação...

- Eu quero, Cam. - o interrompeu.

- Você...

- Eu quero. - sorriu - Quero me ligar a você e sei que irá me proteger e...

Sentiu os lábios serem esmagados pelos do moreno e logo seu corpo caiu na areia com ele por cima de seu corpo. As mãos pequenas foram de encontro a  nuca do alfa e arranhou o local fazendo-o gemer contra os lábios.

- E-eu ia te pedir em namoro, mas isso é melhor do que qualquer coisa. - falou sorrindo.

- Isso é basicamente um pedido de namoro, ou até mais. - disse sentindo as bochechas ficarem vermelhas.

- Quando você estiver pronta, é só me falar... - olhou para os verdes da ômega - Q-quero que seja especial para você.

- Já será por ser você, Cam.

- Obrigado.

 

Cameron sentia-se mais leve no dia seguinte, acordou cedo com Lauren em seus braços e distribui uma série de beijos em seu rosto para que ela acordasse também. Os dois tomaram banho juntos e desceram para a cozinha onde Sinuhe já preparava o café da manhã.

- Acordaram cedo. - a mais velha falou ao vê-los ali.

- Seu filho deve ter algum despertador interno.. - a ômega mais nova resmungou fazendo a sogra sorrir.

- Podemos almoçar no clube?

- Clube?

- Sim, o pai falou ontem que tinha fechado uma parceria com um clube e…

- Não gosta mais da minha comida, querido?

- Claro que gosto, dona Sinu. - a abraçou depositando um beijo em sua bochecha - Só quero passar um dia em família e podemos chamar os pais de Lauren também.

- Certo. Vamos esperar só o seu pai chegar e organizamos isso.

O alfa sorriu sentando-se à mesa e observou sua ômega ajudando sua mãe com o café da manhã com um sorriso no rosto. Estava feliz, sentia-se, até mesmo, mais leve.

- Pelo clima descontraído nessa cozinha imagino que o meu garoto está namorando. - Alejandro falou entrando no cômodo.

- Foi ainda melhor. - sorriu para o mais velho que olhou para o filho orgulhoso.

O alfa caminhou até a esposa depositando um beijo em seu rosto e desejou bom dia para Lauren fazendo-a sorrir envergonhada. Sentou-se ao lado do filho e logo iniciaram uma conversa animada sobre os carros que testariam naquela semana.

- Seu filho quer almoçar fora. - Sinu avisou servindo o café da manhã. - Disse que você fez uma parceria com um clube…

- Oh, claro. - sorriu nervoso por não ter falado sobre isso com a esposa antes - Fiz isso para ele, para que ele possa levar Lauren e os amigos lá e se divertir, é um lugar legal e eles vão gostar.

- E por que não me contou antes?

- Não faça disso um problema, mulher… - brincou - Era para ser surpresa para ele também, mas o garoto estava tão nervoso com o pedido de namoro que contei algo para deixá-lo mais tranquilo.

- Vou avisar Clara então que iremos almoçar fora e passaremos para buscá-la. - a mais velha avisou  indo pegar o telefone.

Após o café da manhã regado a brincadeiras e conversas animadas, Lauren subiu para o quarto para que pudesse se arrumar enquanto Cameron seguiu o pai até o escritório da casa. O mais novo sentou-se na cadeira grande e soltou um suspiro olhando para o mais velho.

- Ela quer a mordida. - falou animado.

- Isso é bom, meu filho. - sorriu - Fico feliz por você.

- Não quero forçá-la a nada, então pedi a ela que quando estivesse pronta me avisasse.

- Meu garoto… - o abraçou - Fico muito orgulhoso por já ter encontrado a sua companheira. Lauren é maravilhosa e vocês dois, com certeza, serão muito felizes juntos.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...