História Lúpus - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Abo, Alfa, Bts, Jikook, Jimin, Jungkook, Kookmin, Lemon, Lobo, Lupus, Namjin, Ômega, Taeyoonsook, Yaoi
Visualizações 331
Palavras 2.262
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Depois de tanto tempo, aqui estou eu! Vendo a luz brilhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaar, tempestade veeeeeeeeeeeeeeeeeem, o frio não vai mesmo me incomodar 💃



KKKKK PAREI GENTE!




Então acho que devo desculpas não? Me perdoem pela demora, eu não sabia a quanto tempo estava sem postar, até olhar esta semana.
Eu ando muito ocupada, faculdade, trabalho, NOVAS FICS! É vem novidade por aí.
Mas o príncipal motivo, é pela falta do meu NoteBook que havia estragado, mas agora está tudo ok! Tudo nos conformes, e eu pretendo não demorar tanto assim, talvez eu demore um mês, ou duas semanas no MÁXIMO, mas não irei mais deixar tanto tempo assim sem att.


E AGORA O MAIS IMPORTANTE!




LÚPUS ESTÁ NA RETA FINAL!



é minha gente, nosso casalzão está quase concluindo essa enrolação que foi a vida dos dois, esperamos que tudo de certo no final <3





Agora bora ler?








<3

Capítulo 27 - Morte a Jeon Jungkook!


Fanfic / Fanfiction Lúpus - Capítulo 27 - Morte a Jeon Jungkook!

"O meu passado é dividido entre coisas que eu não consigo lembrar
e coisas que eu não quero
e você é as duas."

 

 

 

 

 

 

Taemin estava do lado de fora da casa, após a saída de Jeon para encontrar-se com Jimin, questionou os outros lobos sobre a história de almas gêmeas, e então lhe confirmaram, Park e Jungkook eram destinados um ao outro, e aquilo o arrasou como nunca. Sabia que Jimin era apaixonado por Jungkook, mas pelo ômega estava disposto a tentar fazê-lo esquecer do outro, mas agora, agora teria que saber lidar com seu coração partido. 

- Droga Jimin! – Deu um soco na parede próxima. 

- Calma garanhão, você não é de ferro. – Serena apareceu na porta, rindo de Taemin que lhe lançou um olhar mortal. 

- O que você quer?  

-Ficou muito chateado? Amava o ômega tanto assim? – Serena achava que o amor sempre foi algo difícil de controlar, então sempre o evitou. 

- Não, apenas o ômega que amo é alma gêmea de outro. 

- Se lhe faz feliz, eles não ficaram assim por tanto tempo. 

- Como assim? – Taemin olhou confuso para a garota. 

- Sabe alfa, eu não tenhoo esperança de viver após a batalha, na verdade, prefiro a morte, Myung matou meus pais por um motivo banal, e eu nunca encontrei um amor. Mas como não estamos falando sobre mim, acha mesmo que Jeon, Jimin e até mesmo você e os companheiros vão sair todos vivos? Enfrentaremos alguém que tem uma ninfa sob total controle, se alguém realmente ficar vivo, será um milagre!

Taemin a olhou sério. 

- Como não nos conhece e não sabe do que somos capas, eu não vou levar em conta o que disse Serena, se quer morrer vá em frente, mas nós vamos lutar para nos mantermos em pé! Eu odeio Jungkook com todas minhas forças, mas sei, que se ele puder, salvará a todos, ou pelo menos vai tentar, e eu farei o mesmo. – Taemin se retirou, entrando para dentro da casa, deixando Serena um pouco constrangida, eles realmente tinham coragem, são todos idiotas e vão morrer, mas tem coragem ali. 

(...) 

Jimin continuou treinando até o dia amanhecer, sua cabeça latejava, por conta da lembrança que havia tido com Jeon, mas como? Nunca havia o visto antes daquilo! Começou a puxar suas lembranças de infância, mas nada vinha, tentou lembrar de seu pai, mas o que havia acontecido com ele? Onde estava? As lembranças com sua família não existiam! E Myung? Não tinha nenhum tipo de memória sobre Myung, não sabia como havia o conhecido, nem lembrava do primeiro beijo, nem nada sobre a marca! 

Estava exausto, mas iria confrontá-lo, não importa o que aconteça, iria confrontá-lo! 

Sem pensar em mais nada, largou as espadas no chão, correndo para dentro do castelo, esbarrou em Taehyung que tentou puxar assunto, mas Jimin o ignorou, assim que chegou na porta do quarto de Myung, a abriu com força, fazendo a porta chocar-se contra a parede e assustar Myung que estava lendo e tomando café na cama. 

- Onde estão teus modos anjo? 

- Por que não tenho lembranças! – Myung ficou sério, fechou o livro e deixou o café de lado, levantando-se da cama com calma. 

- O que falaste?  

- Eu não tenho nenhuma lembrança do meu passado! Não sei quem é meu pai, não lembro nada da minha família a não ser que tenho mãe e irmão, e principalmente não lembro de você! 

Myung começou a irritar-se com tantos questionamentos, andou até Park ficando frente a frente com ele. 

- Por que estás a questionar-me sobre tais fatos? Achas que tenho todas as respostas para sanar tuas dúvidas?  

- Tenho certeza! 

- Como tens tanta certeza? 

- Não faz sentido eu me lembrar de outro alfa e do meu próprio não, e algo me diz que você sabe a verdade! – Jimin estava irritado, Myung nunca lhe respondia, mas agora iria dizer a verdade. 

- Outro alfa? – Myung começou a sentir o sangue ferver. 

- Jeon Jungkook! Eu lembro dele, sei que já estive com ele antes. 

- Jeon Jungkook – Myung fechou a mão em punho, como Jimin lembrava de sua alma gêmea? Aquilo era um perigo para seu plano. 

- Sim, Jungkook estava treinando comigo, e eu me lembrei dele. 

- Jungkook está aqui? 

- Claro que esta, é de nosso povo! Quer dizer… Seu povo. 

Jimin sentiu o pescoço ser apertado, então foi jogado contra a cama, Myung disse uma palavra estranha e um ser de cabelos azuis apareceu. 

- O QUE É ISSO?! – Gritou em espanto. 

Calado! – Myung usou a voz de alfa, fazendo Park encolher-se e começar a chorar. 

- Diga-me se Jungkook estás aqui Ninfa! 

Jimin ouviu a palavra ninfa, e a história que Myung havia lhe contado veio em sua mente. 

- Está. 

- O coração de Jimin, ainda estás acorrentado? 

- Apenas metade. 

- Acorrente-o novamente. 

A pobre ninfa obedeceu, indo até Park, e acorrentando novamente o coração do pequeno ômega, deixando uma brecha para Jungkook o salvar. Assim que Park já estava sobre seu domínio Myung foi até ele, disse algo em seu ouvido, então selou os lábios do pequeno ômega. 

- Já sabe o que fazer? 

- Sim, Jungkook deve morrer, e eu não hesitarei em fazer isso. – Disse, sem saber que havia alguém escutando escondido no corredor. 

(...) 

Depois de Jimin o mandar embora, Jungkook apenas foi para a “casa”, não falou com ninguém e mal conseguiu dormir, a única coisa que passava em sua mente, era Jimin o mandando embora depois de uma breve pausa em que o loiro o olhou nos olhos por longos minutos. Não sabia o que havia acontecido, mas tinha esperança de que Jimin estivesse voltando a si, saiu de seus devaneios, quando fortes batidas na porta o assustaram e acordaram a todos. 

Jeon foi até a porta, em passos silenciosos enquanto todos se armavam para um ataque, até escutarem: 

- Abre logo essa porra Jungkook, ou cabeças vão rolar! 

- Yoongi! – Jeon disse, abrindo a porta imediatamente. 

- Eaí cara, feliz em me ver? 

- Como me achou? Como não está sob o controle do Myung? 

- Muitas perguntas, eu entro e a gente conversa. 

- Ok. 

Yoongi entrou, observando todos, apenas uma loba loira ele não conhecia, mas se estava ali é por que era confiante, Jungkook não era burro. 

- Jungkook, fecha a porta e vem aqui.  

Jeon fez o que lhe foi mandado, todos olhavam ansiosos para Yoongi, assim que Jeon sentou no sofá ele soltou. 

- A porra toda fodeu, Jimin vai vim te matar e eu te achei pelo seu cheiro. 

- O que? – Todos responderam juntos. 

- Como vamos saber que não está mentindo? – Serena perguntou. 

- Eu vou explicar como tudo aconteceu. 

“ Yoongi sentia pontadas fortes em sua cabeça, abriu os olhos vendo o teto branco, remexeu-se na cama confortável, uma cama grande… Sua cama não é grande!  

Levantou assustado, observando que estava em um quarto muito luxuoso, mas como era possível existir algo assim na floresta? Onde o maldito lobo lhe trouxe? Levantou-se e notou usar um pijama leve e dourado.  

- Maldito!  Devolva minha masculinidade! – Gritou de raiva, mas por que diabos aquele desgraçado o trouxe ali?   

Andou pelo quarto e viu um retrato na parede o pegou nas mãos, mas o retrato logo caíra no chão devido seu espanto. Ali estavam ele e Jimin quando crianças, brincando de guerra com galhos de uma árvore.   

- O que? Como?   

A porta do quarto foi aberta, revelando Hoseok e Taehyung. Yoongi correu até eles os abraçando, estranhou ao notar os fios claros de ambos.   

- Vocês estão bem?  

- Aish Yoongi-ah – Taehyung reclamou zombeteiro – Até parece que não nos vemos há anos.  

- Taehyung, você é burro? A gente foi… – Hoseok cortou-o.  

- Foi separado o que? Duas horas?  Já estava com saudades, não é?  

Yoongi foi pego de surpresa por um selar de Hoseok em seus lábios.  

- Se arrume,  Jiminnie e sua mãe estão te esperando.   

Hoseok disse e saiu,  Taehyung logo lhe roubou outro selar.   

- Eu também mereço – Disse e saiu correndo.   

- Que merda é essa?   

“Yoongi”  

Ouviu uma voz, mas de onde vinha?   

- Quem está aí?   

“Yoongi escute-me”  

- O QUE É? – Gritou  

“Você se recorda, pois preciso que o ajude”  

- Ajudar? Ajudar quem?   

“A alma gêmea”  

Era claro para si, a quem a voz se referia.  

- Jungkook?   

“Ele é o único que pode salvar ao teu irmão, e teu irmão é o único que pode impedir o caos que está por vir”   

- Jimin está em perigo?   

“Finja ou morra, trazendo a morte a todos!”  

- Fingir o que?   

Nada.  

- FINGIR O QUE?! – Gritou frustrado, sua mente estava uma bagunça.  

Ouviu um ranger de porta, olhou para o lado e era o guarda-roupas que abrirá as portas, andou até lá vendo vários trajes sofisticados, lembrou-se das palavras ditas por uma voz em sua mente: “Finja ou morra”, estava na hora de atuar como se sua vida dependesse disso, afinal,  dependia não é?  

(...)  

Yoongi estava usando uma roupa, que entrou em sua lista de motivos para um dia matar seu irmão. Usava roupas sociais e claras, com uma gravata em seu pescoço que usaria para matar Jimin algum dia, por o deixar na situação de ter que salvá-lo.   

Descia escadas em espiral que não tinham fim!   

- Lugarzinho de merda mesmo. – Sussurrou.   

Logo avistou o fim da escada, e ela dava em um salão, não havia ninguém  

- Yoongi? – Reconheceu imediatamente a voz, virou-se na direção da mesma e suas pernas quase cederam.   

Ali estava Jimin ao lado de sua mãe, ambos lindos e sorridentes. Sua mãe usava um vestido bem cheio, em uma cor rosa claro, os fios prendidos em um perfeito coque no alto e claros! Jimin vestia um terno cinzento, com uma medalha em seu peito e seus cabelos loiros.   

- Jimin? Mãe?   

- Quem mais seria bobo? – Park ditou sorridente. – Está muito bonito hyung, seus cabelos parecem mais claros que o normal.   

Yoongi se controlava para não os agarrar e os arrastar para longe dali, precisava atuar, mas nunca imaginou estar loiro.   

- Eu pintei, sabe como é, quero estar mais bonito que você, se bem que já sou. – Debochou, mas sentia um nó em sua garganta, o que haviam feito com sua família e amigos?   

- Yoongi! – Sua mãe lhe chamou a atenção – Você não muda – Sorriu indo até o filho e o abraçando, Yoongi nunca se sentiu tão feliz de abraçar sua mãe.   

Não sabia se era coincidência ou não, mas o lobo branco, que provavelmente chamava-se Myung, apareceu, beijou Jimin e a mão de sua mãe.   

- Bom dia Min – sorriu para si, e Yoongi queria chamá-lo de filho da puta.  

- Bom dia. – Sorriu forçado.   

- Jimin meu anjo, retire-se junto a tua família, necessito resolver negócios pessoais. – Yoongi sorriu, queria ver a resposta malcriada de Jimin.   

- Sim Myung – Curvou-se em respeito a seu alfa e se retirou, junto a mãe e um Yoongi de boca aberta.  

Yoongi desconversou, dizendo que iria atrás de Taehyung, escondeu-se atrás de um pilar e viu Myung falar em uma língua estranha, e um ser de cabelos azul apareceu. Com um movimento leve das mãos algo como um espelho apareceu, mostrando…  

- Jungkook!   

O moreno estava desesperado, gritando que não sabia o que estava errado, não sabia como achar Jimin, ao lado de Taemin, Namjoon, Jin e o lobo que gosta de sua mãe, Yoongi nunca soube o nome dele.   

- Ele ficará estupefato, ao ser apunhalado por meu precioso anjo. – Então era esse o plano do maldito.   

O loiro logo saiu do local, deixando o ser de cabelos azuis para trás, Yoongi iria correr,  se não tivessem lhe chamado.  

- Yoongi, esta é tua chance! – Ela era a dona da voz.   

Min correu até lá, olhou para a mulher e quase se distraiu com sua beleza. Quase.    

- O que eu faço? – Perguntou nervoso.  

A mesma imagem de Jeon apareceu, mas agora o mesmo estava ainda mais frustrado.   

- Inferno! – Jeon gritou, tentava e tentava o feitiço em frente ao espelho e nada.   

- Yoongi o avise, sem identificar-se, ou tu estarás em perigo, diga a localização, 200 quilômetros ao norte, mande-o fingir para que se aproxime de Jimin, e diga para vir rápido! 

– Falou a ninfa.  

- Por que você não faz? – Perguntou frustrado. 

- Pois Myung me controla, e me proibiu de ajudar Jeon, se não fosse a invocação dele por mim, eu jamais teria o visto. 

Yoongi concentrou-se, precisava fazer Jeon vir logo. Olhou para a ninfa, fazendo um sinal positivo, indicando que estava pronto, ela fez um gesto com as mãos, e então Yoongi disse: 

- Duzentos quilômetros ao norte, rápido Jungkook, ele vai matar a todos! Minta ou morra. 

Ouviram passos, então Yoongi foi obrigado a correr.” 

 
 

- E foi isso, fiquei aliviado quando vi vocês todos de cabelos loiros aquele dia. 

- Foi por isso que me olhou? Sabia de tudo! – Jeon estava mais animado. 

- Sim, mas agora estamos todos fodidos, por que o Jimin vai te matar. 

- O que acha que devemos fazer Yoongi? – Jin perguntou, afinal ele devia saber. 

- Vamos voltar para alcateia, eles vão atrás de nós, até por que uma alcateia inteira tendo seu espaço invadido por outra alcateia, sempre dá em guerra, então teremos mais aliados, eles querendo ou não. 

Mesmo que Jeon não quisesse abandonar Park, não havia o que fazer, talvez estando onde cresceu, Jimin lembre-se de quem é. 

- Partimos agora! 

 
 

 


Notas Finais


GUERRAAAAA!!!!

Gente do céu, muita coisa né!

A visão do Kook se realizou aaaaaaah :(


Yoongi é ou não é o personagem mais foda? Eu acho kkkkkkkk


Agora é esperar, amo vocês e até o próximo cap <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...