História Lúpus - Capítulo 6


Escrita por: e kookligth

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, Jackson, JB, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jinyoung, Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lay, Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Sehun, Suho, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Tags Abo, Alcateia, Alfa, Beta, Jikook, Jimin!alfa, Jungkook!ômega, Lobo, Lupus, Ômega, Universo Alternativo
Visualizações 231
Palavras 1.726
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oioioi perdão pela demora anjos, eu estava em um período ruim esse tempo atrás, então me perdoem.

sei que o capítulo ta pequeno, mas ele é mais para avisar que eu estou de volta a ativa e pretendo continuar todas às minhas fanfics.

eu espero que vocês gostem do capítulo! boa leitura!!!

Capítulo 6 - Capítulo Seis - Jeon Jeongguk


Fanfic / Fanfiction Lúpus - Capítulo 6 - Capítulo Seis - Jeon Jeongguk

Como ordenado pelo macho alfa, todos que estavam acordados naquela casa estavam unidos para cuidar do — agora — garoto que estava repousado sobre a cama macia de Jimin. E sim, o Park mais novo fizera questão de colocá-lo em seu quarto, onde poderia vigiá-lo com mais afinco e garantir a segurança do mesmo e para que não houvessem mais deslizes. Sua angústia e curiosidade aumentavam cada vez mais que seus olhos captavam o semblante sereno, porém com resquícios de um rosto abatido do jovem adormecido. Vez ou outra o mesmo franzia o cenho, como se estivesse sonhando, ou melhor, tendo um terrível pesadelo, e seu corpo dava leves solavancos, mas nada de seus olhos se abrirem.

— A febre ainda está alta, acredito que ele já esteja no estágio de delírio, mesmo inconsciente. — afirmou Bon-Hwa, passando sua mão pela testa úmida do moreno e sentindo sua mão quente. Suspirou.

— Isso explica o fato do corpo dele estar tremendo tanto e suas mãos estarem geladas, mas não podemos cobri-lo pois a febre pioraria. — concluiu Namjoon, observando com certa cautela aquele que estava deitado. 

Era notório, o Kim sabia que alguma coisa ali estava muito errada, sabia que os Park estavam omitindo algo muito importante sobre o lobo. Afinal, que animal teria a proeza de se curar tão rapidamente como se nada tivesse lhe acontecido? O que aquele ser que viera desprotegido tinha de tão especial?

— Os arranhões em seu rosto e braço não estão cicatrizando como antes... — o pai de Jimin sussurrou perto de si, olhando com confusão aparente para o pequeno corpo desacordado.

— Não me diga que os lobos brancos apenas se curam em sua forma lupina? — Jimin murmurou, apreensivo, seu pai suspirou e lhe olhou preocupado.

— Vamos ao meu escritório, preciso te mostrar uma coisa. — e o patriarca seguiu caminho para fora do quarto.

Jimin observou mais uma vez o jovem, encantado com a beleza que porém escondida pelos machucados, ainda estava ali, os lábios tão vermelhos como maçãs maduras e os cabelos negros como carvão. Ele era perfeito em níveis extremos.

— Cuidem dele, eu volto em um instante. — anunciou sua saída e seguiu seu pai, tendo o olhar inquisitivo de Namjoon sobre seu corpo enquanto caminhava. Seria difícil esconder por muito tempo aquele segredo do alfa.

O Park gostaria de contar para seu amigo, não achava justo esconder algo tão importante como aquilo de Namjoon, sendo que este era um dos alfas mais respeitados e sérios da matilha. Ele saberia guardar aquele segredo à sete chaves.

E Jimin olhando novamente para o desconhecido, aceitou que o mesmo lhe causava sensações novas. Sensações que eram boas. E aquilo deixava o alfa intrigado. Porque um desconhecido lhe trazia a tona sentimentos que nem ao menos nunca sentiu em sua vida? Não dessa forma tão intensa a qual estava sentindo.

Seu coração pulsava tão freneticamente que chegava a doer em sua caixa torácica, seus olhos nunca desviando da atenção que era posta sobre o lobo, seu corpo se arrepiando cada vez mais que sua mente lhe fazia questão de lembrar como a voz dele era tão suave e gostosa de se ouvir.

E outro fato que deixava o alfa totalmente confuso e sem saber se deveria ou não dizer aquilo a seu pai, era a possibilidade dele poder se comunicar com o lobo sem nem ao menos ter feito a ligação, que era extremamente necessária para a comunicação de toda uma alcatéia. 

Por quê? Por qual motivo isso aconteceu? O que aquele lobo tinha que lhe atraía tão fácil? 

Jimin sempre foi um alfa inabalável, ao menos aos olhos dos outros. Sempre inalcançável e firme em todas às suas decisões, preferia sempre ocultar e oprimir seus sentimentos mais profundos por achar que estes eram uma grande besteira. Mas por que agora, depois de tantos anos lidando bem com seu próprio interior, sentia vontade de quebrar essa barreira invisível que existia entre o sentir e não sentir?

Era muito confuso para si, era novo. Não sabia se deveria deixar se levar ou se guardava apenas para si, como sempre fizera. Eram tantos questionamentos e saídas que sua cabeça doía ao pensar.

Mas agora ele tinha que cuidar daquele lobo, e nada mais do que isso importava no momento.

Suspirou antes de entrar no escritório de seu pai, este que tinha um livro grosso em suas mãos, e o folheava com calma enquanto lia cada palavra impressa nas páginas com total atenção. 

— O que é isso? — Jimin perguntou ja se aproximando, vendo que seu velho não levantara o olhar para si, mas com seu dedo indicador apontou para a poltrona em frente a grande mesa de madeira escura.

— É um livro. — o Park mais novo arqueou a sobrancelha, rindo levemente.

— Eu nem havia percebido, sabe? — disse sarcástico e com o seu humor mais ácido do que limão.

Bon-Hwa riu, sentando se em sua cadeira de couro e massageando suas têmporas cansadas e avermelhadas. Ser um alfa líder nem sempre era a melhor coisa do mundo. Muito trabalho, preocupações excessivas e uma alcatéia inteira para proteger e cuidar. É, ele já podia sentir seus cabelos ficando grisalhos.

— Esse livro se chama Lupins, nele está escrito absolutamente tudo sobre os lobos, desde a era pré histórica até os dias de hoje. — o alfa major explicou. — Basicamente diz sobre como surgimos, vivemos, procriamos, nos alimentamos, essas coisas que todos nós sabemos. — Jimin semicerrou os olhos. 

— Então esse livro é como uma Wikipedia dos lobos? — achou aquilo muito... inútil? Para quê existir um livro informando coisas sobre sua própria espécie?

— É... basicamente. Ele diz sobre como os lobos são animais fortes e temidos, como sua caça é movida a velocidade, força e estratégias de ataque, é como um conto para crianças. — explicou. 

— E o que o senhor esperava encontrar ai que pudesse ter a ver com o fato de que aquele lobo não está mais se curando? — Jimin cruzou os braços vendo seu pai jogar o corpo levemente para trás, em um sinal claro de cansaço.

— Eu esperava que aqui estivesse escrito o por que disso, já que no próprio livro dos lobos brancos o assunto não é abordado. Pensei que encontraria respostas. — o alfa loiro franziu o cenho.

— Como assim livro dos lobos brancos? Isso existe? 

— Claro que sim. Mas lá não há nada de tão relevante para que possa nos ajudar. — e Bon-Hwa talvez tivesse omitido algo ali. — Eu não sei dizer o por que do lobo não se curar filho...

— Talvez seja mesmo pelo fato dele só conseguir se curar em sua forma de lobo, então o que podemos fazer por agora é somente cuidar bem de todos os seus machucados. — Jimin disse por final. Estava frustrado reconhecia, mas não podia-se fazer muito sem a certeza absoluta do que estava acontecendo com o corpo do lobo branco.

— O que vamos fazer quando ele acordar? Sabe que ele provavelmente irá tentar fugir novamente, não sabe? — e o Park mais novo bufou, sem saber se contava ou não que podia misteriosamente conversar com o lobo.

— Eu ainda não sei, pretendo cuidar dele até ele estar melhor, e depois tentar descobrir o que aconteceu e se ele desejar ficar, será muito bem-vindo. Tenha isso em mente. — respondeu firme, mesmo que seu pai proibisse a vivência do jovem ali, Jimin não permitiria.

— Está tudo bem meu filho, não vamos nos preocupar com isso agora, vamos primeiro, tentar salvá-lo.

E Jimin concordou antes de se levantar e se direcionar novamente para o quarto onde o lobo estava.

Quando estava próximo ao quarto, pôde sentir um cheiro sobressaindo dos demais, era lavanda e rosas. Ele conhecia aquele cheiro. Era embriagante, gostoso, o deixava leve e excitado. Jimin poderia se embebedar facilmente com aquele aroma.

Andou em passos firmes até o quarto e estancou no lugar quando se deparou com a cena à sua frente:

Seokjin estava pasmo, branco como um papel enquanto segurava uma toalha encharcada de água, Yoongi estava o olhando sem entender nada, e Namjoon estava nervoso e receoso. 

Por que?

Bom, simples. 

No meio daquela cama macia e grande, estava o jovem, acordado, e totalmente encolhido sobre ela, abraçava seus joelhos fortemente e tremia, estava assustado, quase a ponto de deixar seu choro preso sair. Mas o que deixou Jimin e todos ali presentes exaltados e estupefatos, foi o fato de que os olhos do garoto estavam roxo. A cor era de um tom escuro e fosco, porém brilhava, tanto pelas lágrimas que caiam lentamente por seu rostinho assustado e tanto por si só. Jimin estava fascinado.

Ele não poderia estar mais belo, porém a situação não era uma das melhores.

— Jimin ele acordou de repente, assustado e choramingando, ele não deixa ninguém se aproximar. — Yoongi explicou para o alfa, baixinho para que o lobo que agora chorava copiosamente não escutasse.

— Por favor saiam, eu cuido disso. — disse com sua voz grave, não conseguindo desviar por um minuto sequer os seus olhos dos dele. Era hipnotizante.

— Tem certeza? — Namjoon o olhou sério, como se não concordasse com aquela ideia. Jimin apenas acenou que sim com a cabeça e o alfa suspirou.

— Eu preciso de férias! Ou irei ficar louco! — e a fala exclamaram de Seokjin fora a última coisa que Jimin ouvira antes de todos saírem do quarto e fecharem a porta.

Agora ali naquele ambiente eram apenas alfa e lobo. E Jimin estava curioso sobre o que viria a descobrir em seguida, portanto sorriu antes de começar a se aproximar devagar, com cautela, pois qualquer movimento brusco assustaria ainda mais o garoto.

— Você está bem? Não tenha medo, eu não vou lhe machucar. — disse manso, mostrando em seus olhos o quão sincero estava sendo. — Lembra-se de mim?

O garoto o fitava com certa curiosidade, era óbvio que ele se lembrava, porém ainda sim tinha medo, mesmo vendo e sentindo que aquele alfa jamais o machucaria. 

— O-Onde estou?  — a voz que tanto Jimin almejou em ouvir novamente soou quebrada e baixinha, e aquilo partiu o coração do alfa. Ele só queria poder aconchegar o corpo trêmulo em seus braços e afagar suas madeixas escuras.

— Em minha casa, minha alcatéia. Pode me chamar de Jimin, eu só quero poder te ajudar. Então me diga, qual é o seu nome? — e o alfa esperou com expectativa.

— J-Jeon Jeongguk.


Notas Finais


fanfics jikook:

https://www.spiritfanfiction.com/historia/destiny-8585481

https://www.spiritfanfiction.com/historia/neptunum-9609542

então amores, eu queria pedir de coração que vocês comentassem o que estão achando ou o que acharam do cap de hoje, isso me incentiva muito, muito mesmo!

perdoe qualquer erro, irei revisar depois!!!

até logo, beijinhos ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...