História Lust in Terror. - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias David Bowie, Drácula, Entrevista com o Vampiro, Jennifer Connelly, Labirinto - A magia do tempo, Labyrinth, Mitologia Romena, Van Helsing
Personagens David Bowie, Jareth, o Rei dos Duendes, Jennifer Connelly, Personagens Originais, Sarah Williams, Toby Williams
Visualizações 38
Palavras 977
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - More flashes!


Fanfic / Fanfiction Lust in Terror. - Capítulo 13 - More flashes!

*Sarah on*

Acordei com o sol em meu rosto, eu notei que eu estava completamente nua ou seja.... que aconteceu ontem entre eu e Jareth foi real.

Me virei de lado e lá estava ele na porta de meu quarto sem camisa me vendo acordar. Sorri de leve e ele pegou algo na mesinha do corredor onde ficava o tal vaso que derrubei.

Pensei que não ia acordar!- ele falou sorrindo- Bom dia!

Bom dia!- falei e dei um selinho nele- Olha café na cama!

Ele sorriu de modo fofo e então pegou um pêssego da bandeja e mordeu. Assim que ele terminou o mesmo bebeu sua taça de sangue matinal de cordeiro.

Eu comi o café todo e me atirei na cama novamente suspirando fazendo Jareth me olhar curioso.

Algum problema?- ele perguntou encima de mim.

Não Jareth..... só estou me sentindo tão bem!-falei suspirando-O que foi aquilo ontem?

Ele sorriu de modo fofo e me beijou cheio de amor. Seu cheiro era um vício .... Madeira de orvalho com Cedro....algo viciante.

Você não tem que ir trabalhar?-ele falou baixo.

Eu acho que vou faltar hoje!-falei mordendo seu queixo.

Porque?-ele questionou.

Jareth..... Alguns motivos.....-falei rindo-Primeiro....eu tive um flash em um sonho.... Segundo....eu tenho prova hoje é meu professor de história por mais gato e charmoso que ele seja....ele é bravo também!

Nossa então é assim que você pensa que eu sou?- ele falou.

O que?-falei- Gato e Charmoso?.. sim!

Bravo!-ele falou.

Jareth todo mundo sabe que você tem um jeitão todo sério de meter medo!-falei beijando ele- Bravinho!

Uhm....- ele sorriu de lado- Mas Sarah...fiquei preocupado porque você se mexia muito a noite...era o flash?

Sim!-falei baixo- E o que eu vi me deixou preocupada!

O que você viu?- ele perguntou.

Bem.... No flash eu acabava de chegar em casa e notei que Helsing estava fazendo uns experimentos... Ele havia pego um morcego e dissecado além de....-falei baixo- Tirar o sangue do coitadinho.

Uhm...- Jareth balbuciou.

O pior que ele me viu e queria injetar o sangue de morcego em mim porque ele descobriu a imortalidade através dos morcegos!- falei.

Então você quer dizer....- ele me perguntou.

Helsing talvez tenha descoberto a criação dos vampiros injetando sangue de morcego!-falei- Claro que ele usou algumas coisas de miticismo que eu vi ele mexendo!

Ahhhhh Sarah...isso muda tudo!-ele falou sério- Mas por que Tepes e depois eu?

Aí só vou descobrir depois Jareth!-falei encarando ele- Jareth....

O que?-ele falou se aproximando.

Me beija!- falei sorrindo.

Claro....mas depois você vai estudar, pode deixar que eu vou no jornal e aviso que você não tá legal!-ele falou baixo-Te amo!

Também te amo!-falei sorrindo.

Me levantei e fui pro banheiro tomar um banho, a água caia em meus ombros e a cena de minha noite com Jareth não saia da minha cabeça. Assim que sai e me troquei.... Peguei as minhas coisas para estudar.

Passei a tarde toda ali sentada e notei Jareth me olhando sentado na poltrona. Queria pedir uma ajuda mas eu não poderia visto que ele era meu professor da faculdade.

Logo em meio a livros eu vi algo que me chamou a atenção. O símbolo presente na moeda de Toby era o mesmo que o Tepes tinha....afinal era o Brasão da Valáquia.

Eu então decidi investigar mais a respeito da moeda. Assim que terminei subi e me arrumei para a faculdade. Jareth havia ido mais cedo para a faculdade pois ele tinha que pegar as provas.

Olhei para aquela monstruosidade de 20 questões dissertativas e respirei fundo. Jareth olhou para mim e deu um sorrisinho de lado assim que me entregou a prova com um bilhete bem discreto atrás.

"Tire dez....e te dou um bônus!- JJ"

Sorri e escondi o bilhete e então foquei na prova. Assim que terminei enrolei na sala para poder ver algo suspeito... novamente vi Toby com a tal moeda na mão girando ela entre os dedos.

Cheguei na mansão e então fui ler mais coisas no diário tentando achar mais coisas a respeito de tudo. Abri em uma página que me deixou muito chocada....

*Sarah off*

---------****---------

*Flash on*

Meus pais foram viajar e ficou eu e Helsing em casa. Sai para ir fazer umas compras e quando voltei vi um cavalo bem familiar ali.... Parecia que Tepes estava em casa para fazer uma visita a Helsing.

Notei um silêncio em casa....abro a porta dos fundos sorrateiramente e logo me deparo com uma cena.... Helsing injetando sangue de morcego em Tepes e depois os dois deram um mega beijão na boca.

Fiquei horrorizada com o que vi.... Helsing e Tepes tinham um caso e ninguém sabia. Escutei mais um pouco atrás da porta e depois escutei gemidos de ambos.

Dessa vez Helsing e Tepes estavam literalmente transando em minha casa. Eu então me escondi e esperei eles saírem de casa. Eu estava proibida de ver Jareth e de ter caso com ele pelo simples fato de eu ser noiva de Helsing...mas já vi que isso foi de fachada.

Sarah....-uma voz surgiu- Sarah!

*Flash off*

----------****---------

*Sarah on*

Sarah!-Jareth falou entrando no meu quarto preocupado- Hey o que houve?

Eu estava chorando muito....eu o abracei e engoli o choro para falar a ele o que eu li e vi em meu flash. Agora eu descobri como Tepes virou vampiro... Helsing o criou!

Jareth!-falei estendendo o livro- Leia!

Ele leu e não sabia o que fazia...ele ficou tão puto da vida que atirou o livro para fora do quarto. Eu nunca o vi irritado desse jeito mas logo eu consegui controlar ele para não perder a cabeça.

Ele....ele....argh.... Te obrigaram a casar com um cara que não te amava!- Jareth falou bravo-E ainda por cima ele....injetou sangue de vampiro no Tepes e quando eu bebi o sangue dele na taça ....

Você virou vampiro!-falei triste- Eu sou a culpada disso tudo!

Culpa do que Sarah?- ele falou me olhando preocupado.

De eu ter me matado!-falei baixo.

Você não tem culpa de nada!- ele me abraçou- Sarah.....porque não vamos dar uma volta no jardim e ver as estrelas?

Sorri para ele que me beijou e sorriu de volta. Jareth passou seus braços por meu pescoço e fomos até o enorme jardim.

*Sarah off*



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...