1. Spirit Fanfics >
  2. Lutteo: Depois Que o Matteo Se Foi >
  3. A Mentira

História Lutteo: Depois Que o Matteo Se Foi - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpem por ter demorado para postar o segundo capitulo, eu estava ocupada com a minha outra fanfic.

Espero que gostem desse capitulo, eu fiz com muito carinho

Capítulo 2 - A Mentira


Luna narrando:

Depois de consolar a Nina e ela me consolar também, eu vou para a sala de aula, sento em meu lugar, logo em seguida vem meu parceiro de mesa, o Gastón, ele se senta ao meu lado e fala.

Gastón:Bom dia Luninha!!

--Só a Ambar me chama assim, é verdade você é o melhor amigo dela que também é amiga da Emilia, agora me fal a verdade! Você e a Emilia estão tento alguma coisa?

Gastón:Sim.

--Seu cachorro sem vergonha! 

Eu bato no ombro dele.

Gastón:Ai! Doeu viu? E outra oque eu tenho com a Emilia é amiza, também é nojento um irmão se envolver com a irmã.

--Vocês são irmãos?

Gastón:Agora sim, a minha mãe se casou com o pai dela.

--A Nina ta morrendo de ciúmes e esta bem triste, porque você passa mais tempo com a Emilia do que com ela, a Nina acha que vocês tem alguma coisa.

Gastón:Como assim!? A Nina sabe que a Emy é minha irmã.

--A Nina mentiu pra mim! Eu odeio esse tipo de coisa, minha melhor amiga escondendo coisas de mim e mentindo para piorar mais ainda a situação, eu vou ter que falar com ela! 

Gastón:Sinto muito por isso, a Nina nunca foi de esconder coisas, mas ela se afastou de mim depois que eu contei sobre a Emy.

--Belo apelido que você deu para a Emilia.

Gastón:Ela não gostou, é por isso que eu chamo ela assim.

Emilia:Oi maninho, Luninha.

--Oi, você viu a Nina?

Emilia:Sim, ela esta na biblioteca, eu passei por lá para pegar um livro, mas no fim eu acabei desistindo, porque eu me lembrei que eu odeio ler.

Gastón:Era de se esperar.

Emilia:Cala a boca!

Gastón:Emy olha como você fala com seu irmão mais velho! 

-- Vocês dois brigam muito, parem de discutir meus ouvidos iriam agradecer muito se parassem.

Eu me levanto e deixo os dois sozinhos conversando, quer dizer brigando, eu volto para a biblioteca e vou procurar a Nina.

Nina narrando:

Eu estava com a Luna e menti para ela sobre o motivo de eu querer me separar do Gastón, eu não o amo mais, eu preciso parar de achar que ele nunca vai me perdoar por enganar ele por muito tempo, e começar a me preparar para a conversa mais triste e dificil, o termino do namoro.

Depois que a Luna foi embora, eu me levantei e fui dar uma olhada nós livros de romance, como as prateleiras desses livros ficavam no fundo da biblioteca, dava para mim aproveitar e sentar no chão para ler o livro, e foi oque fiz, mas logo chegou ele o encantador Ramiro, com aquele sorrisinho safado no rosto, ele se sentou ao meu lado e falou no meu ouvido.

Ramiro:É uma pena que aqui tem que fazer silencio, se não eu iria te fazer ir a loucura aqui mesmo.

--Eu já disse para você desencostar! Eu quero paz, por favor.

Ramiro:Desculpa linda, mas eu preciso de você aqui comigo.

--Eu tenho namorado, e você sabe muito bem disso, então me deixa aqui sozinha lendo o meu livro.

Ramiro:Nossa! Que mal humor, meu amor, eu te amo tanto para de me negar termina logo esse namoro e fica comigo.

--Para! Eu vou terminar com ele quando eu bem entender.

Ele sorri para mim e se aproxima, eu tento afastar ele de mim, mas ele acaba me beijando, eu acabo retribuindo o beijo, quando eu escuto a Luna falar.

Luna:Nina e Ramiro?

Ramiro:Oi Luninha, tudo bem?

--Cala a boca Ramiro! Eu posso explicar Luna.

Luna:É bom você me explicar mesmo! Você mentiu para mim e esta traindo o Gaston, como você pode?

Ramiro:É que eu sou maravilhoso e nem a Nina santinha resistiu.

--Cala a merda da sua boca! Eu já tô de saco cheio de você, vai se fuder Ramiro! Luna não conta nada para o Gaston, ta bom?

Luna:Eu já disse que odeio mentira! E se você mentiu para mim, é porque não me acha confiavel! 

--Claro que eu confio em você! Você é minha melhor amiga.

Luna:Bela melhor amiga! Tchau Nina, me esquece!

Ela sai e eu olho para o Ramiro, ele me abraçou e falou no meu ouvido que iria ficar tudo bem.

Luna narrando:

Eusai dali furiosa e decepcionada com a Nina, depois de duas longas aulas eu estava andando no corredor quando avisto Emilia, ela vem em minha direção e me para.

Emilia:O Benicio é um saco! Fala para a sua irmã deixar ele!

--Eu...-- ela me interrompe.

Emilia:Isso foi uma ordem! 

--Calma! Eu sou a irmã dela, mas ela nem liga para o que eu penso, então resolva sozinha.

Emilia:Eu mandei você fazer! E se não fazer tadinha de você.

--Ta! Cade ela?

Emilia:Venha comigo!

Eu sigo ela até a parte dos populares e quando vejo a Ambar, ela me olha com a cara fechada, olha para a Emilia e pergunta.

Ambar:Minha linda e maravilhosa Emilia, o que a Luninha faz aqui?

--Oi para você também Ambar.

Emilia:Você não me escutou, mas vai escutar a sua mana!

--Eu já falei que o Benicio não presta! Procura outro namorado melhor, eu odeio ele e a Emilia também, por favor Ambar escuta a gente.

Ambar:Você tem razão, é melhor eu não namorar mais o Benicio.

--Serio?

Ambar:Claro que não! Você não manda em mim e nem na minha vida.

--Você vai se arrepender o Benicio é um...-- eu sou interrompida.

Benicio:Eu sou o que, Luninha?

--Oi, você é um cachorro sem vergonha e mulherengo!

Benicio:Quem é você para interfirir na vida da Ambar? Você Luninha é inferior da gente nós somos os donos dessa escola, todos temem a ouvir o nosso nome, então você para de achar que você pode alguma coisa, porque você só nós enfurecen, ai você vai ver oque é bom para a tosse! 

--Terminou o descurso? Eu tô morrendo de sono, você é um belo de um sonífero, eu acho que vocês não dão medo algum e nem são superiores a ninguem vocês são como qualquer outro aluno daqui, eu não tenho medo de você, sabe por que? Porque você pra mim é um idiota e sem coração que não se importa com ninguém!

Benicio:Eu só não...-- ele é interrompido.

Emilia:Chega Benicio! Ela falou a verdade você não se importa com ninguém, então não adianta xingar ou brigar com ela, porque pelo menos ela teve a coragem de falar na sua cara que você, não presta! 

Benicio:Não vai falar nada Ambar? Nem vai me defender?

Ambar:Gente chega! Parem de falar assim do Benicio! Ele é um bom rapaz e eu me sinto bem com ele, eu não me importo se vocês o odeiam, eu só quero que vocês o respeitem.

--Não, isso não vai rolar! 

Eu saio dali e vou para fora do Blake, então eu entro dentro do carro e espero a Ambar, eu não acredito que ela esconde de todos os seus amigos que eu sou a irmã, menos a Emilia que sabe desde o inicio, eu sinto que ela tem vergonha de mim e que eu não sou uma irmã boa o suficiente para ela.

Ambar entra no carro e o motorista começa a dirigir, eu não falo nada e nem olho para ela, e ela faz a mesma coisa.









CONTINUA......




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...