História Sonhos - Luxúria, desejo e prazer... - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Hot, Imagine, Imagine Bts, Imagine Bts Hot, Imagine Hot, Imagine Hot Bts, Imagine Jimin, Imagine Jungkook, Imagine Jungkook Hot, Jimin, Jungkook, Kook, Kookie, Romance, Shoujo Romântico
Visualizações 387
Palavras 4.405
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Adeus, Jungkook...


Fanfic / Fanfiction Sonhos - Luxúria, desejo e prazer... - Capítulo 9 - Adeus, Jungkook...

~~~ No capítulo Anterior ~~~

~~~ Pensamento On ~~~

O que está acontecendo aqui? Eu voltei a sonhar? Quer dizer que tudo que acontece aqui, não é a vida real e amanhã quando eu acordar tudo o que acontecer vai ser só parte de um sonho? Vou me aproveitar bastante disso!

Mas, também, vou dar uma pesquisada sobre sonhos. Ler alguns livros e tal, para tentar entender do por que isso está acontecendo...

~~~

Jungkook estava transparecendo preocupação, dava até vontade de rir, não parecia ser o mesmo Jungkook que gosta de me provocar.

Ele realmente é completamente diferente do Jungkook da Vida Real.

Enquanto ele fazia mil perguntas, querendo saber se eu estava bem, onde doia, onde eu tinha machucada, se eu conseguia me mexer. Eu dava a resposta para ele, apenas sorrindo.

E quando eu menos espero, ele vem pra cima de mim com tudo dando um beijo em mim, um beijo quente, pegador, dando a sensação de quero mais, o beijo do meu selvagem Jungkook. Ele quase não me deixava respirar, a gente parava por causa da falta de ar mas, 5 segundos (ou menos) depois, ele voltava a me beijar, arrancando mais o meu fôlego.

Só que então...

- Hum Hum.

~ Tosse forçada ~

Somos interrompidos por Tae...

- Bom, se vocês acabaram... S/n, eu falei com o doutor e ele disse que se você estiver melhor, pode ter alta.

- Eu estou bem Tae... Não se preocupe.

~ Um homem alto, magro e aparentava ser muito bonito e inteligente ~

- Você é a senhorita S/n certo?

~ Consenti com a cabeça ~

- Vou checar sua temperatura e sinais vitais, se estiver tudo bem, você pode voltar para casa.

- Oh, claro.

~ Ele se aproxima, checando minha temperatura e usando um estetoscópio para saber as batidas do meu coração ~

- Aconteceu algo agora que tenha feito você ficar ansiosa ou surpresa? Pois seu coração está batendo bem rápido.

~ Olhei para Jungkook e ele parecia segurar um riso, por que você tinha que perguntar justo isso doutor? Aff - penso ~

- S-Sim.

~ Abaixo a cabeça envergonhada, querendo dar um soco no Jungkook por estar querendo rir da situação ~

- Bom, se não foi nada sério que aconteceu, eu vou te dar alta.

- Não foi não.

~ Lanço um olhar mortal para Jungkook e em seguida volto a olhar para o doutor ~

- Posso ter alta então?

- Pode sim, Senhor Kim, você poderia me acompanhar para assinar as papeladas?

- Claro, mas antes.

~ Vira para mim e Jungkook ~

- Vocês dois, só por que vou sair, não esqueçam que estamos em um hospital! Não percam o juízo!

- Tae!

- Não falei nada a mais do que a verdade.

~ Ele diz a última palavra saindo da sala com o doutor, e assim que eles saiem de vista Jungkook explode rindo ~

- Seu coração está batendo rápido por minha causa? Que honra!

~ Lanço outro olhar mortal e dou um soco no braço dele ~

- Por que me bateu?

~ Diz ainda rindo ~

- Não fui eu que chequei seu coração e disse que estava batendo rápido!

- Aish Jungkook!

- Aqui estão suas roupas, vá no banheiro e se troque.

~ Me levanto da cama, pego as roupas com um ar frio, sem ao menos olhar para a cara dele e quando estou para sair da sala, Jungkook me puxa e dá um selinho ~

- Desculpa linda, não fica bava comigo naumm

~ Diz fazendo Aegyo, reviro os olhos e digo ~

- Aishhhhhhh, por que não resisto a essa carinha?!

- Por que você me ama. Seu coração bate rapidamente por mim.

~ Quando vou dar um soco no braço dele de novo, ele segura meu braço e dá 3 selinhos seguidos ~

- Eu estava brincando meu amor! Agora vai se trocar.

- Hum, tá bom, perdoado.

Saio da sala e vou ao banheiro. Coloco as roupas que ele trouxe para mim e volto para o quarto. Jungkook não estava mais lá, mas deixou um bilhete.

" Me desculpe por não te esperar, já está tarde e minha mãe pode ficar preocupada, te vejo amanhã na escola! "

- Que fofo, tá preocupado com a mãe! Mas espera...Amanhã? Mas amanhã é domingo. Osh? Como vou ver ele na escola?

~ Pego meu celular e vejo o dia e a hora~

- Hoje é domingo, 10:30 p.m?! Mas eu sai com o Yoongi no sábado as 2:30 p.m! Eu adormeci quase dois dias?! Meu deussssssss. Mas como é foi dois dias se na vida real se passou só um?

- Está falando com quem?

~ Tae diz me fazendo voltar para a realidade ~

- Ah... sozinha mesmo...

- Okey então... consegui sua lata no hospital. Vamos pra casa então?

- Sim...

~ Peguei minhas coisas e saímos do hospital ~

Fomos caminhando para casa e depois de alguns minutos, em fim estávamos em casa. Dei boa noite para o Tae e subi para o meu quarto.

Se eu dormir agora, eu vou voltar pra vida real... mas eu queria ver Jungkook amanhã... aish...

Minha cabeça não parava de pensar, eu querendo dormir, mas as dúvidas estavam me consumindo por dentro.

O que eu vou fazer agora? Eu durmo e acordo em uma vida um dia, e no outro dia eu durmo e acordo em outra vida?! Aish, é tão confuso que nem eu estou mais entendendo.

Depois de pensar e pensar, finalmente consegui adormecer.

~~~ Quebra de tempo ~~~

~TRIMMMMMMMMMMMMM~

Acordo com o bendito do despertador, aishhhhhhhhh. Bom, isso não importa, o que eu quero saber mesmo é: em que mundo eu estou? O real ou no sonho? Provavelmente no real, já que eu estava no sonho e dormi.

Fui ao banheiro, fiz minhas higienes matinais e entrei no box do banheiro.

Quando abri o chuveiro, senti meu corpo arder com as gotas da água. Fui olhar os locais onde estava ardendo e vi cortes pequenos que porém ardiam muito. Eu ainda estava no sonho, pois na vida real eu não havia me machucado. Mas por que estou no sonho? Eu dormi no sonho e então não deveria acordar pra vida real? (A: Literalmente) Aish... Eu não entendo absolutamente nada sobre isso, que chato.

Terminei meu banho, coloquei meu uniforme e desci. Tae estava comendo na mesa e quando me viu logo perguntou:

- Bom dia! Como você está? Ainda bastante machucada?

- Bom dia, estou bem sim. As aberturas do machucado ainda ardem um pouco com a água, mas estou bem sim...

- Que bom. Vai tomar café da manhã? Ou levar apenas algo para comer no caminho?

- No caminho. Vamos?

- Vamos sim. Mas antes, coloque um casaco.

- Por que? Não está frio.

- O médico recomendou que seus machucados não ficassem expostos ao sol, pode piorar. Por isso coloque um casaco para cobrir.

- Ahhh, entendi. Okey então, já volto!

- Só vou te esperar.

~ Subi correndo, peguei um casaco qualquer e vesti. Dsci as escadas, fui na cozinha e peguei (algo que você goste de comer) para comer no caminho. ~

- Pronto! Vamos?

~ Tae assente com a cabeça ~

O caminho foi silencioso, eu e o Tae, era estranho. Tudo na vida real era praticamente idêntico ao sonho, mas por queo meu relacionamento com o Tae aqui, é diferente? A gente mal conversa, mal se fala. Na vida real, eu e Tae estamos sempre conversando e rindo. Depois de um tempo caminhando em silêncio, chamei Tae para conversar sobre um assunto qualquer, para descontrair. Conversamos e rimos, assim era o Tae que eu conhecia, o tempo até passou mais rápido com a gente conversando e chegamos em frente a escola.

Eu havia resolvido uma coisa: já que nesse sonho eu posso fazer tudo pois nada é real. Vou mandar o foda-se pro alto e vou fazer o que eu quiser sobre a escola, sobre amigas e sobre Jungkook. Aproveitar cada momento em que eu estiver aqui, pois eu não faço ideia até quando isso vai durar. Eu aproveitaria pra fazer o que eu não posso fazer na vida real, mas eu e Jungkook mal temos uma conexão lá, aqui no "meu mundo", eu conheço ele, beijei ele, meio que "namorei" com ele, fiz ciúmes nele, fiz amor com ele, me apaixonei por ele.

O Jungkook do mundo real, é alguém completamente diferente do Jungkook da minha imaginação, lá ele é bonzinho, fofinho, envergonhado, capitão do time de natação. No meu mundo, ele é selvagem, pegador, sem vergonha, rebelde mas também um amor de pessoa. Esses mundos são iguais, mas ao mesmo tempo, eles são completamente diferentes. Sabe?

Depois de acordar de meus pensamentos, percebi que eu já estava em frente a minha sala. Fiquei meio receosa de entrar pois dava pra ver as costas de Jungkook dali. Pensei em uma ideia e eu com certeza ia colocá-la em ação, já que aqui é um outro mundo, vou fazer o que eu quiser.

Entrei na sala, meio que "joguei" minha bolsa na carteira e fui na direção de Jungkook. Ele não estava me vendo pois estava de costas pra mim. Cheguei perto dele que estava com seus amigos e em um ato de uma vez, inicio um beijo com ele.

No início ele se assustou, já que não sabia quem era.

[Foto do Cap]

Mas depois que percebeu que era eu, ele me puxou para cima dele e me colocou em seu colo, iniciando agora um beijo quente cheio de desejo e sabor. Todos ao nosso redor nos olhavam meio assustados, comentavam, eu sentia até o olhar de inveja das meninas quase me perfurar, os amigos dele também nos olhavam desacreditados, além do mais, Jungkook era um garoto pegador, nunca ficava com as meninas na frente dos outros, ele sempre foi bem privativo a respeito disso. Então ele beijar uma menina, no caso eu, na frente de TODO mundo, não era normal da parte dele.

Mas eu nem ligava, sempre namorei na frente dos outros e mesmo que a gente não fossemos namorados oficiais, ele é meu ficante, tem ciúmes de mim, não me traiu com outra e ficou super preocupado comigo depois do acidente. Isso é amor puro. Pode ser que ele não tenha dito em voz alta. Mas acho que o menino dos sonhos de toda menina, não é aquele garoto que diz a hora inteira "Eu te amo e nunca vou te trair", e sim, aquele rapaz que demonstra o amor dele, não por palavras, mas sim por gestos. Sempre está ali quando precisa, sempre dando beijos inesquecíveis, ficando com ciúme ao vê-la com outros rapazes, que se preocupa quando acontece tanto algo pequeno quanto algo grande com ela. Esse é o garoto dos sonhos. É que nem aquele ditado, “Pequenos gestos, um simples abraço e um olhar profundo dizem mais que mil palavras”.

Um dos melhores beijos que Jungkook já me deu foi o de hoje, foi calmo mas selvagem ao mesmo tempo, recíproco, carinhoso mas bruto, doce e gostoso. Em um pequeno ato que abri um olho meu, vi o professor passando pelas janelas vindo na direção da nossa sala. Parei o beijo naquele instante, quase que o professor nos dá uma bronca! Jungkook me olha estranho ao eu parar, mas quando ouve o "Bom dia alunos", já entende o motivo, causa e circunstância do por que eu parei o beijo repentinamente.

Sento em meu lugar e o professor inicia sua bela de chata aula. Eu juro que tentava me concentrar na aula, mas estava tão tediosa, que meus olhos começaram a pesar e pesar, até o momento em que eles se fecharam e então eu adormeci.

~~~ Sonho Off ~~~

~~~ Quebra de Tempo ~~~

Acordei com o raiar do sol sobre meus olhos, eu estava na cama, no meu quarto, na minha casa, na vida real.

Por mais que seja bom eu dormir e voltar para o sonho, ver meu Jungkook, curtir os meninos, eu estou começando a me confundir com a realidade, sinceramente eu não aguento mais isso.

Pesquisei na internet remédios para dormir, quem sabe iria me ajudar a parar de ter esses sonhos? Eu tenho que enfrentar a realidade, se eu viver, no sonho, vida real, sonho, vida real, sonho, vida real, eu vou acabar ficando MAIS LOUCA! AISH...

Achei um remédio chamado sleptep, muito bem falado no google e muitos recomendam usar ele, perfeito!

(A: Eu que inventei esse nome tá gente?)

- S/n!!

~ Ouço Tae bater na porta enquanto me chamava ~

- Pode entrar!

~ Ele abre a porta lentamente, entra, fecha a mesma e vem na minha direção e senta na cama. ~

- Eu não vou poder ir na aula hoje.

- Osh? Por que?? Hoje é seu primeiro dia!

- Eu sei, mas eu esqueci de resolver umas coisas, e preciso terminar elas, se eu não terminar, não vou conseguir me concentrar nas aulas ou em qualquer outra coisa. É melhor eu resolver hoje e amanhã a gente vai juntos e eu vou sem preocupações. Pode ser?

- Entendi... Ah então tudo bem, daqui a pouco vou tomar banho. Só vou comprar algo na internet e entrar no site da escola pra ver se tem alguma notificação da sua matrícula tá?

- Que anjo de prima que eu tenho, além de ter os próprios problemas, ainda vai me ajudar com a escola! Eu te amo princesa da minha vida!

~ Dou uma risada curta ~

- Obrigada lindo! Agora pode voltar o que você estava resolvendo, tenho que olhar logo o site para pelo menos dar tempo de eu tomar café da manhã!

- Tá bom! Tenha uma ótima aula!

~ Ele dá um beijo em minha testa, levanta-se e sai do quarto ~

Assim que a porta se fecha, volto a atenção para o computador, encomendo as cápsulas para dormir e então entro no site da escola.

Me assustei na hora que entrei pois apareceu do nada um aviso enorme que não haveria aulas hoje por conta de um problema nos canos da escola.

O que será que aconteceu? Que estranho... Vou ficar em casa pelo jeito. Depois de ler o aviso, entro no papel que havia os horários, salas e matérias de Tae. Peguei minha mochila e olhei se os horários dele batiam com os meus, mas por infelicidade, ficamos juntos apenas em 2 aulas: Artes e química. Pelo menos tem 2 lados bons: primeiro que é melhor do que nem ficar juntos, segundo que é uma das minhas matérias favoritas e vou ficar com o Tae! Oba!!! Salvei o papel e compartilhei para o e-mail de Tae.

Finalmente eu havia acabado. Fechei o computador e me espreguicei toda, estalando meus dedos e minhas costas. E então com um ato de coragem, me levantei da cama.

Fui até o banheiro, retirei meu pijama e então entrei debaixo do chuveiro, recebendo a água gostosa e morna bater em minhas costas, o alívio, cansaço, sono iam tudo embora depois de um bom e quente banho.

Lá no Brasil eu tomava banhos com água gelada de manhã, mas por que era muito quente. Aqui, eu não preciso de água gelada para sentir frio. Soa até engraçado.

Após um tempo perdida em meus pensamentos, acordo pra vida e saio do banho, me enrolando na toalha a qual eu nem precisa segurar pois ficava presa por meus peitos.

Sai do banheiro com uma aura completamente diferente da que eu entrei, coloquei uma roupa quentinha e confortável, havia decidido ficar em casa o dia todo, sem sair para nada e só aproveitar para ficar com o meu Taezinho que acabou de chegar do Brasil.

Depois de terminar de me arrumar, vou até a frente do quarto do Tae e quando estou prestes a bater, ele abre a porta me dando um belo de um grande susto.

- Que susto garoto! Quer me matar do coração?! Meu pai eterno! Creendeuspai, avemariajosé!

~ Coloco a mão em meu coração, o qual batia muito rápido. Ele dá uma pequena risada e então se pronuncia ~

- Não posso fazer nada, além do mais, eu também não fiz isso de propósito.

- Aish, tá bom tá bom...

- Eu recebi o seu e-mail, em quais aulas nós ficamos juntos?

- Só em Artes e química.

- São poucas, mas são as minhas preferidas! Em artes mexer com tintas e em química mexer com elementos! Adorei! Ficamos juntos nas matérias mais legais.

- Vendo por esse lado, vai ser muito divertido!

- Mudando de assunto... Por que você ainda não está pronta para ir a escola?

- Eu vi um aviso no site que não haveria aula hoje pois aconteceu um problema com os canos da escola.

- Hum... entendi... E vai ficar em casa? Por que não sai com seus amigos?

- Eu sairia, mas primeiro: eu conheci eles ontem, por isso ainda não tenho o número deles e segundo: você chegou ontem e eu vou te abandonar? A-T-A, deixar meu priminho delícia sozinho em casa? Ah, por favor né?

- Eu também te amo.

- Eu sei. Por enquanto vou ficar lá na sala, vou fazer brigadeiro e pipoca! Então termina o que você tem que terminar logo e desce pra ficar comigo!

- Brigadeiro?! Opa, vou descer sim!

- Só por causa do brigadeiro?! Não vou fazer mais também.

~ Faço uma mini birra zuando ele ~

- É por que eu estava com falta da minha pequena e quero comer com ela o nosso doce preferido!

- Hum, ta perdoado.

~ Dou um sorriso sapeca e desço as escadas ~

Fui na cozinha e preparei as delícias. Depois que terminei, liguei a Netflix na Tv e coloquei um filme aleatório.

Tempinho depois, Tae desce e ficamos a tarde inteira assistindo filme e séries.

Quando pego meu celular, me assusto ao ver que já são 10:00 p.m hrs.

- Tae! Já são 10 da noite!!

- OQUE?? JÁ?! PUTZ, tem coisa pra comer?! Você já fez as compras pra casa?

- Vish! Esqueci!! Aishhh

- Vamos fazer o seguinte então: que tal a gente ir comprar Lámen? Por que já está muito tarde para gente ir em um mercado fazer compras, duvido que tenha um aberto... Vamos na conveniência. Amanhã depois da escola, a gente vai no mercado e compra coisas para casa! Que tal?

- Ótima ideia! Vou subir pegar nossos casacos, espera só um minutinho!

~ Subi correndo as escadas, fui em meu quarto e peguei meu casaco de frio e depois no quarto de Tae pegar um casaco pra ele ~

- Aqui! Coloca seu casaco!

~ Tae pega o mesmo e coloca ~

- Uau, que gatão! Escolhi o certo!

~ Ele ri soprado ~

- Obrigado

(A: Quem quiser ver a roupa do Tae, o link tá nas notas finais)

Saímos de casa então finalmente andamos naquele frio maravilhoso, eu amava o frio, era maravilhoso. O ar gelado e frio batia sobre meu rosto fazendo meus cabelos ficarem esvoaçantes, tipo igual aquelas cenas de filme? O frio percorria meu corpo todo, me dando uma sensação gostosa e boa, era maravilhosa a sensação. E a neve caindo sobre mei casaco e cabelos? Era linda, caia que nem penas de um travesseiro após uma guerra com o mesmo. Claro que depois derretia e congelava a cabeça mas ainda assim era bom.

Chegamos em fim na conveniência, pegamos 2 lámens para comer, esquentamos no microondas que havia lá e então nos sentamos na bancada lá mesmo e comemos nossa maravilhosa comida de úlmtima hora, o macarrão. Um salva vidas para casos assim!

Terminamos de comer e voltamos de volta a nossa casinha com as barrigas estufadas de tanta comida.

Mas chegando lá, avisto algo estranho em minha porta, um papel grudado na mesma com listras em vermelho chamando minha atenção, cheguei mais perto do mesmo e estava escrito:

" Querida moradora,

Retire-se desta casa até amanhã, estamos passando por problemas financeiros e precisamos despeja-la, vamos pagar o reembolso deste mês e a multa por quebra de contrato, portanto retire-se desta casa até o amanhecer de amanhã!

Obrigada pela atenção, ass: Su hee."

- OQUE?! Meu deus, Tae! Pra onde a gente vai ir em plena noite?! Essa mulher tinha que ter avisado antes! Ela é louca?!

- Não podemos julgar, vai saber que horas que ela colocou esse aviso aí? A gente só saiu de casa agora!

- Mas mesmo assim! Pra onde a gente vai ir? Tinham que ter avisado com uma semana de antecedência para que a gente tivesse arranjado outro lugar!

- Calma, respira fundo! Eu já seu pra onde a gente vai ir! Arruma suas malas e caixas, vou entrar no site, ligar e então saímos com o meu carro!

- Você tem carro?! Mas eu não vi carro nenhum!

- É por que eu guardei ele na garagem né cabeçuda?! Ganhei de presente da minha mãe.

- Ahhh entendi... Mas pra onde a gente vai ir?

- Depois eu te explico! Vamos aproveitar antes que seja muito tarde!

~ Entramos para dentro de casa e começamos a arrumar tudo ~

O lado bom era que a casa era alugada e mobiliada, então só tínhamos que pegar nossas coisas e sair daqui, sem precisar empacotar móveis e tal. Pelo menos né...

~~~ Quebra de Tempo ~~~

Depois de pouco tempo, já tínhamos organizado todas as nossas coisas e estávamos a caminho de onde o Tae havia comentado.

- Tae, pra onde estamos indo?

- Estamos indo para uma Host Family.

- Sério?! Nossa!!! Que legal!! Quer dizer que a gente vai morar com uma família coreana?!

- Vamos, com a tal família e mais quem morar lá.

- "E mais quem morar lá?" Como assim?

- A dona me avisou que já havia algumas pessoas morando já com ela, seu marido e filho. Os amigos do filho dela para ser mais exato. Aí ela perguntou se havia algum problema com isso.

- Hum... entendi...

- Aqui.

~ Ele me dá o telefone dele ~

- Me ajuda a achar essa casa aí. É a casa deles.

- Ok

~ Olhei para a foto e UAU, QUE CASA! CASA NÃO, UMA MANSÃO! ~

[Link da casa inteira nas notas finais]

- PUTA QUE PARIU! QUE FUCKING CASA É ESSA?! QUE MA-RA-VI-LHO-SAAAAAAAAAAAAA! GESUIS, EU NUM ME MUDO MAIS NAUM!

~ Ele dá um sorriso soprado ~

- Linda né? Estava registrado com 5 estrelinhas em respeito a tudo. Quarto, hospedagem, comentários bons sobre os proprietários e as garotas falaram que apaixonaram nas crianças que moram lá.

- Imagino, devem ser umas fofuras!

- Falando na casa, olha ela aí.

- MEO DEOSSSSSSSSSSSS, já vou avisando, eu vou morar com essa ajumma*!

/Ajumma* Tia/senhora mais velha/

- Ata, sonha viu! Depois que a gente se formar, não podemos continuar morando aí.

- Aishhhhhhhhhhhh, tá bom tá bom...

~ Ele estaciona o carro em frente aquela luxuosa mansão e somos logo recepcionados pelos proprietários, um casal não muito velho, a mulher aparentava ter cerca de 33 anos e o homem cerca de 36 anos. Não eram muito velhos. ~

Eles nos recepcionaram muito bem, falaram que podíamos subir pois tinham 2 quartos vagos, um para mim e um para Tae. Só pediram para que não fizéssemos muito barulho, pois o filho dele e os amigos já tinham dormido. Fizemos o mínimo de barulho possível, pois sabemos como crianças demoram pra dormir.

Só colocamos nossas coisas dentro do quarto, iríamos arrumar amanhã, pois já estava muito tarde e teríamos que acordar cedo amanhã.

Pedi a senhora que me desse uma pílula para dormir pois eu estava com "problemas de insônia". Eu tomei e subi para meu quarto.

Tomei um banho rápido, coloquei o pijama, deite na cama e adormeci.

~~~ Quebra de Tempo ~~~

Sou acordada por Tae que não parava de me chacoalhar.

- Mas que saco Tae! Me deixa dormir! Aish!

- Eu tenho que conversar com você sério!

- O que é tão importante para você me acordar tão cedo?

- Sabe as "crianças" que falaram nos comentários?

~ Ele faz aspas ~

- Sei sim, por que fez aspas?

- Eu entrei de novo no site e vi que aquele comentário foi postado a 4 anos atrás.

- Tá e daí?

- E daí, que essas "crianças", não são mais crianças!

- Vai logo ao ponto principal Tae, você está me confundindo!

- Os garotos que eram para ser crianças, são adolescentes de 17 anos.

- Da nossa idade? Ainda assim, e daí?

- E daí que eles não são feios. São que nem eu.

- QUEEEEEE?!?! São gostosos e delícias?!??! Meu pai amado, isso que é o destino!

- Destino uma ova! 6 garotos contando comigo morando com 1 menina?! Onde já se viu isso?! Perai, você disse que eu sou gostoso delícia?

- Calma Tae, tem os pais deles aqui, os quartos são separados e outra, a gente sozinhos já fez coisa pior!

~ Ele engole seco ~

- C-Como consegue falar sobre isso tão tranquila?

- Por que é você Tae, já aconteceu, já fizemos e já foi, não tem como dar o passo pra trás. Agora que você me acordou, pode me dar licença? Vou tomar um banho e descer para conhecer meus colegas de quarto.

- Tá bom. Vou fazer o mesmo, me espera antes de descer!

- Ok! Até...

~ Entrei no chuveiro e liguei a água gostosa ~

Eu não sonhei hoje, realmente tomar remédio vai me ajudar! Eu gostaria de ver Jungkook outra vez, eu amo ele. Mas, não posso continuar assim, minha cabeça vai pirar aos poucos e eu posso realmente ficar louca. Eu fiz a escolha certa.

Depois de acordar de meus pensamentos e para a vida, desliguei o chuveiro, peguei a toalha e sai do banheiro.

Quando abri a porta quase pulei de susto ao ver Tae deitado em minha cama, olhando para o teto.

- TAE! DA PRA PARAR DE ME ASSUSTAR CÃO?! Aish... por que está no meu quarto?

- Achei que você já estava pronta, por isso entrei, mas aí ouvi o som do chuveiro ligado e resolvi esperar.

- Eu estou só de toalha e você ainda nem levantou a bunda daí pra sair do quarto e me deixar colocar as minhas roupas?

- Coloca, eu já vi seu corpo mesmo, e já fizemos coisas piores. Que nem você falou mais cedo.

- Como entrou aqui?

- Pela porta né? Por onde mais?

- Eu achei que tinha trancado a porta...

~ Faço uma cara cosfusa ~

- Trancou sim, mas eu tenho uma cópia.

- Você tem uma cópia? Por que? Aish, quer saber, esquece. Não quero nem saber o motivo. Mas... você ainda não saiu do meu quarto por que?

- Hã... digamos que você tenha um corpo muito bonito.

- Tá, e daí?

- E daí, que tudo que é bonito tem que ser admirado.

- Meu deus Tae...

- Coloca logo. Você é tão rápida colocando a roupa que quando ver já estará de roupa e nem vai perceber que eu estou aqui.

- Se você falar alguma coisa, eu te quebro no cacete.

- Esse trabalho é meu.

- TAE! Meu pai eterno, só fica quieto.

- Com todo prazer.

~ Vou até meu guarda roupa, pego meu uniforme e o coloco em cima da cama ~

Faço o que Tae disse, finjo que o mesmo nem está ali e solto minha toalha revelando meu corpo e rapidamente coloco meu uniforme. Eu fui realmente rápida! Vou começar a confiar mais no Tae.

- Viu? Não te disse que nem ia perceber que estou aqui? Vamos descer tomar café e para você conhecer seus colegas de quarto?

- Vamos!

C o n t i n u a...


Notas Finais


Roupa do Tae >
https://goo.gl/images/Ni9BYt

Entrem nesse site para ver a mansão por completo: A frente, piscina, sala de cinema, academia etc. Recomendo olharem para terem uma imaginação maior ao lerem.

https://www.zillow.com/homedetails/1307-Sierra-Alta-Way-Los-Angeles-CA-90069/20535083_zpid/

Obrigada por lerem! Se gostaram dá uma curtida e comente o que acha que vai acontecer no próximo Capítulo!

Bjs da miah! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...