1. Spirit Fanfics >
  2. Luz dos meus olhos. ( Jikook ) >
  3. Capítulo 11

História Luz dos meus olhos. ( Jikook ) - Capítulo 11


Escrita por:


Capítulo 11 - Capítulo 11


Fanfic / Fanfiction Luz dos meus olhos. ( Jikook ) - Capítulo 11 - Capítulo 11

Enfrentando seus medos.

Após a conversa que tivemos no terraço, me senti mais calmo... Nada como ter alguém pra te ouvir na hora que bate aquela tristeza. 

Ao mesmo tempo, criei dentro de mim um conflito entre o medo e a vontade de tentar, na questão da cirurgia.

Descemos do terraço, indo até o meu escritório. Aproveitei essa bagunça de sentimentos que se instalou em minha cabeça, pra jogar tudo no livro. 

JungKook ficou ao meu lado, me ensinado a usar minhas ferramentas. Verificando tudo, fazendo uma revisão enquanto eu falava. Quando viu que estava tudo certo, me pediu pra continuar. Ficou ao meu lado, sem me interromper, no mais absoluto silêncio.

Após eu terminar o primeiro capítulo, JungKook colocou pra eu ouvir o capítulo.

– Jimin, o que você acha de publicar seu livro assim, ou dar esse suporte na versão digital?– JungKook sugere.– Eu por exemplo, gosto dos seus livros... Mas não tenho tempo pra ler. Eu trabalho ouvindo música... Eu poderia trabalhar ouvindo seu livro... Eu gostei muito de te ouvir narrando sua história... Tem emoção na sua voz. Achei interessante, pois assim eu acompanharia a emoção que você sentiu a cada palavra.

– Olha, eu também gostei. – Digo sorrindo. – Sua sugestão é maravilhosa. O livro poderia ser vendido também em forma de pendrive, onde você escolheria ler ou ouvir. Você poderia me ajudar com isso, pelo menos uma vez por semana. Durante a semana eu escreveria em braile, e no dia que você estiver disponível, eu leria o que escrevi, eu faria as duas formas de uma única vez.

– Claro que te ajudo.– JungKook fala animado.– Eu trabalho enquanto você estiver na escola, de tarde eu venho te ajudar. Acho que a emoção de criar, ficará melhor que você lendo. Podemos fazer assim, o que acha?

– Eu acho ótimo.– Digo sorrindo.– Você está me levando para outro caminho... Abrindo novos horizontes. Eu não havia pensado nisso... Meus amigos vão poder “ler” meus livros.

– Hoje o mundo está muito visual, muitas vezes, eu me canso de ler, minhas vistas ardem... Mas ouvindo, não cansa.– JungKook diz.– Sem contar que você ouve em qualquer lugar, basta colocar o fone de ouvido.

Com a ajuda de Jungkook, fiz mais três capítulos. Vi que dessa forma, é menos cansativo que escrever... Eu posso jogar meus pensamentos de forma livre.

– Viu, você fez quatro capítulos em menos de duas horas.– JungKook comemora.– Narrando e muito mais rápido. Agora eu vou fazer a revisão da forma escrita. Só pra colocar as pontuações. A narrativa, vai me ajudar a fazer isso. Caso você queira descansar, pode ir... Eu uso os fones.

– Eu vou me sentar aqui, pra te fazer companhia.– Digo me sentando na poltrona.– Eu estou surpreso com sua criatividade.

Passamos a tarde toda no escritório, meu pai levou nosso lanche, aproveitando pra verificar como estava ficando o livro.

JungKook conta animado sua sugestão de fazer o livro em forma de áudio. Meu pai aprovou.

– Olha, estou vendo que essa dupla vai longe. – Meu pai brinca.– Você é muito inteligente, JungKook. Além de ajudar meu filho, ainda o incentiva a seguir em frente. Estou amando a amizade de vocês!

Sorrio ao sentir a emoção na voz do meu pai. Ele já havia me dito que gosta dos meus amigos, agora falou diretamente para Jungkook.

– Eu acredito que amigos de verdadeiro são assim.– JungKook comenta.– Temos que dar apoio, suporte... E de vez em quando... Uns puxões de orelhas.

– É desse jeito.– Meu pai fala rindo.– Eu vou deixar vocês aí criando...

– Para um pouco, vem lanchar.– Chamo. – Amanhã terminamos isso. Você já deve estar cansado.

– Quando eu foco em alguma coisa, eu perco a noção do tempo.– JungKook fala.– Estou gostando muito de participar da criação do seu novo livro.

– Esse aplicativo que você criou é maravilhoso.– Digo. – Eu poderei ouvir o que escrevi pelo celular, e corrigir se for necessário.

– Sim, vai poder usar sua criatividade onde estiver.– JungKook diz enquanto toma seu lanche.– Amanhã você vai ao médico, eu vou terminar os relógios pra você levar na terça-feira.

– Não, você vai levar comigo.– Digo. – Assim, você conhece a escola, os alunos... Vê como funciona.

– Eu aceito o convite.– JungKook diz me fazendo sorrir.– Eu vou pra casa pra você descansar.

– Então, até amanhã. – Saímos juntos do escritório.– Quando eu chegar do oftalmologista, eu te envio uma mensagem. Boa noite.

Após JungKook sair, vou para meu quarto. Entro no banheiro pra tomar banho, visto uma calça de moletom e uma camiseta, e vou dormir.

Acordo com o barulho do celular despertando. Me arrumo, logo desço. Após o café saímos para a consulta.

– Amanhã, JungKook vai na escola levar os relógios.– Digo. – Eu disse pra ele ir com a gente, pra conhecer a escola.

– Que bom. – Kai diz prestando atenção no trânsito. – Ele trabalha muito rápido.

– Sim, você precisa ver ele me ajudando com os equipamentos.– Digo. –  Ele é muito inteligente.

Chegamos no hospital, e eu fico um pouco apreensivo. Logo sou chamado.

– Bom dia.– Digo assim que entro no consultório.

Kai me acompanha.

Após alguns exames.

– Jimin, você tem certeza que não quer fazer a cirurgia?– Dr. Choi pergunta.– É rápido, você vai embora no dia seguinte. Você faz os exames necessários num dia, volta no outro pra fazer a cirurgia e fica somente o período para observação.

– Qual a probabilidade de eu voltar a enxergar?– Eu pergunto. – Quais as minhas chances?

– Eu não te garanto cem por cento, mas as chances são grandes.– Dr. Choi responde.– Então, vamos?

– Sim, eu já adiei tempo demais. Se der certo, ótimo se não der, eu tentei. – Digo decidido, lembrando das palavras de Jungkook. – Quando será a cirurgia?

– Assim que os exames estiver pronto..– Dr. Choi responde.– Vou já fazer o pedido dos exames. Assim que estiver pronto, te aviso pra marcar a cirurgia. Os exames você já pode fazer hoje.

Kai me leva pra fazer os exames. Confesso que estou muito nervoso, com medo... Pra ser sincero.

Depois dos exames fomos pra casa. Assim que eu chego, mando uma mensagem pra JungKook. Conto sobre minha decisão. Não demora muito, ele chega em minha casa.

–Estou feliz por você.– JungKook diz se sentando ao meu lado no sofá.– Marcou pra quando a cirurgia?

– Assim que sair o resultado dos exames.– Digo.– Eu confesso que estou com medo.

– Não tem motivos pra ter medo.– JungKook segura minha mão. – Pensando positivo.

– Vamos almoçar.– Digo me levantando.– Amanhã vamos juntos para a escola.

– Tudo que o mestre mandar. – JungKook fala sorrindo.– Estou muito feliz, sei que vai dar tudo certo!

Após o almoço, fomos terminar o livro.

Durante duas semanas, passamos criando, revisando. JungKook me ajudou a deixar tudo perfeito. Enviei o livro para a editora,  no e-mail a sugestão do áudio. Logo recebendo o retorno por e-mail.

– A sugestão do áudio foi aceita. – Digo feliz. – A cirurgia está marcada para amanhã.

– E como você está?– JungKook pergunta.– Fica tranquilo que já deu tudo certo!

– Ainda estou com medo.– Digo.– Você vai comigo? Pelo menos até o hospital?

– Claro que eu vou!– JungKook diz.– Vai descansar, que eu preciso terminar uma coisa ainda hoje. Até amanhã.

JungKook vai embora, eu fico pensando... Tentando prever o dia de amanhã... Vou pro meu quarto, após o banho, vou dormir.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...