História Maçã de Rubi - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Tags Romance
Visualizações 18
Palavras 3.599
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Tá aí o capítulo novo tão esperado e pra quem está contando só faltam 3 capítulos para uma surpresinha bem quente se é que vocês me entendem, he he he he , há eu decidi que o apelido de vocês vai ser ...

Capítulo 3 - Guerra é guerra!


#Liria

Eu acho que estou sonhando com muita frequência , isso não está normal. Como nos outros, vai ser mais uma noite de pesadelos. Lá estou eu correndo pela grande mansão do amigo do meu pai , eu e o filho dele ( que era por sinal meu único amigo) fugindo de alguém que acabou de disparar vários tiros contra os empregados , estávamos chegando no quarto dele , nos trancamos e nos escondemos no closet- Calma Líria , vai ficar tudo bem eu prometo-ele disse já me abraçando , eu chorava muito por conta do pânico, eu acabei desenvolvendo muito medo do escuro por causa do que aconteceu naquela noite- anjinho, ele está chegando perto

-calma eu tô aqui e prometo não sair do seu lado , lembra da nossa promessa que vamos crescer e fugir juntos, então prometo que nada vai nos acontecer até isso se realizar e a gente realizar a nossa vingança-como eu queria que isso tivesse se realizado , após ele terminar de falar a porta do quarto abre e revela a figura assustadora do homem que acabou de atirar na babá do anjinho 

- nem tentem fugir crianças eu vou mostrar ao pai de vocês o que acontece com quem meche com a máfia 

Eu paralisou de medo e sem querer gritei 

- aí estão vocês , venham eu vou brincar com vocês 

Ele pega a arma e aponta pra mim e atira , mas o anjinho pula na frente e acaba recebendo um tiro no peito , eu grito e ouço sirenes da polícia e o cara sai correndo do quarto e eu fico ali com ele sangrando , ponho sua cabeça no meu colo- anjinho , anjinho por favor não me deixe aqui sozinha , como eu vou fugir sem você, eu não posso ficar sem você- faço cafuné na cabeça dele a essa altura eu já estou quase morrendo de tanto chorar de ver aquele ser de cabelos loiros ondulados quase cacheados de olhos azuis e pele branca , realmente um verdadeiro anjo que sempre me salva do tédio da minha casa pela janela , sempre lá para me abraçar quando estou chorando - Líria me desculpa eu não consegui realizar minha promessa - após essas palavras eu não aguento e sinto algo nas minhas costas e um barulho de tiro e tudo fica negro que nem a mais pura trevas

Eu acordo chorando muito, e sinto um peso sobre minha cintura que me aperta , não entendi nada e quando vejo é o Sh do meu lado , eu fico com muita raiva até penso em acorda-lo e tira ele dali a ponta pés mas lembro do que aconteceu , mas tudo isso muda quando eu sinto ele passe a mão pela minha bunda e vejo que ele está acordado com um sorriso besta e empurro ele da minha cama e ele vai de encontro como chão 

- tá ficando louca , depois de tudo o que eu fiz ontem por você  é assim que você me agradece , aff , nunca mais faço nada pra você 

- se chato , não é por que você me ajudou ontem é que tem direito de ficar passando a mão pelo meu corpo , seu babaca

- Há , foi por isso que me empurrou da cama ,  desculpa é involuntário , por que só tem garotas na minha cama de manhã quando eu dei um bom trato nelas a noite,então eu tenho que ser pelo menos um pouco carinhoso não?

- me poupe de saber detalhes da sua vida e sai do meu quarto!

- tá bom sua chata

Eu não tinha percebido por que ele caiu enrrolação no cobertor mais quando ele levantou eu vi que ele só estava de cueca box o que deixou bem visível seu abdômen e peitoral definidos, mesmo sendo eu que ele odeia tinha como não cogitar a ideia de que ele tivesse feito algo enquanto eu dormia 

- que foi gosta do que vê?

-para com a palhaçada e sai logo daqui - digo jogando um travesseiro nele que já estava na porta do quarto com aquele sorriso travesso de quem aprontou algo , sério por um momento achei que meu coração tivesse acelerado , Meus Deus no que estou pensando, é ele o Sh i garoto que sempre implicou com você desde o dia que te viu- obrigada- disse baixinho quando ele já tinha saído

respiro fundo e vou até o banheiro faço minhas higienes e vou até meu guarda roupa e preucuro minhas roupas da escolas aquelas sem estilo nenhum , mas eu procuro e preucuro mas não acho, 

-aquele garoto oque ele fez

Eu vejo um pedaço de uma saia e sigo até o corredor e vejo que ele despedaçou todas as minhas roupas, eu vou te matar Sh mas não vai ser com faca não é sim vou te matar de tanto sangue que você vai perder por que o seu queixo vai cair é você vai ver o que eu vou fazer com as suas roupas

Eu volto para o quarto e pego um dos meus vestidos mais bonitos , era um de manga longa de renda branca e de ombro reto com o corpete que ia até a sintura decorado com várias pérolas e a saia era rodada godê lisa com pingentes em cada volta das ondas e um pouco mais curta então aparecia a sua anágua pra que ficasse armado ele ia até o meio da minha coxa e faço o laço preto atrás do vestido que fecha que nem aqueles espartilhos,  ponho uma meia calça cor de pele que amo de paixão  ,  ponho meus sapatos pretos altos com borboletas que iam da base do salto até o fexo do sapato que era na canela , faço cachos no meu cabelo , e de maquiagem uma base e corretivo além de um rímel preto e um batom vermelho cereja , de acessórios um colar de três linhas de pérolas que eu também amo e um brinco de pedrinha pego minha luvinhas e minha mochila e quando eu estava na porta lembro do perfume , volto ponho o mesmo é saio em direção às escadas quando vou devendo vejo Sh jogado no sofá comendo uma maçã e olhando o celular , mas após perceber que eu estava ali ele para

- até que enfim , achei qu- ele para de falar quando me olha , fica me fitando boquiaberto, me olha de cima a baixo e só consegue dizer- linda, você está linda demais!

- Vamos eu não quero chegar atrasada - digo já na porta 

Nós saímos fomos até o carro, entramos é o caminho até a escola foi silencioso, eu fiquei o tempo todo olhando pra janela, mas podia  sentir o olhar dele em mim não parou um segundo de me olhar até chegarmos ao nosso destino, ele sai  primeiro e me estende a mão para me ajudar a sair, eu simplesmente ignorei , então ele veio até mim 

- acho melhor você ficar perto de mim, esses garotos não tem respeito e podem tentar algo- ele diz fazendo uma cara de poucos amigos para um garoto que estava me olhando como se eu fosse um diamante que ele queria roubar ele falou que ia falar com um garoto e já voltava enquanto isso um garoto que pelo jeito que se vestia parecia popular se aproximou de mim , mas como eu não ligo pra ninguém eu não o conheço 

- nossa olha o que temos aqui , carne fresca e parece ser bem fresca mesmo , ei por que eu e você não vamos dar uma volta sozinhos pra te mostrar a escola , em novata

- sai daqui , eu não vou a lugar nenhum com você! 

- há vai sim, vamos eu sei que você vai gostar e se for boazinha vou te dar um tratamento mais adequado- enquanto ele falava pegava na minha cintura 

- ela não vai a lugar nenhum com você- o Sh já chega empurrando o garoto com força para longe de mim- até porque a Liria conhece muito bem a escola 

- que? como assim? Não acredito que é você Líria , é está bem diferente, Agora parece uma garota, mas e você Sh o que está fazendo com ela aí , eu vi que vocês chegaram juntos é sério que já levou ela pra cama , você é bem rápido e percebe como as garotas são por baixo da roupa por isso você vivia enfernizando ela, é realmente agora tudo faz sent-

- CALA ESSA BOCA SE VOCÊ NÃO QUISER MORER- o Sh joga ele contra a parede e encara o garoto apertando forte o pescoço  do mesmo- se disser que a Liria dormiu comigo ou com qualquer outro garoto que segue você está morto , ouviu bem Caco 

- ok

Ele solta o garoto e me pega pelo braço e me puxa até a sala de aula e tranca a porta e me pega no colo e me põe em cima da mesa do professor e põe as mãos apoiadas na mesa entorno de mim me prendendo 

- escuta bem por que eu só vou dizer uma vez tá 

- o-ok

-nunca , nunca, fique com o Caco ele só vai te usar e jogar fora como as outras garotas, fique esperta ele não desiste fácil- após a última palavra ele tira as mãos da mesa e põe na cabeça fazendo-a pender para trás- você só me traz problema, agora eu vou ter que ficar com você o dia inteiro 

- Eu não estou te pedindo nada tá- por um momento, só por um momento eu achei que ele estivesse preucupado comigo, mas não ele só está preucupado com ele mesmo

Ele vai até o fundo da sala, sobe em uma das mesas e vai até uma lâmpada no teto e lá ele liga algo e olha no celular e parece verificar se estava tudo certo, ele desce da mesa

- eu sei que você vai reclamar se eu ficar ando com você pra lá e pra cá 

- realmente- digo revirando os olhos

- então se tiver algum problema vá até a biblioteca, seção 14 última estante da esquerda, sétima prateleira de baixo para cima , o terceiro livro azul depois do verde da direita para a esquerda puxe ele é você vai me encontrar entendeu e guardou tudo- faço que sim com a cabeça- ótimo , alguma pergunta

- sim, como você não reprova sendo que você nunca está na sala pra assistir as aulas? Aposto que você só tem nota vermelha!

- você viu o que eu botei na lâmpada, era uma câmera, eu gravo todas as aulas e as assisto em casa quando eu quero

- tá mas e as faltas, como você responde a chamada se não está aqui

- eu pago um nerd pra responder a chamada por mim, mas alguma pergunta 

- não só isso

- beleza , eu já vou- ele chega perto e me dá um beijo na bochecha eu fico paralisada- acho que eu tô ficando doido

- é eu também acho- eu saio da sala, eu não posso dizer que não senti nada, aquele beijo está formigando onde ele me beijou , eu estava correndo pela escola, estava com um sorriso no rosto daqueles, até que eu estarei em uma pessoa

- olha o que temos aqui!- era o Caco- cadê o Sh não está com você, bem já que ele não está aqui para atrapalhar que tal a gente ir até um lugarzinho bem especial em?

ele me diz com um sorriso malicioso,  agarrou o meu pulso e saiu me puxando pela escola, ele me levou até um lugar onde não tinha ninguém, eu reconheci esse lugar na mesma hora eu reconheci era o depósito da escola, sei disso pois da para ver das janelas da biblioteca da escola e agora sei quem vai lá todos os dias, ele é mais uma garota, mas o que ele vai fazer lá eu ainda não descobri

Ele abre a porta e me empurra lá dentro, por fora você não diz que uma casinha Branca com duas janelas e uma porta seria tão grande, mas vendo por dentro é realmente bem grande, acho que é mais ou menos do tamanho da nossa sala de jantar e a nossa sala de jantar e exageradamente grande, ele fecha a porta com a chave depois a põe em cima de um móvel qualquer que havia alí 

- Está com medo? Não deveria já que você deve ter passado a noite fazendo o que eu vou fazer agora com você, sabe eu nunca iria desconfiar que era isso que você escondia debaixo daquelas roupas ridículas e por mais que eu odeie o Sh eu tenho que admitir ele tem bom gosto pra mulheres, mas chega de papo vamos eu sei que você me quer e eu te quero ou melhor quero esse seu corpo bonito- ele olha todo o meu corpo com um olhar que eu não sei bem qual seria 

- O que você vai fazer comigo?

- hahahaha não se faça de sonça eu sei que passou a noite toda transando com o Sh então ele te machucou muito por que eu vou te machucar muito Mais-valia ele se aproxima de mim pega na minha cintura e trilha beijos molhados por todo o meu pescoço eu entro em pânico se eu não fizesse nada ele iria abusar de mim, até que eu lembro que o Sh disse que estaria na biblioteca então não tive outra opção eu gritei o seu nome 

- mas oque, sua idiota-ele levanta a mão e me dá vários tapas e socos- agora não vou perder meu tempo com introdução eu vou direto ao ponto- ele me vira contra uma mesa que tinha ali e sobe a saia do meu vestido, por favor Sh chega logo

# Sh

Depois de sair da sala eu fui até a biblioteca seção 14 última estante da esquerda sétima prateleira de baixo para cima o terceiro livro azul depois do verde e o puxei revelando assim uma sala com dois sofás uma mesa grande e uma poltrona e uma escada que levava ao segundo andar da sala após subir as escadas me jogo na cama e observo pela janela o jardim com aquela casinha, toda vez que eu vejo o caco passar por essa janela ele está acompanhado por uma garota e o que ele faz com ela naquele lugar, bem acho que vocês já podem imaginar, deixo de dar atenção a janela me levanto e vou até o piano que se faz presente alí senti no banco e começo o me preparar para tocar mas como sempre fico observando esse lugar, ao lado da cama dois criados mudos um guarda -roupa  é uma mesa com uma cadeira e sobre a mesa a minha caixa de primeiros socorros e a outra com meus desenhos e objetos para que eu possa realizar o processo de desenhar, me levanto e deito novamente na cama e fico pensando como eu acordei na cama da Líria hoje de manhã eu só lembro de sair pra encontrar alguns amigos e beber muito o que me rendeu uma ótima dor de cabeça que não parou até agora, e depois disso não tenho nenhuma memória, eu só espero não ter transado com a Líria eu não sei se aguento essa notícia e acho que vou ter que perguntar a ela o que aconteceu, essa garota me irrita profundamente, eu nunca fiz nada pra ela e ela sempre me tratou como o pior inimigo dela então eu agora faço o papel de tal inimigo que sinceramente não sei o que eu fiz pra ela me odiar tanto, eu só quero ajudar mas ela sempre, sempre me irrita, mas ela bem que me pagou depois que eu cortei aquelas roupas ridículas , ela tem um estilo próprio com aquelas roupas eu só não entendo como ela não usa, mas eu acho que estou começando a descobrir o por que, do jeito que ela chegou na escola e todos os garotos ficaram olhando como se ela fosse algo que eles queriam roubar, ela não ficou muito confortável com essa situação ainda mais depois do Caco ficar dando em cima dela descaradamente e eu que não vou deixar isso acontecer, não que eu goste dela só que é complicado, eu não gosto quando, a quer saber deixa pra lá eu tô é precisando é dor-

-SH!!!!-PERA ESSA NÃO É A VOZ DA LIRIA 

Eu vou até a janela e vejo pela janelinha do depósito que o Caco tá pensando a Líria na mesa e ela tá com a saia levantada, não ele não vai fazer o que eu tô pensando, mais não vai mesmo, sai mais rápido que o flash e cheguei na porta do depósito tento abrir mais está trancando forço mais uma vez e eu não me aguento e chuto a porta com força até aromba-la  e vejo a cena mais repugnante que se poderia ter a Líria com a parte de cima do vestido abaixada a saia levantada chorando enquanto o caco estava sem camisa e como fexo da calça aberto 

- DEAGRAÇADO OQUE VOCÊ PENSA QUE ESTÁ FAZENDO, IDIOTA EU VOU TE MATAR- eu soco a cara dele e pego pelos cabelos e levo ele pra fora  

- por que tá assim Sh , pelo o que eu saiba você dorme com as garotas e depois deixa elas pra lá 

- VOCÊ NÃO SABE DE NADA E NAO PODE FALAR NADA POR QUE VOCÊ É PIOR , NÃO ACEITA QUE ELA NAO QUWR VOCE POR ISSO TEM QUE FORÇAR-LA PRA ISSO, SEU CANALHA EU VOU TE MOSTRAR OQUE AXONTECE COM PESSOAS COMO VOCÊ-eu não aguento mais é começo a socar ele , desfiro chutes, socos ele consegue me acertar um soco quando ele está no chão a Líria grita

- Chega Sh você vai matar ele, para

- Da próxima vez que você fizer isso eu pessoalmente trago a polícia pra te levar

Me viro e vejo que o vestido dela está rasgado e ela visivelmente assustada eu a pego no colo e levo para a biblioteca, que sempre está vazia, o por é que ninguém nessa escola gosta e estudar, vou até a sala escondida , a levo até a parte de cima e a ponho na cama, ela me puxa e me abraça e ficamos assim por um bom tempo antes de ela começar a falar 

- Obrigada por me salvar,eu nem sei o que teria acontecido se você não tivesse me salvado- após terminar de falar ela começa a chorar eu a abraço mais forte e deposito um beijo em sua cabeça , apoio o meu queixo na mesma e fico com ela ali e não me importo com que os outros vão dizer, mesmo que nós não nos demos bem eu nunca iria desejar isso pra alguém 

- Líria eu acho que é melhor você trocar de roupa- me afasto dela, em quanto a mesma se recupera do susto e observa o lugar facinada  dirijo-me até o guarda-roupa e pego um moletom que vai ficar grande nela, eu a entrego e vou até a janela ficando de costas para que ela tenha privacidade para se trocar 

Enquanto ela se trocar observo da janela o desgraçado com a namorada dele , é isso mesmo que você ouviu , ele tentou abusar da Liria mesmo tendo namoradas que não se limita somente a essa garota que está cuidando dele me dá repulsa só de pensar o que ele teria feito com ela se eu não tivesse chegado lá 

- esse lugar é incrível, então é daqui que você fica tocando sua guitarra 

Após esse comentário saio de meus pensamentos

- é eu fico enfurnado aqui todas as aulas 

- parece até um apartamento 

- mas é lá em baixo tem três portas, a primeira é o banheiro bem confortável  a segunda é a cozinha e a terceira é um escritório, está abandonado desde a construção da escola 

- sério e como o encontrou?

- eu fiz besteira e como castigo eu tive que arrumar todos os livros da biblioteca e ao puxar o verde dessa pratileira abriu a porta e eu encontrei esse lugar e várias plantas da escola dizendo as passagens secretas que são muitas 

- bem legal

Quando eu viro eu percebo que o moletom bate na metade de suas coxas e ela tirou todos os acessórios, eu acho que é melhor levar ela pra casa ficar com ela andando pelos corredores assim fará com que ela chame mais atenção ainda, eu pego o meu telefone e mando uma mensagem para o nerd mandando ele responder a chamada para a Liria também e mando outra dizendo para o nosso motorista vir nos buscar

...

Chegamos em casa e ela correu para o quarto e pelo barulho do banheiro ela tomou uns quatro banhos eu vou até a cozinha e preparo um sanduíche pra mim após comer eu subo para o quarto e vou para o banheiro tiro a maldita peruca, isso mesmo eu não gosto de pintar o cabelo então uso a peruca, revelando os meus cabelos loiros meio cacheados e um pouco longo e tiro as roupas que não tem da a ver comigo entro debaixo do chuveiro com aquela água fria pra ver se me ajuda , ver a Liria daquele  jeito me deixou excitado , fazer o que eu ainda sou homem é não consigo controlar isso, depôs de ter acalmado o meu "amiguinho" pego uma folha e seco um pouco meu cabelo é depois a enrrolação na cintura e saio do banheiro e o que me acontece 


  



  



Notas Finais


... my daimonds!!!
E a loka ouvindo dope(BTS) e U R S O cute (24k) alguém me dá uma surra e um marshmallow pra pôr nas feridas por nunca poder conhecer os integrantes desses grupos de k-pop 😂!
Foi mal a demora meu Cel fez o favor de apagar o que eu tinha escrito e eu tive que escrever tudo de novo!😑😖
Desculpa se demorei muito para terminar o capítulo é que eu tava sem criatividade e quando ela veio eu tive que organizar bem as ideias pra não por tudo aqui
Beijinho com flores típicas e tchau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...