1. Spirit Fanfics >
  2. Machismo vs feminismo >
  3. Aborto (2)

História Machismo vs feminismo - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Esse é outro livro meu que é bem famoso hoje ele no Wattpad tem é 455 visualizações, eu sou uma mulher feminista não declarada como assim?.todas as mulheres de certa forma são feminista pq acredito eu que mesmo elas não indo protestar ela sabe e quer ter os seus direitos e muito diferente que as pessoas acham o feminismo é ter direitos iguais sim porém não direitos físicos e sim de capacidade mental , pois nós mulheres temos o mesmo direito de chegar a polícia ou a presidencia por somos inteligente igual ao homem e podemos chegar em qualquer lugar temos capacidade mental para isso , se eu tive errada as outras feminista debatam comigo eu adoro um debate kkkk , é isso pessoal espero que gostem.

Capítulo 2 - Aborto (2)


Chegou terça e ele ligou.

Anna : sim Bruno, amanhã pode vir,vou mandar o endereço por mensagem, qualquer dúvida nos falamos depois da reunião .

Bruno : reunião?.

Anna : hoje tem uma reunião de debate contra ambas partes.

Bruno : hoje vai ser mercado de peixes?.

Anna : vai ter bastante discussão.

Bruno : eu prefiro não ir, sou passivo.

Anna : vai ser sobre o aborto.

Bruno : vish mercado de peixe formado.

Anna : as vezes acho que você estar no seu grupo por conta das festas.

Bruno : não tive tempo de pesquisar sobre os pensamentos machistas e feministas.

Anna : não , há nada de bom para saber do seu grupo.

Bruno : já vai você.

Anna : tá parei?.

Bruno : quer que te busque?.

Anna : sei pilotar minha moto sozinha.

Bruno : não tô sendo machista , só estou querendo ser gentil.

Anna : não , obrigada , não podemos ser vistos juntos, o seu grupo de ogros não vão aceitar.

Bruno : se for para ter menos briga entre vocês , melhor não saberem que você eu somos amigos .

Anna : é, falta des minutos para a reunião.

Bruno : não vou atrasar.

Ela riu.

Anna : tchau Bruno.

Bruno : tchau clarinha .

Ela desligou.

Se ageitaram e foram .

Primeiro ela chegou .

Depois ele.

Anna : demorou?.

Bruno : já sentiu minha falta?.

Anna : bobo.

Ele abraçou ela.

Bruno : trouxe dois sanduíches, como você me disse uma vez que quase não comia em reuniões.

Anna : brigada por ser gentil .

Ela deu um beijo na bochecha dele , ele corou.

E começou a comer.

Chegaram algumas pessoas feministas.

Otávio : lindos se fossem vocês ia cada um para seu lado , para evitar de brigas sabe, Anna se sabe como eles são podem fazer alguma coisa contra vocês.

Bruno : vocês são exagerados.

Otávio : tá , mas não vamos provocar.

Bruno : tá só por que não gosto de ver brigas.

Ele se sentou onde os machistas ficavam.

Ela ficou no grupo dela.

Logo as outras pessoas vieram.

E começaram o debate.

Fernando : mulher tem que ter a criança sim, e acabou.

Otávio : ainda bem que foi inventado o anticoncepcional e os outros métodos contraceptivos.

Fernando : a mulher tem que dar sim um filho ao homem tem que provar que a ama.

Gustavo : chega gente ninguém aqui está conseguindo se ouvir todos estam falando juntos, vamos fazer assim,  o grupo dos machistas vai escolher um membro para debater com outro membro dos feministas.

Eles escolheram rápido.

Fernando : se eu for para debater com essa piranha denovo vou acabar perdendo a cabeça.

Bruno : deixa que eu debato é só uma conversa.

Fernando : se acha que consegue lidar com ela vai em frente.

Anna clara foi a escolhida pelo grupo dela e Bruno para o grupo dele.

Bruno : quem começa eu ou você.

Anna : pode começar.

Otávio trouxe um pouco de água para eles tomaram e voltaram.

Bruno : vocês estam falando de aborto, mas aqui não falamos só de aborto estamos falando de uma vida, e eu luto pela vida.

Anna : não sou contra o aborto, sou a favor da liberação das clínicas.

Bruno : você está querendo dizer que você abortaria?.

Anna : sim estou querendo dizer isso.

Bruno : acho isso um absurdo.

Anna : então você está querendo dizer que nos mulheres somos obrigadas a ter um filho que não queremos.

Bruno : se você descobrir que está grávida e quer tirar, e a mesma coisa que está dando um tiro em um bebê e eu não sou a favor disso.

Anna : isso é a sua opinião, eu respeito.

Bruno : eu não intendo mas respeito a sua.

Anna : eu intendo e respeito a sua.

Fernando : ficou quieta aninha.

Anna : acabou o debate.

Eles ficaram lá discutindo.  Anna foi embora.

Depois que Anna foi embora ele deu uma carona para Otávio.

Ninguém viu .

Otávio : valeu.

Bruno : tabom.

Otávio : pensei que tinha pré conceito,jamais pensei que um dia um machista me daria uma carona.

Bruno : eu não ,vou ser seu inimigo por você não ter a mesma opção sexual que eu , tenho respeito e admiração por você , não é qualquer um que se assumi.

Otávio : sim , mas assim você gosta da Anna né?.

Bruno : bastante , mesmo ela sendo as vezes grossas autoritária , mas ela é linda e frágil por dentro , sei que não tenho nenhuma chance com ela , muitos homens me disseram que ela gosta mesmo é de mulher.

Otávio : é , ela gosta sim, mas ela bi menino, e que eu saiba ela não está com ninguém.

Bruno : que bom, mas vou ficar tentando conquista ela devagar, não vou chegar me declarando não por favor não sai falando com todo mundo.

Otávio : pode deixar.

Bruno : por que ela saiu daquele jeito , do debate.

Otávio : esse negócio de filhos meche muito com ela.

Bruno : eu não consigo intender como ela pode ser tão humanitária e querer matar uma criança, um ser inocente.

Otávio : não há julgue, você não sabe oque ela já passou.

Bruno : que?.

Otávio : é tudo que posso falar,mas denovo obrigada pela carona.

Bruno : de nada.


Notas Finais


Gente quando por algum número entre parenteses assim no título do capítulo significa o capítulo do livro tá😉.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...