1. Spirit Fanfics >
  2. Machismo vs feminismo >
  3. Passa o dia como casal(6)

História Machismo vs feminismo - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


O homossexualismo eu sei que é algo novo pra muita gente e tá tudo bem, mas também sei que é algo que já é " antigo " para muita gente , e tá tudo bem , você não tem que aceita nada , não tem só o seu respeito é o bastante.

Capítulo 6 - Passa o dia como casal(6)


Ele entrou e jogou as coisas no banco de trás.

Ela começou a dirigir, ficaram em silêncio.

Quando chegaram na garagem.

Ela ligou a lanterna do carro.

E pegou o controle e fechou a garagem.

Anna  : Bruno.

Bruno : oi.

Eles se beijaram.

Bruno : vamos ficar aqui?.

Anna : hum rum.

Ela o beijou.

Bruno : vamos para o banco de trás.

Eles foram.

E ela tirou a roupa dela e ele a dele.

Ela estava sentada.

Ele a olhou.

Passou a mão nas pernas dela , foi subindo passando a mão na barriga e depois subindo e apertando o peito.

Ele pos a camisinha.

Anna : é grande.

Bruno : não vai doer muito.

Ele pos ela perto da porta do carro e abriu a perna dela.

Ele viu e sentiu que ela estava molhada.

Ele a beijou.

Eles foram interrompidos.

Com pedras na garagem.

Anna : tô com medo.

Bruno : deve ser alguma criança.

Anna : vai ver.

Bruno : tá.

Ele se vestiu.

E depois foi ver não era ninguém.

Ele entrou fechou a garagem com o controle.

Entrou no carro.

E a beijou.

Bruno : você não quer mas né?.

Anna : não.

Ele a beijou.

Bruno : tudo bem.

Ele abriu a porta ela subiu nua para o banheiro.

Ele levou as coisas e a roupa dela para cima.

Ageitou a cama ligou o climatizador.

Ele olhou pela janela, e tinha um carro preto, do outro lado da rua.

Ele achou que era de algum vizinho.

Ela saiu dali nua.

Mas com uma carrinha triste.

Anna : eu sou muito boba mesma , você estava lá o clima estava legal.

Bruno : calma , Anna , eu já esperei por você um tempo, oque custa esperar mais um pouco.

Anna : estou me sentindo com medo.

Bruno : eu tô aqui.

Anna : brigada.

Se beijaram.

Bruno : liga para pizzaria enquanto eu tomo banho.

Anna : não quero comer pizza não.

Bruno : quer comer fora?.

Anna : quero.

Bruno : podemos ir naquele restaurante aqui perto .

Anna : tabom vou me arrumar.

Bruno foi tomar banho.

Ele saiu ela estava lá com seus cabelos loiros longos e escuros soltos com um vestido vermelho de salto com jóias e uma make bem básica.

Bruno : você está linda.

Anna : você tem que se vestir.

Bruno : passou minha roupa nossa.

Anna : se você várias vezes já cozinhou para mim o que custa ?.

Bruno : é não custa.

Eles se vestiu penteou o cabelo e foi com ela.

Chegaram  lá e jantaram trocaram um papo super agradável.

Bruno : me sentiria feliz se passasemos mas noite como casal .

Anna : éramos inimigos ,agora amigos, quase transamos, dormimos juntos.

Bruno : parece que não quer que aconteça essas coisas com agente.

Anna : não sou uma garota normal, meu relacionamento com uma pessoa não poderia ser .

Bruno : sei que pensa diferente de mim, mas eu sou gamado em você , eu te amo.

Anna : eu não sei oque eu sinto ?.

Bruno : não , Anna você sabe oque sente , só que está com medo de se machucar.

Anna : não eu não sei oque sinto, e também tenho medo de me machucar.

Bruno : sei que é novo para você tudo que está acontecendo, mas podíamos tentar não perderíamos nada.

Anna : perderia sua amizade, e para mim ela é muito .

Bruno : independente de qualquer coisa que acontece com agente , eu vou ser seu amigo, tudo bem que se não demos certos não vamos ter aquela amizade mas , pode ter certeza se você um dia me liga precisando eu venho correndo te ajudar.

Ela sorriu e o beijou.

Anna : um cinema , cairia bem hoje.

Bruno : vamos então.

Eles foram no caixa e pagaram, pegaram um taxi e foram ao shopping pegaram a última sessão.

Ela dormiu chegando na metade do filme .

Ele pegou ela no colo e foi com ela o ponto .

Ele avistou aquele mesmo carro preto , só que estava longe e ele achou uma conhecidencia já que tinha vários carros na rua.

Espero até o taxi vir.

Ele acordou ela para por no carro.

Ela entrou.

E depois ele ,ela acordou chorando.

Ele a pegou no colo e ficou ninando, e fazendo carrinhos.

Logo ela voltou a dormiu.

Taxista : sua mulher?.

Bruno : melhor amiga.

Taxista :  isso hoje em dia vocês chamam de amizades.

Bruno ficou quieto ele não queria acorda-la .

E quando chegou ele pagou a ele, e entrou com ela no colo, entrou pela porta da frente ela estava dormindo.

Ele pos ela na cama devagar, e tirou o salto , tirou a calsinha tirou o vestido o sutiã, depois pos ela devagar.

Ele tirou a roupa dele e deitou ali, ela o abraçou.

E dormiram.

De madrugada.

Ela acordou desesperada.

Ele abraçou e beijou.

Bruno : Anna está tudo bem, foi só um pesadelo.

Ela estava chorando.

Anna : um homem veio atrás de mim com uma faca ,ele queria me fazer mal, quis me matar.

Bruno : não, foi só um pesadelo Amor já está tudo bem.

Eles se beijaram com carinhos.

Anna :  te amo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...