1. Spirit Fanfics >
  2. Macho Alfa >
  3. Epilogo:O futuro é uma incognita

História Macho Alfa - Capítulo 49


Escrita por:


Notas do Autor


Oi pessoal finalmente o fim agradeço a todos por ter acompanhado essa história

Agradeço aos elogios e comentários e convido a ler outras historias minhas coloquei os links em notas finais.


Valeu e meus sinceros agradecimentos pela paciência e confiança

Capítulo 49 - Epilogo:O futuro é uma incognita


Fanfic / Fanfiction Macho Alfa - Capítulo 49 - Epilogo:O futuro é uma incognita

Eu me lembro como se fosse ontem o dia em que o Jay estava para ter nosso primeiro filho, ou melhor, dizendo filhos foi um dia muito emocionante durante a gravidez o Jay me culpava por tudo, mas eu já estava acostumado com o seu mau humor principalmente o matinal quando ele acordava com câimbras ou colocando todo o café para fora.

- Foram longos 9(nove) meses, quando ele me acordou no meio da madrugada dizendo que sua bolsa se rompeu, eu me levantei assustado e a primeira coisa que eu fiz foi  carrega-lo enquanto ele gritava que pelo menos precisava trocar de roupa, mas eu não dei ouvido o coloquei no carro e a Ruth trouxe as roupas dos bebês dizendo que iria informar a família, até agora dou risada como pai de primeira viagem fui uma negação.

 - Levei-o para o hospital com ele a reclamar por todo o caminho dizendo está todo molhado e de pijamas me lançando olhares mortais, quando eu o ouvi gritar de dor, nesse momento me desesperei e afundei o pé no acelerador do carro e partimos a mil, em uma viagem que levaria quase 1 hora e meia chegamos a menos de 60 minutos, loucura minha, porque mais tarde a Doutora Sam explicou que  tinha tempo de sombra contado a partir das contrações do Jay.

- Quando chegamos ao hospital com uma Jay gritando e amaldiçoando a todos, inclusive, a mim, quando a Doutora Sam apareceu e mandou levá-lo para o quarto e aguardamos até chegar a hora e a cara do Jay foi hilária porque ele pensou que iria leva-lo para ter nossos filhos e gritou para tira-los fora agora enquanto tentava inutilmente acalma-lo e ele a gritar querendo qualquer coisa para a dor.

- Esses foram dias memoráveis enquanto olho agora para a minha família, me sinto realizado em dizer essa palavra “minha família”,” minha companheira” que acabou se apresentando como uma mãe cuidadosa e dedicada, a brincar com nossos filhos na lagoa juntamente com os avós, meus  pais e a mãe dele.

- Eu estou aqui deitado de costa sobre uma areia extremamente branca tomando minha bebida gelada e admirando a minha família e o mais bonito sol está a minha frente a sorrir para mim, enquanto se diverte com nossos filhos e vendo essa linda imagem volto aos meus pensamento para o dia em que ele teve nosso bebês e até hoje  dou risada, porque ele não parou de reclamar e me culpar,  dizendo que os Deuses erraram, que ele é um Alfa, e que Alfa e pelo amor dos Deuses não tem os meios necessários para ter filhos, questionando como poderia tê-lo.

- Eu até agora dou risada da inocência de minha companheira  e disse para ele  que agora ele tem “esses meios necessários” e levantei as sobrancelhas para cima e para baixo e me divertindo  quando ele me fazia uma cara de bitchface e corando,  ao  tempo que segurava a barriga e a se contorcer de dor pedindo pelos Deuses que a Doutora da Sam der um remédio para parar as contrações e tudo que podia fazer era acalma-lo e dizendo que tudo ficará bem.

 - E a Doutora Sam até esclareceu dizendo que essas contrações é normal que ele sinta-se honrado que nunca na história tiveram parto natural, que o dele é o primeiro, e que seja o início de muitos para as futuras gerações, que é uma benção,  e tentei no dia segurar o sorriso  quando o Jay a encarou como se dissesse se ela não queria assumir o lugar dele, e em seguida fez uma   careta e dizendo que ela deve estar louca, porque ele é um Alfa macho, e eu disse para ele que agora ele é  um beta em toda a sua glória, e levei o travesseiro em minha cara e cair na risada.

 - E para sua surpresa a Doutora Sam, diz que ele não é  mais ou melhor nunca foi esse “Alfa”, ele fica vermelho e tenta falar alguma coisa quando para seu constrangimento ela manda ele abrir as pernas e vejo seu rosto ficar vermelho como um pimentão, e quando  ela se aproximou e o examinou dizendo que a dilatação dele está normal e  que logo ficará pronto para o parto, e depois piscou para ele e disse para aguardar que ele terá seus filhos em seu braço daqui a pouco minutos.

- Eu percebi que ele estava assustado, era tudo novo para ele e também para mim, Eu estava tremendo pó dentro, mais tinha que passar confiança, e lembro que ele encostou a cabeça no travesseiro e me dá um olhar como se tivesse dizendo a culpa é toda sua, e isso me confortou pelo fato dele está procurando um meio de extravasar seu medo, eu revirei os olhos e levantei as mãos em rendição de forma teatral e falei  para ele que claro que sim , chamando-o de açúcar dizendo que é  toda minha culpa,  mas eu assumo  feliz e dei-lhe um beijo em sua testa e comecei a alisar seus cabelos o distraindo.

Eu até agora não acredito que eu sou pai, eu posso dizer que essas duas crianças são  uma bênção em nossas vidas.  Aliás, elas modificaram muito a minha vida e a de Jay, onde ele teve que se descobrir como mãe e eu assumir meu papel de pai, e 3ntre acertos e erros e pedido de socorro aos nossos pais em que a Ellen teve que ficar uns tempos conosco onde um histérico Jay e um alucinado pai precisavam de orientação.

 - Passamos por tempos difíceis, porque foi muito complicado contermos as noticias e rumores sobre minha companheira, porque todos queriam saber como se procedeu o milagre da salvação da nossa espécie e como obtiveram esse material e  o fato é que estamos fazendo de tudo para tentar preservar a identidade de minha companheira , mas sabemos que um dia não teremos como, mas sabiamente resolvemos  deixar nas mãos dos Deuses ,  eu confio neles  até agora eles não me decepcionar e posso ver suas lindas crianças como prova. 

 O fato é que quando o Jay estava para ter nossos filhos, ele me agarrou pela blusa dizendo que pelo amor dos Deuses que ele não vai sozinho é que precisa de mim, eu o segurei firme e disse que ficarei com minha companheira a doutora Sam, não fez objeção   e disse por ser uma ocasião especial permitiu que eu acompanhasse Jay, que apesar dos gritos e mordidas sofrida até hoje tenho marcas em meu braço e as tenho com orgulho, pois, o Jay foi muito corajoso ao colocar nossos filhos no mundo.

 - Lágrimas de felicidade escorrerem pelo meu rosto, estou muito feliz e a cena a minha frente e faz ter orgulho de nossa história e não me arrependo por ter lutado pela reivindicação de minha companheira, penso se tivesse desistido por ele ser um macho alfa, como estaria hoje? Certamente não estaria  aqui a admirar a minha companheira e meus filhos, somente tenho que agradecer aos deuses.

- Céus quando escutem os primeiros  choros de nossos filhos, tanto  o Jay como eu caímos aos prantos, ainda mais quando foram colocadas as duas crianças  nos braços do Jay é somente não desmaiei quando elas abriram os olhos porque não poderia perder esse momento, pois, nos braços do Jay elas acalmaram e esse momento foi inesquecível.  

- Escuto os gritinhos de nossos filhos, pois, Jay esta brincando com eles jogando água enquanto tentam fugir, sorrio para a cena quando a Angel começa a gritar “papai me ajude”, e o Jay a segura-la nos braços enquanto ela sorri e um enciumado Dean a pedi como também, eu sorrio para a cena a minha frente quando Jay os envolve em um abraço.

- Meu sonho era ter uma família, e eu consegui concretiza-lo, mais jamais esperava gêmeos e ainda mais um casal uma,  uma beta fêmea sendo esta a cópia da minha companheira com cabelos castanhos dourados e olhos multicoloridos e já dá para ver os dois buraquinhos na sua bochecha e o outro um Alfa macho ao qual nomeados como Dean, em homenagem ao ursinho que ele esconde de nossos filhos e quero ver até quando, sendo que o garoto todos dizem que  é a minha cópia  e v3nfo daqui ele tem os cabelos cor de areia, olhos verdes E todos nós disseram que nós renascemos nos nossos filhos.

Olha para minha companheira que está brincar com nossos filhos juntamente com os avós, nem consegui acreditar como tempo passa rápido eles agora estão com 1(um) ano de idade.  O primeiro aniversário dos dois foi uma disputa entre os avós e o Jay no meio que acabou perdendo par a nossas mães,  dá para imaginar as duas vovós apaixonadas organizando a festa dos netos ?

-  Até hoje eu me lembro da festa que elas fizeram para  vermos as fotos do nosso casamento e agora ela tem material de sobra com os álbuns do bebê, porque no dia o Dean coloco a mão no bolo e esfregou na cara de um indignado  Jay e vimos foi flash para todo o lado e a Angel a chorar e o Dean a rir, e eu no meio a sorrir quando o Jay me lambuzou de bolo que espirrou na  Angel que parou de chorar e começou a sorrir arremessando  bolo para todo o lado, sobrou até para as avós, esse álbum ficou memorável superou o do nossa união.

 - O céu está cada vez mais azulado, o olho para cima e e agora estou olhando em direção aos meus amigos e vendo um imenso sorriso do Chris ao abraçar a sua companheira agora oficial o Chad que esta grávido de 2 (dois) meses e se divertindo vendo-o a devorar  o segundo prato de churrasco e ao seu lado uma risonha Geny também grávida de 2 (dois) meses com o seu companheiro Misha a babar sobre ela e feliz pelo seu primeiro filho.

 - Olhando agora para os anciãos Colly e Whorthy, penso, que essa novidade foi bem vinda em especial, para o ancião Colly,  juntamente com sua companheira a Ellen que é  avó de quatro netinhos por enquanto, o destino é cheio de surpresa.

- E ainda mais com essa visão maravilhosa a minha frente com o Jay a ensinar os nossos filhos a dar suas primeiras braçadas e todos sorridentes e ele nem parece à mesma pessoa de tempos atrás quando estava para ter nossos filhos porque nem conegui dormi  direito amargando o famigerado sofá, e me lembro como se fosse hoje que ele havia me dito que nunca mais fazer sexo comigo, pois, bem quando passou o resguardo ele me atacou como uma loba no cio e não demorou muito para ficar novamente grávido, foi hilário, quando soube da notícia , ele me acusou e disse que eu tenho um ponteiro certeiro, e sorri de orgulho, e dizendo que sim e que ele não reclamou de minhas agulhadas, e ainda, disse que não tenho culpa que ele engravidou de novo, e sua expressão foi hilária me fazendo amargar o sofá.

-  E  pergunto aonde exatamente é minha culpa? Se ele é extremamente fértil. E sobre isso eu não me arrependo, estou feliz,  sempre quis ter uma família grande.  E fizemos  esse churrasco para comemorarmos, o crescimento de nossas famílias, estamos todos juntos e também porque foi oficializada a aposentadoria dos nossos pais, onde agora eu, Micha e o Chirs assumimos as suas antigas posições no conselho, sendo eu o alfa Líder, onde tenho uma grande responsabilidade para com essas novas mudanças que estão acontecendo, mas são mudanças para melhor e novos dias virão e temos que agradecer aos Deuses por essa benção.

- Quando eu abro os olhos estou vendo, agora,  a linda imagem da minha companheira a sorrir largamente com covinhas, penso, pelos Deuses, eu não tenho como agradecer, vejo ele se ajoelhar ao meu lado, o envolvo em meus abraços e agora ele está sentado sobre o meu colo vestido com seu calção branco e uma blusa da mesma cor  própria para  a praia,  eu jamais deixaria nenhum deles visualizar a perfeição de minha companheira, esse colírio é somente para os meus olhos, dou um beijo em sua testa e outro na sua barriga que está pontuda ele está gravido de 3 (três) meses de gravidez.

- Olhando para seus olhos multicoloridos que nem o céu é páreo para eles, faz me lembrar de  quando ele soube dessa gravidez, não vou te dizer que o sofá passou a ser uma constante minha opção, mas não importa porque a noite, eu subia as escadas e me deitava junto a ele que se envolvi em meus braços, e depois dizia porque eu deixei –o sozinho, e sempre digo que Jamais o abandonaria.  

- E o vendo aqui sentado no meu colo a observar os nossos filhos a brincar com seus avós e  rodeados agora com seus tios e tias,  o que eu poderia desejar mais? Ainda mais quando olho nos olhos de minha companheira refletem sobre a luz do sol que é como um arco-íris, o puxou para um beijo apaixonado quando os nossos filhos se aproximam sobre nós e os agarro e os abraços juntamente com o Jay e penso, esse é o verdadeiro significado da felicidade, estou feliz e com minha família.

- Passados alguns meses depois do churrasco festivo, olhando para os belos olhos do Jersen, e agradecendo por ter ele como meu companheiro, eu não posso acreditar na minha barriga, está enorme, acho que maior que a primeira, o Jersen diz ser exagero meu, pode até ser, pois, daqui alguns dias terei, os meu bebês, e são   gêmeos , eu disse para Jersen que ele tem um maldito ponteiro certeiro, porque se eu for ficar gravido de 2 em 2 vamos, ter uma família imensa e para minha surpresa, ele sorriu e dizendo é o que ele mais desejaria me chamando de açúcar.

- Lembro-me que falei da próxima vez vamos ver se tem uma maneira de fertilizar os alfas , e que ele  poder ter nossos filhos, mais,  ele se aproximou de mim me deu um beijo dizendo que essa benção foi somente minha, eu sinto uma pontada de orgulho por isso, porque valeu todo sacrifício de meus pais, por isso batizamos o nome da nossa filha de Angel, em homenagem a minha mãe Ângela,  portanto, não tem mais nada que eu poderia querer.  Jamais pensei em me ver casado com Alfa macho e tendo filhos, ou melhor, eu gerando filhos e quando formos fazer ultrassom para nossa surpresa, não conseguimos identificar se é da alfa beta, e Doutora  Sam deu pulinhos de felicidade pela simples possibilidade de que talvez, simplesmente Talvez, os deuses realmente tenham resolvido nos agraciar com sua maior bênção,  mas, penso, que somente o futuro dirá.

- Agora estamos aqui vendo o pôr do sol juntos, esse lugar foi o inicio de nossa união, onde o Jersen me levou pela primeira vez, e  meses atrás estávamos a homenagear a descoberta dessa gravidez ou melhor da minha  gravidez dupla e de meus irmãos,  o Jersen está se saindo bem como pai, eu não poderia duvidar nenhum momento que ele seria um ótimo pai,  e agora vendo o pôr do sol juntamente com ele  e com nossos filhos,  eu só tenho agradecer por essas mudanças em minha vida,  dou um beijo nele, quando ele se aproxima e beija a minha barriga, o futuro é uma incógnita,  eu falo que o amo e que ele é a maior benção em minha vida lagrimas escorrem sobre seu rosto e sei que na minha também nossos filhos estão a pular ao nosso redor, e ele me diz  que me ama mais que tudo na vida, se o paraíso existe, eu o encontrei nos braços de meu Alfa.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...