1. Spirit Fanfics >
  2. Macro-verso: rebuild. >
  3. Um teste para Asura.

História Macro-verso: rebuild. - Capítulo 23


Escrita por:


Notas do Autor


novo capitulo pessoal! fazer logo dois hoje por que está difícil aqui hahaha, mas bem espero que gostem.

Capítulo 23 - Um teste para Asura.


  Wodahs estava nesse momento com Grora em cima de um dos prédios, eles estavam procurando por pistas sobre o paradeiro daquelas duas pessoas que raptaram Chelan, eles haviam conseguido imagens nas câmeras que eles viraram em um certo beco no centro da cidade onde eles estavam agora, mas por algum motivo depois que eles viraram a esquina não se teve mais pistas deles, como se tivessem evaporado.

  - Isso não faz sentido algum, como eles simplesmente saíram da visão de uma câmera assim do nada... depois desse lado do beco tem câmeras naquela rua e naquela se tivessem saído eles teriam aparecido nessa câmera. – Fala Grora não entendendo o que está acontecendo.

  - Ou seja, a resposta está literalmente nesse beco aqui... nos também achamos gravações de câmeras, da luta do Asura e Froze, parece que esse pessoal se move pelos prédios para evitar o máximo de contato com as câmeras, isso eu comprovei por conta de pegadas pesadas em cima dos prédios, mesmo em prédios onde o teto e inacessível. – Fala Wodahs procurando por alguma pista nesse beco.

  - Há, parece que eles não são tão bons assim para serem pegos por câmeras. – Fala Grora zombando do inimigo.

  - Existem várias câmeras em ângulos escondidos justamente para pegar esse tipo de ação, se todas as câmeras fossem tão fáceis de ver a criminalidade ia se sentir mais segura para praticar seus atos. – Fala wodahs achando uma coisa interessante no chão, um fragmento azul brilhante.

  - Mas o que seria isso... – Pergunta Wodahs pegando esse fragmento azul brilhante estranhando, ele então percebe outro perto, como se fosse uma trilha.

  - O que diabos é isso? – Pergunta encarando com um de seus olhos de perto, mas o fragmento foi puxado para longe dela por Wodahs.

  - Não chegue perto de mais dessas coisas assim, que perder o outro olho? Parece até uma criança. – Fala Wodahs secamente para Grora que a deixa irritada querendo socar a cara dele, mas ele para ela segurando sua cabeça fazendo seus braços não alcançarem seu rosto.

  - Ali tem outro. – Fala Wodahs indo até o segundo e depois andando até o terceiro que dava diretamente em uma boca de bueiro, foi então que ele começou a pensar e teve uma epifania.

  - Esse fragmento parece muito do mesmo material das flechas de energia de Chelan, enquanto ela estava sendo carregada pelos malditos ela deve ter raciocinado que não poderia com os dois juntos e então fez essa trilha sem eles perceberem com seus próprios poderes! – Fala Wodahs chegando à conclusão.

  - Eles param nesse bueiro... isso explica por que eles desaparecem do nada, eles não estão na superfície! – Fala Grora entendendo agora onde o inimigo está.

  - Descobrimos o esconderijo do inimigo, temos que falar com Kcalb e Etihw para enviarem tropas junto conosco para poder acabar com essa merda toda. – Fala Wodahs, Grora percebe que ele realmente estava bravo com a situação o que não era para menos, afinal ele foi o que mais lutou pela paz dos anjos e demônios e agora esse pessoal ameaça voltar com aqueles tempos de guerra.

  - Ei Wodahs... vai dar tudo certo, a gente vai acabar com esses caras como todos os outros. – Fala Grora pulando nas costas de Wodahs pois realmente não conseguia segurar a mão em seu ombro sem ficar desconfortável por conta da diferença de tamanho.

  - Certo, você tem razão Grora... vamos. – Fala Wodahs dando um leve sorriso para a garota, mas logo voltando para sua expressão séria indo em direção a castelo.

  - Ei! Kyro, já deu seu tempo saia daí. – Fala uma figura com a mesma roupa dos inimigos enquanto batia na porta de um quarto, dentro dele poderia ser ouvido um gemido de prazer e outro de desespero, até que depois de um tempo sai Kyro de dentro daquele quarto.

  - Tsk eu até gostei dessa garota huhuhu mas ela não poder gritar por socorro deixa tudo bem menos interessante huhuhu, o Jockster poderia curar ela afinal ele fica curando a virgindade de todas as outras prisioneiras. – Fala Kyro saindo do quarto ao lado da figura.

  - Você é realmente desprezível, mas sinceramente não é problema meu, além de que isso é ordem do lord pois não é para essas garotas sentirem nenhum prazer nisso. – Fala a outra figura vendo dentro da sala que estava era Chelan na cama, ela estava totalmente nua e machucada com cortes, mordidas e hematomas depois de ter sido obviamente violada por Kyro, ela estava com um olhar totalmente sem vida e de desespero em totalmente encolhida na cama depois da experiência traumatizante.

  - Por que, por que, por que, por que, por que, por que. – Ela só pensava isso repetitivamente, como se ela tivesse quebrado.

  - Hehe, como se elas fossem gostar alguma vez. – Fala Kyro fechando a porta.

  - Por...f-favor... alguém me salve... – Pensa Chelan só chorando baixinho naquela prisão vazia totalmente vulnerável.

  No castelo, todos estavam reunidos na sala do trono, as garotas e o Asura, Grora e Wodahs contando a situação, Arbus e Ater também ouvindo o que estava acontecendo estando do lado de Kcalb.

  - Então o esconderijo deles fica nos esgotos, isso explica muita coisa. – Fala Etihw pensativa.

  - Sim, agora nós só esperamos as ordens de vocês para levar os soldados conosco e ir lá acabar com essa coisa toda. – Fala Wodahs.

  - Wodahs, você claramente percebeu que soldados normais não vão conseguir lidar contra esses caras, vai você e Grora liderando um grupo de busca junto das meninas. – Fala Kcalb seriamente, enquanto Wodahs só acena com a cabeça, ele sabia que ele tomaria essa decisão pois

  - ISSO! VAMOS MOSTRAR PARA ESSES DESGRAÇADOS O QUE ACONTECE COM QUEM MEXE COM MEUS AMIGOS! – Grita Yosafire totalmente determinada a resolver essa situação.

  - Isso tudo é imperdoável... eu vou acabar com todos eles. – Fala Macarona com um olhar sombrio.

  - Q-quando a Maca fica assim é melhor não ser inimigo dela. – Fala Froze dando uma leve gaguejada de medo de sua amiga.

  - Sim, vamos recuperar ela sã e salva, afinal ela é refém deles então não irão fazer nada com ela. – Fala Rawberry tentando ser otimista e ver o lado bom, apesar de não ter total certeza do que fala.

  - Sim, vamos acabar com eles. – Fala Asura.

  - Espere! – Diz Wodahs indo até Asura lentamente fazendo Asura ter dúvida do que ele queria.

  - Você não ira Asura. – Diz Wodahs.

  - O QUE?! POR QUÊ?! – Grita Asura surpreso e com raiva da decisão de Wodahs parecendo pronto para ataca-lo.

  - Eu não sei se posso confiar em você, é verdade que você lutou até que bem junto de Froze, mas ainda assim não é um lutador... se quiser vir conosco terá que me mostrar o seu poder! – Fala Wodahs se afastando dele ficando em uma distância média como se fosse começar uma luta.

  - Wodahs, pare com isso! – Fala Etihw claramente brava com seu subordinado, mas ela e impedida por Kcalb que coloca a mão na frene de seu corpo, Kcalb olha para ela e acena com a cabeça aceitando a demonstração de Wodahs confiando que seu aprendiz vai satisfaze-lo.

  - Wodahs! Isso é idiota o Asura só quer ajudar! – Fala Yosafire brava também com o anjo, mas ele parece ignorar os ataques dela.

  - Se ele quiser vir conosco tem que provar que não vai ser um estorvo, vamos nessa Asura eu quero que você me ataque como se eu fosse o responsável de tudo que aconteceu com a Chelan e suas amigas. – Fala Wodahs autoritariamente.

  - Certo. – Fala Asura de maneira fria.

  - Asura! Você não tem que provar nada a ninguém, você! – Fala Froze seriamente gritando com o garoto com medo de que ele se machuque a lutar com Wodahs.

  - Sim! Pode confiar na gente que nós vamos salvar ela! – Fala Rawberry também um pouco preocupada com o garoto.

  Asura se aproximo até uma distancia de quatro metros de Wodahs, ele fechou os olhos e lembrou de tudo que esta acontecendo, de toda a angustia e tristeza que seus amigos estão sentido, de toda a tensão e perigo que eles sofreram e de tudo que Chelan pode estar passando, quando Asura abriu os olhos revelou uma face calma e sombria, com uma ira gigante escondida aumentando muito a pressão do ar na sala, fazendo todos soarem frio com aquela tensão, até mesmo Wodahs.

  - Haa! – Asura começou a carregar toda a sua energia na palma da sua mão naquela mesma pose de seu novo ataque de eletricidade, começando a concentrar muita eletricidade em sua mão fazendo uma grande ventania na sala até mesmo quebrando os vidros do local, ele aprofunda mais sua energia com alguns relâmpagos ficando na coloração negra.

  - ASURA! – Grita Kcalb com uma voz grossa e severa para o garoto fazendo ele sair de seu transe.

  - Ah... – Diz Asura parando seu ataque então percebendo todo o estrago que fez na sala.

  - M-m-me desculpe senhor Wodahs! Eu não queria fazer nada disso. – Fala Asura se curvando em desculpas para Wodahs, que ainda estava em choque com aquela forca do garoto.

  - Eu conseguiria revidar aquele ataque com certeza..., mas ainda sim é totalmente impressionante essa aura nele.... essa determinação... ele provavelmente é o inimigo mais perigoso para eles. – Pensa Wodahs sentido o suor escorrer pela sua testa.

  - Então Wodahs, acho que ele já conseguiu provar que não vai ser um estorvo. – Fala Kcalb sorrindo para Wodahs, que só acena com a cabeça concordando com a situação.

  - C-certo! A noite vocês venham até a porta do castelo pois vai ser o ponto de encontro, estejam preparados com suas armas e psicologicamente! – Fala Wodahs com as garotas acenando com a cabeça em concordância e todos indo para suas respectivas casas para poderem se preparar para o confronto.

  - As espadas estão prontas Drang? – Pergunta Lorde estando atrás de Drang, eles pareciam estar em uma sala fechada onde tinha vários equações e círculos de magia, no meio havia um círculo brilhando dourando e nele seis espadas feitas de pura luz estavam flutuando, aquelas espadas emanavam um poder incrivelmente perigoso.

  - Sim senhor, e pelo que eu sei eles já descobriram nosso esconderijo. – Fala Drang.

  - Excelente! Vamos começar nosso plano! – Diz Lord sorrindo malignamente.


Notas Finais


vai começar a briga de verdade, vao invadir a casa do inimigo agora!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...