História Mad Error Lover's - Capítulo 10


Escrita por: e Milly49

Postado
Categorias Diabolik Lovers, Undertale
Personagens Beatrix, Christa, Cordelia, Personagens Originais, Sans, W. D. Gaster
Tags Abo, Criaturas Mitologicas, Humanverse, Yaoi, Yuri
Visualizações 29
Palavras 1.560
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Demorou? Sim, tá meio curto? Sim, mas espero que gostem :3

Boa leitura meus amores~~

Capítulo 10 - Capítulo oito...


~no capítulo anterior~

Afinal, logo depois eu comecei a ter a visão embaçada, as vozes deles ficaram embaralhadas e quando vi já não via nada, apenas um vácuo negro sem fim... eu desmaiei, no começo ouvia bem baixo as vozes deles, mas logo pararam...

~no capítulo atual-algumas horas depois~

Eu acordei com um pouco de tontura ainda, mas pelo visto já era de manhã, eu estava no meu quarto na mansão, senti algo em minha testa e vi que era um pano úmido, parecia que tinha sido molhado de chá, tinha também o Nightmare e os meninos dormindo na cama que eu estava, menos Hate, ele dormia em pé e eu não sei COMO ele não sente dor no corpo por causa disso...

Aparentemente eles acordaram, pois eu me mexi um pouco, logo, a maior parte deles saiu, tendo no quarto apenas eu, Ink, Hate e Nightmare, os outros nem pareciam preocupados, afinal eles só ficaram curiosos mesmo, mas parece que eu estava melhor, enfim, me sentei, parecia que eu não estava no controle do meu próprio corpo pois não conseguia sair de um simples "transe" que acabei tendo, Nightmare me chamava, eu escutava de forma abafada, logo, ele me sacudiu e eu voltei ao normal

- você está me escutando? Seu insolente! -perguntou, irritado, concordei- ótimo, vá com Ink, temos que te preparar para se encontrar com o Lorde

Eu concordei, me levantando, assim sendo arrastado por aí até um tipo de quarto luxuoso que parece ser a cara de ser o quarto do Lust, quando me virei eu vi que acertei em cheio, assim, do nada Ink sumiu e Lust mais me fez parecer uma garota, pois passou maquiagem, pôs-me meias brancas, deu-me saltos, um vestido que chegava ao chão e luvas brancas que cobriam grande parte do braço, quando me vi no espelho nem parecia que era eu, parecia ser apenas uma dama de filme, aquelas que iriam ser usadas como sacrifício ou algo assim nos filmes, (a roupa que ele esta usando vai parecer a de uma noiva mas calma la ksksks, o link pra ver vai estar na Descrição) mesmo não gostando eu mesmo não posso fazer nada, afinal eles não aceitam a minha opinião, então posso apenas fingir e pôr um sorriso no rosto, sorriso este que não é meu

Depois de ajeitar uma coisa ou outra eu fui levado até Nightmare, que pareceu se divertir vendo-me daquele jeito, mas ele não falou ou fez algo, ninguém fez nada, apenas fui vendado, levado à algum lugar que não vi onde ficava por causa da venda, um tempo depois fui levado outra vez, ouvindo sussurros, mantive-me quieto, até que ouvi alguém falar comigo

- olá, minha noiva~~ enfim nos encontramos outra vez! Estava ficando impaciente! -disse a pessoa, está que deduzi ser o "Lorde" que tanto falavam os Comyet, senti arrepios, ele estava bem perto de mim, mais especificamente no meu pescoço, mas parece que algo em mim não gostou nele, ele parece irritado- eu mandei me entregarem a noiva e não uma farsa!!! Eu quero um ser totalmente mortal e não... argh, deixa pra lá, SAIAM DAQUI E ME TRAGAM A NOIVA QUE ME PROMETERAM!!!! -ele gritou, irritado

fico confuso, como assim "totalmente humano"?, eu sou humano! Não sou? Não pude sequer pensar, começaram a me puxar, parece que estavam... amedrontados? Não entendo nada, quando me dei conta já estava sem a venda e... espera... O QUE????

_Narradora On_

Ainda no "castelo" de Cross, o Lorde, irritado, abriu um compartimento secreto na parede atrás do "trono", revelando um tipo de passagem secreta que dava em uma parte oculta do porão, parecia uma cela, mais especificamente de tortura, ao descer, o Humano, usando roupas dignas de ter o título "luxo em excesso", a passagem se fechou atrás de si, o Humano (Só em aparência, humano POHA nenhuma!) Estava sério, mas ainda mais irritado, logo, ao terminar de descer as escadas, avistou alguém que está lá já faz um tempo, acorrentado, fraco, vulnerável, indefeso

- Chara?... -mencionou o esqueleto, este que era o ser vivo que estava preso, sem saída daquele lugar horrendo que estava faz tempo, vendado, nu, ferido, usando apenas uma camisa suja e rasgada como roupa

- tô aqui, Cross -diz o Humano, indo até Cross, segurando em seu pescoço com força, irritado, o fazendo ficar sem ar aos poucos, gemendo de dor- Onde. Está. O. Humano?

- eu... já disse... ele... foi p... prometido... aos irmãos... Comyet... -respondeu Cross, quase desmaiando por falta de ar quando Chara lhe largou, o prisioneiro respirava com dificuldade

- o mesmo que você foi prometido em troca de proteção à igreja? Hah, Não me de bobo, CONTA-ME -gritou Chara

- eu juro, o Humano que está procurando está prometido aos Comyet, mesmo que tente não vai conseguir tirar ele de lá, por favor eu já lhe contei tudo que sei, me solta... -implorou, com a voz falha e bem rouca devido à tortura que sofria, da qual o fazia gritar de dor, pedindo ajuda, porém, dentro dessa sala não há com ser escutado, são a prova de som, mesmo durante as torturas

- deixa eu pensar... Não...

- AH EU VOU SENTAR O AÇO!!!! - e lá vem Nightmare dar uma voadora no Chara

- OH FILHO DA PUTA VAI JA PRA FORA DA CENA KRLH, SEGUE A POHA DO ROTEIRO SEU PETROLEO FILHO DA PUTA -gritava Ink, realmente puto querendo logo ir dormir, enquanto Error comia pipoca com o resto do pessoal

- POHA, TAKE 2 SEUS FDP DO KRLH

- pra que agredir? ;-; -Ink pergunta

//TAKE 2 PQP BANDO DE RETARDADO DO KRLH

- deixe-me pensar... não~~ - falou, pegando uma faca, fungando no estômago do pobre rei, da qual teve a identidade roubada...

- C-Chara... irmão... p-para... por que fazes isso? O que lhe fiz? -pergunta Cross, sôfrego, gemendo de dor, não vendo o sorriso sádico e malicioso do irmão

- por que é divertido! Oras, é tão bom ver você tão indefeso gemendo de dor! Tão excitante~~~ assim você me atiça Crossyyy~~ -falava Chara, tirando a faça do ferimento novo, vendo o sangue escorrer pela mesma, provou o sangue, passando a língua na faca- acho que passou da hora da nossa brincadeira, não é?

- ... -nada falou, apenas engoliu seco, já sem esperanças de sair daquela tortura eterna

~quebra de tempo-8 horas depois~

Após um tempo estimado, Chara parou de "perturbar" o irmão, lhe largando de qualquer jeito e saindo da "passagem secreta", voltando a seus "deveres reais emprestados/roubados", ainda irritado pelo "erro" que os irmãos Comyet cometeram mais cedo

//voltando para a casa de Geno e Reaper...

Geno estava totalmente preocupado, enlouquecendo de tanto medo de possívelmente seu irmãozinho ter sido ferido pelos 6 vampiros daquela mansão, Reaper tentava lhe acalmar, nunca o havia visto daquele jeito antes, agora, todos os três, Geno, Reaper e Fresh, morriam de preocupação, em especial o último citado, da qual realmente se culpava por não ter ficado ao lado de Error quando o mesmo fora levado

Estavam todos na sala de entrada da casa, Reaper estava sentado em uma ponta do sofá, com Geno descansando após dias sem conseguir dormir, apenas tomando calmantes fortes para dormir algumas poucas horas, Fresh ja tinha se acalmado, pensando sobre como levaria seu irmãozinho devolta para os braços de Geno e o seu próprio

- Fresh o que faremos? Não sabemos onde Error está, não sabemos qual é a Mansão... A menos que... - comentou Reaper, falando baixo para não acordar Geno do seu tão ausente sono

- a menos que? O que foi? - perguntou Fresh, também sussurrando

- a menos que tentemos ver pela internet ou façamos uma busca por terra até encontrar a Mansão que Error está... A gente deveria ter pensado nisso antes... -falou Reaper outra vez, calmo, mas pensando ainda

- Boa, mas por terra é arriscado demais, eles são mais rápidos, pelo que me contou eles também parecem ter boa audição, provavelmente tem boa Visão, tato, paladar e oufato também, se quisermos mesmo resgatar o Error precisamos de um bom plano, mas por hora vamos deixar o Geno dormir, ele não dorme bem faz 1 mês - comentou, preocupado, Fresh concordou, ambos olham para Geno, que tinha grandes olheiras abaixo dos olhos, o corpo estava mais frágil, porém não totalmente, apenas um pouco e sua aparência estava péssima, como se estivesse em depressão

- sim, quer ajuda? Eu levo ele pro quarto de vocês ((aguente um pouco mais Error, logo te tirarei destes desgraçados, que eles não tenham te machucado)) - perguntou Fresh, oferecendo ajuda, Reaper aceitou, assim, ambos foram para o quarto de Geno e Reaper, deixando o mais velho ali, adormecido no colo do namorado, que acariciava sua cabeça, fazendo- o sorrir um pouco

Fresh saiu, indo para o quarto que antes seu irmãozinho ficava quando o levaram para aquela "mansão", abraçando o travesseiro que ainda tinha o doce e suave perfume do mesmo ali, impregnando o quarto, fazendo Fresh chorar um pouco, com saudades do irmãozinho que tanto ama

Antes que percebesse, já estava encolhido, chorando um pouco com saudade e preocupação misturadas no medo, medo este que era um receio muito grande de seu irmãozinho ter se machucado, logo, após um tempo, já estava dormindo, pensando que estava sozinho, porém estava enganado, de fato estava, na verdade, sendo observado pela janela, este ser, óbviamente não humano ou mortal, estava escondido nas sombras, olhando Fresh com ódio mas também neutralidade no olhar, logo, este ser, nomeado de Ink, voltou para sua casa


Notas Finais


Espero que tenham gostado

Até o próximo capítulo meus amores~~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...