História Mad Love-jikook - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook
Visualizações 560
Palavras 1.487
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


:3

Capítulo 30 - Vinho


Fanfic / Fanfiction Mad Love-jikook - Capítulo 30 - Vinho

 " parabéns Jeon Jungkook ! "

o meu deus interior me elogiava enquanto batia palmas feito uma criança na hora do parabéns .

Eu vou pra uma boate , danço no palco ao som de Fuck You All The Time , chamo a atenção de homens e mulheres , bebo não sei quantas , quebro a cara desmaiando - coisa que com certeza todos da boate viram - e agora estou aqui acordado , com os olhos fechados - devido a claridade que entra no cômodo . - e torcendo para que eu esteja no quarto do chim .

*FLASHBACK ON* 

Eu estava muito animado , com certeza era efeito do vinho .

as risadas que eu ouvia dentro da minha cabeça , agora estão por toda parte e mais altas  .

eu quase nem prestava atenção no que o chim falava , eu so conseguia olhar pro seu lindo rosto . 

jm : quantas taças é preciso pra embebedar uma pessoa ? - ele sorria enquanto perguntava , como se estivesse tendo uma piada particular , ele com certeza estava rindo do meu estado .

jk : eu não to bebado . - respondi o mais serio possivel .

jm : ja se entregou . - disse simplista . 

*FLASHBACK OFF*

minha cabeça doia , assim como o meu corpo .

por que diabos meu corpo doi ? 

eu por acaso bebi e fui pra academia depois ? 

abro os olhos e suspiro aliviado , eu estava no quarto do jimin mas sem o jimin , deve estar no banheiro pois estou ouvindo o barulho do chuveiro sendo desligado . 

sera que o chim esta bravo comigo ? 

sera que fiz algo de errado fora do meu momento de lucidez ?

terei que esperar pra saber , enquanto isso me preparo psicologicamente e fisicamente...

.

.

.

a porta se abre e dela sai um jimin com a toalha na cintura e com o corpo todo marcado ,aquilo eram chupões ? 

uma parte minha estava feliz , enquanto a outra estava clamando pela morte de Park Jimin e a da prostituta que o fez se tornar vinho.....não alimente esse pensamento jeon jungkook !

jm: meu baby acordou . - sorriu ao perceber que meus olhos estavam grudados em seu abs todo marcado , ele ia depositar um selinho na minha testa mas eu afastei o rosto . - qual o problema ? você nunca foge dos meus selinhos. 

jk: pergunta pra puta que você passou a noite . - senti meu rosto queimar de raiva , o desgraçado a minha frente se jogou na cama e começou a se contorcer de tanto rir .- não ri , não estou brincando . - comecei a desferir tapas no seu peito , eu estava com tanta raiva que nem tinha consciencia de que eu estava batendo em um psicopata . 

jm : e nem eu....ai minha barriga. - deu uma pausa para respirar . - como eu vou trair meu namorado com o meu proprio namorado ? essa é nova...- fez cara de desentendido , agora meu rosto queimava e era de vergonha . - depois o bipolar é o tae , eu em ! - ele me puxa para se sentar em seu colo , mas eu tento resistir porque ele esta de toalha .

jk: j-jimin não , não , você esta de toalha e eu - sou interrompido pelo forte puxão,  so agora percebo que estou desprovido de qualquer roupa . - nu ? Park Jimin...- meu rosto queimava mais ainda , jimin tinha um sorriso malicioso nos labios .

jm: de onde você acha que veio esses chupões ? - ele mexe as sombrancelhas e abre denovo seu sorriso gato no país das maravilhas . - tem ate na minha.- o interrompi com um beijo.

jk: safado ! você ja estava planejando tudo isso quando me ofereceu aquele maldito vinho né ? - eu não estava bravo , fiquei aliviado ao saber que era eu o responsavel por ter feito aquela obra de arte no corpo do park .

jm: na verdade não , você so desmaiou por alguns minutos , você acordou ainda na boate , so não bebeu mais porque eu não deixei , te trouxe pra casa e fui te dar um banho . - so de pensar no jimin me despindo e me vendo nu ja dava vergonha , meu rosto inteiro queima . - ai você veio com fogo no cu pro meu lado e deu nisso . 

jk: eu não me lembro de nada . - so a dor que ficou .

jm : eu posso te fazer lembrar . - apertou minha cintura e depositou um selar no meu pescoço . - eu disse aquele dia que você tinha um corpo lindo e que eu ia ver de pertinho . - mordeu o labio . 

* FLASHBACK ON *

jk: você não quer que eu me troque na sua frente né ? 

jm: quero . - corei . - não tenha vergonha , você tem um corpo lindo , que um dia verei de pertinho . - sorriu e saiu do quarto . 

*FLASHBACK OFF* 

jk : aigo , você quer que eu vire um tomate . - rimos . - bem , eu vou tomar um banho . 

assim que levantei , minhas pernas ficaram bambas e eu fui de encontro com o chão.

jm : pelo jeito alguem vai ficar sem andar . - ele me ajuda a levantar  , mas ainda continua me dando apoio segurando meus braços . - eu te machuquei ? - ele tinha um semblante serio.

jk : so estou um pouco dolorido . - o jimin me destruiui por inteiro . 

jm : eu acho que exagerei , peça um remedio pro jin depois . - ai não , como eu vou falar pro jin que estou dolorido graças ao jimin ? - não tenha vergonha , ele escutou tudo . 

jk : como assim jimin ? - o maior riu do meu desespero .

jm: você gemia igual uma puta , acho que todos ouviram . - ele disse isso como se fosse a coisa mais normal do mundo . 

jk : eu não vou descer de jeito nenhum , vou ficar em carcere e apodrecer dentro desse quarto . - escondi meu rosto na curvatura do seu pescoço . - ai que vergonha....tive a minha primeira vez bêbado .

jm : fui o primeiro e vou ser o ultimo . - sorriu vitorioso.

jk: convencido , me leve pro banheiro . - pedi fazendo bico . - ai .

jm : eu ja disse que vou morder , você não sabe o quanto isso mexe comigo . - ele me pegou no colo estilo noiva e me levou pro banheiro .

jk : ja pode sair , eu acho que consigo tomar banho sem ajuda .

jm : ok . - ele deposita um tapa estralado na minha bunda e sai . - delicia...

jk : pervertido. 

me olho no espelho e automaticamente um sorriso se abre no meu rosto , eu estava todo roxo com marcas de unhas e dentes , jimin não perdoou mesmo , eu ainda estava com aquele cabelo pôs-foda e falando em cabelo , eu estava com alguns fios loiros e vermelhos na minha franja , deve ser coisa do jimin ou eu que inventei de fazer essa merda enquanto estava bebado  , ainda sinto o gosto do vinho na minha garganta .

resolvo escovar os dentes mas lembrei que não tenho escova , tem uma azul largada no copinho ao lado do espelho , resolvo usar mesmo sendo do jimin .

ah...é tão bom escovar meus dentes com sua escova , o gosto de menta ainda estava ali por ele ter a usado minutos atrás , quem visse me chamaria de porco .

me sinto um garoto sapeca...

enchi a banheira de água quente , senti um grande alivio e uma onda de relaxamento me invadindo ao mergulhar meu corpo na água , aquilo aliviava minhas dores .

*FLAHBACK ON*

entrei no quarto e me joguei na cama , jimin apenas se sentou do meu lado , a cara dele não estava nada boa , ele observava atentamente o meu estado .

eu parecia mais uma criança birrenta , parecia que eu tinha voltado pra fase cascão .

jk: foda-se , foda-se , foda-se , foda-se . - eu cantava e  mexia meus braços enquanto jimin me mandava ir pro banheiro . - foda-se , foda-se , foda-se , foda-se .

jm : alem de solto é lingua preta . - revirou os olhos . - pro banheiro agora Jeon Jungkook. - desferiu um tapa na minha coxa .

meu corpo esquentou ao receber aquele tapinha , sem pensar 2 vezes  fui pro banheiro , jimin vinha pisando duro no chão .

não estava com paciencia .

*FLASHBACK OFF*

eu devo ter dado muito trabalho pro chim , isso explica as dores no meu corpo , ele com certeza me puniu por ser um garoto mal .

" cu de bêbado não tem dono "


Notas Finais


obg por ler ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...