História Made in the end - Capítulo 35


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Cana Alberona, Carla (Charle), Erza Scarlet, Freed Justine, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Happy, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Levy McGarden, Lucy Heartfilia, Mavis Vermilion, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Personagens Originais, Rogue Cheney, Romeo Conbolt, Sting Eucliffe, Ultear Milkovich, Wendy Marvell, Zeref
Tags Apocalipse, Fairy Tail
Visualizações 41
Palavras 696
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Survival, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Cheguei ❤️

Gente apaguei o último cap que tinha postado pq postei ele um pouquinho cedo d+ aí não dava pra desenvolver os próximos cap que eu tinha planejado ... Então finjam que nunca leram aquele cap!

Capítulo 35 - Marry me


Fanfic / Fanfiction Made in the end - Capítulo 35 - Marry me

"Não quero fazer você se lembrar disso"

Levy

Algumas semanas após o retorno de Bacchus tínhamos voltado as nossas atividades militares , estávamos em buscas de novas bases resistentes ou bases militares pouco seguras para dominar . Nossa busca por comida agora estava um pouco mais séria já que tanto nossa base , quanto a base oeste que dominamos estavam com os recursos meio escassos .

O frio também estava chegando , começávamos a planejar as festas de final de ano , e também já nos agasalhavamos com todas as roupas que juntamos nas buscas , tentando fazer todos ficarem aquecidos .

Estava em uma missão em busca de comida pelo lado Leste da cidade , caminhavamos bem rente a floresta já que mesmo com as atividades a todo vapor nossa defesa ainda não estava 100% e não queríamos arriscar uma fuga pelas ruas desertas da cidade , se esconder na mata é bem mais fácil.

Gajeel: Levy - O maior me abraçou pelo pescoço encostando o queixo encima da minha cabeça.

Levy: Oi ?

Gajeel: Não quero fazer vc se lembrar disso mais ... Lembra quando ficamos presos naquela base do lado oeste .. - As memórias ruins que eu tentava ignorar dês de aquele dia caíram como uma bigorna encima da minha cabeça fazendo eu me afastar do maior , a verdade era que eu nunca mais tinha sido "tocada" nem tinha tido "relações" com nenhum homem depois daquilo , já havia tentado mais eu simplesmente surto e começo a chorar ... As memórias e o cansaço psicólogico sempre retornam me fazendo ter medo dos toques até do homem que eu amo.

Gajeel: Eu sei tudo que você passa dês daquele dia ... Sinto falta de nós dois .. sinto falta de você ... Sinto falto do seu corpo ... Mais tenho certeza que você sente mais essa falta que eu , não tem sido dona do seu corpo dês daquele dia .

Levy: G-gajeel isso não é uma boa hora pra conversar sobre isso , estamos em missão - Sequei discretamente a lágrima que descia do rosto com a manga da blusa .

Gajeel: Só me escuta Levy ... Quando começamos ... Eu não tinha certeza , não tinha certeza se daria certo , vc sempre foi delicada e eu sempre fui bruto ... Mas depois desse apocalipse eu tive certeza que a mulher que luta ao seu lado deve ser a única da sua vida ...

Levy: Pq vc tá me dizendo tudo isso Gajeel ... Pq ?  - Já me virei com um certo ar de fúria encarando o garoto que estava com as mãos nos bolsos da blusa de frio e os cabelos recém cortados jogados pelo rosto.

Gajeel: Aquele dia naquele quarto sozinho ... Eu percebi que não sou nada sem você Levy ... - Ele abriu minha mão e colocou um pequeno anel prateado lá dentro.

Gajeel: dês daquele dia eu quero te dar isso ... Dês daquele dia eu quero seu corpo de volta ... Quero seu amor só pra mim ... Casa comigo Levy ... Que eu prometo que você nunca , nunca mais vai precisar passar por tudo aquilo que você passou , pq eu vou colocar no caixão qualquer pessoa que tentar relar em você contra a sua vontade ...

Levy: Gajeel - As lágrimas começaram a descer pelo meu rosto e eu tentava as controlar colocando a mão no rosto , encarei o maior que já estava com um olhar de desespero e uma cara de tacho .

Gajeel: Levy?

Levy: Por mim eu já tava casada - Abracei o pescoço do garoto que soltou uma risada de alívio e alegria .

Gajeel: Eu te amo Levy ...

Levy: Também te amo Gajeel - Segurei as bochechas dele e o puxei para um beijo .

Gajeel: Eu te amo muito , só que agora precisamos procurar mais comida ... Não temos só a festa de final de ano , temos também um casamento.

Levy: KKK vamos logo - Segurei a mão do maior e saímos caminhando pela beira da cidade , não vou mentir a sensação da aliança no dedo era boa ... Inexplicável na verdade , mais inexplicável que tudo aquilo que eu sentia , era tudo oque eu queria fazer depois daquele pedido.

"I'll put in the coffin those who force you to something "




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...