1. Spirit Fanfics >
  2. Made in the end >
  3. Hostages

História Made in the end - Capítulo 98


Escrita por:


Capítulo 98 - Hostages


Fanfic / Fanfiction Made in the end - Capítulo 98 - Hostages

"Não Nya ... Não agora"

Jack 

Por muitas vezes achei que a sorte não era algo natural da minha pessoa, mas descobri que a burrice talvez fosse. Quando senti o cano da arma gelando a minha nuca eu soube que tinha sido burro, medroso, precipitado, me ocupei tanto observando a merda da movimentação na floresta que não tive tempo pra correr e avisar a todos que havíamos sido traídos ... Eu coloquei todos na mira da arma.

Sem contar nas minhas desconfianças, se tivesse contado elas a Gajeel ou a Juvia talvez eles me ajudassem a tirar a dúvida, eu sempre soube que havia um traidor entre nós .. mais novamente fiquei calado .. engolir meus segredos vai me fazer engolir muita pólvora ainda.

Logo após sentir o cano gelado da arma fui imobilizado por alguém bem mais forte que a garota, me arrastaram pra longe da cabana e com a pouca liberdade pra mover o pescoço a única coisa que eu via eram vultos. Vultos se debatendo, gritos assustados e tentativas falhas de defesa, era minha base sendo arrastada para a própria aniquilação.

"Damos um jeito nos outros" 

Aquela frase rodava na minha mente, queriam apenas a Lucy, talvez o Gray e a Mavis para voltarem aos testes mais e o resto ? O restante era apenas escória .. se nos soltassem sabiam que iríamos correr atrás do que era nosso até o último centímetro de carne ser consumido pelas balas .. então eles eram mais espertos, mais astutos, era mais fácil se livrar de todos logo antes que tenhamos chances de nos defender.

Fui arrastado por mais algum tempo até chegarmos no local perto de onde eu havia avistado os carros, me deparei com Juvia e o restante já ajoelhados, cada um com sua própria arma apontada pra cabeça ... Pelo menos ia ser uma morte rápida .. porém a espera é agonizante.

Juvia: Minerva ... O que tá acontecendo - Juvia tentou erguer um pouco o rosto para encarar a nossa "amiga" que estava parada ao lado de um militar, o mesmo segurava com força os cabelos da loira que estava ajoelhada ... Lucy.

Não tive muito tempo pra me preocupar com a loira já que logo atrás um militar segurava com força o braço de duas mulheres, uma segurava com força a bebê enrolada em uma mantinha, já a outra estava de mãos dadas com duas crianças que se agarravam a barra de seu vestido, Nya e Mavis. Meu mundo rodou de maneira tão brutal que eu senti o sangue parar de circular, eram apenas crianças, mulheres sendo submetidas a aquele tipo de pressão.

Nya e Mavis se ajoelharam um pouco mais ao lado e abraçaram as crianças com força, os mesmos tremiam de medo. O militar que estava a frente puxou o cabelo da loira fazendo a mesma gemer de dor e arquear a cabeça.

- Primeiramente .. boa noite - Gajeel contraiu o rosto como se imaginasse o tanto de bala que podia meter naquele filho da puta.

- Acho que sabem o por que estão aqui ... Ou será que não - O militar me encarou sorrindo de lado - Acho que você deve explicações a eles ... E a ela - Lucy me encarou de soslaio, os olhos vermelhos e as lágrimas escorrendo pelo rosto.

- Abra a boca seu imundo - O militar que segurava a arma em meu pescoço me deu um coronhada na lateral do rosto, tombei para o lado mais logo fui puxado para cima pelos cabelos, sentindo o rosto arder pelo corte e o coro cabeludo queimar pelo puxão eu só desejava ter uma arma.

Jack: N-não vão levar a Lucy - Com a voz áspera rasgando a garganta tentei confortar todos com a minha última esperança .. que era na verdade uma bela mentira.

- Por que queremos levar ela em ? Capitão Jack ? Você sabe não é mesmo ... Trabalhava pro homem de olhos azuis - Levei um chute no canto da boca que me fez cuspir sangue, ergui a cabeça encarando o rosto da minha mulher tão assombroso e quase translúcido de tão pálido.

Jack: Jude - Disse o nome enquanto o sangue escorria pelo canto da boca, Lucy arregalou os olhos e me encarou com a face retorcida em um mix de confusão e medo - Ele está atrás de você Lucy .. 

Lucy: Meu pai - A mesma levou um tapa no rosto dado pela morena.

Minerva: cale a boca !

Juvia: NÃO ! - A mesma tentou avançar pra frente no impulso de proteger a amiga, Minerva sacou a pistola e disparou a primeira bala.

Minerva: Apenas escute sua imunda - Lucy ergueu o rosto e começou a soluçar, meu peito se apertava cada vez mais.

Wendy: MÃE ! - A voz chorosa da Wendy ecoou pelo campo, Juvia se mantinha abaixada, a bala havia pegado na altura da coxa, Gray que estava do outro lado mordia os lábios com força.

Gray: Por que .. - O moreno ergueu o olhar pra garota que guardava a pistola na bainha que carregava na coxa - Por que fez isso ? 

Minerva: Porque essa era minha missão .. esse foi o meu modo de conseguir paz ..

Levy: Arrancando crianças de cabanas e as fazendo de refém .. observa bem o seu redor Minerva - Levy falava com certo ódio na voz, a mão dada com Gajeel não se distânciava um centímetro se quer.

Minerva: Apenas dando o troco ... Pelos bárbaros que vocês mataram ..

Sting: Colocar fogo na nossa casa não foi o suficiente sua vadia - A garota tirou a arma e a mirou para Sting, em tempos normais ou apocalípticos acho que nenhuma mulher gosta de ser chama assim.

Minerva: Dirige a palavra mais uma vez pra mim e eu te sapoco a bala ... Ou talvez você prefira que eu livre ele primeiro ? - A garota mirou para Rogue que estava sentado no chão, tremia como se estivesse fraco e seus olhos estavam tão opacos como bolas de bilhar.

Minerva: Esse já está morrendo sozinho .. vou apenas fazer um favor - Ela engatilhou a arma e se aproximou.

Lucy: NÃO ! - A loira gritou chamando a atenção da garota.

Minerva: Eu não mandei ficar quieta ? - Lucy levou um chute na barriga e se contorceu caindo sentada no chão, os cabelos ainda embolados na mão do soldado.

Lucy: Eles me querem .. então me leva - A loira ergueu os olhos recheados de lágrimas, minhas pernas falharam e eu simplismente cai sentado no chão.

Minerva: Leva ela - O militar a ergueu pelos braços e Lucy foi carregada a reboque até o carro, a garota continuou vagando entre o círculo de reféns que tremiam, pude ver Ur fechando os olhos em uma oração silenciosa.

Minerva: Vão precisar de mais algum ? - A garota disse encarando todos muito bem, a arma ainda engatilhada nas mãos.

- Você - Gray foi levantado por dois soldados, Mavis também, os mesmo ergueram as mangas das camisas vendo as manchas roxas - São esses que escaparam - Sting encarou Rogue com medo de que os soldados sentissem falta de mais uma das cobaias.

Juvia: Gray .. não .. - A mesma sussurou vendo o mesmo ser carregado pelos soldados, o garoto em um impulso começou a se debater.

Minerva: Libra - A garota de cabelos curtos saiu de dentro do acampamento com um dardo na mão, com um movimento rápido espetou o sedativo no rapaz que afrouxou o corpo até cair inconsciente.

Juvia: Gray - A mesma gemeu de dor e segurou a perna, uma poça imensa de sangue se formava entorno da garota.

Minerva: Agora só sobraram vocês - A mesma encarou a arma e logo em seguida nos olhou como se estivesse escolhendo quem matar primeiro.

Nya: M-mavis - A garota se agarrou a blusa da Mavis e eu a encarei, uma poça de água se formou embaixo da mesma que caiu segurando a barriga.

Jack: Não Nya ... Não agora - A mesma tampou a boca como se segurasse um grito, as lágrimas desciam pelo rosto.

Levy: Deixem ela ir ... Por favor - O pedido da mesma concerteza foi recusado, Minerva deu uma risada cínica e aproximou a arma da testa da garota.

Minerva: Vocês vão morrer de qualquer jeito ... Nesse mundo não existe a misericórdia e vocês sabem melhor do que eu ..

Levy: Não existe a misericórdia .. mais existe a esperança .. pode me matar que ela vai continuar viva - Levy encarou a mesma com segurança em cada palavra que dizia, e mesmo com o corpo tremendo ela parecia corajosa.

Minerva: Comece a rezar garota ...

Um tiro foi escutado e logo em seguida um grito.

Ultear: NINGUÉM MORRE HOJE ! A NÃO SER VOCÊS - Encarei a morena que estava parada na frente do jeep, a carabina apontada pra cabeça da garota. 

Erza: O resgate chegou - Em um clique todas as armas estavam engatilhadas.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...