História Mãe - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Jisung
Tags Centric, Históriadanoite, Jisung, Mãe
Visualizações 13
Palavras 414
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Literatura Feminina
Avisos: Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Somos apenas personagens
Desculpem postar isso do nada, mas o spirit tá sendo meu único refúgio agora ;u;
Beijos ♡

Capítulo 1 - Coração


Primeiramente eu gostaria de falar que eu sou imperfeito, mãe.

Eu tento sempre te agradar, fazer tudo o que você quer, mas eu não consigo.

Eu quero fazer outras coisas também, coisas que eu gosto que você não faz nem noção que exista. Mas você só quer que eu estude, faça todas as lições, viaje para lugares onde não desejo ir. Você quer me forçar a fazer algo que eu gosto, mas ao fazer isso, você acaba fazendo eu ficar sem graça com aquilo. Perde a graça para mim.

Você quer que eu pare de escrever, mas como eu vou parar, sendo que é uma coisa que eu amo?

Eu quero continuar assim, quero ser feliz do jeito que eu sou. Muitas coisas já foram tiradas de mim, mas se você tirar o meu meio de expressão, o que eu irei fazer? Onde eu irei colocar todas minhas palavras de angústia?

Da minha boca é que elas não saíram.


Eu queria ser mais solto, mais simples em relação a coisas materiais, mas eu nasci assim, eu me vejo como um personagem mimado que não queria ser mimado. Que queria apenas um carinho e amor da própria família, da própria mãe. Eu queria motivação para continuar vivendo nessa bagunça que chamamos de vida.


Eu posso não ser a melhor pessoas com notas, posso não ser a pessoa que consegue calcular todos os tipos de contas matemáticas possíveis, posso não ser tão inteligente quanto uma pessoa mais velha que eu.

Mas eu estou aprendendo, eu tenho apenas quinze anos.

Não quero que jogue tudo pra cima de mim agora, nessa fase, jogue aos poucos, me ensine aos poucos, não me ameace, eu não funciono dessa forma.

Você consegue me desmotivar a fazer algo que eu gosto, você consegue me desmotivar a tentar perder alguns quilinhos.

Eu disse mãe, não sou perfeito, é preciso de ajuda para chegar o mais próximo disso.

Apenas me deixe fazer o que eu gosto, tenho certeza que você irá perceber a diferença em meu humor quando tirar algo de mim, algo que faz parte de mim.

Por favor, me escute. Escute meu coração, escute o que eu tenho a lhe dizer.

Você é minha mãe e o que eu menos quero é te ver decepcionada com algo que eu fiz.

Mas por favor, repense. Repense um pouco nas suas palavras, repense um pouco no que irá fazer e pense um pouco na minha felicidade.

Me perdoe por não ser um filho perfeito, mas eu estou apenas aprendendo.

Aprendendo a viver nesse mundo de merda.


Notas Finais


Apenas isto.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...