História Maeve e suas aventuras em série. - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Paladins
Visualizações 50
Palavras 2.427
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Eu to escrevendo varias fanfics ao mesmo tempo, um pouquinho de cada por isso demorou para sair essa parte dois , desculpa :c.
Espero que gostem.

Capítulo 2 - A Princesa e seu Cavaleiro Rosa - Parte 2.


Fanfic / Fanfiction Maeve e suas aventuras em série. - Capítulo 2 - A Princesa e seu Cavaleiro Rosa - Parte 2.

N/COV Maeve.

Quando pulei consegui pegar a Rainha em meus braços antes de cair no chão em um lugar totalmente diferente..como se onde caímos fosse um portal..

-Ah..obrigada Maeve..- Lian fala ainda estando no meu colo, olhei para ela e a albina estava desviando o olhar de mim e com o rosto levemente corado..

-Ah de-denada vossa alteza - digo a deixando no chão.

-Aonde será que estamos..está tudo escuro não enxergo nada.

-Eu enxergo no escuro..e estamos em um tipo de labirinto..

-Querida Lian..se você se ajoelhar e me reconhecer como seu rei eu te liberto se não...vai ter que achar a saída por conta própria! - uma voz vem do céu...a mesma de antes

-Jamais irei me ajoelhar perante você Salazar! - Ela diz em alto e bom tom a voz demonstrando não ter medo dele e achei que ela não tinha..até segurar minha mão e sentir elas geladas…

-Vai se arrepender disso e  acha que essa coisa rosa e pequena vai te defender?! hahaha não me faça rir por favor.

-O QUE TU FALO SEU FILHA DA PUTA E VEM ME ENFRENTAR- gritei furiosa.

Ele começa a rir e aos poucos a risada vai ficando mais baixa até que tudo fica em silêncio.

-Vamos..que quero sair a saída da qui  e se eu me encontrar com aquele cara ele ta fudido - digo andando.

Eu só fui notar depois de algum tempo andando que eu a rainha estávamos de mãos dadas...ela não parecia com medo e sim realmente preocupada..e eu tava com medo de não conseguir achar uma saída, mas não podia falhar, eu vou fazer de tudo para tirar Lian daqui em segurança.


~~5 horas depois ~~


Já andamos muito, eu fui marcando lugares fazendo um setas no chão para saber por onde passava, mas estava mais difícil do que eu pensava..acho que estávamos nem perto de achar a saída…

-E então..vão desistir agora? - a voz daquele cada ecoa nos céus novamente.

-Jamais Salazar! - Lian diz como fez antes..

-Então agora além do labirinto terão de enfrentar os monstros que vão aparecer para matar vocês - ele diz dando uma risada maligna.

-É um baita de um filho da puta… - falo de forma preguiçosa fazendo Lian rir.

Algumas paredes a nossa volta foram sumindo fazendo um pequeno lugar aberto e apareceu um ogro gigantesco por volta de 5 metros de altura e acompanhado de centenas homens sem rosto que nos cercam, como um general e seus soldadinhos ...

-Que criativo Salazar - Lian diz tirando seu rifle de cristal de suas costas elegantemente - Maeve tem algum plano? - ela pergunta olhando para como se soubesse que eu tinha um plano.

-Sim alteza, ogros são fracos quanto mais menos é seu adversário, eu cuido dele.

-Eu cuidarei do resto então - Albina fala atirando com seu rifle matando vários deles com apenas um tiro..que incrível *-*

Eu corro até o ogro que tenta me agarrar mas eu passo por debaixo de suas pernas antes que pudesse fazer algo e subo nas suas costas e ficando duas de minhas adagas nas suas costas fazendo o mesmo urrar de dor, ele tenta me tirar de sua costas mas por ser grande demais não me alcançava.

-Parece que seu tamanho vai te condenar - digo enquanto começo a abrir suas costas com as adagas.

Abri completamente as  costas daquele monstro e passo meu braço por entre suas costelas e finco uma adaga em seu coração o matando, ele cai de frente no chão..isso foi meio sangrento e imoral da minha parte mas meu dever é proteger a princesa e nada vai me impedir.

-Princesa terminei com o Ogro - falo saindo de cima daquela coisa e me limando do sangue que foi em mim.

-Só falta mais um - ela diz finalizando o último homem sem rosto vivo.

-Eu subestimei você coisa pequena e cor de rosa, mas ainda tem muito mais o que vocês enfrentarem! - ele diz parecendo meio estranho.

-Nha cala a boca, cara chato - falo andando enquanto limpava o sangue que estava em mim..

Lian veio me seguindo, e por algum motivo que não sei ela estava a cantar..de forma calma e leve..


~~5 horas depois ~~


Cada vez mais inimigos viam em nosso caminho,nem uma de nós duas tinha medo de nenhum adversário mas estava.ficando cansadas e sem.esperança de sair daquele.lugar..

Paramos em um lugar um pouco aberto e nos sentamos em um banco que havia ali, estávamos descansando..

Escuto ela soltar um suspiro..um suspiro sem esperança.

Me senti mal por não conseguir fazer nada..comecei a olhar para o céu...e só agora notei que ele dá preso mais tudo estava iluminado, isso me deixou pensativa.

-Hey Lian..não parece que o céu é feito sla..de madeira? - perguntei e a mesma olha para cima e começa a encarar o céu assim como eu estava.

-Verdade..não havia reparado nisso..

Eu vou ter uns dos corpos das criaturas que ele mandou e peguei um arco e flecha.

-O que vai fazer Maeve? - a albina pergunta me olhando pensativa.

-Vou experimentar algo.. - miro para cima e atiro a flecha e ela fica lá em cima..como se tivesse prendido em algo..- olha só..

-Estamos presas em um tipo de caixa..

-Bom..se tivermos sorte ela é inflamável - digo fuçando nos meus bolsos.

-Inflamável? - ela pergunta curiosa.

Tiro do meu bolso um frasco com líquido inflamável.

Valeu Zhin seu mané rabugento hehehe.

-Lian atira nisso quando for bater no teto, okay? - a albina assenti com a cabeça pegando seu rifle.

Eu jogo o frasco com toda força pra cima e quando ia acertar o teto Lian acerto o tiro explodindo o fraco e incendiando o teto.

Todo o teto começa a pegar fogo e ir se destruindo, mostrando que realmente estávamos em uma caixa.

Quando o teto inteiro é queimado somos teleportadas para fora de lá.

Olhamos à nossa volta e estávamos em um quarto cheio de bagunça e lá estava a caixa que nos prendia..

-Será que estamos aonde ele fica? Parece a casa de um adolescente desleixado - falo chutando alguns livros que estavam no chão, Lian me olha erguendo uma das sobrancelhas meio que me julgando - hey eu tenho 21 anos okay? Não parece mais tenho e também como sabe que meu quarto é bagunçado?- digo cruzando, faço ela rir mais era meio na cara como eu seria em casa :b

Saimos daquela sala e vimos que estávamos em uma casa bem grande..

-Ah está na hora de ver se aquelas duas desistiram,ham ninguém se mete com o poderoso Salazar! - escutamos alguém falando e uma porta logo à nossa frente se abre.

De lá sai um menino magrelo, feio que dói, com a voz mais fina que dá Evie, usando uma roupa como se fosse um mago..quando nos vê faz cara de chocado e quase cai de costas no chão.

-Espera aí..todo esse tempo você é o Salazar?! Um menino qualquer que não tem mais o que fazer e fica ameaçando meu reino?! - Lian grita furiosa puxando o rapaz pela gola o erguendo pra cima, o cara tremia de medo.

-Me perdoe vossa alteza Lian - ele diz implorando começando a chorar como Bebezinho.

A mesma solta ele e lhe dá um tapa na cara fazendo o menino cair no chão tremendo de medo.

-Maeve acabe com ele... - ela diz indo para o final do corredor e se encosta na parede ao lado da escada.

-Com todo prazer minha alteza - digo pegando uma adaga do meu cinto.

-Por favor não me mate senhorita - ele diz ficando de joelhos na minha frente.

-Você quase matou alguém importante pra mim- digo me referindo a Lian, a albina fica com cara de surpresa quando houve o que digo e vejo seu rosto ficar corado..tento não me distrair e volto a olhar ao menino que tremia de medo - e também zombou de mim, ameaçou uma bela Rainha por pura diversão - o agarrei pela gola da blusa e deixo minha adaga bem pertinho de seu pescoço - agora me diga como fazia tudo aquilo? Abrir o chão , nos mandai para aquela caixa?

-Minha magia é baseada naquela “caixa” ela recria lugares e posso fazer o que nem entender tanto com o lugar tanto com a pessoas que estão nesse lugar.. - ele explica suando frio.

-Uhm...agora você nunca mais fará o que bem entender…- digo enfiando minha adaga em seu pescoço e a retirando e o jogando no chão enquanto ele tentava com as mãos para o sangramento mas não iria adiantar.. - logo vai morrer agonizando.. - digo sem qualquer remorso - Vamos minha Alteza.

Vou até linha e estando a minha mão a ela e a mesma segura, de mãos dadas fomos para fora da casa, a onde havia um cavalo, a casa era de madeira bem simples…

-Maeve..queime a casa - Lian diz enquanto desamarrou o animal e o afastava da casa.

Eu entendi seu pensamento, tem coisas nessa cada que pertencia a “Salazar” e se alguém encontrar esse lugar e usar isso para o mal..é melhor destruir tudo.

Pego de dentro do meu casaco mais alguns frascos que roubei do Zhin, coitado eu deixei ele sem nada hehehe.

Entro na casa novamente e comecei a espalhar os fluídos pela casa, quando cheguei aonde Salazar estava..ainda estava vivo..mas agonizando no chão, não penso duas vezes antes de jogar fluido em cima dele.

Será que estou sendo cruel?uhm...Não.

Sai da casa,eu acendi uma tocha e joguei dentro da casa e fechei a porta e sai de perto.

Em questão de segundos a cada estava inteira em chamas..

Olhei em volta e Lian estava montada no cavalo ao lado de uma árvore, me aproximo e ela sorri para mim..

-Vamos embora Alteza?

-Sim nobre paladina.

Fomos seguindo nosso caminho, eu a pé e ela a cavalo, chegamos a uma vila onde pegamos informações e estávamos muito longe de casa..mas não havia problema sobre isso.

Peguei um cavalo para mim e alguns suprimentos na vila e saímos de lá e começamos a trilhar nosso caminho de volta pois...seria uma demorada viagem.


~~de noite ~~

Eu e a Albina paramos ao lado de um lago para descansar, montei um acampamento para nós, ela parecia nunca ter feito coisa assim antes..

-Err..Alteza..

-Maeve pode apena me chamar de Lian.

-ah ..desculpa.Então Lian como é ser uma princesa?

-Bem..sempre tive tudo e desde pequena fui treinada para usar esse rifle e para ser uma boa governanta..nunca tive experiência como essa…

-Parece meio chato..eu vivi livre a vida toda lutando contra governantes..

-Você é a procurada do Reino Lainel não é? Já nos mandaram uma vez uma proposta para procurar mais recusei..

-É..você é a primeira governanta de um reino que tento ser amigável e tal..

-Você quer mudar como as pessoas te vêem..

-Exatamente...

Ela parecia me entender antes de eu ter de falar..Lian é diferente de várias pessoas..como a Ying.

Mudamos de assunto para a guerra que havia começado a algum tempo entre alguns reinos…

Uma hora acabei caindo no sono ao lado da Princesa.

De manhã acordei com ela deitada com a cabeça no meu colo...o que faço?

Fiquei esperando ela acordar enquanto cantava olhando para o céu azul..

Lian acorda depois de um tempo, ela se levanta e parece estar com o rosto corado.

-Bom dia princesa.

-Bom dia Maeve..-ela fala meio sem jeito se levantando.

-Ah eu vou arrumar as coisas a gente já vai - digo me levantando e me espreguiçando.

-Tudo bem..-ela diz parecendo estranha.

-Que houve princesa?

-Nada só preocupada com meu Reino..

-Ah não se estresse, isso faz mal - digo começando a arrumar as coisas.

Escuto ela soltar um profundo e longo suspiro...me sinto mal por algum motivo que não sei.

Termino de arrumar as coisas e saímos andando com os cavalos, ela estava quieta e isso me incomodava.

Eu pensava em como animar ela mas nada vinha em minha cabeça.

-Maeve estamos indo pelo caminho mais rápido?-ela me pergunta seria.

-Sim princesa, porque a pergunta?

-Bom..quero ir por um caminho mais longo…

-Mais longo? Mas por que vosa alteza?

-Quero me divertir um pouco - ela diz sorrindo para mim de um jeito brincalhão.

Fiquei surpresa mais feliz então olhei a nossa volta - já sei me siga princesa, lógico se conseguir - digo dando um leve chute no cavalo fazendo ele começar a correr entrando no meio da floresta.

Olho para trás e vejo ela vindo com seu cavalo em disparada.

-Vejo que a princesa é boa em montaria.

-Nunca me subestime Maeve - ela diz dando uma risada confiante.

Depois de um bom tempo correndo com os cavalos, chegamos em uma montanha que era a mais alta da região pelo que notei e como tinha caminho por ela podíamos levar os cavalos junto, e assim fizemos, eu e ela cantávamos juntas na subida, ela parecia estar se divertindo comigo.

Demora um pouco mais chegamos no topo, era um local plano, era incrível a vista de lá de cima.

-Hey Maeve podemos acampar aqui em cima?

Penso um pouco e não via porque não -Claro vou começar a montar o acampamento - quando ia pegando as coisas lembrei que não tínhamos lenha para a fogueira - Vish lembrei agora que não temos lenha..

Ela parece pensar sobre isso - Maeve como é rápida e ágil você pode ir lá embaixo buscar enquanto eu monto o acampamento, o que acha?

-Boa ideia, mas você sabe montar um acampamento? - olhei para ela erguendo uma sobrancelha.

-Eu vi você fazendo aquela hora.

-Bem se acha que consegue tudo bem, então eu já volto ein - digo saindo correndo e pulando da montanha.

Chego lá em baixo em questão de segundos e comecei a pegar lenha.

Não demora muito para juntar o suficiente para nos passarmos a noite tranquilas,subi o mais rápido possível para o topo da montanha, e quando cheguei fiquei surpresa, o acampamento estava montado e bem mais organizado que eu fazia.

-Caramba..

-Ah que bom que já voltou - Lian diz virando para mim sorrindo.

Fiz a fogueira e a acendi..logo a noite começou a cair.

O céu estando em um azul escuro, com várias estrelas e a Lua estando cheia e brilhante..

Eu sentada perto da fogueira bebendo água do meu cantil.Quase engasguei ao ouvir Lian cantar..

Não estava cantando como nas outras vezes..olhei para ela e estava um pouco afastada dançando na parte aberta sobre a luz da lua.

Sua voz estava calma e suave, dançava como se estivesse livre como um pássaro.

Fiquei a admirar a linda princesa Aico..

Ela ficou um bom tempo fazendo isso e parecia muito feliz..mas ela parou quando notou que eu estava olhando,ficou sem jeito e com o rosto corado e me olhava de canto de olho.

-Por que parou?

-Bem..err

-Não precisa ter vergonha de mim -digo me levantando e indo até ela e estendo a mãos - Princesa gostaria de dançar comigo?..

Ela não disse nada apenas sorriu e segurou minha mão.

Coloquei minha outra mão em sua cintura e ela pôs a sua em meu ombro.

Começamos a dançar uma boa e velha valsa, enquanto ela cantava do mesmo jeito antes com uma voz calma e suave como um anjo..

Ela estava com um belo sorriso em seu rosto..


Notas Finais


Esperam que tenham gostado e vai ter parte 3 , até o próximo capítulo.
Comentem ai o que estão achando e quais aventuras acham que a Maeve ira viver ainda, a e comentários sempre inspira o autor :3.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...