História Máfia (Imagine Suga) - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Bambam, Hoseok, Imagine Suga, Jackson, J-hope, Jikook, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Mark, Markson, Namjin, Namjoon, Rap Monster, Suga, Taehyung, Vhope, Yongjae, Yongyeun, Yoongi
Visualizações 627
Palavras 751
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Nada pra falar aqui.

Capítulo 9 - Encontro?


           S/N P.O.V


Acordo e me espreguiço. Ninguém merece a segunda feira.

Tomo um banho e visto uma roupa arrumada, por que gosto de causar inveja nas guria tudo da escola.

Desco e encontro apenas Mark e JB na cozinha.

Eu: Bom dia.

Jack/M: Bom dia.

M: Você acordada cedo? Que milagre!

Eu: Também achei estranho. Eu não estava conseguindo dormir depois de acordar hoje às 6:00.

JB: Insônia de novo?

Eu: É, parece que tá voltando.

Jb: Preciso ir comprar os remédios?

Eu: Acho que por enquanto não.

M: S/n, você pode ir lá acordar o Sehun?

Eu: Posso. Agora que eu percebi... Com quem vamos deixar ele?

M: Sehun já está matriculado na escola.

Eu: Caralho, cês são rápidos hein?

JB: A tia S/m pensou em tudo antes de vir pra cá.

Eu: Vô lá acordar o muleke.

Subo as escadas e vou para o quarto de Sehun. Entro direto e encontro ele dormindo como um anjinho.

Eu: Sehun? - não obtenho resposta. - Tá na hora de acordar. - ele se mexe um pouco e depois abre os olhos devagar. - Hoje é seu primeiro dia de aula.

Sh: Já tô indo. - levanta e vai para o banheiro.

Desco novamente e quando volto a cozinha o BamBam e Jackson estavam acordados.


~Quebra de Tempo


Aulas chatas em um dia chato. Combinação perfeita. Esse professor só sabe falar e falar, eu já não aguento mais.

Sinto uma bola de papel ser jogada na cabeça pego a mesma e ía jogar no filha da puta, mas antes li o que estava escrito.

"Me encobre no jardim hoje no intervalo".

Quem será? Ah que se dane. Jogo a bola de papel na lixeira. Cesta!

Enquanto o professor explicava a matéria, eu estava imersa em meus pensamentos, mais especificamente lembranças.

Lembro da primeira pessoa que eu matei. Foi em legítima defesa.

Um sujeito queria assaltar a minha casa e no momento só eu estava presente. Eu tinha 8 anos.


" Ouço um barulho na sala e me pergunto se era a mamãe. Não ela acabou de sair com meu maninho.

E se ela esqueceu alguma coisa. Vou lá ver.

Desco as escadas cuidadosamente e me escondo agachada atrás do corrimão.

Tinha um homem estranho que pegava algumas coisas e colocava em um saco.

Será que é uma nova versão do Papai Noel? Mas nem estamos no Natal.

Sem querer bato minha não no corrimão e o homem percebe que tinha alguém observando, logo me avistando na escada.

?: Olha só esqueceram a princesinha em casa. - diz sorrindo debochado. - Vem cá garotinha. Não conte a ninguém e fique quietinha. Se eu te sequestrar vou conseguir uma grana alta.

Ele se aproxima e eu me assusto. Me levanto e corro para o quarto dos meus pais.

?: Volte aqui garotinha. Não me deixe irritado.

O homem mal entra dos meus pais e vou para o quarto ao lado do criado mudo.

?: Achei você.

Na hora do desespero eu peguei uma arma que estava em cima do criado mudo, e atirei sem pensar duas vezes."

Tive que fugir por um tempo até provarem que eu não tive culpa. Meu pai foi levado para a cadeia por porte ilegal de arma. Mas pagou fiança e saiu.

Prof: S/n, está prestando atenção na aula?

Eu: Que?... Ah sim, claro.

Prof: Então repita o que eu acabei de falar.

Eu: O que eu acabei de falar. - todos riram.

Prof: Silêncio. - todos se calaram. - S/n saia da sala agora.

Fico de pé e levando as mãos para o céu.

Eu: Graças a deus. - todos riram novamente e eu sai da sala depois de ver o olhar raivoso só professor sobre mim.

Quer saber eu vou fazer uma visitinha ao diretor.


Bato na porta.

D: Pode entrar.

Entro e o diretor estranha a minha presença.

D: Senhorita S/n? O que faz aqui?

Eu: Queria conversar com o senhor.

D: Não deveria estar em aula?

Eu: Sim, mas o professor Kim me expulsou.

D: Ele deve ter tido um motivo.

Eu: Sim senhor. Eu não estava prestando atenção na aula. Tava muito chato. Sabe diretor somos adolescentes deveríamos nos divertir um pouco.

D: Mas vocês para a escola para aprender.

Eu: Eu sei. Por isso vim pedir que desse aulas que fossem divertidas e ensinassem ao mesmo tempo. Assim todos os alunos iriam prestar atenção.

D: Adorei a ideia. Muito obrigado senhorita S/n.

Eu: De nada, diretor.

D: Poderia por favor chamar o professor Kim?

Eu: Mas é claro. - sorri gentil e sai da sala.

Fui para a minha sala e abri a porta.

Eu: Ô professor.

Prof: O que faz aqui S/n? - mas que ousadia.

Eu: O diretor mandou te chamar. - vi o mesmo engolir o seco e acentir saindo da sala. 

Rio. É só falar em diretor que esse povo ao falta se cagar de medo, eu hein.


Notas Finais


Pergunta:
Já tiveram algum sonho com os meninos do BTS?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...