História Máfia Liones - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Arthur Pendragon, Ban, Elaine, Elizabeth Liones, Escanor, Gelda, Gowther, Guila, Hauser, Hawk, Helbram, Jericho, King Liones, Meliodas, Merlin, Personagens Originais, Zeldris
Tags Melizabeth, Zelda
Visualizações 198
Palavras 1.381
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Lírica, Luta, Musical (Songfic), Orange, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiie gente vim prazer para você o capítulo um pouco mais cedo hoje
Enfim, espero que gostem S2

Ps: No nome do Helbram eu cometi um erro (Helbran - Helbram) e com "M" no final gente, sorry pelo erro S2

Capítulo 14 - Festa, Brigas e...Armas! (Parte 3) Final


Fanfic / Fanfiction Máfia Liones - Capítulo 14 - Festa, Brigas e...Armas! (Parte 3) Final

(Liz Lionessy narrando - Autora)


-Policia, todos para o chão seus vagabundos._Um policial de cabelo rosa grita com armas em suas mãos. Elizabeth e Meliodas puxam suas armas e apostam para os policiais que permanecem imóveis.-Se colaborarem talvez, talvez consigam uma pena menor._Ele sorri debochado.-Me...Meliodas._Ele olha para o loiro e por um momento ficou sem saber o que fazer.

-Como vai pequeno Gil._Meliodas sorriu.-E uma pena que tenha vindo aqui me prender._O loiro sem pensar duas vezes afima direção de Gilthunder, os demais presentes começam a atirar formando uma nuvem em cadeia, Elizabeth se abaixa e começa a restejar pelo chão, ela se esconde atrás de uma mesa e liga para seu motorista.

-Ligue o motor do helicóptero, deu merda aqui, ligue para as meninas e pergunte se elas estão bem, vou sair daqui o mais rápido possível._Ela disse rapidamente enquanto sentia alguém se aproximar.

-Sim senhora._Ele desliga. Elizabeth olha para os lados e ao notar vários ganguister escondidos ela presume que o número de policiais almentou, segundo a albina, ficaria mais interessante a matança agora.

-Saiam de onde estiverem, não sejam idiotas._Um policial de cabelos verdes gritou.

-Vamos avançar Hawser._Gilthunder chamou sendo seguido pelo esverdeado.-Vamos Griamor._O mais musculoso de todos se aproxima sacando uma escopeta de dois canos. Elizabeth vê uma pequena brecha e sai rastejando daquele inferno, ela chega a um corredor e percebe que algo está errado, sacando sua faca rapidamente ela olha para trás dando de cara com Meliodas.

-O que quer?!._Ela bufa.

-Vem eu conheço uma saída, não precisa se preocupar com suas amigas, final, meus amigos estão com elas._Ele sorri, Elizabeth por um curto momento cora e vira o rosto.

-Vamos._Ela diz, o rapaz a conduz até uma escada que dava para o terceiro andar, logo Meliodas abre uma pequena porta e eles entram, o lugar era bem apertado e ela estava praticamente com os peitos na cara do loiro que sorria maliciosamente._Porque está sorrindo tanto?!._Ela pergunta baixo.

-Aqui e um ótimo local para transar, não acha._Sua mão acaba parando na cintura da albina enquanto a outra se aproxima do seio esquerdo, ele massageia com cuidado, fazendo com que a prateada soltasse alguns gemidos curtos e baixos.-Esta gostando? Quer que eu coloque o Meliodas Junior em você._Elizabeth recupera a consciência e sem pensar duas vezes soca a cara do loiro que muda de expressão drasticamente.-Porque fez isso?._Ele pergunta.

-Na...Não toque em mim!._Ela diz baixinho deixando o loiro confuso.-Vocês são todos iguais._Ela murmura limpando algumas lágrimas que caiam de seus olhos, o loiro olha para ela assustado.

-Me...Me perdoe, eu não queria._Ele gagueja um pouco.

-Vamos sair desse inferno logo._Ela fala passando pela pequena e estreita passagem os levaria até a H de jatos e helicópteros.

(...)


Um pouco longe dali, Gelda e Zeldris estavam escondidos em um quarto de limpeza com as luzes apagadas, a loira platinada deixava algumas lágrimas sairem de seus olhos, o soluço baixinho estava deixando Zeldris assustado com a reação da garota.

-Porque chora tanto?._Ele pergunta.

-Por...Porque se nos pegarem, eles nos levarão para penitenciária unisexis, e além disse me separarei da Ellie._Ela enxuga as lágrimas.-La eu não duraria um dia, sabe o que fazem com garotas na prisão unisexi?._Zeldris apenas nega.-Eles estrupam as garotas lá dentro, as batem e machucam, nossa mestra nos contava isso._Ela soluca.

-Nós não seremos presos._Ele afima tranquilizando Gelda.-Vocês vinheram de helicóptero estou certo?._Ela concorda.-Otimo então vamos sair daqui e vamos para o H._Zeldriz abre a pequena porta se deparando com o lugar vazio, gritos podiam ser ouvidos do salão principal, tiros e mais tiros, Gelda estava assustada, o moreno agarra sua mão e a alerta deixando a albina corada.-Vamos vampirinha._Ele sorri, Gelda percebe que ele olhava para a sua boca onde suas presas cresceram mais que o normal, deixando a impressão de que Gelda era uma vampira, ela tampa a boca com a arma e cora.-Eles são lindos._Gelda cora sendo arrastada por Zeldris, o caminhos estava calmo, exceto pelos corpos espalhados pelo chão de piso branco, Zeldris havista a grande porta que os levaria para o H, eles correm até a porta que é tampada por uma policial armada, Zeldris e Gelda apontam a arma para ela que sorri.-Saia da nossa frente._Zeldris ordenou.

-Não, não, não, antes vamos brincar de quem da o primeiro tiro._Gelda olha assustada para Zeldris que muda de humor.

-Okay._Com agilidade ele puxa o gatilho enquanto empurra Gelda e desvia do tiro da policial, ele se aproxima da mesma que estava caída no chão com o sangue escorrendo do perimento que havia em sua barriga.-Agora morra._Ele da um último tiro na cabeça da garota e vai em direção a Gelda que olha horrorizada para a cena.-Porque essa cara?._Ele pega a mão da garota que recua um pouco.-Vai me dizer que nunca matou ninguém na vida.

-Não com essa frieza toda._Ela murmura.-So mato por vingança e não sem motivo._Zeldris da um curto sorriso e entrelaça os dedos na mão da menina, ele a puxa e vão em direção a porta a abrindo e saindo.

(...)

Ban e Elaine já estavam perto de uma janela que os levaria para o H, a garotinha era esperta e matava como ninguém, embora seu único defeito eram as lágrimas que ela soltava a cada tiro que dava.

-Deixa de ser sensível, eles estão tentando nos matar sabia._Ban bufa.

-Eu sei, mas...Eles ainda são humanos._Ela olha para o azulado que cora com a resposta rápida e elaborada da garota.

-Vamos logo._Ele puxa a garotinha para seus ombros.-Desse jeito vamos mais rápido._Ele murmura.

-Cer...Certo._Ele cora agarrandosse ao pescoço do rapaz. Ban sem esperar pula da janela caindo praticamente em pé em um ponto fixo do H.-Olha lá os meninos e as meninas._Ela aponta para um pessoal apressado em um helicóptero, vários tiros eram trocados, Ban se escondeu com a pequena atrás de um carro e se manteve lá até que os tiros acabaram.-Vamos lá?

-Vamos._Ele respondeu se levantando e avaliando o local, ambos correram até o H e se encontraram com o pessoal completamente cheios de sangue e suor.-Otimo estão todos aqui, vamos embora.

-Espera falta a Ellie._Gelda fala preocupada._Zeldris coloca a mão em seu ombro e sorri para a albina que se tranquiliza.

-Ela vai ficar bem._Ele sorriu em um ato de carinho.

(...)

-Merda esse negócio não tem fim?!._Elizabeth esbraveja.

-Eu não lembrava que era tão grande._Meliodas diz irritado.-Olha lá uma luz._Ele se anima e puxa Elizsbth pela mão, ao chegarem na "luz" perceberão que era apenas uma brecha, a albina se aproxima e olha pelo pequeno buraco.

-Esse lugar está infestado de policiais._Ela rosna baixinho.-Não vamos sair daqui tão cedo, mas que droga._Ela se senta no chão.

-Você está com o celular aí não está?._Elizabeth concorda.-Ligue para a sua amiga e veja onde ela está._A prateada apenas obedeceu e ligou para Gelda que atende no terceiro toque.

-Ellie?! Onde está você?._Ela pergunta.

-Eu estou em segurança eu acho, onde você está.

-Estamos no helicóptero esperando você e o loirinho.

-Vão embora, nós vamos esperar a poeira baixar e depois nos encontraremos no esconderijo...

-Mas Ellie...

-Apenas vá Gelda, essa é uma ordem da sua chefe._Meliodas e encara confuso.

-Está bem, apenas fique onde está e vi que bem._A outra garota desliga.

-Porque me encara?._Ela pergunta.

-Como assim chefe?!._Ele se senta de frente à prateada.

-Sou a chefa de umas das maiores máfias do mundo._Ele se vangloria.-Uma das mais antigas e importantes. Porque? O que pensou que eu fosse?

-Achei que fossem representantes da máfia._Ele murmura deixando a garota irritada.

-Machista.

-Fantasma.

-Loiro de farmácia.

-Gostosa._Ele avança sobre a garota que tenta relatar mas tem suas mãos seguradas em cima de sua cabeça, Meliodas a beijava com calma e logo a albina cai em seus encantos e retribui o beijo, a maldita falta de ar os separa e Ellie o encara séria.-O que foi?

-Eu disse para você nunca mais fazer isso._Ela se solta e empurra o loiro que cai sentado.-Nunca mais ouse me beijar._Ela rosna.

-Hum...Vou pensar nessa possibilidade._Ele sorri maliciosamente deixando a garota vermelha de raiva.

-Vai se foder._Ela rosna baixinho.

-So se for com você._Ele gargalha.

-Aff._O barulho de algo decolando chama a atenção da garota que sorri ao saber que sua amiga saiu de lá.-Otimo ela foi embora.

-Estamos sozinhos agora gostosa._Ele sorri.

-Que Deus tenha piedade da minha alma._Ela murmura irritada.


Notas Finais


Gostaram?
Próximo capítulo amanhã a noite S2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...