História Máfia Liones - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Arthur Pendragon, Ban, Elaine, Elizabeth Liones, Escanor, Gelda, Gowther, Guila, Hauser, Hawk, Helbram, Jericho, King Liones, Meliodas, Merlin, Personagens Originais, Zeldris
Tags Melizabeth, Zelda
Visualizações 159
Palavras 1.103
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Resolvi postar logo 🌚 amanhã tem outro capítulo S2

Capítulo 15 - Horas, minutos e segundos!


Fanfic / Fanfiction Máfia Liones - Capítulo 15 - Horas, minutos e segundos!

(Meliodas narrando)


Mas que puta merda, porque a droga desses policiais tiveram que invadir a porcaria da minha festa? Eles não tinham mais o que fazer não? So podem estar zoando com a minha linda cara, e para piorar o viado do Gilthurder estava aqui, imaginem onde eu estou agora meus lindos amigos, estou em uma passagem secreta com uma gostosa dona de uma máfia, e para piorar, ele e gostosa demais.

-Pare de me olhar como se eu fosse um pedaço de carne._A albina rosnou, sinceramente falando, ela e muito linda.-Porque continua me olhando com essa cara de fanático por nutella?

-Des...Desculpa._Merda eu gaguejei, e ainda por cima pedi desculpas, que droga tá acontecendo comigo?!

-Hum...Tanto faz._Ele diz sem interesse, observo seus movimentos com cuidado, ela retira seu salto e o deixa encostado na parede, senti um vento forte vir de fora, me aproximei da garota e a afastei um pouco olhando para fora, vários policiais estavam lá sentados com suas armas.-O que está fazendo?

-Cala a boca, tô tentando ouvir o que eles estão conversando.

-Tem certeza que isso vai funcionar?._Um homem de cabelos verdes pergunta o Gil.

-Obivio que tenho, eu abaixei drasticamente o ar condicionado, essa época do ano está bem fria, então eles não terão escolha a não ser se integrar._Gilthunder fala convencido.

-Merda eles vão nos congelar._Elizabeth reclama.

-Isso é mal, o ar condicionado e muito potente, vamos congelar de frio._Gruno em desgosto.-Precisamos sair daqui rápido, merda como sairemos dessa._Bato contra minha própria cabeça.-Maldita hora que resolvi dar a festa de gala mais cedo.

-Malditos policiais._Concordo, sento ao lado da prateada que mexia em seu celular, o tomo de sua mão e a ouço grunir.-Devolva.

-Não._Ela apenas avança em mim e da vários tapas em meu peito.-Você e bem fortinha para uma mulher._Zombo.

-E você e bem definido para um anão...Merda pera que droga eu disse._Ela sai de cima de mim e senta novamente virando a cara para o lado contrário, sento ao lado e a chamo.

-Ei._Ela não responde.-Ei, ei, ei._Ela finalmente vira e arregala os olhos quando a beijo, no começo ela não retribuiu mais logo se pôs a retribuir, sem dificuldade a sento em minhas pernas, ela coloca a mão em meus ombros e aprofunda o beijo, nossas línguas batalhavam por espaço, uma de minhas mãos acabou em seu seio esquerdo, aperto um pouco a fazendo gemer e corar, a maldita falta de ar me fez largar do seu beijo hipnotizador, aproximei a boca do decote e lambi por lá fazendo com que ela se arrepiasse, minha outra mão larga de sua cintura a acaba em sua bunda apertando de leve, ela geme beixinho e logo volta a me puxar para outro beijo.

(Elizabeth narrando)


Mas que porra eu tô fazendo? Eu não quero ir além disso, droga não consigo parar, o beijo desse oxigenado e viciante demais, puta merda, tento me soltar do beijo que eu mesma dei nela, mas ele me segura e me levanta fazendo com que eu sentasse com tudo fazendo nossas intimidades se chocarem, acabo gemendo entre o beijo e ele sorri largando minha boca, o loiro olha sorrindo meigo, uma lágrima escorre pelos meus olhos e ele muda sua expressão ficando preocupado.

-O que houve?._Ele pergunta.-Porque chora?

-Você não entenderia, afinal são todos iguais, uns estrupadores de merda._Digo enquanto as lágrimas caiam.

-Co...Como assim?!

-Quer mesmo ouvir minha história?._Ele concorda.-Bom, eu nasci, fui estrupada pelo meu pai, fugi, acabei em um puteiro, fiquei lá por nove anos, conheci Gelda, fiquei lá por alguns meses, fugimos, e conhecemos nossa mestra, Merlin, ela nos ensinou tudo que sabia, e...Então quando ela morreu, nós herdamos tudo dela e hoje somos as donas da maior máfia do mundo._Resumi a história sendo observada pelo loiro que apenas me abraça.

-Perdão, eu não queria assustar você._Ele aperta mais o braço.-Desculpa.

-Tudo bem, só não quebro sua cara porque sei lá._Sorrio mínimo.-Estou ficando com frio.

-Pera._Ele me afasta um pouco e tira seu palito, ele coloca sobre mim e eu me deito novamente sobre seu peitoral, o seu cheiro era delicioso.-Esta melhor?._Eu apenas concordo.-Otimo, você não vai me contar a qual máfia pertence?

-Pertenço a máfia...Liones._Finalizo com um suspiro.

-Puta que me pariu, a tão temida máfia Liones, ela e a melhor, está em primeiro lugar desde assaltos até assassinatos._Ele diz imprecionado.

-Esses são só títulos._Reviro os olhos.

-O que houve com sua família?._Me assusto com sua pergunta, eu não posso contar a ele sobre o que eu fiz.

-Não quero falar sobre isso._Respondo baixo.-Esta muito silencioso.

-Deixa eu dar uma olhada._Ele se vira para o lado de fora e não havia ninguém, tudo em um completo silêncio.-Não tem ninguém._Ele murmura.

-Então vamos embora._Ele me agarra.

-Não, ainda não, pode ser uma armadilha ou truque, vamos esperar por mais um tempo._Apenas concordo e me acomodou novamente no colo dele.-Merda desculpa.

-Pelo que?._Pergunto confusa.

-Ele cresceu._O loiro responde corando.

-Quem cresceu?._Pergunto ainda não entendendo.

-Bom...Esquece._Ele vira a cara e passa as mãos em minhas costas fazendo com que me cole mais a ele.

-Ja se passou bastante tempo, vamos sair?._Pergunto e o vejo asentir, quando iria me levantar sou puxada novamente para um beijo, algo mais doce e sentimental, após um tempo a falta de ar nos separa.

-Desculpa não consegui me segurar._Ele cora.

- Eu achei que você fosse um pegador de merda e sem coração...Mas acho que eu estava enganada._Sorrio tímida.

(Meliodas narrando)


Eu nunca imaginaria que ela tinha passado por todas essas coisas horríveis. Peguei em sua mão e arrastei para o corredor estreito, ela saca sua arma e nos saímos dando de cara com o local vazio, andamos rapidamente para a porta principal e saímos de casa vendo o breu total e silencioso, Ellie continua agarrada a minha mão, havisto um dos meus carros e entro destrancando a porta para que a garota entre, ela entra e se senta sorrindo.

-Onde você mora?._Pergunto.

-Aqui._Ela mostra no GPS.-Vamos para lá._Ela diz.

-Esta me convidando para dormir com você?._Ela cora e balança a cabeça.

-Na...Não é só que você não pode ficar aqui, então é mais prudente que fiquemos lá já que a segurança e maior e o local e mais escondido._Ela diz rapidamente.

-Entendi...Quem diria que aquela garota que estava no ponto de me dar uma voadora na festa poderia ser tão fofa._Ela cora mais ainda.

-Va...Vamos logo seu oxigenado.

-Saco de farinha.

-Anão tarado.

-Princesa.

-Porra você tem que parar de elogiar no meio do chingamento._Ela esbraveja.

-Não dá.

-Porque?

-Porque tu e gostosa demais._Gargalho e ela cora, ligo o motor do carro e saio em disparada a rumo da mansão Liones.


Notas Finais


Gostaram?
Próximo capítulo amanhã S2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...